Como Estudar para Concursos de Tribunais

como-estudar-2

Olá! No artigo de hoje vou falar sobre dicas de estudo para concursos públicos de tribunais.

Você vai saber como se preparar da forma correta para ser aprovado nos cargos de técnico (nível médio) e analista judiciário. (nível superior).

Mas Por Que Estudar para Tribunais?

stf

Essa área está atraindo milhares de candidatos em busca da estabilidade de um cargo público aliada a uma boa remuneração e carreira.

No caso dos Tribunais Federais (TRTs, TREs e TRFs) os cargos de técnico judiciário (nível médio) e analista judiciário (nível superior) oferecem uma excelente remuneração e diversos benefícios como:

  • auxílio-alimentação
  • adicional de qualificação
  • jornada reduzida de 35 horas semanais

Além disso, os servidores de tribunais não possuem as mesmas responsabilidade de um juiz de direito.

Com isso, é possível ter uma melhor qualidade de vida no trabalho.

As atribuições do cargo de técnico e analista estão previstas na Lei 11.416/2014:

  • Carreira de Técnico Judiciário: execução de tarefas de suporte técnico e administrativo;
  • Carreira de Analista Judiciário: atividades de planejamento; organização; coordenação; supervisão técnica; assessoramento; estudo; pesquisa; elaboração de laudos, pareceres ou informações e execução de tarefas de elevado grau de complexidade.

Material para concursos de tribunais

Antes de sair por aí comprando diversos livros é preciso aprender a estudar para concursos da forma correta.

Com a concorrência aumentando a cada ano, é preciso fazer uma preparação de alto nível para ter chances de ser aprovado.

Você precisa dominar a doutrina, legislação e jurisprudência exigidos nesses concursos.

E isso exige que o candidato invista em materiais específicos para concursos de tribunais.

Esses materiais trazem toda a teoria exigida no edital de forma didática e esquematizada.

Um bom exemplo é o material do curso online Estratégia Concursos. Esse curso oferece uma apostila em PDF + Vídeo Aulas.

A apostila é completa, atualizada e 100% focada no edital. Além disso, traz muitas questões anteriores comentadas.

Veja uma aula do Estratégia Concursos:

Esse tipo de material específico para concursos de tribunais é mais indicado do que livros com milhares de páginas com muita teoria que não cai na hora da prova.

Método de estudo

como-estudar

Para ter chances de ser aprovado você deve dominar o conteúdo exigido no edital.

Por isso é preciso começar pelo estudo da teoria para construir uma base de conhecimento.

O estudo teórico deve vir acompanhado da intensa leitura da legislação seca, pois o texto da lei é muito exigido nesse tipo de concurso.

Depois disso é preciso partir para revisões periódicas do conteúdo.

Por fim, o candidato deve partir para a etapa que considero mais importante: a resolução do maior número de exercícios que puder.

A resolução de questões de concursos anteriores é o melhor caminho para o candidato revisar a matéria e fixar o conteúdo de forma definitiva.

Nos concursos de tribunais é comum a repetição de questões. Então se você resolver muitas questões é grande a chance de acertar uma questão repetida na hora da prova.

Além disso, por meio da resolução de questões de concursos anteriores você conhece o estilo das bancas examinadoras e isso diminui o risco de cair nas famosas pegadinhas.

Por hoje é só! Nos vemos em breve no próximo artigo!

Um abraço do concurseiro federal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*