1. APRESENTAÇÃO

1.1 A Secretaria de Cultura do Estado do Ceará e o Instituto Dragão do Mar tornam público o credenciamento de projetos artísticos para compor a programação do Porto Dragão 2019 de setembro de 2019 a fevereiro de 2020, que se realizará no período de 19 a 30 de agosto de 2019. O Porto Dragão – Hub Criativo do Ceará, faz parte das politicas para a economia da cultura da SECULT CE e funciona nas instalações do galpão situado à Rua Boris, 90-C.

1.2 A Convocatória para o credenciamento de Projetos artistícos Porto Dragão 2019 visa mapear e apresentar um panorama da produção artística cearense e ocupar com atividades culturais os espaços do novo Hub para a cultura. A programação será parcialmente composta por meio da seleção de projetos cadastrados conforme as categorias descritas nesta chamada. Os grupos selecionados serão convocados mensalmente de acordo com a proposta curatorial, sendo apresentados no Porto Dragão compondo uma programação híbrida com grupos artísticos, eventos parceiros e ações que integram o processo de construção do HUB Criativo do Ceará.

1.3 A Convocatória para o credenciamento de Projetos artísticos Porto Dragão 2019 contemplará projetos nas seguintes linguagens artísticas, formatos e categorias.

1) Linguagens: 

Teatro, 

Dança, 

Circo, 

Música, 

Literatura, 

Performance, 

Fotografia, 

Artes Visuais, 

Cinema

Cultura Popular Tradicional 

2) Formatos de trabalho: 

a) Espetáculo/Show: apresentação artística de trabalho que necessite, ou não, de caixa cênica e estruturas de luz, som e cenografia.

b) Formação em Artes: Ações cujo objetivo seja a troca de conhecimentos e/ou a qualificação do público participante, nos diversos formatos possíveis: seminários, rodas de conversa, palestras, aulas, cursos, oficinas, dentre outras possibilidades de atividades educativas voltadas para a formação em artes.

c) Exposições : Montagem de material visual, textual, imagético e/ou sonoro, que ocupa espaço de forma organizada e apresenta um tema, aberta à visitação do público.

d) Concertos e Recitais : Apresentações musicais individuais ou de grupos e bandas, de gênero popular, erudito, experimental ou outro não mencionado.

b) Ensaio Aberto (demonstração de processo/ work in progress ): Trabalho artístico ainda não concluído, que necessita de apreciação pública para reunir impressões e críticas oportunas para o processo de montagem.

d) Ocupação de artistas, grupos e projetos artísticos: Residências artísticas, ensaios e encontros de artistas, grupos e/ou coletivos. Poderão ocorrer com frequência regular ou pontual, devendo ser agendados previamente.

e) Leitura Dramática: Leitura pública de texto literário ou dramatúrgico.

f) Instalação: Trabalho artístico composto por elementos organizados em um ambiente construído ou transformado em cenário. São possíveis combinações com várias linguagens, como vídeo, escultura, pintura, performance , computação gráfica e o universo virtual.

g) Intervenção cênica: Trabalho artístico experimental que pode combinar elementos das artes cênicas, das artes visuais e da música. Situação artística com formato livre na qual pode haver ou não interação direta com o público. Atuação cênica aérea ou no solo.

h) Intervenção visual: Trabalho cuja proposta seja de interferência visual efêmera nos ambientes do Porto Dragão, a partir de uma ou mais técnicas e suportes: projeção audiovisual, videomapping e similares.

k) Saraus : Apresentações e leituras de textos literários, que poderão agregar elementos de outras linguagens (música, teatro, dança, entre outros).

l) Clubes de leitura : Encontros periódicos para apreciação e/ou discussão de obras literárias, podendo haver participação de mediadores ou especialistas.

m) Cineclubes : Encontros periódicos para exibição de filmes, seguida ou não de discussões ou rodas de conversa, podendo haver participação de mediadores ou especialistas.

o) Lançamentos de Publicações : Evento para apresentar ao público produtos culturais e/ou artísticos em diversos formatos: livros, catálogos, revistas, fanzines, CDs, DVDs, entre outros.

p) Contação de Histórias: Ação de narrar fatos ou histórias em que se prioriza a oralidade, podendo combinar recursos de diferentes linguagens artísticas e utilizar elementos pedagógicos.

q) Festivais e eventos culturais.

r) Outros: __________________________ (Descreva qual atividade você pretende desenvolver).

3) Categorias:

a) Ocupação do espaço sem cachê e sem bilheteria

b) Ocupação do espaço sem cachê e com bilheteria

c) 01 ação/apresentação com 1 cachê e sem bilheteria

d) 01 ação/apresentação com 1 cachê e com bilheteria

e) Várias ações/apresentações com 1 cachê e sem bilheteria

f) Várias ações/apresentações com 1 cachê e com bilheteria

1.4 O cachê terá valor fixo de R$1.500,00. Cada projeto selecionado só terá direito a um cachê. O total de recursos financeiros destinados para esta Convocatória corresponde ao valor de R$ 66.000,00 (sessenta e seis mil reais).

  1. DOS OBJETIVOS

2.1 Esta Convocatória pretende oferecer ao público uma programação plural, ampliando as possibilidades de produção artística e fruição existentes no Estado do Ceará, contemplando projetos culturais que se materializem em diversos suportes de expressão e promovam o diálogo entre diferentes linguagens artísticas. Além de trabalhos de difusão, a programação será composta também por atividades formativas. Para tanto, serão aceitas propostas que se encaixem nas linguagens artísticas, formatos e categorias elencadas no item 1.3 desta chamada, ou ainda outras possibilidades não mencionadas aqui.

2.2 O conceito da programação deve apontar para uma ocupação híbrida do espaço, garantindo a presença de trabalhos experimentais ou convencionais, transversais ou específicos em suas linguagens, realizados nas áreas externas e/ou internas do equipamento, para público infantil ou adulto.

2.3 O cadastro de projetos busca ampliar as possibilidades da programação e se apresenta como espaço de estímulo à produção nas diversas áreas artísticas, não havendo caráter competitivo ou obrigação da curadoria de eleger projetos que tenham sido inscritos. O Porto Dragão se reserva o direito de ampliar ou complementar a programação através de convites a artistas e grupos.

  1. DO CADASTRO DE PROJETOS

3.1 O cadastro de projetos será gratuito e ocorrerá no período do dia 19 de agosto até as 18:00 horas do dia 30 de agosto de 2019.

3.2 Poderão cadastrar-se artistas ou grupos de artistas nascidos ou residentes no Ceará, com representante legal maior de 18 anos.

3.3 O cadastro será efetivado somente pela internet, através do preenchimento de ficha online na plataforma Mapa Cultura do Ceará, disponível no endereço eletrônico https://mapacultural.secult.ce.gov.br/oportunidade/1503. Todas as informações referentes à ficha de inscrição deverão ser verídicas e atualizadas. Havendo modificação de informações, estas deverão ser encaminhadas à Coordenação do Porto Dragão e estarão sujeitas à análise.

3.4 Os materiais obrigatórios serão indicados na ficha de inscrição online. Conteúdos extras poderão ser adicionados para melhor apresentar a proposta à curadoria. Será necessário o upload de parte do material e de links para vídeo e/ou áudio no perfil do artista ou grupo no Mapa Cultural. Para melhor navegação, sugerimos a utilização dos navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome. Os vídeos deverão ser inseridos através de links do Youtube ou Vimeo.

3.5 Os proponentes poderão sanar dúvidas sobre esta convocatória enviando mensagens pelo endereço contatoportodragao@gmail.com.

3.6 Todas as informações referentes à ficha de inscrição deverão ser verídicas e atualizadas. Não serão aceitas, para efeito de inscrição, propostas entregues presencialmente na sede do Porto Dragão ou materiais postados via Correios.

  1. DA CRIAÇÃO DOS PERFIS DE ARTISTAS E GRUPOS NA PLATAFORMA

4.1 Para efeito de inscrição neste edital, todos os proponentes deverão estar cadastrados no Mapa Cultural do Ceará, no seguinte endereço eletrônico: https://mapacultural.secult.ce.gov.br.

4.2 Informamos que os proponentes cadastrados nos Mapas Municipais (Juazeiro do Norte, Chorozinho, Sobral, Fortaleza e Guaramiranga) estão automaticamente integrados ao Mapa Cultural do Ceará, não havendo necessidade da realização de um novo cadastro

4.3 O Mapa Cultural do Ceará é um banco de dados que compõe o Sistema de Informações Culturais do Estado do Ceará (Siscult), previsto no Decreto nº 28.442, de 30 de outubro de 2006, que regulamenta a Lei nº 13.811, de 16 de agosto de 2006, que institui o Sistema Estadual da Cultura e vincula-se aos mapas culturais integrados ao Sistema Nacional de informações e Indicadores Culturais no âmbito da Secretaria Especial da Cultura, vinculada ao Ministério da Cidadania).

4.4 O cadastro no Mapa Cultural do Ceará se constitui em uma página online do(a) candidato(a), cujas informações e documentos inseridos são para fins de apresentação de currículo e portfólio de projetos e ações desenvolvidos que comprovam o histórico de atuação profissional no campo artístico-cultural.

4.5 Para efeito de inscrição neste Edital, na apresentação do currículo e/ou portfólio, o proponente deve inserir em seu perfil no Mapa Cultural do Ceará, no campo de download, um ou mais arquivos contendo textos, fotos, vídeos, áudios, entre outros, que o(a) candidato(a) considere relevante para comprovar o seu percurso artístico ou/e experiência profissional na área cultural.

4.6 Os anexos não podem ultrapassar o limite de 5 (cinco) megabytes por arquivo.

4.7 Lembramos que primeiramente é necessário fazer o cadastro da Pessoa Física responsável pela inscrição (denominado  Agente Individual no Mapa Cultural) e, utilizando a mesma conta, criar um novo perfil da Pessoa Jurídica ou grupo/coletivo (denominado Agente Coletivo no Mapa Cultural), conforme indicado na seção de ajuda do site http://editais.cultura.ce.gov.br.

4.8 Seu perfil de agente cultural criado no Mapa Cultural do Ceará servirá como base para você participar de futuras chamadas e editais do Instituto Dragão do Mar e da Secult. Assim, uma vez criado o perfil, não será mais preciso preencher os dados cadastrais, basta mantê-los atualizados. Na plataforma, é possível também divulgar eventos, espaços ou projetos culturais, registrar portfólio de artista e construir networking na área cultural.

4.9 Para validação do cadastro, os Agentes Individuais (Pessoa Física) e Agentes Coletivos (Grupos Informais ou Pessoas Jurídicas) deverão preencher, obrigatoriamente, todas as informações constantes na ficha. Serão consideradas válidas somente as inscrições finalizadas, por meio do envio da proposta, até o horário e data limite estipulados neste Edital. Serão desconsideradas as propostas com status de rascunho não enviadas.

4.10 As dúvidas técnicas relacionada ao Mapa Cultural serão sanadas no endereço eletrônico mapa@secult.ce.gov.br  ou através do telefone (85) 3101 6737, no horário comercial das 8 às 17 horas.

  1. DAS CATEGORIAS, LINGUAGENS E FORMATO DAS PROPOSTAS

5.1 Os projetos inscritos nesta chamada serão contemplados com cessão de pauta e poderão cobrar o valor máximo de R$ 30,00 (trinta reais) pelo ingresso individual, com oferta obrigatória de meia entrada. O valor arrecadado na bilheteria será destinado ao artista ou grupo, descontados os devidos tributos incidentes.

5.2 Cada artista ou grupo de artistas poderá cadastrar quantos trabalhos desejar, podendo ser contemplado com até três (03) propostas, das quais somente uma (01) será contemplada com cachê. O proponente deverá indicar estas condições no ato da inscrição.

5.3 O proponente deverá indicar necessariamente no ato da inscrição em qual(is) espaço(s) do Porto Dragão pretende realizar sua(s) atividade(s), entre os listados a seguir:

a) Teatro B. de Paiva;

b) sala de ensaio (sala 08 – piso superior);

c) sala de aula (sala 11/10 – piso superior);

d) sala de dança (somente nos turnos da tarde e da noite, em horários alternativos às aulas do Curso Técnico em Dança);

e) galeria/ praça das artes;

f) área externa próxima ao prédio.

g) Palco Central

5.4 O horário de funcionamento do Porto Dragão será das 8:00 às 22:00 horas, de terça-feira a domingo. O proponente deverá indicar necessariamente no ato da inscrição em qual(is) data(s) e horário(s) pretende realizará as atividades, observando o período de funcionamento do equipamento.

5.5 As propostas inscritas deverão informar na ficha de inscrição online preenchida integralmente: 

a) Release do trabalho (obrigatório);

b) Sinopse do trabalho (obrigatório);

c) Data(s) e horário(s) da(s) atividade(s) (obrigatório);

d) Ficha técnica do trabalho (obrigatório);

e) Lista das necessidades técnicas e de logística para as apresentações e/ou atividades (obrigatório);

f) Rider técnico de som e luz;

g) Descrição detalhada do cenário;

h) Classificação etária da atividade (obrigatório);

i) Duração ou carga horária da atividade (obrigatório);

j) Tempo estimado de montagem e desmontagem (obrigatório);

k) Valor do ingresso ou inscrição para participar da atividade (obrigatório) – O valor máximo a ser cobrado pelo ingresso individual deverá ser de R$ 30,00 (trinta reais) a inteira. É obrigatório ofertar meia entrada;

l) Até cinco imagens relacionadas à proposta, com tamanho máximo de 4MB cada arquivo, em formato JPG ou PNG, com apresentação de créditos, as quais poderão ser solicitadas em melhor resolução para utilização em peças promocionais e distribuídas para a imprensa;

m) Link de vídeo do trabalho com imagem em resolução adequada à visualização;

n) É recomendado adicionar informações que possibilitem melhor conhecimento prévio sobre a proposta de atividade.

6.DA MONTAGEM E EXECUÇÃO DOS TRABALHOS

6.1 Cada artista ou grupo de artistas será responsável pela montagem e operação técnica e/ou logística do seu trabalho, devendo obrigatoriamente constar na ficha de inscrição as necessidades dessa ordem. O Porto Dragão disponibilizará os equipamentos, estrutura e equipe técnica (ver Anexo 1 Rider técnico do Teatro).

6.2 No caso das propostas selecionadas em ambas as categorias, as necessidades técnicas informadas na ficha de inscrição serão acordadas com a produção do Porto Dragão antes da montagem e/ou realização das atividades.

  1. DA CURADORIA E DO PROCESSO DE SELEÇÃO

7.1 A Curadoria será composta pela equipe do Porto Dragão que desempenharão as funções de Curadores-Programadores, com o objetivo de selecionar as propostas tendo como base os critérios descritos neste item, considerando mérito artístico e viabilidade técnica, além de compor calendário de programação dos espaços do Porto Dragão no período compreendido por esta convocatória.

7.3 A Curadoria procederá avaliação dos projetos de acordo com critérios como: a conformidade do projeto com os objetivos e exigências desta convocatória; clareza, exatidão e integridade das informações constantes no projeto; pertinência cultural do projeto; qualidade artística; relevância estética; criatividade; exequibilidade dos prazos propostos para a realização; qualificação de todos os profissionais envolvidos no projeto; entre outros critérios que julgar necessários.

7.4 A Curadoria poderá entrar em contato com os proponentes para tratar de sugestões e ajustes de programação previamente à divulgação da programação mensal. Qualquer alteração na proposta original deverá ser registrada por e-mail entre curadoria e proponente, caso contrário não será validada para efeito de execução.

  1. DA CONTRATAÇÃO

8.1 Todos aqueles contemplados para compor a programação com cachê, independente de cadastro, deverão indicar Pessoa Jurídica para representá-los em contrato, fornecendo os documentos de idoneidade e aptidão da empresa solicitados pelo Instituto Dragão do Mar. Todas as contratações nessa categoria serão efetivadas exclusivamente com Pessoa Jurídica. A lista de documentos está discriminada no Anexo 2.

8.2 Os proponentes selecionados para compor a programação sem cachê deverão firmar Contrato Simples de Comodato, fornecendo dados e cópias de documentos de identidade da pessoa responsável, a serem solicitados pelo Instituto Dragão do Mar.

  1. DA COMPOSIÇÃO DA PROGRAMAÇÃO

9.1 A programação da Convocatória para o credenciamento de Projetos artisticos Porto Dragão 2019 é de responsabilidade do corpo curatorial, que deverá considerar como critério de análise a diversidade de gêneros, estilos e movimentos artísticos para compor a programação.

9.2 Os grupos selecionados serão convocados mensalmente de acordo com a proposta curatorial, sendo apresentados no Porto Dragão compondo uma programação híbrida com grupos artísticos, eventos parceiros e ações que integram o processo de construção do HUB Criativo do Ceará.

  1. PERMISSÃO DE USO DO MATERIAL

10.1 O IDM se reserva o direito de publicar e reproduzir o material depositado neste banco de dados em sítios institucionais, durante a programação da Convocatória de Projetos Porto Dragão 2019 e eventos futuros realizados pelo Instituto Dragão do Mar, em vídeos institucionais, bem como para outros fins, desde que não haja finalidade comercial, com o intuito de divulgar a produção cultural cearense, servindo o cadastro dos materiais como aceitação das condições desta convocatória e, assim, autorizando o uso de suas imagens e de exibição e reprodução nas condições aqui estabelecidas.

10.2 A não inclusão de alguma coautoria é de exclusiva responsabilidade daquele que deposita o material.

ANEXO 1

RIDER TÉCNICO DE SOM E LUZ DO TEATRO DO PORTO DRAGÃO

LUZ

  • 02 MOVING EXELL PLS 500
  •  02 MOVING EXELL PLS 550
  • 12 -PARFOCO1
  •  12 -PARFOCO2
  •  24 -PARFOCO5
  • 12 SET LIGHT 500
  • 12 SET LIGHT 1000
  • 18 FRESNEL
  • 16 – REFLETORES ELIPSOIDAIS DE 25 Á 50 GRAUS COM FACAS E IRIS
  • 02 REFLETORES MINI BRUT COM 6 OU 8 LAMPADAS
  • 01 – MAQUINA DE FUMAÇA DMX 3000W
  • 01 – CONSOLE COMPATIVEL COM OS APARELHOS E REFLETORES.
  • 01 – RACK DIMMER COM 12 CANAIS DE 4KW POR CANAL
  • 04 – REFLETORES VAPOR METÁLICO HQI DE 400W
  • 04 REFLETORES SET LIGHT DE 500W

SOM

  • 01 – SISTEMA DE P.A COM 04 CAIXAS DE LINE ARRAY ATIVO OU PASSIVO COBERTURA DE 120 GRAUS HORIZONTAL. 02 CAIXAS DE SUB WOOFER.
  • 01 – CONSOLE DIGITAIL 32 INPUTS E 16 OUTPUTS
  •  01 – SISTEMA DE MONITORAÇÃO COM 6 MONITORES ATIVOS BI AMPLIFICADOS DE 800W RMS. MODELOS DE REFERÊNCIA
  • 16 – PEDESTAIS ARTICULÁVEIS
  •  40 – CABOS XLR DE TAMANHOS VARIADOS
  • 10 – CABOS P10 DE TAMANHOS VARIADOS
  • 04 – REGUAS DE A.C COM 5 TOMADAS CADA PARA LIGAÇÃO Á 110V OU 220V
  • 01 – KIT DE MICROFONAÇÃO PARA BATERIA COM 7 PEÇAS. MARCAS DE REFERÊNCIA (SHURE, SENNHEISER, AKG, CAD, AUDIO TÉCNICA)
  • 01 – BATERIA EM PERFEITO ESTADO.
  • 02 – AMPLIFICADORES DE GUITARRA COMBO VALVULADOS OU TRANSISTORIZADOS DE 200W.
  • 01 – SISTEMA DE CONTRABAIXO COM CAIXAS 4X10” , 1X15” OU 8X10”
  • 10 – MICROFONES SHURE SM 58
  • 06 – MICROFONES SHURE SM 57
  • 02 – MICROFONES SEM FIO DE BOA QUALIDADE. MARCAS DE REFERÊNCIA (SHURE, SENNHEISER, AKG, CAD, AUDIO TÉCNICA)
  • 06 – DIRECT BOXES

ANEXO 2

INFORMAÇÕES RELEVANTES SOBRE OS PROCESSOS DE CONTRATAÇÃO

Todos aqueles convidados a compor a programação da Convocatória de Projetos Porto Dragão 2019 deverão apresentar os documentos de idoneidade e aptidão da empresa e/ou do responsável solicitados pelo Instituto Dragão do Mar.

Para a Categoria Ocupação , será facultado aos proponentes selecionados formalizar contrato indicando como representante Pessoa física, mediante apresentação dos seguintes documentos:

–  Cópia de RG;
– Cópia de CPF;
–  Cópia de Comprovante de endereço.

Para a Categoria Mostra , os contratos somente serão celebrados por meio de Pessoa Jurídica, quer sejam os projetos inscritos por Agente Individual ou Coletivo.

Para Micro Empreendedores Individuais (MEI) a contratação só será possível àqueles cuja situação demonstra-se compatível com as normas internas do IDM. Microempreendedor Individual (MEI) é aquele que realiza diretamente e individualmente as atividades para o qual é contratado. A representação de propostas artísticas só é possível quando o proprietário do MEI seja integrante diretamente e que o seu Código Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) seja compatível com a função a ser desempenhada. É obrigatório a observância do anexo xiii da Resolução n 94 do CGSN.

Para a formalização de contratos por meio de representação de Pessoa Jurídica, o Instituto Dragão do Mar solicitará os seguintes documentos:

( ) Contrato Social/ Requerimento do Empresário/ Certificado MEI (com atualizações, se houver);
( ) Cartão do CNPJ;
( ) Certidão Negativa da Empresa (Municipal);
( ) Certidão Negativa da Empresa (Estadual);
( ) Certidão Negativa da Empresa (Federal);
( ) Certidão Negativa da Empresa (FGTS);
( ) Certidão Negativa da Empresa (Trabalhista);
( ) Cópia do RG, CPF e Comprovante de Endereço do Representante legal.

Sem prejuízos à auferição da equipe técnica do IDM quanto a idoneidade da empresa, sugerem-se as seguintes Classificações pelo Código Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) relativo às atividades a serem desempenhadas:

ARTES CÊNICAS
SEGMENTO CULTURAL CNAE
Circo Produção de espetáculos circenses, de marionetes e similares – 9001-9/04
Gestão de espaços para artes cênicas, espetáculos e outras atividades artísticas – 9003-5/00
Dança Produção de espetáculos de dança – 9001-9/03
Gestão de espaços para artes cênicas, espetáculos e outras atividades artísticas – 9003-5/00
Teatro, Mimica ou Ópera Produção de espetáculos circenses, de marionetes e similares – 9001-9/04 (quando tratar-se de formas animadas, de mamulengos, bonecos e congêneres)
Artes cênicas, espetáculos e atividades complementares não especificados anteriormente – 9001-9/99
Produção teatral – 9001-9/01
Desfile coreográfico e apresentações de expressões da cultura popular que contenham relevante presença de elementos cênicos ou dramáticos Artes cênicas, espetáculos e atividades complementares não especificados anteriormente – 9001-9/99
ARTES VISUAIS
SEGMENTO CULTURAL CNAE
Exposição de Artes (e Produção fotográfica) Serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas – 8230-0/01
Gestão de espaços para artes cênicas, espetáculos e outras atividades artísticas – 9003-5/00
Atividades de design não especificadas anteriormente – 7410-2/99
Laboratórios fotográficos – 7420-0/03
Atividades de produção de fotografias aéreas e submarinas – 7420-0/02
Atividades de produção de fotografias, exceto aérea e submarina – 7420-0/01
Design de interiores – 7410-2/02
Artes Plásticas, Gráficas, Gravuras, Desenho, Escultura Atividades de artistas plásticos, jornalistas independentes e escritores – 9002-7/01
MÚSICA
SEGMENTO CULTURAL CNAE
Música em geral Produção musical – 9001-9/02
Atividades de gravação de som e de edição de música – 5920-1/00 (quando tratar-se de gravação de faixa)
HUMANIDADES
SEGMENTO CULTURAL CNAE
Eventos e Festivais Literários Serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas – 8230-0/01
Edição de livros – 5811-5/00
Ações educativo-culturais, inclusive seminários, oficinas e palestras, visando a preservação do patrimônio material, imaterial ou de acervos de valor cultural Ensino de arte e cultura não especificado anteriormente – 8592-9/99
Outras atividades de ensino não especificadas anteriormente – 8599-6/99
Atividades de organizações associativas ligadas à cultura e à arte – 9493-6
Design e Instalação Design de interiores – 7410-2/02
Design de produto – 7410-2/03
Atividades de design não especificadas anteriormente – 7410-2/99 Atividades técnicas relacionadas à engenharia e arquitetura não especificadas anteriormente – 7119-7/99.

 

Arquitetura (construção, restauração e/ou reforma do imóvel) Construção de obras-de-arte especiais – 4212-0/00
Serviços de engenharia – 7112-0/00
Serviços de arquitetura – 7111-1/00
Atividades técnicas relacionadas à engenharia e arquitetura não especificadas anteriormente – 7119-7/99
Serviços de desenho técnico relacionados à arquitetura e engenharia – 7119-7/03