FESTA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO TERÁ CELEBRAÇÃO INTER-RELIGIOSA

Com o foco voltado para as questões sociais e a diversidade cultural e religiosa, a tradicional Festa do Morro da Conceição, que chega à 115ª edição, começa no dia 28 de novembro na Zona Norte do Recife. Entre as novidades deste ano, está a realização de uma celebração inter-religiosa com representantes de denominações de matriz africana.

A programação segue até 8 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição – padroeira afetiva do Recife -, com missas diárias e apresentações musicais, incluindo shows de artistas como Irah Caldeira e Jorge de Altinho.

post1

Foto: Internet

Este ano, tendo como tema “Maria, mãe de um povo ferido”, a Igreja Católica pretende chamar atenção para os diversos problemas sociais. “Vamos rezar as dores do povo, que passa por muitas crises. Queremos trazer esse tema para o altar de Deus. Nossa Senhora, como mãe, acalenta. Tantos jovens se suicidando, idosos abandonados, e o povo vem pedir que a mãe os acalente”, explica o padre Mailson Regis, reitor do Santuário de Nossa Senhora da Conceição.

Pela primeira vez, no período conhecido como pré-festa, a programação contará com uma celebração inter-religiosa, marcada para o dia 23, às 17h, junto à imagem de Nossa Senhora. O encontro, que entrará no calendário oficial da festa a partir deste ano, terá a presença de babalorixás e outros representantes de religiões africanas, como o candomblé, reunindo cânticos da Igreja Católica e toadas de terreiros, em referência também a Iemanjá, orixá celebrada neste mês.

“Para nós, é um espaço de valorização e pertencimento, o direito de professar a nossa fé. E fazer isso publicamente, com a Igreja Católica, é muito importante. É um momento histórico”, classificou a candomblecista Paula Guedes, do Sítio do Pai Adão, um dos terreiros que participarão do evento. “O caminho é o diálogo. É um pedido do papa Francisco. Queremos aqui dar um grito contra o ódio e a intolerância religiosa. Não pode haver ódio e intolerância em ambiente cristão”, afirmou o padre Mailson Regis.

Programação

A abertura da programação acontece no dia 28 com uma missa campal, o que é uma novidade desta edição. A solenidade será conduzida pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife, dom Limacêdo Antônio da Silva, a partir das 19h, após a chegada da procissão, que seguirá do Parque da Macaxeira pela Avenida Norte, Largo Dom Luiz e Rua Itacoatiara até a Praça de Nossa Senhora da Conceição. “Nós realizamos a novena e isso exige que a gente faça dentro do santuário. Mas para proporcionar um melhor conforto dos peregrinos, vamos fazer a abertura lá fora”, diz o padre.

A partir do dia 29, serão celebradas missas diárias até 7 de dezembro, sempre às 7h, 9h, 11h, 14h e 16h. Já no dia 8 de dezembro, será uma missa a cada hora, de meia-noite a meio-dia, revezando entre o palco externo e o santuário. Às 14h tem início a procissão de encerramento, com saída às 15h, do Cais do Apolo, no Bairro do Recife, até o Morro, seguindo pela Avenida Norte. Já a solenidade de encerramento será conduzida pelo arcebispo Dom Fernando Saburido, às 18h. Também ao longo da programação, o público poderá assistir a apresentações musicais todos os dias. Entre as atrações, estão Jorge de Altinho, Irah Caldeira e Petrúcio Amorim, além de blocos líricos e do coral do Movimento Pró-Criança.

Confira a programação musical:

29/11 – Jorge de Altinho: 21h (Palco)
30/11 – Dudu do Acordeom: 21h (Palco)
1º/12 – Recifogosas: 15h (Palco)
1º/12 – Maracatu Estrela Brilhante: 21h (em frente ao Santuário)
2/12 – Blocos Líricos: 21h (Palco)
3/12 – Banda Mandracatu: 20h30 (Palco)
3/12 – Banda Mingau de Cachorro: 21h30
4/12 – Eduardo Moreno: 21h (Palco)
5/12 – Petrúcio Amorim: 21h (Palco)
6/12 – Coral do Movimento Pró-Criança: 20h30 (dentro do Santuário)
6/12 – Irah Caldeira: 21h (Palco)
7/12 – Momento Mariano: 21h (Palco)
8/12 – Padre Damião Silva e Banda: 11h (Palco)
8/12 – Padre João Carlos: 16h (Palco)

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.