Arquivo da categoria: Cordel

CORDEL – Vai como o vento

Flutuam sonhos com o vento Palavras que vão sem volta Murmúrios que a ninguém toca Anseios procede o tempo Feliz descontentamento Contente na voz do triste Vivendo com um dedo em riste Que insiste em julgamentos Com o vento se … Continue lendo

Publicado em Cordel, Cordel ácido, Cordel Libertário, Cordel maldito, Cordel Paraíba, Liberdade | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

CORDEL – Maré de puro escarro

Outra manhã vai passando Correndo pr’o fim de mais um dia Hoje a chuva dominando Uma terça de melancolia Estantes tapam minha vista Produtos, mureta, pista Alimentam a monotonia Vem chegando mais um cliente Fazendo girar as engrenagens Que deixa … Continue lendo

Publicado em Cordel, Cordel ácido, Cordel Libertário, Cordel maldito, Cordel Paraíba, Liberdade | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

CORDEL – Policial ou bandido?

Eu não decido quem é bandido Também não sou quem julga o crime Muito menos sou quem oprime Ou separa joio do trigo Vivo o que é pra ser vivido Enquanto essa guerra atinge a gente E todo dia morre … Continue lendo

Publicado em Cordel, Cordel ácido, Cordel Libertário, Cordel maldito, Cordel Paraíba, Liberdade | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

CORDEL – Boca do inferno (PARTE 2)

Mais umas rimas vou contar Do mentiroso Invanildo Que deve tá puto comigo Depois de outros eu rimar Mas não posso deixar passar Muito caso cabuloso Desse grande mentiroso Que tanto tenta enganar Como já contei bem antes Que se … Continue lendo

Publicado em Cordel, Cordel Paraíba, Humor | Com a tag , , , | Deixar um comentário

CORDEL – Julgamento

Quando se fala em julgamento Vem logo no imaginário O poder judiciário Cabido nesse regulamento Mas se pensarmos um momento Também vamos nos lembrar Que o velho ato de julgar Vive em nosso pensamento O juiz seu martelo bate Encerra … Continue lendo

Publicado em Cordel, Cordel ácido, Cordel Libertário, Cordel maldito, Cordel Paraíba, Crítica, Liberdade | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

CORDEL – Boca do inferno (PARTE I)

Ivanildo é um rapaz Que se diz muito viajado Diz que morou em muito estado E que pretende ir a mais O caba é conversador demais Tem gente que até se inspira Mas maioria diz que é mentira São esses … Continue lendo

Publicado em Cordel, Cordel Paraíba, Humor | Com a tag , , | Deixar um comentário

CORDEL – Mídia sanguinária

Os anos vão indo embora E as coisas vão mudando Sua mente se adaptando Ou, de atraso, ela estoura Mas o que não é como outrora É a tal da segurança Que diminui a cada matança Que a TV banaliza … Continue lendo

Publicado em Cordel, Cordel ácido, Cordel Libertário, Cordel maldito, Cordel Paraíba, Crítica, Liberdade | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário

CORDEL – Tenha calma, Hipocrisia!

Conheci na adolescência Uma coisa farta de segredo Que causa revolta e medo Cheia de ideal e crença Não sei se chega a ser doença Mas gente sofre um bocado Se a mesma logo chega de lado Querendo dar sua … Continue lendo

Publicado em Cordel, Cordel ácido, Cordel Libertário, Cordel maldito, Cordel Paraíba, Crítica, Liberdade | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário

CORDEL – Reféns do dinheiro

O tal dinheiro é um papel Tem poder e costa quente Que corrompe muita gente Até inocente vira réu Sem ele é um escarcéu Gente beira a loucura Porrada no mêi da rua É pau do inferno até o céu Pessoas vivem … Continue lendo

Publicado em Cordel, Cordel ácido, Cordel Libertário, Cordel maldito, Cordel Paraíba, Crítica, Liberdade | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

CORDEL – O caminhar da ignorância

A ignorância é um caba véi Que chega sem dá recado Bota a lucidez de lado Nem te avisa quem é Come miolo de mané Afoga a gente em heresia Em coletiva anestesia Esquecendo até quem é A ignorância anda cansada … Continue lendo

Publicado em Cordel, Cordel ácido, Cordel Libertário, Cordel maldito, Cordel Paraíba, Crítica, Liberdade | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário