news camp forum 2

Imagem da chamada para a programação do NewsCamp 2010 no site jornalismodigital.org

Está fechada uma prévia da programação para o Newscamp 2010, que vai acontecer durante o Fórum da Cultura Digital Brasileira. Uma prévia porque o Newscamp é uma desconferência – um encontro aberto, muito mais uma conversa entre todos os participantes (jornalistas, blogueiros e outros comunicadores conectados) do que simplesmente uma palestra.

Todos os que se inscreveram  fizeram propostas de discussões e debates para ocorrerem durante o encontro. As inscrições ainda estão abertas – inscrição gratuita no formulário aqui. Convidamos também alguns jornalistas para conversar sobre alguns dos assuntos propostos. Mas durante o encontro podemos organizar outras rodas de debate.

A programação está assim:

Segunda-feira, dia 15 de novembro

(ATUALIZADO NO DIA 8 DE NOVEMBRO)

A programação está assim:

Segunda-feira, dia 15 de novembro

10h às 13h: Programação colaborativa. Eis algumas discussões propostas pelos inscritos:

A pesquisadora Magaly Prado discute webjornalismo (prévia de seu novo livro que será lançado este mês)

– Jornalismo e as redes sociais / Redes controladas versus redes abertas

– Produção do ciberjornalismo: as práticas atuais dos jornalistas, quais suas rotinas produtivas, como eles produzem.

– Liberdade de comunicação digital: até que ponto o jornalista do digital tem autonomia para produzir uma matéria independente?

– Critérios de qualidade do jornalismo online: como medir a credibilidade?

– Salários: jornalista multimídia tem que receber salário multimídia?

– Convergência de mídias, Web 3.0

– Sustentabilidade financeira do jornalismo online /  Imprensa e novos modelos de negócio

news translation: ética, métodos e experiências

– Financiamento público para jornalismo independente

– Como recuperar o processo de produção das matérias contempladas pelos grandes prêmios de imprensa: Herzog, Esso, Ayrton Senna, Ethos etc ?

Onde será o encontro dentro da Cinemateca: Na tenda do Encontro das Redes

Quem já garantiu presença: Antonio Martins (Ciranda da Informação Independente), Sérgio Gomes (Projetos Especiais Oboré);

14h às 17h: Jornalismo Colaborativo: passado, presente e futuro

O quê: Lá se vão mais de 10 anos desde a primeira experiência, o CMI – Centro de Mídia Independente (também conhecido como IndyMedia). Nascido durante as manifestações de Seattle, em 1999, criado por jornalistas que não conseguiam publicar seus textos nos jornais onde trabalhavam. Com ajuda de programadores, criaram um sistema de publicação em que qualquer pessoa podia publicar notícias.

Depois vieram algumas dezenas ou centenas de sites colaborativos, pra todos os gostos. O mais emblemático e considerado o primeiro a trabalhar com jornalismo cidadão de fato (“jornalismo fundamentado, com profissionais editando e selecionando o conteúdo produzido por cidadãos repórteres do mundo inteiro. E 100% assim”, como diz Ana Brambilla) talvez tenha sido o sul-coreano OhMyNews. Fundado em fevereiro de 2000, tinha uma redação em Seul com 55 jornalistas. Chegou a cerca de 90 mil cidadãos repórteres em mais de 100 países. Mas começou o prejuízo e o OhMyNews partiu para o financiamento via crowdfunding. E agora, em setembro de 2010, relançou o site em outros moldes, mais como um blog e menos como o modelo que o tornou conhecido.

Ao final desta década em que vimos o jornalismo participativo surgir, pra onde ele vai? O que aprendemos com isso? Que o jornalismo não é mais uma palestra, mas sim uma conversa, isso sabemos – mas qual o melhor jeito de tirarmos proveito disso em nome do jornalismo?

A participação cidadã no conteúdo gerado pelas grandes mídias. Jornalismo colaborativo. Wikileaks, Global Voices e outros assuntos na mesa.

Onde: No Deck da Cinemateca (espaço de convivência que será sede de algumas atividades )

Quem garantiu presença: Ana Brambilla (Terra), Rafael Sbarai (Veja), Diego Casaes (Global Voices)

Terça-feira, dia 16 de novembro

14h às 18h: Jornalismo em bases de dados

O quê: Como as bases de dados podem ajudar o processo jornalístico? RAC Infografias de bases de dados. Qual o novo papel do jornalismo? E do jornalista? Grandes casos de uso de bases de dados no jornalismo brasileiro e internacional.

Onde: Na tenda do Encontro das Redes

Quem já garantiu presença: Pedro Valente (Yahoo!), Carolina R. Pietoso (APIs do The Guardian e do NYT) e Carla Schwingel (UFBA e Teccred – Cásper Líbero);

Newscamp e Fórum da Cultura Digital Brasileira

Onde: Cinemateca. Fica no Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino – São Paulo. Veja aqui o mapa e como chegar.

Esta é a sexta edição do Newscamp. Por enquanto temos mais de 100 inscritos. O Newscamp 2010 está sendo organizado pelo site Jornalismo Digital.org com apoio da Casa da Cultura Digital e do Fórum da Cultura Digital Brasileira.



Tags: , , , , , , , ,