«

»

maio 18

“AS TRÊS FIANDEIRAS” ESTREIA NO TEATRO DO INSTITUTO (PORTO ALEGRE, RS)

IMG_1579No dia 05 de maio de 2017 estreou o espetáculo “As Três Fiandeiras” no Teatro do Instituto (Porto Alegre, RS). O espetáculo é a segunda contação de histórias do projeto “Grimm para os Pequenos”, realizado por Leandro Silva em parceria com Lorena Sanchez. Com pesquisa referenciada nas Moiras gregas, o espetáculo traz uma versão divertida e misteriosa do clássico registrado pelos Irmãos Grimm, unindo técnicas diversas de teatro de bonecos, performance e brincadeiras.

A estreia contou com a participação de crianças e adolescentes atendidas pela Associação Meninos e Meninas Progresso, de São Leopoldo – RS, que riram, torceram e até participaram do espetáculo.

Em breve o novo espetáculo estará em novas temporadas na capital gaúcha e em circulação por festivais. Confira mais informações e a agenda do espetáculo através da página: http://www.culturadigital.br/grimmparaospequenos 

Sobre “As Três Fiandeiras”/ Grimm para os Pequenos

Inspirado no clássico dos Irmãos Grimm, “As Três Fiandeiras” conta a história conflituosa entre uma mãe e sua filha, que é ajudada por três misteriosas mulheres a cumprir uma árdua tarefa: fiar três quartos de linho do palácio real para, finalmente, poder se casar com o príncipe. Uma história cheia de enigmas e reviravoltas. Segunda criação do projeto cênico independente “Grimm para os Pequenos”, evoca o nosso destino e o fio condutor da vida, simbolizado nas universais Moiras da mitologia grega, presentes em todas as culturas do mundo.

As fotos são um registro gentilmente cedido por Cassio JP Silva.

IMG_1433 IMG_1621IMG_1632 IMG_1738 IMG_1769 IMG_1838 IMG_1849

Depoimentos sobre a estreia de “As Três Fiandeiras” no período de 05 a 07 de maio de 2017 no Teatro do Instituto

(Fonte: Facebook)

“Hoje fomos assistir o Grino (Leandro Silva) e a Dorothea (Lorena Sanchez) narrando “As Três Fiandeiras”. Gente! Fazia tempo que não ria tanto!
Um trabalho lindo, com dois atores fantásticos que sabem mesmo trabalhar para e com crianças, e adultos também 😉
Vida longa ao projeto e, para quem não viu, quando tiver oportunidade, não perca!”

(Náthaly Weber, relações públicas e produtora cultural na empresa Saia Rodada Comunicação e Produção Cultural)

“Esta foi a primeira peça de teatro que fotografei. Já tinha fotografado o palco, mas só dança. Uma peça de teatro foi a primeira vez. Voltada para o público infantil, eu olhava pela lente e acompanhava a história. Eu parava em alguns momentos para olhar o desenrolar da peça, mas logo voltava a mirar a minha lente neles. É a minha forma de assistir.

Teatro é diferente da dança, onde a coreografia é mandatória e cabe ao fotógrafo registrar. O fotógrafo tem que ser rigoroso, pois pode colocar tudo a perder com diferentes tipos de erros.

No teatro, o fotografo é quase como mais um personagem. Ele também dá a sua leitura do que vê. Também participa. Nada do que ele faz atrapalha, desde Que não seja dentro do palco. Eu gostei muito e quero repetir.

Obrigado Lorena Sanchez e Leandro Silva pela oportunidade de aprendizado de mais uma competência fotográfica!”

(Cassio JP Silva, fotógrafo)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*

Pular para a barra de ferramentas