Internet e Literatura

Fazer hiperliterário

Este tópico contém respostas, possui 4 vozes e foi atualizado pela última vez por Foto de perfil de Fernão Lopes Fernão Lopes 9 anos, 7 mes atrás.

Visualizando 5 posts - 1 até 5 (de 5 do total)
  • Autor
    Posts
  • #4475
    Foto de perfil de Thiago Carrapatoso
    Thiago Carrapatoso
    Participante

    Estou pesquisando autores que usem as possibilidades da web para compor narrativas além linearidade. É difícil encontrar exemplos de experimentação em linhas narrativas na web, com uma pegada mais literária.

    Não acho que só publicar em um blog possa ser considerado uma experimentação de linha narrativa. Pelo contrário. Tenho visto muitos fazeres literários iguais ao de um livro impresso, mas com a diferença da participação do leitor.

    Agora, quem está explorando realmente os limites do digital? Alguém que misture hipertexto, vídeo, comentários, tuites, enfim, as possibilidades que a rede propõe.

    Vamos colocar exemplos aqui?

    #5328
    Foto de perfil de
    Anônimo

    Eu não os tenho, digo os exemplos que vc pede. Mas gostaria de aprofundar essa discussão e, como você, encontrar caminhos na rede.

    #7192

    Eu não os tenho, digo os exemplos que vc pede. Mas gostaria de aprofundar essa discussão e, como você, encontrar caminhos na rede.

    #5329
    Foto de perfil de Glaucio Aranha
    Glaucio Aranha
    Participante

    Eu entendo que a questão “digital x impresso” na literatura está tomando o caminho errado. A questão da hipertextualidade tem um exemplo prático na obra de Michael Joyce, mas sisnceramente acho-a datada. Não vejo a questão da linearidade como o ponto mais profícuo da literatura eletrônica, mas sim a convergência. Já teve a oportunidade de ler a experiência do Michael Joyce?

    #7193

    Eu entendo que a questão “digital x impresso” na literatura está tomando o caminho errado. A questão da hipertextualidade tem um exemplo prático na obra de Michael Joyce, mas sisnceramente acho-a datada. Não vejo a questão da linearidade como o ponto mais profícuo da literatura eletrônica, mas sim a convergência. Já teve a oportunidade de ler a experiência do Michael Joyce?

Visualizando 5 posts - 1 até 5 (de 5 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.