por Rodrigo Prates:

Atenção Apartamentos!

Quem põe o ovo é galinha

Quem põe o ovo é a galinha

Supermercado não da leite

Quem da o leite é a vaca

Supermercado não da leite

Quem da o leite é a vaca

Supermercado não da leite

Quem põe o ovo é a galinha

A batata vem de muito longe

Ela não nasceu ali

Assim é também

Com o espinafre o milho e  o caqui

A bergamota foi colhida antes

Num lugar distante que eu nem sei

Supermercado não da leite

Quem da o leite é vaca

Bolachinha vem da fábrica

E fabricam nas fábricas

Bolachinhas recheadas

Bolachinhas fabricadas.

(Rodrigo Prates)

Durante o tempo que fizemos as entrevistas tivemos o prazer de conviver e dividir algumas horas e às vezes dias com alguns Mestres Griôs. Esta canção nasceu quando percebi que por mais que eu escrevesse sobre a autenticidade destes anciãos, jamais conseguiria ser profundo sem ser engraçado. Foi quando me ocorreu de tentar fazer com que as crianças percebessem a origem do universo que as cercam. Uma das grandes contribuições dos Griôs para preservação da cultura são as suas lembranças. Através da memória é que tudo fica guardado. Achei então, ser pertinente abordar o assunto da origem de alguns alimentos expostos nos supermercados. Acredito que dessa forma, por mais antagônico que pareça, consiga levar às crianças reflexões sobre ancestralidade.