por Rodrigo Prates:

Toda Cor

Eu tenho uma história pra te contar

Chega mais perto pra escutar

Toda a gente tem cor

E a cor está em toda gente

Existiu um tempo

Em que um era branco

E o outro era preto

Hoje a gente quer

O preto no branco

E o branco no preto

O Mestre Griô

Tem idade de vovó

Tem idade de vovô

(Rodrigo Prates)

Esta foi a primeira canção que compus para este Projeto. Assim que soube do nosso prêmio e fui ler mais a respeito dos Mestres Griôs, a frase o Mestre Griô tem idade de vovô me veio a cabeça. Tentei falar da discriminação racial e da idade dos Mestres de forma lúdica. Dia desses cantamos esta canção no Odomodê com a participação mais que especial do Mestre Griô Zé do Rio e claro, do Mestre Paraqueda. Fiquei contente ao ver  dois Mestres Griôs cantando uma canção que foi feita para eles. A primeira coisa que penso depois que escrevo uma letra falando dos Griôs é se o que está sendo dito é verdadeiro. Só fico com a certeza de que fiz algo relevante para a preservação da cultura dos Mestres, quando percebo a identificação da personagem com os fatos que são trazidos a tona.