Entre os anos de 2014 e 2015 o grupo de pesquisa ligado ao Observatório de Políticas Públicas Culturais (OpCult/CEAM), organizou estudos e pesquisa de campo que possibilitassem estruturar um trabalho em que fossem apontados possíveis impactos e transformações sociais ligados à presença e ação dos Pontos de Cultura.

Foram selecionados todos os Pontos de Cultura existentes no Distrito Federal e oito Pontos de Cultura fora do DF e pertencentes a região Centro-Oeste (quatro em Mato Grosso, três em Mato Grosso do Sul e dois em Goiás). A hipótese levantada era a de que uma investigação qualitativa em torno de tais Pontos de Cultura poderia apontar indicativos de impactos e transformações sociais ligadas ao programa.

A busca por parâmetros que norteassem o levantamento de indicativos, levou os pesquisadores a estudarem o conceito de Felicidade Interna Bruta e adaptar o levantamento de dados coletados na pesquisa de campo aos domínios já apontados pelo FIB. Tal conceito aponta para o fato de que existem fatores diversos, para além apenas dos recursos financeiros, que podem proporcionar a felicidade como bem-estar psicológico, padrão de vida, uso do tempo, governança, vitalidade comunitária, cultura, saúde e educação.

Em 2015 foi realizado um grupo de trabalho em Brasília com a participação de membros da Comissão Nacional de Pontos de Cultura de diferentes regiões do Brasil e uma representante da Fundação Casa de Rui Barbosa. Nessa ocasião, as informações iniciais levantadas pelo mencionado projeto de pesquisa foram postas em debate e o texto foi aberto para a contribuição dos participantes.

De posse dos domínios relativos ao conceito do FIB foram elaboradas entrevistas semiestruturadas e realizou-se a pesquisa de campo. Os dados coletados foram transcritos e analisados, compondo o relatório que será entregue neste sábado, 27 de fevereiro.

Como marco de entrega do relatório final da pesquisa, será realizado um fórum no qual estarão presentes representantes da Universidade de Brasília/UnB, do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares/CEAM, do Observatório de Políticas Públicas Culturais/OpCult, do Ministério da Cultura, da Comissão Nacional dos Pontos de Cultura, da Fundação Casa de Rui Barbosa, dos Pontos de Cultura visitados e do grupo de pesquisa ligado ao OpCult.

O evento acontecerá das 8 às 18h, no memorial Darcy Ribeiro da UNB com programação de mesas redondas e debates sobre os resultados obtidos na pesquisa.

Fonte: culturaviva.gov.br