Imagem: Internet

Depois que Bruno Gagliasso prestou queixa, em uma delegacia do Rio de Janeiro, após sua filha, Titi, ter sido vítima de ataques racistas, por parte de Day McCarthy, na internet, a brasileira já foi ouvida pelo consulado brasileiro, nos Estados Unidos, segundo informações dadas por Léo Dias, no Fofocalizando, programa exibido pelo SBT.Ainda de acordo com o colunista, Day não está na lista de residentes com visto oficial, em território norte-americano, e foi ouvida, por autoridades brasileiras, em Las Vegas. Vale ressaltar ainda que ela já chegou a ser presa, em 2015, por prostituição, na Virgínia, estado norte-americano, em que tal prática é considerada crime. Por conta de tal caso envolvendo sua herdeira, Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank só receberam ainda mais apoio e carinho, de vários de seus amigos famosos, como Ivete Sangalo, Luan Santana e Fernanda Souza, entre outros, principalmente por meio da internet onde também muitos fãs do casal e da pequena Titi mostraram seu apoio e indignação pelo ocorrido.

O ator global agradeceu em uma de suas redes sociais o apoio que recebeu da família,amigos e fãs.