11160638_10152811836602647_7511192850485519750_o

Abertas as inscrições para segunda chamada pública do LabCEUs

Programa, realizado pelo MinC e UFPE, seleciona propostas para Laboratórios de Cidades Sensitivas

O LabCEUs – Laboratórios de Cidades Sensitivas lançou uma nova chamada pública para selecionar propostas de ocupação para realização de atividades nos Laboratórios Multimídia dos Centros de Artes e Esportes Unificados (CEUs). O programa, realizado pelo Ministério da Cultura (MinC), através da Secretaria de Políticas Públicas e em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco, através do InCiti – Pesquisa e Inovação para as Cidades premiará 15 projetos. São dez ocupações de dois meses e cinco ocupações de quatro meses. As inscrições devem ser feitas até o próximo dia 19 de junho.

Ao todo, serão distribuídos R$ 160 mil. Os projetos com dois meses de duração receberão R$ 8 mil reais, cada, e os de quatro meses terão apoio de R$ 16 mil. As propostas devem ter por objetivo a experimentação de métodos e processos criativos de ocupação dos territórios, podendo envolver iniciativas de criação, pesquisa, formação, produção, difusão, circulação, memória e demais ações que proporcionem interações entre a comunidade e a cidade.

As inscrições devem ser feitas através do formulário disponibilizado no site do LabCEUs. Podem participar da chamada pública brasileiros, com mais de 18 anos, residentes em todo o território nacional. Os interessados devem propor atividades que estimulem a inovação, por meio de experimentações metodológicas nas atividades de ensino, pesquisa e produção colaborativa, dialogando com pelo menos uma das quatro temáticas descritas na chamada pública. São elas: Comunicação, Interatividade, Espaços e Território, e Raízes e Tradições.

As iniciativas contempladas deverão ser realizadas entre os meses de agosto e outubro de 2015, nas cidades de Águas Lindas de Goiás (GO), Campo Largo (PR), Colatina (ES), Erechim (RS), Horizonte (CE), Luís Eduardo Magalhães (BA), São Félix do Xingu (PA), Sertãozinho (SP), Sete Lagoas (MG) e Petrolina (PE).

As propostas serão analisadas por uma Comissão de Avaliação e Seleção, formada por gestores do programa LabCEUs, do Ministério da Cultura e das Prefeituras das cidades contempladas pelo programa. Os critérios de análise serão, entre outros, relevância social e conceitual; criatividade da proposta; aplicabilidade no município selecionado e viabilidade de execução, e comprovação de articulação e parcerias com organizações sócio-culturais para o desenvolvimento das ideias e ações propostas.

Confira o regulamento e seus anexos.

LabCEUS – Em dezembro de 2014 o Ministério da Cultura (MinC), em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) lançou a primeira chamada pública do programa Laboratório de Cidades Sensitivas. Das 260 propostas recebidas de todo o Brasil, foram selecionadas quinze ocupações, que estão sendo realizadas nos CEUS das 10 cidades envolvidas no programa LabCEUs. Os projetos trabalham de forma transversal com linguagens, expressões, dimensões culturais e artísticas. Há combinações de instrumentos musicais com metareciclagem, jogos digitais com tecnologia GPS, rádio livre e intercâmbios, além de projetos de cartografia, audiovisual e fabricação digital.

4 comentários sobre “Abertas as inscrições para segunda chamada pública do LabCEUs

    • Caro Carlos,
      Podem participar desta chamada pública somente brasileiros. Mas você pode estabelecer parcerias com outras pessoas, coletivos e associações brasileiras para enviar uma proposta.

  1. Boa tarde!

    Como faço para alterar o período de duração de meu projeto no formulário de inscrição?
    Passar de quatro para dois mneses.

    Atenciosamente

    Eliana Maria Delphino

    • Cara Eliana,

      será necessário que você refaça a inscrição do projeto, selecionando desta vez a opção para ocupação de 2 meses de duração. Solicito ainda que você envie um email para inscricoeslabceus@gmail.com, solicitando à Comissão de Avaliação que desconsidere a proposta de 4 meses de duração, para que possamos arquivar o projeto sem prejuízo para o processo seletivo.

      Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*