Imprimir Página

Timeline

1907 – Adolph Hitler é aceito na Academia de Viena

1910 – Início da Art Deco na Europa

1914 – Início da Guerra Mundial

Hitler inscreve-se no Regimento de Infantaria.

Alemanha declara guerra à França, Rússia e Bélgica

1916 – Hitler é ferido na Batalha de Somme, é enviado para a Alemanha.

1918 – Hitler é ferido novamente na Batalha em Wernick.

1919 – Fim da Grande Mundial

Paz temporária – Assinatura do Tratado de Versalhes

Derrubado o Kaiser Guilherme II, instaura-se na Alemanha a República de Weimar (Coalizão entre partidos alemães)

Caos, greves e hiperinflação por toda a Europa.

Grupo de trabalhadores na Inglaterra faz passeata “People Punk”, afirmando que a população estava apodrecendo pelo descaso das elites inglesas. Os 13 líderes do movimento são condenados à morte não somente pelo protesto violento, mas por botarem fogo na bandeira da Inglaterra, realizarem encenações de desacato à Família Real e por terem erigido uma imagem da Rainha, na qual qualquer pessoa podia jogar comida podre. O termo punk começa a se popularizar como expressão para designar os descontentes agressivos, rebeldes iconoclastas, e articuladores de discursos contrários ao status quo.

Ascensão do Partido Nacional Socialista.

O artista plástico Adolph Hitler lança seu primeiro manifesto “Nazi-Kunst” (“Arte Nazi”), no qual prega a supremacia dos valores artísticos greco-romanos e defende uma retomada violenta dos rumos civilizatórios com a destruição de toda arte corrompida.

1920 – Hitler se junta ao Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. O símbolo era a bandeira vermelha com a cruz suástica. Foram criadas as SA que eram encarregadas de perturbar as reuniões dos adversários.Hitler organizou um programa inspirado no fascismo e no bolchevismo. A ideologia do nazismo era o racismo em que os alemães pertenciam a uma raça superior e os judeus eram considerados os principais inimigos. O totalitarismo resumia-se num povo, um império, e um líder.

1920-30 – Apogeu do Art Deco (“Loucos Anos 20”)

1922 – A juventude hitleriana era uma instituição obrigatória para jovens entre os 6 e os 18 anos de ambos os sexos que pretendia treiná-los para os seus interesses nazi.

1923 – Hitler é preso, depois de fracassar na tentativa de golpe em Munique. Condenado a cinco anos só cumpriu seis meses. Na prisão escreve a primeira parte do livro “Minha Luta”. Hitler publica seu manifesto “Nazirrealismo: manifesto por uma arte suprema”

1925 – 10 abril – The cover of The Great Gatsby is among the most celebrated pieces of art in American literature.[10] It depicts disembodied eyes and a mouth over a blue skyline, with images of naked women reflected in the irises. A little-known artist named Francis Cugat was commissioned to illustrate the book while Fitzgerald was in the midst of writing it. The cover was completed before the novel; Fitzgerald was so enamored of it that he told his publisher he had “written it into” the novel.

Perfume and Poweder Set – These pieces have functionality and form.

Pomone Pavilion – Louis Hippolyte Boileau architecture.

1927 – 10 jan Metropolis, o filme – Silent film directed by Fritz Lang. The geometic adn futuristic themes that pervade the Art Deco scene also can be found in the film and film art work.

13/10 – Charles Schneider-Poissons Grand Vase – Schneider’s works feature bright colors and intriguing shapes in forms both natural and abstract. The piece shown above is the 1927 Poissons Grand Vase. The clear bubbled glass vase with an acid-etched pattern of fish swimming among reeds has powder inclusions in blue overlaid in orange tango to green for a unique multi-dimensional effect. It is from the Le Verre Francais line and is the largest piece Valerio Antiques has seen in the 25+ years they’ve been in business and it has yet to be illust

Vogue Perfume, 1927 Art Deco poster by Jupp Wiertz for the German scent, The Perfume for This Winter.

1928 – 01/jan – The Torch – This ceramic vase, designed by Frank Ferrell, for the Roseville Pottery Company in 1928 for their “Futura” line. The futuristic design aestetic is clearly apperent in this ceramic piece.

24/03 – Finbale Figural Group – In short, Chiparus’ women were no shrinking violets with books in their hands; rather his sculptures were definitely bright, energetic and decorative. Whether you have ever heard of Chiparus before, or not, his works combined the elegance and luxury that still sum up the spirit of the Art Deco for us.

1929 – Com a crise de 1929 o extremismo toma conta da Alemanha.

Foi apresentado o plano Young que pretendia resolver os problemas financeiros da Alemanha após a I Guerra mundial

27/02 – The Musician – Oil on Canvass created by Tamera de Lempicka.

1930 – Hitler torna-se cidadão alemão e já reúne 1,5 milhões de adeptos ao partido.

27/05 – The Chrysler Building was constructed in the art deco style and was considered the world’s tallest building for 11 months until the Empire State building was erected. It is still considered the worlds tallest brick structure even though it is built around a steel frame.

07/06 – Rose Iron Works Lamp – Created by famed designer Viktor Schreckengost.

1931 – 01/09 – The Paramount Theater is located in Aroura, Il. It was comissioned in 1930 and built in the Art Deco style by Rapp and Rapp. This building caputes, for me, the aestetic emotion that Bell writes about prolifically.

1932  – Nas eleições legislativas, os nazis elegem 230 deputados mas Hitler perde a eleição para presidente.

1933 – Hitler é nomeado chanceler pelo presidente alemão, a meio de uma séria crise política. Em apenas 23 meses numa sucessão de golpes, bane partidos políticos, prende opositores, torna o serviço militar obrigatório. Dissolve o parlamento e encarrega o marechal Hermann de preparar novas eleições gerais. Os nazis têm maioria absoluta. Hitler obtém o voto de plenos poderes e começa a aplicar o programa nazi. Os opositores e judeus são levados para campos de concentração.

Criada a GESTAPO, a policia politica Alemã

19/06 – English Muffineer – This stunning muffineer is a rare piece of Art Deco silver made at the height of the Great Depression. Its geometric design is architectural, bold and exciting. Of tapered octagonal paneled form, this caster rests on four geometrically stepped feet, each with triangular knees attaching to a panel. This triangular motif is continued around the neck of the top. The neck protrudes over the paneled sides playing with our sense of depth. The triangular devices are actually two triangles on top of eac

1934 – Morre o presidente Hindenburg e Hitler acumula as funções de chanceler e presidente. A bandeira do partido nazi passa a ser a da Alemanha. Todo o parlamento reunia-se conforme a vontade de Hitler. O partido controlava toda a população.

1935-39 – Declínio do Art Deco

1935 – Desoto Airflow

22/03 – Buthaud Ceramic Vase – Rene Buthaud trained at l’Ecole des Beaux-Arts in Bordeaux. In 1919, after establishing himself as a ceramics “dabbler”, painter and engraver working in the academic style, he began to devote most of his time to ceramics. Buthaud favored stylized, firmly-outlined foliage and female nudes presented in vivid jazz-age colors. He also incorporated primitive, classical, and naturalistic themes into his work, always simplifying and streamlining.

1936 – 08/07 – Phoenix Glass – This gorgeous Phoenix Sculptured Artware “Wild Rose” vase features elegant rambling blooms and buds, with a delicate ivory yellow wash over pearlized milk glass.

1937 – 17/05 – Golden gate Bridge – This bridge has the marings of classic art deco style in its futuristic and geometirc construction.

1938 – 23/06 – Art Deco Furniture – Early in the Art Deco movement opulence was the foremost trait of furniture. Objects were designed as pieces of art as well as being functional. By the mid-1920s however the designs became more geometric and streamlined as the popularity of elegant and flamboyant furniture was declining. The Art Deco furniture started using new materials like chrome, aluminium, metals and glass.

1939 – ocupa Praga e mais tarde a 1 de setembro ocupa a Polónia. O mundo marchava para a 2ª Guerra Mundial.

21/03 – A Sewste: Charcoal on paper – This exhibition of Art Deco in Portugal provides an opportunity for an innovative reappraisal of Portuguese modernism and its domination by this style, which spread from its origins in design to the so-called major forms of artistic expression, such as painting, sculpture and architecture, as well as to graphic design, advertising, scenography, cinema, the decorative arts and, finally, to daily life itself, with its modern aspirations for cosmopolitanism and happiness.

15/09 – Harper’s Bazaar – This is the cover of Harper’s Bazaar, September 15th, 1939. the cover is by A.M. Cassandre. Cassandre is considered maybe the high point of ‘high’ art deco graphic design.

1940-44 – Apogeu do Nazirrealismo

1942 – Hitler governava a Europa. De Berlim ele controlava o império, que além da Alemanha incluía mais dezoito países. A Itália é sua aliada. A Espanha de Franco e Portugal de Salazar são seus simpatizantes. Na Europa só restam neutros a Suécia, a Suíça e a Turquia. A Europa está nas mãos de Adolf Hitler.

1943 – Lentamente a expansão foi regredindo, Hitler foi perdendo o poder em todos os países ocupados pelos nazi. Organizava-se a Resistência. Foi decisiva a derrota dos alemães na União Soviética, na batalha de Stalingrado em 1943.

1945 – ocorreu o mais famoso dos genocídios de judeus promovido por Adolf Hitler.

Hitler refugiou-se no abrigo antiaéreo em Berlim. No dia 30 de abril de 1945, Hitler suicidou-se.

1949 – “Semana da Renovação NeoDeco” (pejorativamente chamada pelos críticos nazirrealistas de decopunk) – “Transloucados Anos 50”

1950 – Primeira geração Decopunk: literatura os beatpunks (Kerouack, Ginsberg. Ferlinguetti, Corso, etc.); música punzz (); artes visuais ()

1967 – Manifesto Skin – supremacia branca

1969 – Segunda Geração Decopunk: movimento contracultural psicopunks – literatura os beatpunks (poesia – ); música punzz (); artes visuais ()

1985 – Terceira Geração Decopunk: movimento DecoGlobal, PopDeco, Eletro Wave

2000 – Dois movimentos artísticos ganham evidência: na Itália, surge o movimento Decrô (Deco + Retrô), a partir da publicação do ensaio Decrópolis: a condição tardia da civilização ocidental, do filósofo italiano Luca “Lut-Eter” Lutero, marcado por um tom ultraconservador, xenófobo e fascista; e o polêmico movimento distópico Pós-Decô, que defende o hedonismo como resposta estética a um mundo em Crise, no qual nenhum conhecimento é confiável e nenhuma esperança de entendimento é vislumbrado. A dimensão estética é concebida como única margem de liberdade do ser humano. Este movimento é também chamado, academicamente, de “niilismo-hedonista” ou “deco-dandismo”. O movimento Decrô, entretanto, ganhou cada vez mais força com o passar do tempo à medida que um cenário de crise foi se estabelecendo globalmente.

2008 – Crise Econômica Mundial. Inicia-se com a Bolha Habitacional e atinge a economia de forma mais geral (desemprego, déficit previdenciário, etc.)

2010 – EUA iniciam a prática de blindagem midiática da Crise, fomentando a proliferação dos discursos que criam a percepção (ideologia) de que a microeconomia e hipersegmnentação do mercado são a nova ordem econômica e que os empregos formais estão sendo reduzidos por conta de uma migração voluntária da população para outros setores empreendedores.

2013 – As causas e consequências da Crise não fazem parte dos “grandes debates da opinião pública. A questão central se volta econômica, para não mencionar as soluções políticas. As pessoas são levadas a acreditar que a economia tem uma lógica por si própria a qual depende da livre inter-actuação de forças de mercado e que os poderosos actores financeiros, os quais puxam os cordéis nos gabinetes das administrações corporativas, não poderiam, sob quaisquer circunstâncias, ter deliberadamente influenciado o curso dos acontecimentos económicos.

2025 – Um mundo à beira da II Guerra Mundial.

Guerra e crise económica 

A guerra está inextricavelmente ligada ao empobrecimento do povo, internamente e por todo o mundo. A militarização e a crise económica estão intimamente relacionadas. O fornecimento de bens e serviços essenciais para atender necessidades humanas básicas foi substituído por uma “máquina de matar” orientada para o lucro a apoiar a “Guerra global ao terror” da América. Os pobres são feitos para combater os pobres. Mas a guerra enriquece a classe superior, a qual controla a indústria, os militares, o petróleo e a banca. Numa economia de guerra, a morte é um bom negócio, a pobreza é boa para a sociedade e o poder é bom para os políticos. Os países ocidentais, particularmente os Estados Unidos, gastam centenas de milhares de milhões de dólares por ano para assassinar pessoas inocentes em distantes países empobrecidos, enquanto internamente o povo sofre as disparidades de pobreza, classe, género e racial.

Uma “guerra económica” total que resulta em desemprego, pobreza e doença é executada através do mercado livre. Vidas de povos estão numa queda livre e o seu poder de compra é destruído. Num sentido muito real, os últimos vinte anos de economia global de “livre mercado” terminaram, através da pobreza e da exclusão social, com as vidas de milhões de pessoas.

Ao invés de tratar de impedir a catástrofe social, os governos ocidentais, que servem os interesses das elites económicas, instalaram uma polícia de Estado “Big Brother”, com mandato para confrontar e reprimir todas as formas de oposição e discordância social.

A crise económica e social não atingiu de forma alguma o seu clímax e todos os países, incluindo a Grécia e a Islândia, estão em risco. Basta apenas olhar para a escalada da guerra no Médio Oriente e Ásia Central e para as ameaças dos EUA-NATO à China, Rússia e Irão para testemunhar como a guerra e a economia estão intimamente relacionados.

 

Link permanente para este artigo: http://culturadigital.br/laboratoriodeneuroeducacao/timeline/