Ocupações LabCEU Sertãozinho - SP

Cultura Digital |Projetos "Criando Jogos Livres em Comunidade" e "Tambores e Ethans Africanos"| Rua Pedro Montenegro, 340 - Jardim Santa Marta

Date: 3 de junho de 2015

Da Massinha à Impressão 3D – Parte 2| Juntos fabricamos uma Shuriken!

Sim, fizemos uma arma. Polêmico, não?!

Uma lâmina que se atira. A nossa é de plástico.
SHURIKEN:

  • Shu – mão
  • Ri – costas, no meio de, avesso, palma, atrás;
  • Ken – sabre, espada, lâmina

Está na cultura Ninja há centenas de anos. E no imaginário (porque não dizer no universo lúdico?!) de todos os participantes deste LabCEU.
Interessante, não?!

A sugestão de fabricarmos uma – através de buscas em comunidades na internet, desenhos à mão e utilizando recursos de softwares e hardwares livres – veio de um dos meninos do Lab. E todos os outros concordaram imediatamente, sabendo exatamente o que significa essa palavra japonesa. Então, por que não?

Por aqui, coletivamente, nos questionamos sobre se a segurança no uso da impressão 3D se encerra em “permitir ou não” que ela chegue em nossas mãos.

Será que termos leis mais rígidas, que proíbam a fabricação de armas em casa, “resolve”? Ou seria como tentar agarrar água?

Será que dependemos de leis, ou de políticas governamentais (e até industriais, comerciais) para atentar sobre como ser responsáveis ou conscientes diante do acesso à qualquer novo poder?

A tecnologia que é perigosa ou nossa postura diante dela?
A faca de cozinha é uma tecnologia, seu serrilhado permite cortar coisas. Será que deveríamos abrir mão de sua aplicação por seu potencial perigoso?
8_20150522_164006Este é um pequeno registro de como materializamos juntos, do COMEÇO AO FIM, uma “shuriken”.

O processo foi coletivo, mas acordamos juntos que ela seria presenteada a um dos meninos, o James, que acompanhou profundamente todo o processo. A mãe dele veio buscá-lo. Ele contou para ela como todos ajudaram a fazer seu novo brinquedo e prometeu, na frente dela e de todos nós, que nunca machucaria ninguém com ele.

Todos os arquivos envolvidos estão disponibilizados aqui.

Documentação | Tutoriais e pequeno repositório de desenhos!

breno_20150515_131210“Sou um PAI PRESENTE”.

É o que está escrito no cantinho de um dos desenhos que o Breno trouxe pro LabCEU.
Ele fez vários durante os dias de atividade e um dia me surpreendeu trazendo um desenho de casa, que tinha feito junto com o pai, na noite anterior.

Pois não é que esse pai fez sua pequena intervenção, um sinal de cuidado, escrito bem pequenininho, no canto da folha?!

Algo naquilo me emocionou.
E arrancou do Breno um sorriso um pouco constrangido, mas visivelmente satisfeito, quando percebemos.

Como adoramos nos “amostrar” e compartilhar tudo, neste link disponibilizamos vários de nossos desenhos digitalizados!
8_desenho_vitor_03_067_varios_desenhos_20150507_154656_03_06

Abaixo, indicamos links de tutoriais sobre criação de HQ com software livres e livros dos artistas Scott McCloud e Will Eisner!

Documentação | Compartilhando .svg, .blend, .stl, .gcode e conhecendo o GitHub!

13_medalha8_todos_20150508_162956

Para quem não sabe, o Eliézer – bolsista local do LabCEU Sertãozinho – é, entre inúmeras atuações, jogador de futsal profissional!

Assim, ele tem várias medalhas 🙂 Mesmo assim, resolvemos homenageá-lo criando, TODOS JUNTOS, uma medalha com o nome dele e do projeto LabCEU!

A modelagem 3D foi feita com o software livre Blender 3D, através da criação de poliedros, extrusão de textos e operações booleanas com todos.

A impressão 3D foi realizada com uma impressora de hardware livre, operada pelo software Pronterface. Já o arquivo .gcode (roteiro de impressão) foi elaborado através do software Slic3r.
14_Print_medalha_eliezer2

  • Todos os arquivos envolvidos (.blend .gcode .stl) na criação da peça estão disponíveis aqui;
  • Aproveitamos para dispor aqui também, os arquivos em formato de edição (.svg) das 3 HQs que divulgamos aqui anteriormente. Os créditos do autor estão em cada arquivo;
  • aqui estão TODAS as pastas dos participantes do LabCEU Sertãozinho, com os projetos, imagens buscadas e referências;
  • Durante as atividades conhecemos a comunidade GitHub, dedicada ao compartilhamento de projetos de software e hardware, para que possamos construir colaborativamente e revisar continuamente sua evolução. A impressora 3D que usamos tem uma página lá, e em breve faremos uma conta em outra comunidade – a Blend Swap -, para que nós, participantes do LabCEU Sertãozinho, possamos contribuir com nossos personagens e pequenas animações 3D!

Como estamos acostumados a expor nossos trabalho e a “pitacar” nos projetos dos colegas para criar junto, apresento também uma foto do Otávio utilizando um dos desenhos do Felipe em seu projeto.
12_otavio_desenho_felipe_20150507_155225Até breve!

Da Massinha à Impressão 3D – Parte 1| Introdução ao Hardware Livre!

– E se a gente pega um personagem do Minecraft?
– E se faz no Blender?
– A gente pode hackear de um site na internet, mudar as coisas no Blender e imprimir?
– C fez a máquina com os teus amigos, Tia? Bora fazer aqui também!
– Já sei! Ela faz xerox de objetos!
– Mas se a gente vai fazer tudo JUNTO, quem vai LEVAR o objeto pra casa??

– Mas Tia Katharine, dá para fabricar tipo… TUDO? Vamo fazer uma SHURIKEN!

Muitas perguntas, muita risada, INÚMERAS ideias e pura intensidade no Lab.

Pular para a barra de ferramentas