Histórico da Escola da Magalhães Barata

A Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Magalhães Barata está situada à Rua da Índia, s/nº, entre Avenida Castelo Branco e Augusto Meira no Bairro Livramento. Foi fundada por um grupo comunitário que fazia parte do movimento realizado para a ocupação da área liderado pelo sr. Jorge dos Anjos e Laurimar Farias em 1986. Idealizaram a construção de uma escola, haja vista que as existentes mais próximas, não comportavam toda demanda daquele bairro. Para apoio do grupo, construíram um barracão onde eram realizadas suas reuniões e atividades concernentes às conquistas como saúde, educação e ação comunitária. Enviaram vários ofícios à Prefeitura, solicitando autorização para o funcionamento da escola, sem sucesso. Em 15 de abril de 1987, na administração do então Prefeito Ronaldo Campos de Sousa, foram atendidos. A Secretaria Municipal de Educação, Professora Aurenice de Araújo Gabler, esteve no local, autorizando o funcionamento e designando os servidores para atuarem nas funções de professores e serventes. Inicialmente a escola funcionou com a 1ª e 2ª séries, tendo como responsável a Professora Raimunda Silva Corrêa mais as professoras Raimunda Nonata e Maria do Rosário Moraes Pereira e as serventes Maria Silva dos Anjos e Maria Ladir. Em 1989, assumiu a responsabilidade da escola a Professora Maria de Nazaré Rodrigues. Nesse período, atendendo novos apelos da comunidade, a escola foi construída pelo então Prefeito Dr. Ronan Liberal, no espaço ao lado do antigo barracão tendo sua conclusão no dia 23 de dezembro de 1992 com 4 salas de aula, uma secretaria, 01 copa cozinha e 3 banheiros. Em 1993, assumiu a direção a Professora Raimunda Brindeiro e em 1994 passou a direção ao Professor Raimundo Nonato Amorim, com 10 professores, uma Secretária, 5 auxiliares administrativos, 4 serventes, 2 merendeiras, 2 vigias e 392 alunos de 1ª a 4ª séries. Em 1995, assumiu a secretaria da Escola a Professora Maria Alice Pereira, que ficou até o ano de 2005, sendo seu sucessor no ano de 2006 o Professor José Mário Cavalcante, que assumiu esse cargo até 2010, sendo substituído pela Professora Maria Graciete Rocha de Castro, que entrou em 2011, e está assumindo até os dias atuais. Em 1996, assumiu a direção da escola a Professora Ana Moraes Lima Campos, que em 2001 passou a direção para a Professora Teodora Maria Siqueira Viana com um quadro de funcionários composto de 1 supervisora, 1 secretária e 2 auxiliares, 11 professores na escola e 6 no anexo (com Educação Infantil ), 4 serventes e 3 vigias. Nesse período eram desenvolvidos, os projetos – Alfabetização com Base Linguística, Aceleração da Aprendizagem, Alfabetização pelo método Dom Bosco, Rádio pela Educação e TV Escola. Em 2003 assume direção da escola a Professora Geila Santos de Sousa e teve como  supervisão da Professora Marileuza Figueira que juntas aos demais funcionários desenvolveram projetos muito interessantes no educandário, tais como: Os Cinco Sensos, Aceleração da Aprendizagem dentre outros. Em 16 de agosto de 2005, a direção da escola foi assumida pela Professora Aurenice de Araújo Gabler que juntamente com o Conselho Escolar e a participação efetiva dos professores e de outros funcionários da escola, buscaram junto aos órgãos competentes mudanças significativas para o estabelecimento de Ensino tais como: a reintegração do terreno antigo barracão ao patrimônio da escola conseguido em 2010; melhorias para o espaço escolar com móveis e equipamentos; reforma e ampliação de 4 salas refeitório, sala de secretaria e de Professores, dois depósitos, 11 banheiros sendo concluída em 2008; a construção pela comunidade escolar de salas de aula para o Pré-escolar que funcionava em prédios cedidos fora dos domínios da escola; reconstrução do muro; busca de melhoria nas instalações hidráulicas, elétricas e de saneamento; construção de depósitos e espaços para realização das oficinas do Programa Mais Educação; adequação organização e equipamento de uma sala para a instalação e funcionamento do Laboratório de Informática. Na questão pedagógico, elevação do IDEB da escola de 2009; implantação do Projeto Mais Educação; implementação das ações do PDE Escola; aquisição de equipamentos eletrônicos e recursos pedagógicos diversificados; implementação do Projeto de Educação ambiental com ações direcionadas para o cultivo de horta e jardim da escola, campanha contra a dengue e coleta seletiva de lixo. No administrativo escolar, os documentos são elaborados através de portarias, termos, ordens de serviços e regulamentos, comunicados a partir de acordos feitos em reuniões administrativas; reuniões mensais com os pais em assembleias gerais e bimestrais com pais por turmas; reuniões pedagógicas com professores, reuniões frequentes com os setores de apoio; reuniões mensais com o Conselho Escolar; Elaboração e implementação do Plano Anual de Trabalho, com a participação de todos os funcionários; acompanhamento sistemático de todas as atividades realizadas na escola e quando necessário, fora dela. Em 2011 com a Lei de Gestão democrática houve eleição para diretores, sendo eleita a profª Aurenice de Araújo Gaubler juntamente com a Professora Tânia Maria Neves de Oliveira e Silva. Hoje a Escola Magalhães funciona com um quadro de funcionários composto por 1 diretora e 1 vice-diretora, 3 pedagogos, 1 coordenadora do Mais Educação, 5 colaboradores (oficineiros) e 150 crianças no contra-turno; 1 secretária e 5 auxiliares administrativos, 25 professores, 2 professores de informática na educação, 1 professora de educação especial, 7 serventes, 3 vigias, 678 alunos. A escola foi selecionada para o 2º tempo, programa oferecido pelo Governo Federal a partir de junho. Em 2012, diante da grande demanda e a escassez de espaços, a escola implementou uma ideia ousada no sentido de solucionar o problema de vagas para seus alunos. A proposta consiste em trabalhar com 3 turnos nos seguintes horários: o primeiro de 7:00h às 11:00h, o segundo de 11:15h às 15:15h com crianças do Pré-escolar ao 5º ano e o terceiro das 15:30h às 20:15h de 6º ano à 8ª série. O Conselho Escolar, reuniu-se para discutir a proposta, com os funcionários da escola e reuniu com os pais que aceitaram por unanimidade, encaminhou as Atas dessas reuniões à SEMED, ao Conselho Tutelar e ao Juizado da Infância e Juventude para solicitar autorização da permanência de crianças menores de 12 anos após às 20:00h no ambiente escolar, tendo a autorização concedida.

Em 2013, a escola contava com uma equipe composta por 01 diretora, 01 secretaria, 03 auxiliares administrativos, 23 professores, 02 pedagogas profª Talita Rocha Aguiar e Alciane Diniz, 05 serventes, 03 vigias e 625 alunos. No segundo semestre a Prefeitura de Santarém divulga o Edital do processo eleitoral no município de Santarém deixando público o processo de eleição para diretores e vice-diretores das Escolas municipais, a Eleição ocorreu no dia 27 de dezembro, concorrendo a Vaga o Sr Profº José Mário Cavalcante e a Sra Profª Edinelma Magno Dias, sendo eleita pela comunidade escolar(professores, funcionários, pais e alunos) a Profª Edinelma Magno Dias, que assumirá a direção da Escola no período de 4 anos, a qual submeterá a nova eleição após esse período. Nesse ano a Escola apresentou o IDEB 4.9, como auxilio para o alcance das metas e a conquista do IDEB, a equipe responsável buscou atividades pedagógicas e didáticas, trabalhadas diferenciadas pelos professores e acompanhamentos nas salas de aulas.

Já em 2014, a Escola inicia o ano letivo com a gestão da Profª Edinelma Magno Dias na direção da Escola Magalhães Barata, os turnos voltaram ao normal, funcionando no turno matutino das 7:30h ás 11:30h as turmas de Pré escolar ao 5º ano e das 14:00h às 18:45h no turno Vespertino uma turma de 4º e 5º anos   e as turmas do 6º ao 9º ano. Nesse ano letivo a equipe de trabalho era composta por: 01 secretária, 04 auxiliares administrativos, 28 professores, 02 pedagogas Profª Alciane Diniz e Vanelda Lima, 06 serventes, 03 vigias e 620 alunos. Os quais contribuíram bastante para os andamentos do trabalho na escola, buscando mecanismos de ensino aprendizagem através dos projetos e atividades para o alcance das metas educacionais.

Em 2015 uma das metas da Escola era a Elaboração do Projeto Político Pedagógico(PPP), o qual foi discutido e elaborado por todo corpo docente da Escola, um documento que direciona as atividades pedagógicas e administrativas da mesma. Nesse período letivo a Escola teve sua participação nos eventos da SEMED através dos programas e projetos AEE, Informática Educativa, Gestão Nota 10, Educação Física e Mais Educação, tendo uma equipe composta de 01 diretora, 01 secretária, 04 auxiliares administrativos, 31 professores, 02 pedagogas Profª Alciane Diniz e Rosimara Santos Lemos, 07 serventes, 01 serviços gerais, 02 vigias e 654 alunos. Tendo nesse ano a nota do IDEB de 4.7.

Já em 2016, para contribuir no Ensino Aprendizagem a Escola discute junto com os professores na semana pedagógica o Termo de Responsabilidade de Pais e Responsáveis e logo é apresentado aos mesmos em assembleia, sendo aceito e adotado na escola para contribuir no desenvolvimento das atividades e no ensino, assim conquistando os objetivos desejadas pela Escola.

No ano de 2017, a Escola Conta com 564 alunos, 28 professores, 01 secretária, 04 auxiliares administrativos, 05 servente e 03 vigias. Foi construído o Mural para divulgar as informações da Escola. Na primeira reunião dos pais eles tiveram a oportunidade de ter como palestrante o Cabo Glauber membro da Roda Escolar, um dos parceiros da Escola, falando da importância que a família tem na vida dos filhos , e sua autoridade como pais. Além dos projetos institucionais, tivemos o Projeto Sê Mentes do Amanhã, que são parcerias que colaboram com temas diferentes voltados a educação. Nesse ano a escola passou pelo processo democrático, onde novamente tivemos duas candidatas concorrendo a vaga de diretora sendo profª Edinelma Magno Dias e Profª Raimunda Rilza Santos, que tiveram a oportunidade de apresentar seus planos de gestão para a analise da comunidade escolar, onde a vencedora foi a profª Edinelma Magno Dias com aproximadamente 83% de votos.

Por: (EMB)

 

2 comentários

  1. Vitor Pereira da Silva

    Olá Boa tarde eu me chamo Vitor tenho 22 anos, eu estudei nesta linda escola na 1 e 2 série, eu saí de santarem há quase 12 anos e nunca voltei, mas eu nunca me esqueci do nome da minha professor, chamada “Silvia Cláudia” pelo qual tenho “muita vontade de voltar em Santarem e visitar Escola e se possível dar um abraço bem apertado na “minha professora”, atualmente eu curso Direito, trabalho na Aeronáutica, dou aula de inglês, e sempre procurei me aprimorar nos meus estudos, entretanto nunca me esqueco que um dia eu estive aí, lembro com muito carinho as vzs que participei das festas de ciranda rs ” e que saudade eu tenho”. Por fim, eu estarei viajando em fevereiro desde que sai Dai, e sem dúvida, visitarei minha Escola. Se possível gostaria de saber se a professora Silvia Claudia ainda leciona neste escola, motivo pelo qual desejo lhe dar um abraço apertado e agradecer pelos ensinamentos que jamais esqueci. Forte abraço. Boa tarde.

    1. Foto de perfil de Adevalda Lopes Gamboa
      Adevalda Lopes Gamboa

      Olá Vitor,

      Parabenizamos pelo sucesso de sua vida profissional e honrados em termos contribuído para o seu sucesso. Obrigada por lembrar da escola a qual contribuiu em seu crescimento. Quanto a professora Silvia Claudia atualmente ela é diretora da Escola Municipal São Jorge- Rodovia Curuá-Una, Comunidade de Tipizal. E quando vier a cidade venha nos fazer uma visita. Abraços.

      Att.
      Adevalda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*

Pular para a barra de ferramentas