Atividade

  • Ricardo Vianna Barradas publicou uma atualização no grupo Logotipo do Grupo Políticas Culturais para a Segurança Pública.Políticas Culturais para a Segurança Pública. 5 meses, 3 semanas atrás

    A queima e a fumaça em pouco tempo se restringirá só a industria fumageira do fumo e do tabaco diante das novas tecnologias do seculo XXI. As ervas proibidas como a canábis e o haxixe que hoje já são indicadas para uso farmacológico em diversos países mesmo que recreativamente iram se transformar em óleos, extratos e misturas aquosas muito mais potentes e comercializadas ilegalmente de forma semi-industriais mais fáceis e mais difíceis de serem interceptadas. A grande proliferação e a tendencia internacional dos novos lançamentos dos ditos cigarros eletrônicos e vaporizadores cada vez mais potentes indicam de forma bem clara que em pouco tempo, irão ter adicionais toxicológicos ultra-potentes comercializado de forma criminosa, desviando se para sempre do mero consumo recreativo de aromatizantes e essências naturais.