Museu Afro-Brasileiro reúne projetos de acervos digitais na BA

A digitalização, preservação e salvaguarda das memórias e da cultura afro-brasileira são temas de seminário organizado pelo Museu Afro-Brasileiro da Universidade Federal da Bahia (Mafro/UFBA), nos dias 14 e 15 de julho, em Salvador (BA).

O Seminário Nacional de Documentação Afro-Digital e o II Seminário de Documentação do Mafro abrem espaço para a apresentação de 11 dos 24 projetos resultantes do edital Preservação e Acesso aos Bens do Patrimônio Afro-Brasileiro (2013), realizado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) com recursos do Ministério da Cultura (MinC).

Baquaqua: projeto sobre africano escravizado no Brasil, que escreveu autobiografia nos EUA, será apresentando no seminário

Além dos quatro projetos da Bahia, o seminário convidou ainda coordenadores de projetos outros estados do Nordeste (PB, PE, SE), Sudeste (RJ e MG) e Sul (PR e SC) para apresentarem suas pesquisas.

Programação
A conferência de abertura, na manhã do dia 14, será feita por Marcos Galindo, professor da UFPE.

A seguir, uma mesa discute o status da Rede Memorial, iniciativa que se propõe a conectar instituições e pesquisadores das áreas de memória e patrimônio, com o intuito de partilhar saberes e infraestrutura. O período da tarde do primeiro dia será totalmente dedicado à apresentação dos projetos convidados.

No dia 15, a mesa da manhã tem por tema “Soluções possíveis para a criação de acervos digitais”, com a participação de representantes da UFBA, MinC e Universidade Federal de Goiás (UFG) – responsável pela solução para acervos digitais Tainacan, atualmente em fase de testes, fomentada também pelo MinC.

A última atividade do seminário, no período da tarde, reúne instituições federais e baianas que lidam diretamente com memória e patrimônio cultural afro-brasileiro.

As inscrições para o seminário poderão ser realizadas no dia da abertura (14 de julho). Saiba mais.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*