Como Manter a Memória Ativa

Para que? A memória humana não é atingível via medicamentos porque ela não é um local, mas uma função do cérebro.

Isso é uma ótima notícia, pois você pode melhorar sua memória usando-a ativamente.

Renato Alves possui o primeiro recorde brasileiro de memória apenas levando a minha memória ao seu limite máximo.

memória ativa

Como Manter a Memória Ativa

Quanto mais você usa a memória, melhor ela fica, assim gostaria de dividir com você algumas dicas do Renato para manter seu cérebro sempre jovem:

Jogo da Memória:

O JOGO DA MEMÓRIA é um excelente exercício para melhorar sua concentração, ampliar sua percepção e descontrair sua mente. Jogue sempre que estiver preocupado, tenso, pois nestes casos ele se transforma numa excelente higiene mental e serve para pessoas de todas as idades.

Palavras Cruzadas:

AS PALAVRAS CRUZADAS tem o poder de manter seu cérebro sempre jovem. Fiz muito uso delas quando me preparei para o primeiro recorde de memória. Quando você tenta fechar os campos de uma página de palavra cruzada você sempre se depara com palavras, conceitos, ideias, nomes que não usava a muitos anos. Por exemplo, qual o nome do gato que persegue o Piu Piu num antigo desenho animado….? Resposta: Frajola. Lembrar-se de coisas que não pensava a muito tempo estimula a memória.

Leitura Concentrada

LEITURA CONCENTRADA é uma forma poderosa de manter o cérebro sempre jovem. Você lê todos os dias é se considera uma pessoa esquecida! Eu sei que na escola fomos alfabetizados, mas aprender a ler de verdade significa transferir o texto do papel para a memória. Em seus seminários Renato Alves ensina uma técnica chamada leitura concentrada. Nela ele ensina os alunos a entrarem num estado de concentração para absorver com mais qualidade. O legal é que terminam a leitura do texto lembrando de muitos detalhes. Seu Curso Leitura Dinâmica é completo para quem quer aprender a desenvolver ao máximo sua leitura e memorização.

Escrever

ESCREVER é o exercício mais completo para rejuvenescer a memória. Você sabia que para escrever um bom texto com umas 50 palavras você tem que estimular uns 500 arquivos em sua memória? Por isso que os escritores imortais das academias de letras dificilmente perdem a lucidez. Não quer dizer que  você tenha que ser um escritor profissional, mas ter o cuidado de escolher bem as palavras quando for produzir um pequeno texto faz com que você tenha uma alta estimulação da memória.

Joga de Dama

JOGO DE DAMA não é necessariamente um estimulador de memória. Quando você joga damas você estimula mais o raciocínio, a percepção espacial e a concentração. Claro que todas estas funções indiretamente privilegiam a boa memória, mas ele é mais indicado como ferramenta para o raciocínio mesmo. Em suas apresentações com demonstrações de memória, Renato Alves se prepara durante alguns dias jogando partidas de dama com o computador. É uma forma de deixar a percepção mais ativa.

Jogo de Xadrez

O JOGO DE XADREZ depende totalmente da memória, mas assim como o jogo de damas, ele não é um exercício para a memória. Um campeão de xadrez é capaz de memorizar mais de 15 mil jogadas e por isso possui uma memória extraordinária, mas para jogadas de xadrez. Isso não significa que ele terá uma boa memória, por exemplo, para lembrar-se do aniversário da namorada. Xadrez é um jogo fantástico para o raciocínio e a inteligência, por isso deveria ser adotado como ferramenta didática em todas as escolas brasileiras.

Jogo Gênius

O GÊNIUS, brinquedo de memória que fez sucesso na década de 80, está voltando com força máxima através dos aplicativos de celular. É bom jogar especialmente no período da manhã neste período você consegue memorizar sem técnica mnemônica, pois existem técnicas para isso também, mais de trinta sequências de sons. No final de um dia de trabalho, por causa do esgotamento mental, esse número cai pela metade.

Estratégias de Memorização

ESTRATÉGIAS DE MEMORIZAÇÃO estão no ápice das formas de deixar seu cérebro jovem. Antes de inventarem o alfabeto, em 1700 a.C, as pessoas transferiam conhecimento através da fala, da explicação. Nessa época em que a cultura era oral, as pessoas inventavam técnicas mnemônicas para segurar na memória assuntos políticos, sociais e religiosos. Estima-se que nessa época as pessoas tinham memória 500 vezes melhor do que a nossa. A vida do Renato hoje se resume em ler, escrever e ensinar técnicas de memorização. Seu Curso Memória 360 é completo para quem quer aprender todas essas estratégias e técnicas. Ele conseguiu validar seus métodos conquistando o título de melhor memória do Brasil e gosto de mostrar para outras pessoas que elas também possuem esse mesmo potencial, então vale a pena se esforçar um pouco para desenvolvermos elas!

Memorização

O mundo virou um completo paradoxo: quanto mais as pessoas investem em tecnologia, mais elas reclamam de esquecimento.

A impressão é que os aparelhos eletrônicos estão nos deixando mais esquecidos, não é? Sim, na verdade é isso mesmo!

Quanto mais investimos em memórias artificiais, mais abandonamos as memórias naturais e quanto mais a abandonamos, mais fraca ela fica.

É como a calculadora, quanto mais você a utiliza, mais lento você fica para fazer cálculos.

memorizacao

Curso de Memorização Renato Alves

O Renato Alves sempre diz que tem orgulho de dizer que não esquece de nada. Nada mesmo!

Tudo que ele se propõe a memorizar, ele não esquece, sabe porque? Porque um dia resolveu usar a sua memória com inteligência.

O primeiro passo foi diminuir a dependência eletrônica. Estimulando a sua memória natural o Renato pode se sentir mais confiante e dominou tanto a minha memória que recebeu em 2006 o título de homem com a melhor memória do Brasil.

O Renato preparou para você três dicas básicas de memorização, mas são dicas básica, ok?

As dicas Top, as avançadas são mais elaboradas e não daria para ensinar num e-mail, mas com uma conversa passo a passo que teremos no curso avançado de memorização. O Curso de Memorização Renato Alves é um sucesso no Brasil, e já ajudou muitas pessoas a realizar seu sonho de serem aprovadas em um concurso público, ou passar no vestibular, ou mesmo alcançar o emprego desejado.

Sigas estas dicas direitinho e perceberá uma melhora significativa no processo de memorização.

1. Associe suas memórias com objetos físicos

Você já deve ter passado por esse problema: acabou de ser apresentado a alguém e, assim que a pessoa vira as costas, você já esqueceu o nome dela. Acontece – mas é extremamente embaraçoso precisar perguntar o nome dela novamente, não é?

A dica é associar o nome a algum objeto. Por exemplo, se você acabou de conhecer a Giovana e ela estava próxima de uma janela, pense nela como a Giovana da Janela.

Parece um truque bobo, mas funciona. E, claro, não só para nomes de pessoas, mas para qualquer coisa: relatórios, documentos, marcas. Associando conceitos a objetos fica mais fácil de lembrar. E, claro, quanto mais absurdas forem as associações mais fácil é lembrar delas.

2. Repita menos, memorize mais

Ao ver ou participar de apresentações você deve ter sentido isso – é muito claro quando alguém apenas decorou o que devia falar.

Mas basta acontecer alguma mudança no roteiro ou um ‘branco’ para que a pessoa se perca. Memorizar algo de fato depende de compreensão.

Então, ao pensar em falas e apresentações, tente entender o conceito todo ao redor do que você está falando.

Pesquisas mostram que apenas a repetição automática pode até impedir que você entenda o que está expondo.

3. Rabisque!

Estudos indicam que rabiscar enquanto ‘ingerimos’ informações não visuais (em aulas, por exemplo) aumenta a capacidade de nossa memória. Uma pesquisa feita em 2009 mostrou que pessoas que rabiscavam enquanto ouviam uma lista de nomes lembravam 29% a mais dos nomes ditos.

Da próxima vez que for a uma palestra, leve uma caneta e bloquinho e rabisque!

Nunca mais confunda falta de memória com falta de estratégias de memorização. Aprenda a usar a memória com inteligência e diminuir a dependência eletrônica. Seu cérebro vai adorar isso e na velhice irá com toda certeza lhe agradecer.

Sucesso Sempre!