Prêmio Camões celebra a Língua Portuguesa

Buri 15/05/2014 Escritor Raduan Nassar , que completa hoje 80 anos . FOTO Paulo Pinto/Fotos Publicas

Buri 15/05/2014 Escritor Raduan Nassar , que completa hoje 80 anos . FOTO Paulo Pinto/Fotos Publicas

Considerada a mais importante distinção da Língua Portuguesa, o Prêmio Camões de Literatura será entregue no dia 17 de fevereiro, em solenidade no Museu Lasar Segall, em São Paulo. O objetivo do prêmio é consagrar anualmente um autor da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e, na edição 2016, Raduan Nassar foi o grande vencedor. Autor de obras célebres como Lavoura Arcaica (1975) e Um Copo de Cólera (1978), o escritor é um dos grandes expoentes da literatura brasileira.

Criado em 1988, o prêmio foi instituído pelo Protocolo Adicional ao Acordo Cultural entre os governos português e brasileiro, representados, respectivamente, pela Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas/Secretaria de Estado da Cultura (Portugal) e pela Fundação Biblioteca Nacional/MinC (Brasil). De acordo com a diretora do Centro de Difusão e Cooperação da Biblioteca Nacional brasileira, Maria Eduarda Marques, o prêmio é o reconhecimento do grande patrimônio comum que une os países, que é a Língua Portuguesa.

“Brasil e Portugal se uniram para fazer esse prêmio, que já consagrou grandes nomes da literatura brasileira, portuguesa e africana, como João Cabral de Melo Neto, Jorge Amado, José Saramago e Pepetela, entre outros. É muito importante que a Biblioteca Nacional, a grande guardiã da memória bibliográfica do País, esteja presente nesse momento”, ressalta a diretora.

A comissão julgadora do prêmio é composta por representantes do Brasil, de Portugal e de países africanos de língua oficial portuguesa. Fizeram parte do júri da edição 2016 Sergio Alcides e Flora Sussekind, pelo Brasil; Paula Mourão e Pedro Mexia, por Portugal; e Inocência Mata e Lourenço de Rosário, pelos países africanos. “O júri congraça grandes críticos e escritores brasileiros e portugueses. É uma oportunidade sensacional de festejar a Língua Portuguesa”, destaca Maria Eduarda.

Conheça os vencedores das edições anteriores:

2015 – Hélia Correia
País de origem: Portugal
Local da premiação: Rio de Janeiro
Júri:  Affonso Romano de Sant’Anna, António Carlos Secchin, Inocência Mata, Mia Couto, Pedro Mexia e Rita Marnoto
2014 – Alberto da Costa e Silva
País de origem: Brasil
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Affonso Romano de Sant’Anna, António Carlos Secchin, José Carlos de Vasconcelos, José Eduardo Agualusa, Mia Couto e Rita Marnoto
2013 – Mia Couto
País de origem: Moçambique
Local da premiação: Rio de Janeiro
Júri:  Alberto da Costa e Silva, Alcir Pécora, Clara Rocha, João Paulo Borges Coelho, José Carlos de Vasconcelos e José Eduardo Agualusa
2012 – Dalton Trevisan
País de origem: Brasil
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Abel Barros Baptista, Alcir Pécora, Ana Paula Tavares, João Paulo Borges Coelho, Rosa Maria Martelo e Silviano Santiago
2011- Manuel António Pina
País de origem: Portugal
Local da premiação: Rio de Janeiro
Júri:  Abel Barros Baptista, Ana Paula Tavares, António Carlos Secchin, Edla van Steen, Inocência Mata e Rosa Maria Martelo
2010 – Ferreira Gullar
País de origem: Brasil
Local da premiação: Lisboa
Júri:  António Carlos Secchin, Edla van Steen, Helena Buescu, Inocência Mata, José Carlos Seabra Pereira e Luís Carlos Patraquim
2009 – Armênio Vieira
País de origem: Cabo Verde
Local da premiação: Rio de Janeiro
Júri:  Corsino Fortes, Helena Buescu, José Carlos Seabra Pereira, Luís Carlos Patraquim, Marco Lucchesi e Ruy Espinheira Filho
2008 – João Ubaldo Ribeiro
País de origem: Brasil
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Corsino Fortes, João Mello, Marco Lucchesi, Maria de Fátima Marinho, Maria Lúcia Lepecki e Ruy Espinheira Filho
2007 – António Lobo Antunes
País de origem: Portugal
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Domício Proença Filho, Fernando Martinho, Francisco Noa, João Mello, Letícia Malard e Maria de Fátima Marinho
2006 – Luandino Vieira
País de origem:  Angola
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Evanildo Bechara, Francisco Noa, Ivan Junqueira, José Eduardo Agualusa, Maria Agustina Ferreira Teixeira Bessa Luís e Paula Morão
*Prêmio recusado pelo autor
2005 – Lygia Fagundes Telles
País de origem: Brasil
Local da premiação: Rio de Janeiro
Júri:  António Carlos Secchin, Germano de Almeida, Ivan Junqueira, José Eduardo Agualusa, Maria Agustina Ferreira Teixeira, Bessa Luís e Vasco Graça Moura
2004 – Agustina Bessa-Luís
País de origem: Portugal
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Eduardo Prado Coelho, Germano de Almeida, Heloísa Buarque de Holanda, Lourenço do Rosário, Vasco Graça Moura e Zuenir Ventura
2003 – Rubem Fonseca
País de origem: Brasil
Local da premiação: Rio de Janeiro
Júri:  Eduardo Prado Coelho, Heloísa Buarque de Holanda, Lourenço do Rosário, Maria Isabel da Silva Pires de Lima, Pepetela e Zuenir Ventura
2002 – Maria Velho da Costa
País de origem: Portugal
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Alberto da Costa e Silva, Alfredo Bosi, Isabel Allegro de Magalhães, José João Craveirinha, Maria Isabel da Silva Pires de Lima e Pepetela
2001- Eugênio de Andrade
País de origem: Portugal
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Alberto da Costa e Silva, Carlos Heitor Cony, Dionysio de Oliveira Toledo, Isabel Allegro de Magalhães, José Manuel Mendes e Maria Irene Ramalho de Sousa Santos
2000 – Autran Dourado
País de origem:  Brasil
Local da premiação:  Rio de Janeiro
Júri:  César Leal, José Manuel Mendes, Maria Alzira Seixo, Maria Irene Ramalho de Sousa Santos, Mário Chamie e Silviano Santiago
1999 – Sophia de Mello Breyner Andresen
País de origem: Portugal
Local da premiação: Salvador
Júri:  António Alfredo Alçada Baptista, Elmer C. Corrêa Barbosa, Lella Perrone Moises, Luiz Costa Lima, Maria Alzira Seixo e Maria Irene Ramalho de Sousa Santos
1998 – Antonio Cândido de Melo e Sousa
País de origem:  Brasil
Local da premiação:  Lisboa
Júri:  António Alfredo Alçada Baptista, Eduardo Portella, Fábio Lucas, Fernando J. B. Martinho, Maria Alzira Seixo e Moacyr Scliar
1997 – Artur Carlos M. Pestana dos Santos, o Pepetela
País de origem: Angola
Local da premiação: Lisboa
Júri:  António Alfredo Alçada Baptista, Carlos Nejar, Eduardo Portella, Fernando J. B. Martinho, Nelida Piñon e Óscar Luso de Freitas Lopes
1996 – Eduardo Lourenço
País de origem: Portugal
Local da premiação: Rio de Janeiro
Júri:  Afonso Romano de Sant’Anna, Carlos Reis, Cleonice Berardinelli, Eduardo Portella, Maria Idalina Cobra Pereira Resina Rodrigues e Urbano Tavares Rodrigues
1995 – José Saramago
País de origem: Portugal
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Afonso Romano de Sant’Anna, António Torres, Carlos Reis, Márcio de Souza, Maria Idalina Cobra Pereira Resina, Rodrigues e Urbano Tavares Rodrigues
1994 – Jorge Amado
País de origem: Brasil
Local da premiação: Rio de Janeiro
Júri:  Afonso Romano de Sant’Anna, Carlos Reis, Cleonice Berardinelli, João Ubaldo Ribeiro, Maria Idalina Cobra Pereira e Resina Rodrigues Urbano Tavares Rodrigues
1993 – Rachel de Queiroz
País de origem: Brasil
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Arnaldo Niskier, Carlos Reis, Fernando Guimarães, João Escatimburgo, Maria Idalina Cobra Pereira Resina Rodrigues e Óscar Dias Correia
1992 – Vergílio Ferreira
País de origem: Portugal
Local da premiação: Rio de Janeiro
Júri:  Aníbal Pinto de Castro, Cleonice Berardinelli, Fernando Cristovão, Ivo de Castro, Jorge Fernandes da Silveira e Márcio de Souza
1991 – José Craveirinha
País de origem: Moçambique
Local da premiação: Rio de Janeiro
Júri:  Afonso Romano de Sant’Anna, Arnaldo Saraiva, David Mourão Ferreira, Jorge Fernandes da Silveira, Luís Augusto de Sampaio Forjaz de Ricaldes Trigueiros e Márcio de Souza
1990 – João Cabral de Melo Neto
País de origem: Brasil
Local da premiação: Lisboa
Júri:  Afrânio Coutinho, Antônio Houaiss, Eduardo Lourenço, Herberto Salles, Maria de Lourdes Belchior Pontes e Vítor Manuel Pires de Aguiar e Silva
1989 – Miguel Torga
País de origem: Portugal
Local da premiação: Lisboa

Júri:  Afrânio Coutinho, Antônio Houaiss, Eduardo Lourenço, Herberto Salles, Maria de Lourdes Belchior Pontes e Vítor Manuel Pires de Aguiar e Silva

Serviço:
Prêmio Camões de Língua Portuguesa 
Data: 17/2/2017 (sexta-feira), às 10h30
Local: Museu Lasar Segall

Rua Berta, 111 – Vila Mariana – São Paulo

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*