PERNAMBUCO: Homenagem às mulheres negras no terreiro musical

Sendo o último dia 25 de julho, dia da mulher negra latino-americana e caribenha, a terceira edição do Terreiro Musical traz ao seu espaço o Grupo de mulheres negras “Casas populares da BR 232”. Comemorando 12 anos de existência, o Casas Populares, como é mais conhecido, é composto por Carol Lopes, Joaninha Melo, Natália Lopes, Raquel Santana, Josi Caldas e Eric Caldas. O som trafega pelo Sertão, Agreste, Zona da Mata e Litoral do estado, brincando com cocos, forrós pé-de-serra, afoxés, cirandas e sambas de terreiro. Por isso o nome da banda chama-se Casas Populares da BR 232, estrada que é a principal via de acesso ao interior de Pernambuco. A musicalidade do grupo também reverencia manifestações de raiz de outros estados, como Bahia e Maranhão.

Casas Populares2016_por Luiza Farias02

Outras referências são o cancioneiro popular e de vanguarda brasileiro, e as sonoridades periféricas internacionais, especialmente africanas e latinas. Do imaginário da comunidade rural “simples” à realidade complexa dos centros urbanos, o som da banda é música para se sentir no mundo, ou seja, em casa. O Terreiro Musical, que está em sua terceira edição, é um projeto do Centro de Capoeira São Salomão (Ponto de Cultura) que visa a valorização da música pernambucana e a formação de plateia (público).

A próxima edição do Terreiro Musical acontecerá no próximo dia 12 de agosto, a partir das 21h, no Centro de Capoeira São Salomão, que fica localizado na Rua Amaro Gomes Poroca, 267, Várzea. Valor da Entrada R$ 15,00 (preço único). Maiores informações pelos telefones (81) 99172 1957 (Dani Gouveia) / (81) 99761 6984 (Gabi Apolonio).

nos 05

SERVIÇO: TERREIRO MUSICAL COM CASAS POPULARES DA BR 232

QUANDO? 12 de agosto de 2017.

QUE HORAS? a partir das 21h

QUANTO? R$ 15,00 (preço único)

ONDE? Centro de Capoeira São Salomão (Rua Amaro Gomes Poroca, 267, Várzea, Recife/PE)

INFORMAÇÕES: (81) 99172 1957 / (81) 99761 6984.

 

Share