Roda de Conversa com Alexandra Lucas Coelho

FLIPELO_Alexandra-Lucas_bate-papo

A Diretoria do Livro e da Leitura, da Fundação Pedro Calmon, em parceria com a Coordenação de Literatura/Dirart, da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), convidam para a Roda de Conversa com Alexandra Lucas Coelho, dia 12 de agosto (sábado), às 15h, no Centro de Formação em Artes (CFA), da Funceb, dentro da programação da Flipelô – Festa Literária Internacional do Pelourinho.

A proposta desta Roda de Conversa é refletir em conjunto, sobre a realidade de nosso idioma em termos globais e trocar experiências, conversando sobre algumas questões da língua: como nos lemos uns aos outros, se é que lemos ou não lemos; como devemos ler, com adaptação, sem, quais as dificuldades e questões que mais nos angustiam; como enxergamos o futuro da língua, como nos relacionamos com outros idiomas em nossos territórios e fora dele, como vemos o acordo ortográfico, se ele nos ajuda, se em longo prazo cada um de nós dará origem a várias línguas etc.

O mais recente romance de Alexandra Lucas Coelho, Deus Dará (lançado em 2016), que se passa no Rio de Janeiro contemporâneo e, ao mesmo tempo, percorre 500 anos de história entre Portugal e Brasil, está entre os cinco finalistas do Grande Prêmio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores.

Como repórter, Alexandra cobriu durante mais de vinte anos várias zonas de conflito, da ex-URSS e Balcãs ao Oriente Médio e Ásia Central, incluindo uma temporada em Jerusalém. Em 2010 mudou-se como correspondente do jornal “Público” para o Rio de Janeiro, onde morou até 2014. Não apenas como jornalista lhe foram atribuídos vários prêmios. Já com seu primeiro romance, E a Noite Roda(2012), Alexandra Lucas Coelho conquistou o Grande Prêmio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores. Seu segundo romance, O Meu Amante de Domingo (2014), foi traduzido na França pelas Éditions du Seui.

A autora publicou ainda cinco livros de reportagem-crônica-viagem, os quatro últimos já lançados no Brasil: Oriente Próximo (2007),Caderno Afegão (2009), Viva México (2010), Tahrir (2011) e Vai, Brasil (2013). Viva México foi um dos 10 finalistas do Prêmio PT de Literatura em 2014.

Maiores informações sobre Alexandra Lucas Coelho:

http://www.fpc.ba.gov.br/2017/08/767/Flipelo-Alexandra-Lucas-Coelho-a-descolonizacao-do-pensamento-e-a-literatura-Portugal-Brasil.html

Serviço

Roda de Conversa com Alexandra Lucas Coelho

Quando: 12 de agosto (sábado), às 15h
Ingresso: Gratuito
Local: Centro de Formação em Artes (CFA), da Funceb – Rua do Bispo, nº 29/31, Pelourinho (prédio do Solar São Dâmaso)

Share