#SERGIPE: Biblioteca Infantil promove oficinas de contação de histórias

Mediação

Coordenadores e representantes de 20 Centros de Referência de Assistência Social do Estado (CRAS) estiveram na Biblioteca Infantil nesta terça-feira, 12, para participar de uma Oficina de Capacitação de contação de histórias.  A atividade, que será dividida em quatro edições, integra as ações do Programa Criança Feliz no que se refere à Secretaria de Estado da Cultura de Sergipe (Secult–SE).

“O comitê gestor do Criança Feliz em Sergipe conheceu o projeto Aprender e Capacitar, que desenvolvemos aqui na Biblioteca Infantil, e o sugeriu que oferecêssemos estas capacitações também para os CRAS de todos os municípios participantes.  Então a gente reservou este mês para ensinar as técnicas de mediação de leitura, no intuito que este capacitados sejam multiplicadores nas suas cidades”, ressaltou a diretora da Biblioteca e integrante do comitê gestor, Claudia Stocker.

A oficina foi ministrada pela mediadora, Osaneide Rosa dos Santos, que integra a equipe da Biblioteca Infantil.  “Este é um treinamento que busca levar ao pessoal dos municípios, que às vezes não tem espaços adequados ou uma biblioteca para receber o público, uma forma de desenvolver atividades de mediação. Então a ideia é abrir a mente, para que eles possam desenvolver este trabalho nos CRAS das cidades que eles vivem, usando os recursos  que eles têm”, explicou a mediadora.

Nilmara-Maia

Para a orientadora social do CRAS de Telha, Nilmara Maia, a capacitação é uma iniciativa muito positiva.  “Esta é a primeira vez que participo de uma capacitação na área da literatura. Eu trabalho com crianças, e não só no CRAS, quanto na escola, percebemos certa carência em relação à leitura, que precisa ser trabalhada. Estou amando a oficina e tudo o que está sendo ensinado, que vou poder levar para a minha região”, afirmou.

O mesmo opinou a representante do Projovem de Gararu, Rosileide Nunes da Silva. “Já fiz algumas oficinas, a exemplo de reciclagem que a gente trabalha com os jovens e achei muito bom poder participar desta capacitação. Acho que precisamos muito trabalhar a literatura, principalmente com as crianças”, falou.

Outras duas edições do evento, que acontecem nos dias 19 e 27 de setembro, receberão representantes de outros 40 municípios do Estado, adeptos ao Programa Criança Feliz. Já no dia 27 de setembro, acontece uma edição de capacitação somente com os representantes dos CRAS de Aracaju.

Sobre o Criança Feliz

O Programa Criança Feliz foi lançado em Sergipe em março passado, pelo ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, e pelo governador Jackson Barreto. Sessenta e dois municípios sergipanos já fizeram a adesão ao programa, que visa promover o desenvolvimento humano a partir do apoio e acompanhamento infantil integral na primeira infância. Isso será possibilitado por visitas domiciliares periódicas dos profissionais à população em situação de vulnerabilidade social.

Além da Secult o Comitê conta com representantes das Secretarias de Estado da Mulher, Inclusão, Assistência Social, do Trabalho e Direitos Humanos (Seidh), da Educação (Seed), da Justiça e de Defesa do Consumidor (Sejuc), da Saúde (SES), Conselho Estadual de Assistência Social e Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente. No âmbito Federal, o Programa é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*