MINC | Após acordo de coprodução, longa brasileiro é exibido na China

5872_ext_arquivo

O acordo de coprodução cinematográfico entre Brasil e China, assinado em setembro de 2017 durante a visita do presidente Michel Temer ao país asiático, começa a ter os primeiros resultados. O longa-metragem brasileiro Nise – O Coração da Loucura, dirigido por Roberto Berliner, está sendo exibido em 600 salas de cinema chinesas. No primeiro fim de semana de exibição na China, o filme ficou entre os 20 títulos mais rentáveis, segundo o Box Office Mojo – site especializado no mercado cinematográfico mundial.

O longa – que tem a atriz Glória Pires no papel da psiquiatra Nise da Silveira – recebeu financiamento de R$ 1,4 milhão via leis do Audiovisual e Rouanet. Nise é o primeiro filme brasileiro distribuído comercialmente na China, graças ao acordo de coprodução negociado pelo Ministério da Cultura(MInC) em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE).

A importação, a distribuição e a promoção do filme em 353 cinemas da Associação Nacional de Filmes de Arte tiveram o apoio do Ministério das Relações Exteriores e da Embaixada do Brasil em Pequim. Em 2017, Nise recebeu o prêmio Panda de melhor filme no II Festival de Cinema do BRICS (grupo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), em Chengdu, e foi escolhido para abrir a Semana do Cinema Brasileiro em Pequim, organizada pelo Arquivo de Filmes da China.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*