MINC: Nos EUA, Sá Leitão apresenta a empresários oportunidades de negócios no Brasil

visita-ministro-eua-interna

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, será o principal palestrante em evento da Câmara de Comércio Brasil-Califórnia, em Los Angeles, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira (19). Ele falará a uma plateia de empresários, com o objetivo de atrair investimentos culturais para o Brasil, inclusive fora do eixo Rio-São Paulo, no setor de entretenimento ao vivo. Sá Leitão desembarcou em Los Angeles nesta terça-feira (17), para uma série de compromissos na cidade.

Como palestrante no evento da Câmara de Comércio Brasil-Califórnia, ele vai destacar o potencial de crescimento do setor em todo o país, chamando atenção também para possibilidades fora de São Paulo e do Rio de Janeiro. O ministro destacará a existência de arenas construídas para a Copa de 2014, como a Arena da Amazônia, em Manaus, onde há infraestrutura para abrigar eventos de grande porte.

Sá Leitão vai detalhar ainda as políticas de fomento à cultura, apresentando o mecanismo de incentivo fiscal previsto na Lei Rouanet, disponível para espetáculos de entretenimento ao vivo. “O Brasil tem enorme potencial para atrair investimentos e promover oportunidades mútuas de negócios”, afirmou ele.

O encontro em Los Angeles leva o nome de Entretenimento ao vivo no Brasil: perspectiva econômica e novas oportunidades (Live Entertainment in Brazil: Economic Outlook and New Opportunities). Além do ministro, falarão produtores culturais e advogados brasileiros com atuação na área artística. A ideia é detalhar as oportunidades que existem no país, de olho no empresariado dos EUA.

A apresentação do ministro deverá abordar as iniciativas recentes do governo brasileiro para o fomento à cultura, os mecanismos de incentivo existentes (Lei Rouanet) e as perspectivas para os próximos anos.

A indústria cultural na Califórnia movimenta em torno de US$ 300 bilhões por ano. Já a economia criativa brasileira é responsável por 2,64% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro – a soma das riquezas produzidas no país –, emprega cerca de 1 milhão de trabalhadores e envolve aproximadamente 200 mil empresas e instituições.

Entretenimento ao vivo

Os principais segmentos de entretenimento ao vivo são os espetáculos musicais e teatrais, e eventos esportivos. O setor como um todo, por sua vez, é bastante amplo e engloba diversas ações, como promoção de eventos; operação de bilheteria; comercialização de alimentos, bebidas e merchandising; gestão de locais de eventos (venues); e venda de patrocínio.

Reuniões

Na quarta-feira (18), véspera do evento na Câmara de Comércio, Sá Leitão terá encontro com cônsules de países da América do Sul em Los Angeles. Ele aproveitará para pedir apoio dos postos diplomáticos na divulgação da terceira edição do Mercado de Indústrias Culturais do Sul (Micsul), que será realizado no Brasil, na cidade de São Paulo, em novembro.

O Micsul é um evento multissetorial organizado por países latino-americanos, que visa promover rodadas de negócios, formação de redes (networking), conferências e oficinas, além de incentivar o consumo e a circulação de bens e serviços culturais da América do Sul.

Ainda na quarta-feira (18), Sá Leitão deverá visitar o MOLAA (Museum of Latin American Art), único museu dos Estados Unidos dedicado exclusivamente à arte latino-americana moderna e contemporânea.

A ida de Sá Leitão aos Estados Unidos faz parte da agenda de promoção da cultura brasileira no exterior, com o propósito de incentivar a internacionalização de artistas e empreendimentos culturais brasileiros.

Share