Nota de pesar – cantora Dona Ivone Lara

dona-ivone-interna

É com pesar que o Ministério da Cultura (MinC) recebeu a notícia da morte da cantora carioca Dona Ivone Lara, na noite desta segunda-feira (16/4), vítima de insuficiência cardiorrespiratória. Ela estava internada em um hospital do Rio de Janeiro desde sexta-feira (13), mesmo dia em que completou 97 anos.

A “Rainha do Samba” foi a grande homenageada na cerimônia da Ordem do Mérito Cultural 2016. A maior honraria pública do setor cultural foi dada pelo Ministério da Cultura no ano em que se comemorou o centenário do samba.

Dona Ivone Lara foi a primeira mulher a fazer um samba-enredo numa escola, o Cinco Bailes da História do Rio, em 1965. Ela lançou mais de dez discos e teve canções gravadas por grandes nomes da MPB, como Clara Nunes, Gal Costa, Maria Bethânia, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Beth Carvalho, Jorge Aragão e Zeca Pagodinho, entre outros. Entres suas composições de sucesso estão “Sonho Meu”, “Sorriso Negro” e “Alguém Me Avisou”.

Assessoria de Imprensa

Ministério da Cultura

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*