MARANHÃO | Mais de 500 atrações culturais estão inscritas para a seleção do São João de Todos 2018

Boi-Barrica-Arraial-Donato-Alves-no-Ipem.-Fotos-Charlles-Eduardo.13-300x200

O credenciamento para contratação de atrações que farão a festa nos palcos oficiais do São João de Todos 2018 já é considerado um sucesso. Com a primeira fase encerrada, o processo de seleção recebeu inscrições de mais de 500 grupos culturais, bandas e artistas na primeira etapa do credenciamento. Este ano, os festejos serão realizados no período de 15 de junho a 1º de julho e incluem arraiais em São Luís e Imperatriz.

“Este resultado é muito expressivo, é o maior dos últimos três anos e mostra a decisão acertada tomada desde 2015 de abrir um processo seletivo, em que todos possam concorrer e também mostra como esse calendário de eventos fixos do Governo do Maranhão incentiva a profissionalização dos grupos”, afirma a secretária adjunta de Cultura, Vanessa Leite.

O credenciamento tem por objetivo a habilitação, seleção e contratação de serviços artísticos de grupos, bandas e artistas para apresentações durante os festejos juninos. Nessa primeira fase, os interessados entregaram documentação necessária ao processo, os quais serão avaliados por equipes técnicas da Secretaria de Estado da Cultura (Sectur).

Após habilitados, os grupos passarão por um processo de classificação coordenado pelo Conselho Estadual de Cultura.

“É um trabalho sério, de valorização da história, da vivência dos grupos e artistas. Vemos a profissionalização sem perder a história dos grupos”, comenta o presidente do Conselho Estadual de Cultura, Neto do Azile.

O processo de classificação dos grupos vai envolver também outras entidades do meio cultural, como a Comissão Maranhense de Folclore, Comissão de Folclore de São Luís, Conselho do Patrimônio Imaterial do Maranhão, Conselho Nacional de Cultura, entre outros.

“Todos os grupos e shows que forem selecionados na fase de análise de documentação, que é a fase de habilitação, passarão pela análise desse colegiado, que irá estabelecer uma classificação com base em critérios simbólicos, culturais, identitários, de relevância, de preservação, tempo de existência e outros”, explica Neto.

O resultado da análise das propostas está programado para o mês de maio.

Share