Arquivos da categoria: Textos

SERGIPE | Divulgada lista de aprovados para o III Festival Um Banquinho, Uma Canção

capa-site-01

Vinte e quatro artistas foram selecionados para participar do III Festival Um Banquinho, Uma Canção. Promovido pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), o evento busca incentivar e valorizar artistas da música sergipana, contribuindo para a difusão cultural e desenvolvimento sociocultural do Estado.

Todos os trabalhos inscritos foram avaliados por uma comissão julgadora conforme os critérios de interpretação, melodia e letra da música inédita, além de portfólio e clipping.  O Festival acontece em cinco datas sendo quatro etapas eliminatórias e uma final. A premiação em dinheiro, para os participantes desta edição, irá variar de R$ 400,00 à R$ 5mil, além do prêmio de Melhor Música Inédita no valor de R$ 1,5mil.

Festival inicia no dia 04 de janeiros, durante o Simpósio do XLIII Encontro Cultural de Laranjeiras como a primeira apresentação, que acontece a partir das 19h, no Clube Antônio Carlos Leite Franco.  O roteiro de apresentações segue no dia 11 de janeiro, no Villa Botiquim; dia 18 de janeiro, no Brother’s Club, e dia 25, no Gonzaga Bar e Petiscaria.

Viabilizado com recursos do Fundo Estadual de Desenvolvimento Cultural e Artístico (Funcart) e aprovação do Conselho Estadual de Cultura, o Festival é um evento democrático que abriga a vários estilos de música.  A participação do edital foi gratuita, aberta a qualquer pessoa física e cada participante inscreveu três músicas, sendo uma de autor nacional, uma de autor sergipano e uma música inédita.

Na próxima segunda-feira, dia 18, às 9 horas, será realizado, com a presença dos proponentes selecionados, o sorteio da ordem das apresentações e locais. O sorteio acontece na cede da Secult. Confira a lista dos selecionados por ordem alfabética:

SELECIONADOS:

Alberto Marcelino

Aldemir Barros

Alice Nou

Amanda Cunha

Amora Valente

Bruna Brandão

Bruna Ribeiro

Cissy Freitas

Danilo Duarte

Doca Furtado

Edson João

Helber Matheus

Jorgival Porto

Maria Cristina

Newton Brito

Paulinho Araújo

Paulinho Só

Rodrigo Cunha (Voodoo Cigano)

Roger Kbelera

Sann Rocha

Sena

Sílvio Rocha

Tom Robson

Zé Costa

Share

CEARÁ | Com apoio da Secult, Mostra Regional Natal de Luz acontece no Bairro Ellery

mostranataldeluzbairroelery

Bairros da região oeste de Fortaleza receberão Mostra Regional Natalina “Natal para todos”, nesta quinta-feira, 14 de dezembro, e sexta-feira, 15 de dezembro, com programação especial das 18h às 22h, no Polo de Lazer da Av. Sargento Hermínio. Moradores celebrarão o Natal com diversas apresentações culturais do ciclo natalino, com a participação de grupos de pastoril, boi, reisado, lapinha viva, presépio e fandango. O evento tem o apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult).

Na ocasião, haverá venda de comidas e bebidas (não alcoólicas), sendo uma oportunidade para movimentar a economia da região e ajudar empreendedores locais com uma renda extra.

A homenagem, por sua vez, será feita para Rocicle Castro e Sulamita Oliveira, mulheres que se destacam na comunidade local, desenvolvendo ações que beneficiam crianças e adolescentes.

Para Wescley Sacramento, produtor cultural, esse é mais um momento ímpar para os bairros Ellery e Monte Castelo. “Essa ação proporcionará a disseminação do espírito natalino, por meio de uma grande confraternização entre os moradores, além de representar a consolidação de atividades para periferia de Fortaleza e despertar diversos significados, pois proporcionará boas recordações dos tempos vividos nas cidades do interior”

O evento é realizado pela Associação Comunitária dos Bairros Ellery e Monte Castelo, Grupo Sagrada Família e pela Artéria Cidadã e conta com a parceria: da Secretaria de Cultura do Município de Fortaleza, da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará – Secult, com o apoio de comerciantes locais.

Serviço:

Mostra Regional Natal para todos
Dias: 14 e 15 de dezembro de 2017 (quinta-feira e sexta-feira)
Horário: 18h às 22h
Local: Polo de Lazer da Av. Sargento Hermínio/ Entrada franca.

 

Share

MARANHÃO | Lei disciplina Fundo que investirá R$ 6 milhões na Cultura do Maranhão

Para incentivar e democratizar o acesso à cultura, o Governo do Estado editou o Projeto de Lei (PL) 114/2017 que finalmente disciplina a utilização do Fundo de Desenvolvimento da Cultura Maranhense (FUNDECMA), regulamentado no ano passado pelo Decreto 31.892. O fundo havia sido criado em 2008, seguindo orientação nacional do Ministério da Cultura, mas nunca tinha chegado a ser aplicado.

O fundo financiará até 100% do valor dos projetos e inicia com uma dotação orçamentária de R$ 6 milhões. Diferente da Lei de Incentivo à Cultura, a utilização do FUNDECMA não necessita de patrocinadores. No momento em que é aprovada, a iniciativa tem os recursos garantidos.

Os recursos serão disponibilizados somente por meio de editais públicos, que irão abranger os diversos segmentos culturais dos 217 municípios maranhenses. Poderão ser inscritos projetos de várias áreas, como artes cênicas, cinema, literatura, música, artes plásticas, cultura popular, patrimônio, pesquisa, entre outras.

O secretário de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), Diego Galdino, ressaltou a importância do fundo para o desenvolvimento da cultura no estado. “Queremos lançar em 2018 vários editais de apoio aos projetos culturais, entre os quais já começamos a preparar o Edital de Literatura; acredito que as políticas públicas em cultura precisam abranger o maior número de segmentos possíveis”, comentou.

Os projetos passarão pela Comissão Avaliadora de Projetos (CAP), constituída por representantes de órgãos do poder público, de instituições culturais privadas e de entidades representativas de artistas e produtores culturais, composta por dez membros efetivos e igual número de suplentes.

Share

CEARÁ: XII Edital Carnaval do Ceará 2018: Secult divulga Resultado da Habilitação da Inscrição Após Recurso

edital de carnaval20189

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) divulga, nesta quarta-feira, 13/12, o Resultado da Habilitação da Inscrição Após Recurso dos projetos do XII Edital Carnaval do Ceará 2018. Confira resultado aqui

Agora o edital passa para analise da etapa da Avaliação e Seleção:
7.2. Avaliação e Seleção da Proposta: etapa de caráter eliminatório e classificatório, em que é realizada a análise técnica dos projetos de candidatos habilitados na fase anterior, por uma Comissão de Avaliação e Seleção instituída pela Secult. Esta fase consiste na avaliação da proposta apresentada no formulário de inscrição, do Plano de Trabalho (Anexo I), dos currículos e demais materiais que compõem o portfólio, conforme critérios estabelecidos no item 9 deste Edital e em seus subitens.

Por meio do edital, serão apoiados projetos voltados para a produção, a circulação e a difusão das tradições regionais cearenses nas manifestações carnavalescas categorias “Maracatu”, “Escolas de Samba”, “Blocos”, “Cordões” “Afoxé”,  “Bandas e Música” e “Bailes e Matinês”.  O Governo do Estado, através da Secult, disponibilizará o aporte financeiro no valor total de R$ 1.189.000,00 para a seleção de até 57 projetos das categorias mencionadas, sendo um deles para a realização do Seminário de Avaliação do Carnaval do Ceará. Confira aqui o resultado.

A lista final de propostas habilitadas e inabilitadas serão divulgados no site da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (http://www.secult.ce.gov.br) e na página dos Editais da Secult (www.editais.cultura.ce.gov.br), sendo de total responsabilidade do proponente acompanhar a atualização dessas informações.

Dúvidas e informações
A Secult disponibiliza suporte aos proponentes apenas em dias úteis, das 8 às 17 horas, pelos telefones (85) 3101-6770 / 6765.

Share

MinC: Esclarecimento – igualdade de gênero e raça no audiovisual

nota_oficial_interna-02

O Ministério da Cultura (MinC) reitera os termos da notícia publicada em seu portal e em redes sociais sobre a reunião da última segunda-feira do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual, que reúne representantes da sociedade civil e do Governo Federal. Por iniciativa do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, o Comitê Gestor aprovou recomendação ao Conselho Superior de Cinema para que formule uma política de promoção da igualdade de gênero e raça no setor audiovisual. De acordo com as leis em vigor, cabe ao Conselho Superior de Cinema estabelecer as diretrizes da política de audiovisual. O único voto contrário à proposta foi da diretora-presidente-interina da Ancine, Débora Ivanov. São fatos, presenciados por todos os presentes. Ivanov inclusive solicitou na ocasião que seu voto contrário fosse registrado em ata. A recomendação do Comitê Gestor será apresentada para deliberação na próxima reunião do Conselho Superior de Cinema, que acontecerá no início de fevereiro.

Share

PERNAMBUCO: Instituto Ricardo Brennand abre as portas para o festival Verão no Museu

 

IRB - LATERAL DO CASTELO SÃO JOÃO - FOTO ANTONIO SOUZA LEÃO

Considerado melhor museu do Brasil pelos internautas do site Trip Advisor, o Instituto Ricardo Brennand, na Várzea, vai oferecer aos visitantes o inédito festival Verão no Museu, série de eventos artísticos nas áreas de música e artes cênicas com classificação livre. O Verão no Museu inclui uma Cantata Natalina e um festival de teatro de bonecos nos meses de dezembro e janeiro. Os ingressos para as apresentações custam R$ 10 e R$ 5 (meia entrada). O projeto é uma parceria do Instituto com o produtor Johnny D’Heni, da Casa de Produção.

Instituto Ricardo Brennand_Foto. Paloma Amorim

As atividades começam em dezembro quando, nos dias 21 e 22, o Coral Edgar Moraes irá se apresentar em frente à Capela Nossa Senhora das Graças, que fica dentro da área do Instituto, às 19h, com sua Cantata Natalina. Já em janeiro de 2018, as artes cênicas passam a fazer a alegria da criançada com o Festival de Teatro de Bonecos. Sempre aos sábados e domingos, o Museu irá sediar oito espetáculos de companhias pernambucanas. A curadoria é do ator, marionetista  e produtor Edjalma Freitas e os espetáculos começam às 15h. Entre as peças escolhidas para o festival, o público poderá conferir Caetana, encenada pelas atrizes Lívia Falcão e Fabiana Pirro e ‘A Cartola Encantada’, da companhia Mão Molenga.

CANTATA – Com direção musical do renomado professor Marcos Cesar, a Cantata Natalina será uma ode à cidade do Recife, com um repertório de clássicos da nossa música regional, como o baião e o pastoril, além das tradicionais músicas natalinas com ritmos pernambucanos e uma apoteose com frevos de bloco. O repertório vai de Asa Branca, de Luiz Gonzaga, a músicas natalinas e frevos de bloco como Recife Manhã de Sol de Jota Michilles , que será o homenageado do Carnaval 2018.  Com 25 anos de bons serviços prestados à comunidade pernambucana, o Coral Edgard Moraes é formado pelas filhas do consagrado compositor que dá nome ao conjunto. A apresentação ganha uma apoteose com frevos de bloco e a participação do O Bonde – Bloco Carnavalesco Lírico.

Cantata Natalina

21 e 23 de dezembro, às 19h

Festival de Teatro de Bonecos

6, 7, 13, 14, 20 e 21 de janeiro (12 apresentações, duas companhias a cada dia)

Ingressos para apresentações da Cantata R$ 10 e R$ 5 (Meia entrada)

Ingressos para o Museu (para a Cantata não é necessário adquirir ingresso para o Museu)

R$ 25,00 (Inteiro).

R$ 12,00 (Pessoas com deficiência, estudantes, professores e idosos acima de 60 anos mediante documentação comprobatória).

 

Serviço

Festival Verão no Museu

Onde : Instituto Ricardo Brennand- 

Alameda Antônio Brennand, s/ nº – Várzea

Quando: 21 e 23 de dezembro, às 19h

 

Quanto: R$ 10 e R$ 5 (Meia entrada)

Contato: Iara Lima – (81) 9.9989.9024

 

 

 

Iara Lima – (81) 9.9989.9024

Share

MINC | MinC e Unesco fecham parceria no segmento de audiovisual

photo5008563704526120912

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, recebeu nesta terça-feira a representante da Unesco no Brasil, Marlova Noleto, e acertou um acordo no segmento de audiovisual. A nova parceria entre o MinC e a Unesco vai englobar políticas de inclusão de gênero e raça, projetos de fortalecimento dos polos de cinema, formação de público, preservação de acervo e democratização do acesso.

O acordo de cooperação será formalizado no início de 2018. A ideia é que consultores da Unesco trabalhem na formulação de políticas do audiovisual, auxiliando os debates do Conselho Superior de Cinema.

O sítio arqueológico do Cais do Valongo, reconhecido pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, também foi tema da conversa entre Sá Leitão e Marlova Noleto. Por sugestão do ministro, será agendada uma reunião com representantes da Unesco, do Minc e da Prefeitura do Rio de Janeiro para encaminhar as próximas etapas do processo que prevê, entre outras medidas, a implantação de um memorial da história da escravidão no país.

Segundo Marlova Noleto, a representação da Unesco no Brasil é a segunda maior fora da sede (Paris) e a cooperação com o governo brasileiro é sólida, envolvendo, além do MinC, os Ministérios da Educação, do Desenvolvimento Social e de Direitos Humanos, entre outros.

Share

MINC | Plano Nacional de Cultura ganha nova plataforma interativa

novo-portal-pnc-interna

💡 Conheça a nova plataforma do Plano Nacional de Cultura

Está no ar a nova plataforma do Plano Nacional de Cultura (PNC), mais acessível e com facilidades para pesquisar informações relevantes, como monitoramento das metas, vídeos de capacitação e legislação. A interação com os usuários também foi simplificada: agora basta preencher um cadastro com três itens – e-mail, estado de origem e tema de interesse. A partir dessas informações, o Ministério da Cultura (MinC) poderá interagir com a sociedade.

Na plataforma é possível conhecer detalhadamente o Plano Nacional de Cultura e seus desdobramentos. As abas apresentam o histórico da implantação do PNC, as 53 metas e um passo a passo esclarecendo as principais dúvidas, como a forma de adesão ao plano, a lei que o instituiu, os planos setoriais e territoriais, as capacitações e as ferramentas de consulta.

A atualização da plataforma contribui para o alcance da meta 48 do PNC, que prevê a implantação de uma ferramenta digital para acompanhamento das políticas culturais por, no mínimo, 100 mil usuários de diferentes regiões do país. Na aba “documentos” estão disponíveis relatórios de monitoramento das metas, mas também é possível acompanhar cada uma delas clicando no número específico.

Estão disponíveis cinco vídeos de formação à distância, elaborados em parceria com a Universidade Federal da Bahia (UFBA), com orientações para elaboração dos planos municipais de cultura e capacitação de gestores culturais. Também é possível acessar informações sobre assessorias técnicas oferecidas pelo MinC aos gestores públicos estaduais e municipais que fazem parte do Sistema Nacional de Cultura (SNC).

A plataforma segue o novo modelo de identidade digital padrão do governo federal e atende às recomendações de acessibilidade na Internet. Na parte superior da plataforma há uma barra de acessibilidade com atalhos de navegação padronizados e opção de alterar o contraste da página. O desenho da plataforma permite o acesso pelos diversos navegadores.

Share

MinC: Comitê Gestor do FSA sugere ao Conselho Superior de Cinema que formule política para redução da desigualdade no setor

photo5006153935815288805

                                                     (Foto: Acácio Pinheiro / Ascom MinC)

Por iniciativa do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, o Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), formado por representantes do setor e do governo, aprovou nesta segunda-feira (12) resolução solicitando que o Conselho Superior de Cinema formule, até abril de 2018, uma política efetiva para a redução da desigualdade de gênero e raça no setor. A política será formulada adotada após consulta à sociedade e estudo de casos internacionais. A proposta recebeu um voto contrário no âmbito do comitê, da atual diretora-presidente interina da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Débora Ivanov.

O Conselho Superior do Audiovisual apreciará a proposta em sua próxima reunião, marcada para o início de fevereiro. O MinC encaminhará uma minuta de resolução e a sugestão de criação de um grupo de trabalho específico, a ser formado por profissionais do setor e membros do governo. O GT contará com o apoio de consultores da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), de acordo com parceria fechada hoje com o MinC. “Precisamos de uma política eficaz, não de medidas pontuais e tímidas”, afirmou o ministro. “A instância de formulação de políticas é o Conselho Superior de Cinema. Vamos debater na instância certa, formular e implementar”.

O Comitê Gestor do FSA debateu e aprovou diversas medidas positivas para a atividade. Chamada de “Novo Audiovisual”, a política vai impulsionar a indústria audiovisual brasileira ao modernizar as linhas de investimento, considerando as novas plataformas e a realidade atual do mercado.

O Ministério da Cultura (MinC) vem trabalhando para melhorar o FSA, ampliando o alcance dos recursos e permitindo mais investimentos. A avaliação é que a ampliação do financiamento vai consolidar o mercado audiovisual nacional, gerando desenvolvimento, emprego e renda.

Ainda na reunião, foi aprovada a parceria da Ancine com a Prefeitura de Niterói para o desenvolvimento do setor audiovisual naquela cidade. Será anunciada nesta quinta-feira, 14/12, a realização de um edital de R$ 6 milhões, metade da Ancine e metade da Prefeitura de Niterói. O Comitê Gestor voltará a se reunir no dia 26 de janeiro de 2018.

Share

PERNAMBUCO: Memorial Luiz Gonzaga celebra o aniversário do Rei do Baião

ARB_0010_30072014_Foto_AndreaRegoBarros

Para homenagear aquele que conseguiu cantar a luta do povo nordestino para o mundo inteiro, o Memorial Luiz Gonzaga preparou uma programação especial, em celebração aos 105 anos, que Gonzagão completaria nesta quarta (13).

Ao longo de todo o dia, acontecerão visitas guiadas, exibição de vídeos e audição de músicas originais do Rei do Baião, sorteios de brindes nas redes sociais, além de apresentação do Trio de Forró de Toinho do Baião.

Para disseminar o legado deixado pelo velho Lua, será oferecida ainda uma oficina gratuita de apreciação musical, intitulada O Fole Roncou, nos dias 14 e 15.

Os alunos receberão noções básicas de acordeon, a sanfona de 120 baixos, aproximando admiradores e curiosos do instrumento que marca a identidade nordestina. Para participar, os interessados devem se inscrever pelo e-mail: educativo.mlg@gmail.com ou presencialmente, das 10h às 16h, no próprio Memorial Luiz Gonzaga.

O Memorial fica localizado na casa 35, no Pátio de São Pedro.

Confira a programação completa:

13 de dezembro

Visitas guiadas – das 9h às 17h

Sorteios de brindes nas redes sociais – 14h

Apresentação artística – das 14h30 às 18h

13 a 15 de dezembro

Exibição de vídeos – das 9h às 17h

14 e 15 de dezembro

Oficina de Sanfona- das 14h às 16h

Local: Memorial Luiz Gonzaga, Pátio de São Pedro, nº 35, Bairro se São José

Share