Arquivos da categoria: Textos

MINC | Fórum discute atuação das bibliotecas públicas no Brasil

v-forum-bibliotecas-interna

A atuação das bibliotecas públicas no Brasil e o seu papel no cumprimento das metas da Agenda 2030, estabelecida na Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, serão abordados no Fórum Brasileiro de Bibliotecas Públicas. A quinta edição do evento, organizado pelo Departamento de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) do Ministério da Cultura (MinC), será realizado nesta quarta (18) e quinta-feira (19) em Fortaleza (CE).

O fórum ocorre em paralelo ao Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação (CBBD). O evento tem por objetivo estimular a pesquisa na área de biblioteconomia e ciência da informação, além de divulgar práticas das bibliotecas públicas por meio de debates e seminários. Participam do evento profissionais e estudantes interessados no desenvolvimento das bibliotecas públicas brasileiras, além dos coordenadores dos Sistemas Estaduais de Biblioteca Pública. As bibliotecas públicas estão presentes em 97% dos municípios brasileiros.

As presidentes da Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias (IFLA), Glória Pérez-Salmeron, e da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições, Adriana Cybele Ferrari, participam da primeira rodada de debates sobre a Agenda 2030, que prevê metas para o desenvolvimento sustentável do mundo. Na sequência, o diretor do DLLLB, Guilherme Relvas, comandará a abertura oficial do fórum, às 10h desta quarta-feira.

A tarde de quarta-feira será dedicada à divulgação de boas práticas. Participarão dessa etapa do fórum representantes de bibliotecas públicas e comunitárias de Lagoa Santa (MG), Tefé (AM), Marabá (PA) e Lençóis (BA) – finalistas do Prêmio Viva Leitura 2016, categoria Biblioteca Viva. Na quinta-feira, a Agenda 2030 volta à mesa de debates. Também estão previstos debates sobre a contribuição das bibliotecas públicas para a sustentabilidade, com a participação dos coordenadores estaduais do Sistema de Bibliotecas Públicas.

Share

MinC: Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual discute novas regras para financiar produção nacional

photo5125400786505934779

(Foto: Janine Moraes/Ascom MinC)

O Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) aprovou, em reunião nesta segunda-feira (16), no Rio de Janeiro, as primeiras propostas para a nova versão do fundo, chamada de FSA 2.0. As sugestões para alteração de normas e critérios do fundo foram consolidadas pela Agência Nacional do Cinema (Ancine) a partir das consultas feitas com agentes de mercado. A expectativa é que as novas regras passem a valer até o início de 2018.

Durante a reunião, coordenada pelo ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, foram discutidas e votadas alterações no FSA em quatro eixos: revisão na participação do fundo nas receitas; reavaliação nos investimentos em distribuição; readequação dos mecanismos automáticos; e definição de diretrizes que nortearão as próximas revisões do fundo.

Uma das propostas aprovadas foi a simplificação de regras, clareza de linguagem e unificação de contratos do FSA. Para a diretora presidente da Ancine, Débora Ivanov, é necessário elaborar estudo com novos objetos para investimentos, amadurecendo inclusive a discussão sobre o mercado de Vídeo Sob Demanda (VOD).

Também foi aprovada a cobertura da totalidade dos custos de P&A (Print and Advertising – sigla em inglês que se refere à impressão das cópias do filme e da propaganda para lançá-lo). O teto hoje está restrito a 50% valor.

Os integrantes do Conselho – que também inclui a participação de representantes da indústria cinematográfica – optaram ainda por valorizar, nas salas de cinema, lançamentos de menor porte, considerando o volume de ingressos vendidos. Na TV e em outras mídias e mercado internacional, a pontuação será considerada pelo volume bruto de negócios fechados.

Os percentuais do Prêmio Adicional de Renda (PAR), criado em 2005 pela Ancine com o objetivo de estimular o diálogo da cinematografia nacional com o seu público e premiar as empresas de acordo com o desempenho comercial dos filmes brasileiros nas salas de exibição do País, também foi debatido durante a reunião. A proposta é que o PAR, no FSA 2.0, privilegie o valor total do projeto e não apenas o resultado líquido, uma vez que o financiamento das obras consome grande parte do direito às receitas.

Tendências em comunicação

Durante a reunião, o ministro destacou sua participação na 48ª edição da Conferência Anual Tendências em Comunicações Convergentes, em Bruxelas, na Bélgica, e a reunião com Roberto Virola, representante da Direção Geral de Redes de Comunicação, Conteúdo e Tecnologia da Comissão Europeia (DG Connect), realizadas na semana passada.

“O encontro foi excelente, uma vez que pudemos nos atualizar sobre tudo o que está sendo feito com relação ao VOD na União Europeia. A expectativa é que, até meados do próximo ano, eles tenham uma diretiva que regulamente o tema em todos os países do bloco. Fizemos um acordo e asseguramos que a próxima reunião sobre esse assunto com o DG Connect será feita no Brasil”, ressaltou Sérgio Sá Leitão.

Share

CEARÁ l COMUNICADO – X Edital Mecenas do Ceará: inscrições prorrogadas até o dia 17 de outubro

at dia 17 de outubrooooo

Por conta do grande número de acessos nas últimas horas de inscrição e para continuar a garantir a qualidade do serviço do “Mapa Cultural do Ceará”, a Secult comunica a prorrogação das inscrições do X Edital Mecenas do Ceará até o dia 17 de outubro.

Sobre mecenas – Os projetos deverão ter execução prevista entre período de 15 de março de 2018 a 14 de março de 2019. Através do edital, a Secult beneficiará projetos de todo o Ceará nas linguagens artes visuais e fotografia, audiovisual, teatro, dança, circo, música, arte digital, literatura/livro/leitura, patrimônio material e imaterial e artes integradas (projetos que contemplem mais de uma linguagem artística, incluindo moda e design).

Em sua 10ª edição, o Edital Mecenas do Ceará conta com inscrição online, uma conquista decorrente das demandas dos proponentes e do trabalho realizado pela Secult para aperfeiçoamento dos processos de seus diversos editais.

Em sintonia com as diretrizes da política cultural do Estado, de democratização do acesso à arte, à cultura e aos recursos públicos para fomento a essas áreas, assim como de apoio e valorização das expressões artísticas e culturais cearenses, o Edital Mecenas do Ceará concederá autorização para captação de recursos a projetos apresentados em três modalidades.

Na modalidade “Doação” (100% recursos do Estado, via isenção fiscal), haverá transferência definitiva de recursos, bens e serviços, vedada a obtenção pelo doador de qualquer proveito direto ou indireto, inclusive de imagem, em qualquer veículo de mídia impressa ou eletrônica, sendo permitida a citação, em seu agradecimento. Pelos critérios da modalidade, são contempladas propostas que não apresentem vantagens competitivas, consolidação e liderança no mercado cultural cearense; propostas que garantam a democratização ao acesso cultural, formando e estimulando consumidores de produtos e serviços culturais; atividades de formação artístico-cultural fundamentadas na produção e na recepção de produtos e de serviços culturais, promovendo o empreendedorismo e/ou a cidadania cultural; propostas que beneficiem coletividades menos favorecidas, promovendo a sua inclusão social; práticas com a participação da comunidade beneficiada nas várias etapas do processo de produção da proposta.

A modalidade “Patrocínio” (80% de recursos do Estado e 20% do proponente) autoriza transferência, em caráter definitivo e livre de ônus, feito pelo patrocinador ao proponente, de recursos financeiros, bens ou serviços para realização do projeto cultural, sem proveito pecuniário ou patrimonial, direto ou indireto, para o patrocinador, ressalvada a veiculação de seu nome ou marca nas peças de publicidade e nos produtos gerados. Pelos critérios da modalidade, são contempladas propostas que apresentem vantagens competitivas, consolidação e liderança no mercado cultural cearense; propostas que estimulem o consumo de produtos e serviços culturais; propostas inovadoras que colaborem com o fortalecimento das Cadeias Produtivas da Cultura; propostas com capacidade de agregar valores às ações de comunicação do patrocinador.

Na modalidade “Investimento” (50% de recursos do Estado, 50% do proponente), é autorizada a aplicação de recursos financeiros, bens ou serviços em atividades culturais com proveito pecuniário ou patrimonial para o contribuinte investidor. Pelos critérios dessa modalidade são contempladas atividades com foco mercadológico, priorizando a lucratividade do proponente e do investidor e projetos com capacidade de agregar valores às ações de comunicação do investidor, que lhe possibilitem o posicionamento mercadológico de socialmente responsável.

Share

PERNAMBUCO: Mestre Assisão participa de Aula Espetáculo em Serra Talhada

WhatsApp Image 2017-10-15 at 09.18.29

Nesta terça, o Rei do Forró e Mestre da Música, Assisão, dá início a uma nova jornada. Ele ministra a aula-espetáculo “Papo com o Mestre Assisão” – acompanhado de Lôro dos Oito Baixos e dos dançarinos do grupo Cabras de Lampião. A estreia acontece às 15 horas, no Colégio Municipal Cônego Tôrres. “A música oferece à alma uma verdadeira cultura íntima e deve fazer parte da educação do povo”, enfatiza Assisão.

A aula-espetáculo vai percorrer todas as escolas municipais de Serra Talhada, nas zonas urbana e rural. Para o presidente da Fundação de Cultura de Serra Talhada e realizador do projeto, Anildomá Willans de Souza, a ideia da aula-espetáculo é anunciar que “a cultura ainda resiste, apesar dos meios de comunicação de massa insistirem em trazer uma programação alienadora e completamente fora da realidade”.

Contato para entrevista: Anildomá Willians de Souza – Fundação de Cultura de Serra Talhada – (87) 87 9 9918-5533.

Share

BAHIA: Funceb e Fiac abrem inscrições para intercâmbio com artistas do interior do estado

funcebefiac

Com a décima edição do Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia (Fiac) que será realizada entre os dias 24 e 29 de outubro em diversos teatros de Salvador, a Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) está reeditando seu projeto de Intercâmbio Artístico-Cultural em Festivais. Desta vez, a ação vai proporcionar a participação de 12 artistas de teatro e/ou agentes culturais do interior do estado, que não morem em Salvador através das diversas atividades do FIAC Bahia. Serão dois representantes de cada macro-território da Bahia que terão passagens, hospedagem, alimentação, ingressos para os espetáculos e participação nas atividades formativas custeadas pelo projeto, em uma parceria entre a FUNCEB e o FIAC Bahia. A Funceb é uma entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).

A seleção dos artistas/agentes culturais participantes será feita mediante inscrições online pelo site: www.fiacbahia.com.br. Serão considerados a experiência e o histórico de atividades declarados na ficha de inscrição, assim como o potencial de desdobramento e multiplicação desta vivência. Os candidatos terão entre os dias 16 e 19 de outubro para fazer suas inscrições, e o resultado será divulgado no dia 20 de outubro nas redes sociais das organizações parceiras. O intercâmbio é dirigido a artistas de teatro e/ou agentes culturais maiores de 18 anos, que ficarão hospedados no Pouso das Artes, residência artística inaugurada este ano no Centro Histórico de Salvador pela FUNCEB e pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac).

O FIAC Bahia 2017 tem patrocínio da Petrobras, apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), e realização da 7OITO Projetos & Produções. Em sua décima edição, ele abre espaço para o caráter imagético, físico, afetivo e subjetivo das muitas narrativas que compõem os vários níveis de sua programação. Além disso, olha também para sua própria trajetória, reverenciando os mais de 190 espetáculos, as centenas de oficinas e encontros, e mais de mil técnicos e artistas que passaram pela cidade nos últimos nove anos para fazer arte e transformar nossa realidade, ressiginificando-a. Todo esse processo gera infinidades de conexões que participaram da construção da história recente das artes cênicas na Bahia, com impacto incontestável no futuro do pensar e do fazer artístico de seus agentes culturais.

Serviço:
Festival Internacional de Artes Cênicas
Quando: 24 a 29 de outubro
Onde: Teatros de Salvador
Inscrições: www.fiacbahia.com.br (De 16 a 19 de outubro)
Resultado: 20 de outubro

Share

MINC | Inscrições para cursos do Iberbibliotecas se encerram nesta terça (17)

iberbibliotecas-sp-interna

💡 Inscreva-se nos cursos do Iberbibliotecas

O Programa Iberoamericano de Bibliotecas Públicas (Iberbibliotecas) recebe até esta terça-feira (17/10) inscrições para cursos online destinados a bibliotecários de unidades públicas e comunitárias. Esta é a terceira fase do programa e oferece 255 vagas nos países integrantes do programa, incluindo o Brasil.

Os cursos gratuitos serão ministrados a partir do dia 6 de novembro, abordando cinco temas diferentes e destinam-se a profissionais do Brasil, do Chile, da Colômbia, da Costa Rica, da Espanha, do México, do Paraguai e do Peru, além das cidades de Buenos Aires (Argentina) e Medellín (Colômbia). Podem se inscrever profissionais que tenham mais de um ano de experiência no setor.

Na programação, estão: Diplomado em Liderança Social, oferecido pelo Programa BiblioRedes, do Chile; Coaching para animadores da leitura, da Associação Andaluza de Bibliotecários; Gerenciamento e integração do livro eletrônico na biblioteca, da Faculdade de Biblioteconomia e Documentação da Comunidade Valenciana; Transformar usuários no século XXI – a nova formação de usuários nas bibliotecas públicas, da Fundação Germán Sánchez Ruipérez; e Biblioteca e imagem: redes sociais visuais, organizado pela Faculdade de Biblioteconomia e Documentação da Catalunha.

O Brasil participa do Iberbibliotecas desde 2012. O programa visa promover o acesso livre e gratuito à leitura e à informação, aprimorar os serviços das bibliotecas públicas e comunitárias e promover a troca de experiências entre elas. São três eixos de atuação: cursos, concursos e estágios.

Share

MINC | Indicações para OMC podem ser feitas até esta quarta-feira

omc-2017-interna

As indicações para a Ordem do Mérito Cultural (OMC) 2017 podem ser enviadas até a próxima quarta-feira (18). A principal condecoração pública da área cultural, concedida pelo Ministério da Cultura (MinC), já agraciou, desde 1995, mais de 500 personalidades e instituições brasileiras. Qualquer pessoa pode indicar ao prêmio grupos artísticos, pessoas físicas, iniciativas culturais ou instituições que apresentem relevantes contribuições à cultura brasileira.

As indicações podem ser feitas on-line, por e-mail (omc2017@cultura.gov.br) ou pelos Correios, para o endereço: Ministério da Cultura, Esplanada dos Ministérios, Bloco B, Assessoria de Comunicação Social, 4º andar, CEP 70068-900 Brasília – Distrito Federal.

As sugestões serão avaliadas pelo Conselho da Ordem do Mérito Cultural, presidido pelo ministro da Cultura. Ainda integram o grupo os ministros da Educação, da Ciência, Tecnologia e Inovação e de Relações Exteriores, além de uma Comissão Técnica nomeada pelo Ministério da Cultura. Os nomes aprovados pelo Conselho serão divulgados por meio de Decreto Presidencial.

Sobre a OMC

A Ordem do Mérito Cultural é composta por três classes: Grã-Cruz, Comendador e Cavaleiro. É possível que a mesma pessoa receba a comenda mais de uma vez, porém em classes diferentes. Os órgãos e entidades públicas e privadas, nacionais e estrangeiras são admitidos na Ordem sem grau de classes. A homenagem foi criada pela Lei nº 8.313, de 1991, e regulamentada, em 1995, pelo Governo Federal (Decreto nº 1.711).

Entre os agraciados, estão intelectuais, produtores, entidades públicas e privadas, artistas dos mais diversos segmentos e realizadores de trabalhos culturais importantes nas áreas de inclusão social, artes, audiovisual e educação.

Em 2016, 30 personalidades e seis instituições brasileiras foram agraciadas com a Ordem do Mérito Cultural (OMC). A cerimônia teve como tema o centenário do samba e a grande homenageada da noite foi Dona Ivone Lara, que recebeu a comanda máxima de grã-cruz.

Link: Indicação para a Ordem do Mérito Cultural 2017

http://www.cultura.gov.br/omc-2017

Share

CEARÁ | Cineteatro São Luiz promove chamada para a 1ª Mostra São Luiz de Filmes de Curta-Metragem Brasileiros

O Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, abre chamada para seleção e contratação de filmes de curta-metragem brasileiros nos gêneros ficção, documentário e animação produzidos no período de 2007 a 2017.

Serão contratados, após seleção entre os inscritos por parte da Curadoria do Cinema do Cineteatro São Luiz, 20 filmes de curta-metragem brasileiros nos gêneros FICÇÃO, DOCUMENTÁRIO e/ou ANIMAÇÃO, recebendo cada um o valor bruto de R$ 1.000,000 (hum mil reais) pelo direito de exibição em mostra específica no Cineteatro São Luiz, no período de 22 a 24 de novembro de 2017. Após esse período,  os filmes selecionados serão incorporados ao acervo permanente do Cineteatro São Luiz, que poderá dispor de novas exibições, desde que com entrada gratuita, sem fins lucrativos.

Segundo o programador e curador do Cinema do Cineteatro São Luiz, Duarte Dias, a 1ª Mostra São Luiz de Filmes de Curta-metragem Brasileiros tem por finalidade exibir a diversidade temática e de gênero de obras nacionais no Cineteatro São Luiz, havendo ainda, caso haja aquiescência dos detentores dos direitos patrimoniais das obras, a possibilidade das mesmas virem a compor o acervo da PROGRAMADORA CEARÁ, iniciativa prevista no Programa Estadual de Desenvolvimento do Audiovisual e da Arte e Cultura Digital, Ceará Filmes, lançado em maio desse ano e que visa disponibilizar gratuitamente, para o conjunto dos cineclubes cearenses, produções brasileiras de curta, média e longa duração.

“Essa é, de fato, uma iniciativa que se dispõe não só a valorizar e dar visibilidade a esta vasta, diversificada e rica produção dos realizadores brasileiros, que são os filmes de curta-metragem, mas também proporcionar ao público cearense a possibilidade de acesso a esse conteúdo, visto que, através da Programadora Ceará, planejamos fortalecer e ampliar a Rede Cearense de Cineclubes, presente em mais de 80 municípios cearenses”, diz Duarte Dias, que também desempenha a função de Coordenador de Política Audiovisual da Secult. “A ideia é que, conjugada com o circuito de 20 salas de cinema que a Secult-CE, juntamente com a Agência Nacional de Cinema, está construindo em 10 municípios cearenses, essa Rede Cearense de Cineclubes possa vir a destravar, pelo menos em nosso Estado, um dos principais gargalos da produção audiovisual brasileira, que é a distribuição e exibição de conteúdo audiovisual brasileiro, em especial o cearense”, finaliza Duarte Dias.

A inscrição para a 1ª Mostra São Luiz de Filmes de Curta-metragem Brasileiros será gratuita e se realizará entre os dias 16 de outubro a 19 de novembro de 2017, sendo facultada a inscrição de mais de um filme por proponente, desde que o material de inscrição seja encaminhado separadamente (para cada filme uma inscrição), salientando que a contratação dos títulos selecionados pela Curadoria do Cinema do Cineteatro São Luiz será feita apenas com empresas brasileiras de produção independente aptas a fornecer nota fiscal e recibo.

Aos interessados, a inscrição pode ser feita no seguinte link: http://bit.ly/2hJwehN

Serviço:

Chamada pública para a 1ª Mostra São Luiz de Filmes de Curta-Metragem Brasileiros

Contratação: R$ 1.000,000

Inscrições através do link:  http://bit.ly/2hJwehN

Prazo de inscrição: 16 de outubro a 19 de novembro de 2017

Share

SERGIPE | Secult participará da IV Bienal do Livro de Itabaiana

Folder

Entre os dias 20 e 22 de outubro, acontecerá no município de Itabaiana, a quarta edição de um dos maiores eventos literários do Estado e considerado Patrimônio Cultural e Imaterial de Sergipe, a Bienal do Livro de Itabaiana. A expectativa para esta edição, é que sejam lançados mais de 300 livros com a participação de mais de 50 mil visitantes nos três dias de evento.

Mais uma vez, a Bienal contará com a participação de unidades da Secretaria de Estado de Cultura, como a Biblioteca Pública Epifânio Dória, Sala de Cultura Popular e Biblioteca Pública Infantil. As unidades levarão pequenas mostras dos seus acervos para partilhar com o público, além de promoverem atividades com os visitantes.

O evento que acontecerá no Shopping Peixoto, receberá palestras e apresentações com atrações estaduais e nacionais. Uma das apresentações artísticas será do cantor e compositor Luiz Fontinelli, artista contemplado pelo Edital de Intercâmbio e Difusão Cultural da Secult este ano. A programação completa da VI Bienal do Livro de Itabaiana está no site: www.bienaldolivroitabaiana.com.br .

Sobre a Bienal

O evento é a marca mais forte de valorização da cultura em Itabaiana. Reúnem autores, manifestações culturais, cantores, exposições, não só de Itabaiana, mas de todo o Estado. Pessoas de todos os cantos de Sergipe prestigiam e marcam presença no evento. Em 2016, a Bienal ganhou o título de Patrimônio Cultural e Imaterial de Sergipe.

 

SERVIÇO:

IV Bienal do Livro de Itabaiana

Data: de 20 a 22 de outubro

Local: Shopping Peixoto – Itabaiana – SE

Informações: www.bienaldolivroitabaiana.com.br

Share

MARANHÃO | Divulgada lista de selecionados para XI Semana Maranhense de Dança

Já está disponível no site do Teatro Arthur Azevedo a lista dos selecionados para participar da XI Semana Maranhense de Dança que acontece entre os dias 30 de outubro e 05 de novembro. Para ter acesso basta clicar aqui e ver os selecionados.

Foram selecionados 100 coreografias, quatro espetáculos, uma intervenção, uma performance e mais de 300 participantes para oficinas. Além disso, o evento contará com mais 33 coreografias para a mostra Criança na Dança, 29 para Mostra Competitiva, quatro para mostra Melhor Idade, três para Dança Popular e seis para a Noite de Gala.

Os selecionados precisarão ir à administração do Teatro Arthur Azevedo para realizar o credenciamento da XI Semana Maranhense de Dança. O credenciamento inicia na segunda-feira (16) das 8h às 18h e encerra na sexta-feira dia 20 de outubro.

Os diretores de grupos de dança e companhias devem levar um pen drive contendo a música do espetáculo em formato MP3 para ser entregue à comissão do evento. Os responsáveis também devem assinar um termo de compromisso e de direito de imagem em nome da companhia e/ou grupo de dança.

Já os participantes selecionados para oficinas devem entregar a partir de segunda-feira, 16, uma lata de leite como forma de credenciamento para a oficina.

Os 40 dançarinos inscritos para participar da Batalha de Danças Urbanas Negro Cosme passarão por seletiva que acontecerá no dia 02 de novembro, para enfim selecionar os 16 que participarão da Batalha no dia 03 de novembro na Nauro Machado.

A XI Semana Maranhense de Dança inicia no dia 30 de outubro e encera no dia 05 de novembro. O festival movimentará diversos locais da ilha. Entre os pontos de apresentações estão: Praça Nauro Machado, Espigão Costeiro, Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, Fonte do Ribeirão, Hospital Nina Rodrigues, Teatro da Cidade, Concha Acústica de São José de Ribamar, Casa de Apoio Ninar, Palácio dos Leões, Praça Benedito Leite e Concha Acústica Reynaldo Faray na Lagoa da Jansen.

Depois da edição em São Luís, a XI Semana Maranhense de Dança também fará caravana em outros municípios do Maranhão. Estão confirmados: Barreirinhas, Pedreiras, São Mateus, Caxias, Santa Helena, Santa Rita, Arari e Cantanhede.

A programação será divulgada em breve pela comissão do evento. Para mais informações acesse o site do Teatro Arthur Azevedo (cultura.ma.gov.br) ou ligue para 32189901.

Share