IPHAN: Prorrogado o prazo de inscrições para o concurso Sílvio Romero 2018

concursosilvio_inscricoes_29dejulho

Foram prorrogadas até 29 de junho as inscrições para o “Prêmio Sílvio Romero de Monografias sobre Folclore e Cultura Popular”, organizado pelo Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (CNFCP/Iphan), e direcionado a trabalhos inéditos sobre temas de folclore e cultura popular. O valor é de R$ 25 mil para o primeiro lugar e de R$ 20 mil para o segundo. O objetivo é fomentar a pesquisa, estimulando a diversidade e atualização da produção de conhecimento no país nesse campo de estudos.

Só poderão participar brasileiros natos, naturalizados ou estrangeiros residentes no Brasil. O trabalho a ser inscrito poderá ser individual ou de equipe. Deverá ser inédito, de autoria do(s) participante(s) e escrito em português. São considerados inéditos os textos inseridos em documentos de circulação restrita a universidades, congressos, encontros e centros de pesquisa. Há ainda algumas restrições de inscrição que podem ser consultadas nos itens 4.4 a 4.8 do edital.

O trabalho deve ter caráter monográfico e ser enviado por e-mail, em arquivo PDF, para concurso.cnfcp@iphan.gov.br. O envelope lacrado com os dados de identificação deverá ser entregue no CNFCP, na Rua do Catete, n° 179, Catete, Rio de Janeiro/RJ, CEP 22.220-000, até as 18 h do dia 29 de junho. O envio também pode ser feito pelos Correios, com registro de postagem até a referida data.

As monografias concorrentes deverão demonstrar: contribuição ao aprofundamento e renovação dos estudos de folclore e cultura popular; originalidade no tema e abordagem; domínio de bibliografia especializada; consistência na argumentação e clareza na apresentação dos resultados, entre outras características.

Consulte aqui o edital completo com todas as regras.

Publicação da prorrogação de inscrições no Diário Oficial da União.

Share

MINC: Ministro prestigia seminário sobre impactos das fake news

photo4994564889985001466

(Foto: Ronaldo Caldas/Ascom MinC)

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, participou, nesta quarta-feira (20), em Brasília, da abertura do Seminário Impacto Social Político e Econômico das Fake News. Promovido pela Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), a cerimônia contou também com a participação dos presidentes da República, Michel Temer, do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), e do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luiz Fux, e os ministros da Cultura da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, e da Indústria, Comércio exterior e Serviços, Marcos Jorge.

Antes de iniciar as exposições sobre o tema, o presidente da Abratel, Márcio Novaes, agradeceu o apoio do governo e de parlamentares na aprovação da flexibilização da transmissão obrigatória da Voz do Brasil e, por isso, premiou alguns deputados, entre eles, Celso Russomano (PRB-SP), que recebeu o troféu das mãos do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão.

Na abertura do evento, o presidente Michel Temer destacou a importância da liberdade de expressão e da importância do jornalismo de qualidade de forma a combater a desinformação causada por boatos e notícias falsas que circulam, principalmente, nas redes sociais.

“Sociedades que valorizam e promovem a livre divulgação de ideias são naturalmente muito mais fortes e mais dinâmicas. É a circulação, digamos assim, desimpedida de informações e opiniões que garante o ambiente adequado para que cada indivíduo forme livremente as suas convicções”, afirmou Temer em seu discurso.

O senador Eunício Oliveira destacou a iniciativa do Congresso de criar uma comissão mista com o apoio de 210 deputados e, ao menos, 21 senadores para debater o tema e defendeu que, sob pretexto de combater as fake news, não se pode promover a censura prévia.

“A difusão de notícias sabidamente falsas causa um dano irreparável à candidatura alheia e, por essa razão, o mais importante para o TSE é atuar preventivamente do que repressivamente”, afirmou o ministro Luiz Fux, que destacou recente parceria firmada com profissionais de marketing e um compromisso assinado por partidos políticos para evitar a disseminação de notícias contra candidatos. “Temos a certeza de que as eleições no Brasil serão um exemplo de higidez democrática, de moralidade e de ética na política brasileira”, assinalou.

Na parte da tarde, o papel do jornalismo profissional no combate às notícias falsas contra candidatos durante o período de campanha eleitoral deverá ser debatido no seminário, que se encerra às 18h, no hotel Royal Tulip, em Brasília.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura
Share

MARANHÃO | “I Mostra Competitiva de Quadrilhas Juninas do Maranhão” será realizada nos dois últimos dias do ‘São João de Todos’ de Imperatriz

unnamed-1

A cidade de Imperatriz será palco da “I Mostra Competitiva de Quadrilhas Juninas do Maranhão” que será realizada na próxima sexta-feira (29) e sábado (30), como parte da programação do ‘São João de Todos’. A competição é uma realização da produtora Quarta Parede e apoiada pelo Governo do Maranhão, por meio da Lei Estadual de Incentivo a Cultura, com o patrocínio do Grupo Mateus, CEMAR e Grupo Equatorial.

A programação da Mostra será realizada na Beira-rio, a partir das 18h30, nos dias 29 e 30 de junho. Ao todo serão 17 grupos de quadrilhas se apresentando nos dois últimos dias do ‘São João de Todos’, em Imperatriz.

A Mostra tem por finalidade valorizar, difundir e incentivar uma das maiores manifestações populares da cultura brasileira que são as Quadrilhas Juninas.

A próxima etapa da mostra competitiva será no dia 29 de junho quando os grupos farão apresentação, e a fase final será realizada no dia 30 de junho, ambas realizadas na Beira Rio, em Imperatriz.

Os grupos de quadrilhas terão a oportunidade de apresentar ao público e aos turistas que estiverem presentes toda a sua beleza, criatividade e animação em uma divertida disputa dos seguintes prêmios:

1º lugar 1 carro 0 km ou 36 mil reais.
2º lugar 1 moto ou 10 mil reais
3º lugar 1 moto ou 7 mil reais.

Além da mostra, a Beira-rio receberá os shows de Toca do Vale conhecido por ser o ‘rei do forró’,  de Gargamel e banda  e Fama de Rei.

Programação Mostra de Quadrilhas

Dia 29

19:00 – Quadrilha Flor do Amor (São Luís)
19:45 – Quadrilha Junina Caba da Peste (Ribamar Fiquene)
20:30 – Quadrilha Junina Os Forasteiros (Grajaú)
21:15 – Grupo Folclórico Quadrilha Fogueira Viva (São Luís)
22:00 – Quadrilha Mocidade Junina (Grajaú)
22:45 – Grupo Cultural Quadrilha Flor da Amizade (São Luís)
23:30 – Quadrilha Junina Arrasta Pé (Imperatriz)
00:15 – Quadrilha Asa Branca
01h – Show de Toca do Vale

Dia 30

18:30 – Show de Gargamel e banda
19:30 – Quadrilha Junina Flor do Ribeirão (Gov. Edson Lobão)
20:15 – Quadrilha Junina Flor de Mandacaru (Açailândia)
21:00 – Quadrilha Princesa do Sertão (São Luís)
21:45 – Quadrilha Os Mensageiros (Imperatriz)
22:30 – Quadrilha Lumia do Arrasta Pé (Porto Franco)
23:15 – Quadrilha Junina Mocinha do Sertão (São Luís)
00:30 – Quadrilha Junina Matutos do Rei (Açailândia)
01:15 – Quadrilha Junina Zé da Roça (Caxias)
02:00 – Quadrilha Junina Explode Coração (Duque de Caxias)
02:45 – Show Fama de Rei

Share

CEARÁ | Secult divulga resultado Preliminar da Habilitação Jurídica do Prêmio Pontos de Cultura

arte edital pontos 2006

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) divulga, no dia 20 de junho, o resultado Preliminar da Habilitação Jurídica do Prêmio Pontos de Cultura. Confira aqui o resultado.

Após a publicação do resultado preliminar da Habilitação Jurídica, caberá pedido de recurso no prazo de até 02 (dois) úteis a contar do dia seguinte à publicação do resultado preliminar.  O pedido de recurso deverá conter, obrigatoriamente, justificativa e ser encaminhada exclusivamente para o e-mail premiopontosdecultura@secult.ce.gov.br, em formulário específico (Anexo III), na página de inscrição dos editais da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará no seguinte endereço http://www.editais.cultura.ce.gov.br, sendo vedada a inclusão de novos documentos.

Share

MACEIÓ (AL) | Prefeitura apoia festejos juninos em 32 arraiais em Maceió

WhatsApp-Image-2018-06-15-at-11.28.48

Com o objetivo de descentralizar o São João, a Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), irá apoiar os festejos juninos que irão acontecer em 32 arraiais da capital alagoana. A ajuda de custo destinada aos eventos nos bairros é de R$ 6 mil, sendo 20% deste valor investido na contratação de trios de forró.

Neste ano, os festejos irão ocorrer nas comunidades do Clima Bom, Graciliano Ramos, Benedito Bentes I e II, Pinheiro, Fernão Velho, Village Campestre, Chã da Jaqueira, Tabuleiro do Martins, Ponta Grossa, Bebedouro, Ipioca, Eustáquio Gomes, Pontal da Barra, Farol, Bom Parto, Ponta da Terra, Cruz das Almas, Rio Novo, Jaraguá, Prado, Chã da Jaqueira e Guaxuma.

Um dos mais tradicionais arraiais da zona sul de Maceió é realizado há mais de duas décadas no bairro da Ponta Grossa. O arraial “É bom ter um amigo” acontecerá na Rua da Glória a partir deste sábado (24) com a participação de Nando Estilizado e Ivana Pink.

Para o presidente da Associação dos Moradores da Ponta Grossa, Petrúcio Santos, a iniciativa da Prefeitura colabora com a manutenção das tradições da comunidade durante os festejos juninos. “Estar entre os arraiais selecionados é sinônimo de orgulho e alegria para o nosso bairro, que há tantos anos vem realizando essa festa cheia de forró pé de serra, quadrilhas e comidas típicas”, disse.

WhatsApp-Image-2018-06-15-at-11.28.27

São João de Maceió 2018

Além de apoiar os festejos juninos dos bairros, a Prefeitura realizará o “São João de Maceió é Praia, Festa e Forró” no tradicional bairro do Jaraguá a partir da próxima sexta-feira (22). Além do palco principal, a estrutura da festa conta com os Arraiais do Forró Pé de Serra e do Forrock, Vila Cenográfica e Pavilhão das Quadrilhas.

Share

MINC: Ordem do Mérito Cultural: prazo de indicações é prorrogado

omc-2018-interna

O Ministério da Cultura (MinC) prorrogou até a próxima segunda-feira (25) o prazo de indicações para a edição de 2018 da Ordem do Mérito Cultural (OMC), principal condecoração pública da área da cultura. Qualquer pessoa pode indicar grupos artísticos, pessoas físicas, iniciativas culturais ou instituições que apresentem relevantes contribuições à cultura brasileira.

As indicações podem ser feitas on-line, por e-mail (omc2018@cultura.gov.br) ou pelos Correios, para o endereço: Ministério da Cultura, Esplanada dos Ministérios, Bloco B, Assessoria de Comunicação Social, 4º andar, CEP 70068-900 Brasília – Distrito Federal.

As sugestões serão avaliadas pelo Conselho da Ordem do Mérito Cultural, presidido pelo ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão. Ainda integram o grupo os ministros da Educação, da Ciência, Tecnologia e Inovação e de Relações Exteriores, além de uma Comissão Técnica nomeada pelo ministério da Cultura. Os nomes aprovados pelo Conselho serão divulgados por meio de Decreto Presidencial.

Ordem do Mérito

Desde a criação da OMC, em 1995, mais de 500 personalidades e instituições foram agraciadas por suas contribuições ao desenvolvimento da cultura no País. São intelectuais, produtores, entidades públicas e privadas, artistas dos mais diversos segmentos e realizadores de trabalhos culturais importantes nas áreas de inclusão social, artes, audiovisual e educação.

A Ordem do Mérito Cultural é composta por três classes: Grã-Cruz, Comendador e Cavaleiro. É possível que a mesma pessoa receba a comenda mais de uma vez, porém em classes diferentes. Os órgãos e entidades públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, são admitidos na Ordem sem grau de classes. A homenagem foi criada pela Lei nº 8.313, de 1991, e regulamentada em 1995 pelo Governo Federal (Decreto nº 1.711).

OMC 2017

Em 2017, 32 personalidades e instituições brasileiras foram agraciadas com a Ordem do Mérito Cultural (OMC). A cerimônia teve como tema “Cultura, Inovação e Empreendedorismo”.

Receberam o grau máximo de Grã-Cruz Renato Aragão (Didi), Ivo Barroso, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho (Boni), Augusto Marzagão (in memoriam) e Domingos Alzugaray (in memoriam).

Na classe Comendador, foram agraciados Luiz Calainho, Mãe Neide Oyá D´Oxum, Luis Severiano Ribeiro, Marcelo Bertini, Eduardo Saron, Ricardo Amaral, Roberto Minczuk, Marcelo Bratke, Fernando Alterio, Ana Maria Nóbrega Miranda e Pierre André Mantovani.

Na classe Cavaleiro, foram agraciados Marcelo Dantas, Carlos Tufvesson, Jair de Souza, Genival Lacerda, Maria Ignez Montovani, Dona Onete, Carla Camurati, Claudia Costin, Paulo Cruz, Luciane Gorgulho, Afonso Oliveira, Beto Kelner e Roberto Santucci.

Duas instituições também foram condecoradas: o bloco carnavalesco Galo da Madrugada, de Recife, e a Moeller & Botelho Produções Artísticas, do Rio de Janeiro. Saiba mais sobre a cerimônia de 2017.

Formulário de indicação

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura
Share

ANCINE l Encontros com o Cinema Brasileiro recebe inscrições para edição com Festival de Cinema de Roma

ancinelogo2014_preto_27

Estão abertas as inscrições para a 30ª edição do Programa Encontros com o Cinema Brasileiro. Nesta edição o Programa será com o Festival de Cinema de Roma, que acontece de 18 e 28 de outubro de 2018, na Itália. O curador Richard Peña, que pela primeira vez participa do Encontros, estará no Rio de Janeiro nos dias 30 e 31 de julho para assistir aos filmes que selecionar.

O Programa aceita inscrições de filmes brasileiros de longa-metragem já finalizados que ainda não tenham feito nenhuma exibição pública, ou obras em fase de finalização que já possuam corte provisório de som e imagem. Os interessados em participar devem preencher completamente o formulário de inscrição online no Portal ANCINE, e disponibilizar um link onde esteja disponível para visualização um teaser/trailer, com entre 2 e 5 minutos de duração, legendado em inglês. O prazo vai até as 23h59 do dia 30 de junho.

As informações das inscrições e os respectivos links serão repassados ao curador que selecionará de dez a doze filmes, dos quais ao menos dois serão de associados do Programa Cinema do Brasil.

Clique aqui para acessar o regulamento da 30ª edição do Programa Encontros com o Cinema Brasileiro.

Saiba mais sobre o Programa Encontros com o Cinema Brasileiro

Uma iniciativa da ANCINE, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), e com o apoio do Programa Cinema do Brasil, o Programa tem por objetivo aumentar a visibilidade do cinema brasileiro no mercado internacional, investindo na aproximação das relações com os curadores dos principais festivais do mundo.

O Programa foi planejado levando em conta o calendário de realização dos festivais, aumentando as chances de participação dos filmes brasileiros e, consequentemente, a inserção internacional do nosso cinema.

A participação dos festivais em cada etapa do programa é definida levando em conta o calendário de cada um, para que os encontros aconteçam no período em que está efetivamente sendo feita a escolha dos filmes que integrarão sua programação. Em edições anteriores, já vieram ao Brasil curadores de festivais internacionais de cinema como os de Cannes, Sundance, Toronto, Roterdã, Berlim, BAFICI, Havana e Roma.

Share

MINC: Programa cultural brasileiro apoiado pelo MinC na Copa da Rússia começa nesta quarta-feira

copa_do_mundo_interna

A programação cultural brasileira apoiada pelo Ministério da Cultura (MinC) na Copa do Mundo FIFA 2018 estreia nesta quarta-feira (20), em Moscou, na Rússia. A primeira atração será o show do rapper Emicida, a partir das 22h (horário de Moscou), na Powerhouse Moscou, uma mistura de bar, club e restaurante com jardins externos e palco para apresentações musicais.

Os shows da banda Selvagens à Procura da Lei e de Gian Correa, na quinta (21) e no sábado (23), também serão realizados na Powerhouse. O local das demais atrações previstas na programação será divulgado em breve.

O Ministério da Cultura está investindo R$ 3 milhões no projeto, com o objetivo de estimular a internacionalização da produção cultural brasileira. “Vamos aproveitar a presença de milhões de turistas e milhares de jornalistas no maior evento de futebol do planeta para mostrar e multiplicar um panorama abrangente da cultura brasileira”, afirma o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão. Uma organização da sociedade civil (OSC), a Brasil Música & Artes (BM&A), foi selecionada por meio de edital para elaborar e executar a programação.

Ao todo, são 13 shows e três noites gastronômicas. As atividades gastronômicas contarão com três chefs: Felipe Schaedler (região Norte), Guga Rocha (região Nordeste) e Alysson Muller (região Sul).

Serviço

Programação cultural brasileira na Copa da Rússia

Show do rapper Emicida

Dia: 20 de junho

Horário: 22h (em Moscou, seis horas a mais que o horário de Brasília)

Endereço: 7/4, Goncharnaya street | Metro Taganskaya

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura
Share

MINC: FBN lança edital 2018 do Prêmio Literário

fbn-premio-literario-2018-interna (1)

A Fundação Biblioteca Nacional, entidade vinculada ao Ministério da Cultura, lançou o edital 2018 do Prêmio Literário da Fundação Biblioteca Nacional. Dividida por áreas literárias, a premiação compreende diferentes áreas da produção intelectual em nove categorias. São elas: romance, conto, poesia, ensaio literário, ensaio social, tradução, projeto gráfico, literatura infantil e literatura juvenil. As inscrições podem ser feitas até 6 de agosto. Confira o edital aqui:

O primeiro lugar de cada categoria será contemplado com prêmio no valor de R$ 30 mil, sujeito a descontos previstos em lei. A premiação tem por objetivo contemplar autores, tradutores e projetistas gráficos em reconhecimento à qualidade intelectual de obras publicadas em primeira edição no período de 1º de maio de 2017 a 30 de abril de 2018, no Brasil e em língua portuguesa. Podem se inscrever obras que estejam em dia com a Lei do Depósito Legal (Lei n.10.994, de 14 de dezembro de 2004) e que possuam número de registro ISBN (International Standard Book Number) válido no Brasil.

As inscrições serão aceitas somente por via postal. Deverão ser enviadas quatro cópias da obra imprensa ao seguinte endereço:

Prêmio Literário 2018
Fundação Biblioteca Nacional
Ao Centro de Cooperação e Difusão – CCD
Rua Debret, 23 – 8º andar / sala 808
Centro – Rio de Janeiro – RJ
CEP 20030-080

As três melhores obras de cada categoria serão divulgadas no site da Biblioteca Nacional e o prazo para recursos é de cinco dias corridos a contar do dia subsequente à data da publicação no Diário Oficial.

Dúvidas sobre o prêmio podem ser encaminhadas pelo email premioliterario2018@bn.gov.br ou pelo telefone (21) 2220-2796. Mais informações em https://www.bn.gov.br/edital/2018/edital-publico-premios-literarios-fundacao-biblioteca.

Concedido anualmente, desde 1994, o Prêmio Literário da Fundação Biblioteca Nacional tem por objetivo valorizar a produção editorial e os autores nacionais incentivando a qualidade literária e técnica de suas obras.

Edital 2018 Prêmio Literário Fundação Biblioteca Nacional

Fundação Biblioteca Nacional (FBN)
Ministério da Cultura
Share

ALAGOAS | II Festival do Coco de Roda Alagoano começa dia 23 de junho

782af2b19c650116e1c775bbdb121d0e_L-708x350

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), em parceria com a Liga dos Cocos Alagoanos (Licoal), realiza de 23 a 30 de junho o 2º Festival de Coco de Roda de Alagoas, a partir das 19h30, que acontecerá na Praça Multieventos, bairro da Pajuçara.

O evento contará 16 grupos de coco de roda que competirão entre si, além de grupos convidados que se apresentarão no dia 28. “O festival é importante para movimentar os grupos, que aguardaram o evento durante todo o ano. A competição é combustível para que eles sem empenhem ainda mais em fazer o melhor”, disse o presidente`da Liga dos Cocos de Roda de Alagoas (Licoal), Nilton Rodrigues.

Para a secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, a realização do Festival ajuda a preservar as raízes alagoanas. “Não poderíamos deixar de apoiar mais uma vez esses grupos que representam perfeitamente a cultura de Alagoas. O Festival foi um sucesso no ano passado, e temos certeza de que, juntos, faremos novamente uma grande festa”, ressalta a titular da pasta. Os grupos melhores classificados receberão um troféu de participação ao fim do Festival.

Confira a programação e ordem de apresentações dos grupos:

23/06

Mandacaru

Pisa na Fulô

Raízes Nordestinas

Reviver

24/06

Reis do Cangaço

Arco-íris

Xique-xique

Estrela de Alagoas

25/06

Leões de Fogo

Los Coquitos

Xodó Nordestino

Catolé

26/06

Paixão Nordestina

Flor de Mandacaru

Águia de Fogo

Sensashow

27/06

10° colocado

9° colocado

8° colocado

7° colocado

6° colocado

28/06

Coco de Piaçabuçu

Coco Embolada de Rio Largo

Coco Pisa miudinho

Coco Gangazumba das Alagoas

29/06

5° colocado

4° colocado

3° colocado

2°colocado

1° colocado

30/06

Grande Final

Share