PARAÍBA: Festival de Cinema de Rua de Remígio abre inscrições para produções audiovisuais da região

Festival de Cinema de Rua de Remígio (2)

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) em parceria com a Prefeitura Municipal de Remígio, realizará, entre os dias 16 a 20 de maio, o primeiro Festival de Cinema de Remígio, que tem como finalidade difundir a produção cinematográfica e incentivar conteúdos audiovisuais locais e regionais, ofertando também oficinas gratuitas nas áreas de fotografia, comunicação, produção audiovisual, entre outras.

Os interessados – sejam amadores ou profissionais – em apresentar filmes de qualquer gênero, que tenham sido produzidos na região Nordeste e com duração máxima de 25 minutos, poderão se inscrever entre os dias 17 de abril e 7 de maio. As inscrições são gratuitas e realizadas on-line através do preenchimento dos dados no endereço: https://goo.gl/knuRpN . Todo material recebido será avaliado por uma comissão julgadora, que selecionará os curtas-metragens a serem exibidos durante o festival.

O Festival de Cinema de Rua de Remígio foi inspirado nos resultados positivos do Festival Audiovisual Comunicurtas Itinerante realizado no município pela CODECOM no ano passado. De acordo com Hipólito Lucena, coordenador da CODECOM UEPB, o evento de 2017 se limitou apenas a exibição de filmes, o que não irá se repetir esse ano. “Foi realizado um festival apenas de exibição de filmes com oportunidades de debates e algumas oficinas ministradas para os moradores. Esse ano, teremos a realização de mostras competitivas”, explicou Hipólito.

Desta feita, estarão à disposições dos realizadores as Mostras Escolar e Regional – esta última dentro de um formato competitivo, no qual serão concedidos aos premiados o Troféu Machado Bitencourt nas seguintes categorias: filme, direção, fotografia, direção de arte, montagem, trilha sonora, melhor ator, entre outras.

“Os próprios moradores de Remígio nos deram a sugestão de realizar na cidade o Festival de Cinema de Rua, nos moldes do Comunicurtas UEPB, com a possibilidade das pessoas inscreverem seus trabalhos e concorrerem a uma premiação”, declarou Ana Carolina Santos, coordenadora da primeira edição do evento. Ela explicou ainda que a Mostra Escolar será composta por filmes e vídeos de curta duração produzidos por professores e alunos das escolas municipais da cidade de Remígio, fruto das oficinas ministradas pela equipe do Comunicurtas Itinerante UEPB.

Durante o evento, as exibições acontecerão no Cine RT – Cinema de Rua de Remígio, localizado na Rua Flávio Ribeiro Coutinho, nº 30, Remígio. Outras informações podem ser adquiridas através do telefone (83) 3315-3439, ou pelo e-mail uepbcomunicurtas@gmail.com.

Share

ARCOVERDE (PE) l Projeto Café em Cena ocupa a Praça da Bandeira nesta terça-feira (17)

Cafe em Cena - divulgacao - Projeto

No propósito de estimular diálogos entre artistas, intelectuais, professores e estudantes de Arcoverde, o projeto cultural ‘Café em Cena’ vai tomar conta na noite desta terça-feira, 17 de abril, do Coreto da Praça da Bandeira, no centro da cidade. A inciativa é aberta ao público e começa às 19h, consistindo em ser uma troca de experiências orais sobre temáticas sociais, além de promover práticas de linguagens artísticas originadas no município.

Criado em 2017, pelo produtor cultural Givaldo Silva, o ‘Café em Cena’ se trata de um encontro itinerante tendo entre os seus objetivos “não se limitar a dialogar somente sobre a cena do teatro e cinema, e sim trazer a realidade para uma reflexão coletiva, abordando o contexto social em que estamos inseridos, ou não”, explica o idealizador do projeto.

Na programação, os participantes terão ainda performances artísticas, apresentações musicais de artistas locais e distribuição gratuita de quitutes gastronômicos. O projeto conta nesta edição com o apoio da Prefeitura de Arcoverde, através da Secretaria de Cultura e Comunicação, além da Livraria Lira Cultural, Estação da Cultura, AESA CESA, Grupo Teatro de Retalhos, Grupo Teatral Tropa do Balaco Baco, Site De 1º Categoria e Site Xis Club.

Serviço:
Projeto Café em Cena

Quando: terça-feira, 17 de abril
Horário: às 19h
Local: Coreto da Praça da Bandeira, no centro de Arcoverde
Evento aberto ao público

Share

Nota de pesar – cantora Dona Ivone Lara

dona-ivone-interna

É com pesar que o Ministério da Cultura (MinC) recebeu a notícia da morte da cantora carioca Dona Ivone Lara, na noite desta segunda-feira (16/4), vítima de insuficiência cardiorrespiratória. Ela estava internada em um hospital do Rio de Janeiro desde sexta-feira (13), mesmo dia em que completou 97 anos.

A “Rainha do Samba” foi a grande homenageada na cerimônia da Ordem do Mérito Cultural 2016. A maior honraria pública do setor cultural foi dada pelo Ministério da Cultura no ano em que se comemorou o centenário do samba.

Dona Ivone Lara foi a primeira mulher a fazer um samba-enredo numa escola, o Cinco Bailes da História do Rio, em 1965. Ela lançou mais de dez discos e teve canções gravadas por grandes nomes da MPB, como Clara Nunes, Gal Costa, Maria Bethânia, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Beth Carvalho, Jorge Aragão e Zeca Pagodinho, entre outros. Entres suas composições de sucesso estão “Sonho Meu”, “Sorriso Negro” e “Alguém Me Avisou”.

Assessoria de Imprensa

Ministério da Cultura

Share

PERNAMBUCO: Reunião aberta ao público vai discutir políticas para o segmento da Literatura

pellb1-607x341

(Foto: Divulgação)

O Fórum Pernambucano em Defesa das Bibliotecas, Livro, Leitura e Literatura convida para uma reunião ampliada que vai acontecer na próxima quarta-feira, 18 de abril, na Biblioteca Pública Estadual de Pernambuco.

O encontro, aberto a todos os agentes culturais relacionados ao livro, leitura e literatura em Pernambuco será aberto com um Sarau Literário e terá como pautas:

– Informes sobre o andamento do conselho de Politica Cultural, Conferência e Plano Estadual de Cultura;
– Informes sobre o andamento do documento do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (PELLLB);
– Informes comissão Setorial de Literatura;
– Informes sobre o andamento do Fórum Pernambucano dos Contadores de Histórias;
– Contexto atual: O que as pessoas pensam e como enxergam este momento do Brasil? O que podemos fazer ? O que precisamos fazer? O que queremos fazer?

E ainda um levantamento de sugestões de pautas para os próximos encontros. Participe!

SERVIÇO
Reunião ampliada do Fórum Pernambucano em Defesa das Bibliotecas, Livro, Leitura e Literatura
Quarta-feira, 18 de abril | 18h
Biblioteca Pública Estadual de Pernambuco (Rua João Lira, s/n – Santo Amaro, Recife)
Público-alvo: profissionais e fruidores relacionados ao livro, leitura e literatura em Pernambuco. Eixos criativo (escritores, designers, ilustradores); produtivo (editores, distribuidores, cartoneiros); mediador (professores/as, bibliotecários/as, leitores/as).
Obs: Escritores, editores, livreiros e distribuidores poderão vender suas publicações no local

Share

ALGOAS: Prorrogadas inscrições para edital de credenciamento de artistas para eventos

unnamed

Foi prorrogado até o dia 14 de maio o prazo de inscrições do edital de chamada pública com o objetivo de credenciar atrações artísticas e culturais para eventos realizados pelo órgão no Estado. As demais informações, condições de participação e documentos para inscrição permanecem os mesmos do edital lançado pelo Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

Podem se inscrever no certame artistas, produtores de arte e cultura, companhias, grupos, bandas e coletivos com integrantes com mais de 18 anos. Os interessados devem comparecer à Secult, na Praça Marechal Floriano Peixoto, no centro de Maceió, das 8h às 14h, portando um CD, DVD ou pen-drive com conteúdos de análise documental e técnica.

As propostas inscritas serão analisadas em duas fases. A primeira, destinada à verificação do envio de documentos solicitados aos inscritos, será executada por uma comissão composta por técnicos da Secult. Já a segunda fase é destinada à avaliação técnica de todas as propostas habilitadas na fase anterior.

O prazo de credenciamento das atrações é de seis meses e os selecionados participarão de, no máximo, três eventos da Secult durante o período. Os artistas serão remunerados após as apresentações. Os valores podem chegar a R$ 12 mil. O resultado final está previsto para o dia 28 de maio.

A secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, destaca que é a primeira vez que um edital que beneficiará todos os segmentos artísticos do Estado está sendo lançado. “É um marco para nossa trajetória, pois visamos valorizar e fortalecer a diversidade da cultura local, assim como possibilitar sua democratização e acesso”.

Mais informações sobre inscrições e prazos estão disponíveis no link https://bit.ly/2GN6tbU

Share

ALAGOAS: Secult realiza II Jornada Cultural no Hospital Universitário

8edea61db248993ed2ee256c3562baec_L

Em comemoração ao Dia Nacional do Livro, a Secretaria do Estado da Cultura (Secult), por meio do Sistema Estadual de Bibliotecas de Alagoas, em parceria com Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler), realiza mais uma edição da Jornada Cultural. As atividades acontecerão no dia 18 de abril, a partir das 9h, no Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes, localizado no bairro Tabuleiro dos Martins, em Maceió.

Segundo a presidente do Sistema Estadual de Biblioteca, Almiraci Dantas, o objetivo é “proporcionar a comunidade do hospital momentos de descontração, promovendo a terapia por meio da leitura, contação de histórias, dança e teatro”.

Para a secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, a ação é uma maneira de levar alegria e cultura a pacientes e seus familiares que lutam contra o sofrimento diário devido a alguma doença. “Precisamos ter esse olhar mais humanizado, transformando um período sombrio das vidas das pessoas em um momento de sonho e esperança de um mundo novo e melhor”.

O evento conta com o apoio do Hospital Universitário, Confraria Nós Poetas, Coral Carlos Gomes da Escola Estadual de Cegos Cyro Accioly, Cia. Literando, Cia. Adois e Chalupe de histórias, e apresentações dos contadores de histórias Damiana Melo, Fátima Maia, Adriana Chaluppe, Sineide Araújo e Ceiça Marques.

Share

BAHIA: Projeto #OcupaLajes promove bate-papo sobre Narrativas Negras em Salvador

ocupalajes_danielerodrigues

                                                                            (Foto: Daniele Rodrigues)

Como parte da programação do Projeto Ocupa Lajes, o bate papo “Narrativas Negras – A visibilidade da mulher negra nas artes e na cultura baiana”, tem a presença da fundadora do Acervo da Laje, Vilma Soares, das artistas Aislane Nobre, Ivana Magalhães e Tina Melo, e da museóloga Joana Flores. A mediação fica por conta da produtora cultural e jornalista Milena Anjos. O bate-papo acontece sábado (21), às 15h, no Acervo da Laje, Bairro São João do Cabrito em Salvador.

O Ocupa Lajes defende que a laje é um espaço livre, criado pelas periferias para as periferias e por isso é preciso ocupar de todas as formas, inclusive com arte. A entrada para o evento é gratuita, no entanto é necessária a inscrição prévia pelo link.

Nesta edição, além do bate papo, o projeto oferece oficinas, ocupação de lajes com exposições artísticas e programação cultural nos bairros de Plataforma, Uruguai, Engenho Velho de Brotas e Itapuã. Em sua primeira edição, em 2016, o Ocupa Lajes realizou 08 oficinas, 04 intervenções visuais e 01 exposição itinerante.

Projeto – Uma iniciativa do Acervo da Laje, o Ocupa Lajes é um projeto de formação, democratização e circulação das artes visuais em Salvador que realiza a segunda edição, com oito oficinas gratuitas distribuídas nos espaços culturais da SecultBA: Centro Cultural Plataforma, Espaço Cultural Alagados (Uruguai), Cine-Teatro Solar Boa Vista (Engenho Velho de Brotas) e Casa da Música (Itapuã). Além das oficinas, o projeto vai realizar quatro bate-papos sobre artes, visitas guiadas ao Acervo da Laje e quatro exposições a serem apresentadas em diferentes lajes da capital baiana.

Serviço

Bate-Papo na Laje: “Narrativas Negras – A visibilidade da mulher negra nas artes e na cultura baiana”
Quando: 21 de abril (sábado), das 15h às 18h
Onde: Casa 2 do Acervo da Laje, Rua Oliveira, 2A, Final de linha do São João do Cabrito, Plataforma.
Quanto: Gratuito.
Informações: ocupalajes@gmail.com

Share

ANCINE: DocMontevideo – Encontro documental de TVs latino-americanas recebe inscrições

docmontevideo

Estão abertas as inscrições para o DocMontevideo, encontro dedicado à produção documental para televisão, que acontece na cidade de Montevidéu, no Uruguai, entre os dias 18 e 27 de julho.  O encontro oferece atividades diversas para os credenciados.

Interessados podem se inscrever até o dia 30 de abril nas reuniões individuais (“Meetings”)entre produtores e compradores de conteúdo para a comercialização de conteúdos finalizados para TV, em formato unitário ou seriado. Para se inscrever, basta preencher o formulário disponível no site e enviá-lo digitalmente, juntamente com um link do trailer ou teaser da obra. A taxa de inscrição somente será paga caso o filme seja selecionado.

Também estão abertas as inscrições nos Pitchings de documentários e de séries. O de documentáriosselecionará 12 projetos em desenvolvimento que participarão de um treinamento, uma oficina de roteiro no período do DocMontevideo, um treinamento de apresentações, o pitching propriamente dito, reuniões e uma premiação. Para ambos os pitchings, são aceitos projetos em desenvolvimento cujos produtores ou diretores sejam latino-americanos, e cuja realização aconteça na América Latina. Em ambos os casos, o link para um teaser do projeto é necessário. Especificamente para o pitching de séries, será dada prioridade aos projetos que já tenham garantidos algum financiamento parcial ou o apoio de alguma programadora.

Profissionais inscritos nos Pitchings e nas reuniões do DocMontevideo podem solicitar apoio à ANCINE por meio do Programa de Apoio à Participação Brasileira em Festivais, Laboratórios e Workshops Internacionais. As regras para a concessão do apoio estão disponíveis na página do programa no site da ANCINE.

Para mais informações, acesse o site oficial do DocMontevideo – Encontro Documental de Televisões Latino-americanas.

Share

Bianca Ziegler – Circuito #CulturaGeraFuturo Fortaleza (CE)

Apresentamos o trabalho de Bianca Ziegler, escritora e dona da editora nadifúndio, que publica livros costurados à mão e convida o leitor a imprimir sua própria obra

Fortaleza, a segunda cidade a receber o Circuito #CulturaGeraFuturo, seminário que percorrerá as 26 capitais e o Distrito Federal com o objetivo de ampliar o alcance da política cultural e dos instrumentos de fomento, tem uma importante cena cultural, que já revelou ao País talentos da música, das artes plásticas e do teatro. Hoje, um dos principais destaques do cenário emergente da capital cearense é Bianca Ziegler, escritora e fundadora da editora nadifúndio (o “n” é minúsculo mesmo). Com um trabalho independente e único, ela transformou sua paixão por livros em um negócio que une arte e pessoas.

Nascida em Fortaleza, a artista visual, que se dedicava à poesia e ao desenho, quis compreender melhor a relação entre a literatura e a imagem. A partir dessa inquietação, desenvolveu, em 2013, um processo editorial experimental e inovador, começando com a publicação de seus próprios poemas. Entre impressões instantâneas e artesanais, com livros costurados à mão, a editora vem percorrendo o Brasil em feiras de livros e eventos culturais, convidando o leitor a vivenciar novas formas de se relacionar com a literatura.

Conheça a arte editorial desenvolvida por Bianca Ziegler na nadifúndio em nossa reportagem em vídeo. Nela, a editora nos conta um pouco mais sobre seu processo de criação, o papel das pequenas editoras no cenário da economia criativa e os desafios de ressignificar seu trabalho com a publicação em novos formatos.

Share

PERNAMBUCO: Semana Manuel Bandeira celebra os 132 anos do poeta modernista

Manuel-Bandeira

(Foto: Divulgação)

Uma década. 3.500 pessoas alcançadas. E uma série de ações em torno da obra de Manuel Bandeira. É com esse espírito festivo que o Espaço Pasárgada, equipamento cultural gerenciado pela Secult-PE/Fundarpe, promove, entre os dias 16 e 20 de abril, a 10ª edição da Semana Manuel Bandeira. O evento, que já está incorporado ao calendário cultural da cidade, marca as comemorações do aniversário do modernista, patrono do Espaço Pasárgada (antiga casa de seu avô e onde Bandeira passou parte da infância), e visa despertar o interesse do público pela literatura e também pela vasta obra do poeta.

Neste ano, a Semana Manuel Bandeira tem como tema Belo Belo, e na programação estão previstas, além da presença de artistas e escritores convidados, várias atividades educativas e culturais em torno da poesia. “Cada dia de atividade será regido por um verso de Bandeira. A ideia é valorizar vários aspectos de sua obra e, ao trazer artistas de outras áreas, como a música e o teatro, evidenciar como seu lirismo se resvala nas mais diversas linguagens artísticas”, adianta Marília Mendes, gestora do equipamento cultural. Segundo ela, “este é um período importante para o espaço, uma vez que, além de celebrar os 132 anos de aniversário de Manuel Bandeira, reafirma a missão do Pasárgada em divulgar a cultura literária pernambucana”.

As atividades começam na segunda (16) e na terça-feira (17), com uma série de visitas guiadas ao Espaço Pasárgada, agendadas previamente com as escolas da rede pública e privada do Estado. Para a Presidente da Fundarpe, Márcia Souto, “o evento ao longo desses últimos 10 anos tem reverenciado o legado de Bandeira, com uma programação de qualidade, que, articulada com a rede escolar, com poetas contemporâneos e também artistas de outras linguagens, revela a intenção da nossa gestão em ocupar/valorizar cada vez mais os equipamentos culturais e espaços da cidade”.

Na quarta-feira (18), às 15h, haverá o lançamento do livro O Brasil nas Crônicas de Manuel Bandeira (André Cervinskis), e a mesa temática Bandeira e a Cidade, com pesquisadores André Cervinskis, Ângelo Monteiro e Maria José Luna. Já às 19h, terá um bate-papo entre Daniela Galdino (BA, poeta, performer e docente da UNEB) e Cida Pedrosa (PE, poeta e performer) sobre as Desobediências na gira do mundo: poesia erótica escrita por mulheres.

O grupo Bacantes de Poesia, formado por Anaclaudia Vieira, Daniella Miranda, Eduardo Godoy e Fernanda Spíndola, também marcará presença na programação, com a performance “Belo Belo, meu Belo”, que acontecerá na quinta-feira (19), às 19h. Nesse mesmo dia, às 20h, o músico e pesquisador Lucas Oliveira fará uma apresentação sobre o universo musical de Bandeira.

No último dia, sexta-feira (20), às 19h, poetisas/declamadoras vão homenagear Bandeira com Sarau Belo, Belas! – Das Sardas de Adalgisa à Saliva de Bela. O sarau autoral reunirá as poetisas Adélia Coelho Flô, Ana Rosa Wanderley, Daiane Rocha, Daniela Galdino e Patrícia Naia em torno dos poemas em que Bandeira louva as mulheres. O encontro terá intervenção musical de VJ Craw.

Confira abaixo a programação completa da 10ª Semana Manuel Bandeira, que é inteiramente gratuita:

 10ª SEMANA MANUEL BANDEIRA
De 16 a 20 de abril | Espaço Pasárgada (Rua da União, 263 – Boa Vista | Recife)

Segunda-feira (16)
A luz da primeira estrela
9h – Visita guiada ao Espaço Pasárgada com escolas
15h – Visita guiada ao Espaço Pasárgada com escolas

Terça-feira (17)
A água da fonte escondida
9h – Visita guiada ao Espaço Pasárgada com escolas
15h – Visita guiada ao Espaço Pasárgada com escolas

Quarta-feira (18)
A volta ao mundo só num barquinho de vela
15h – Lançamento do livro “O Brasil nas Crônicas de Manuel Bandeira”, de autoria  André Cervinskis, e uma conversa temática “Bandeira e a Cidade”, com pesquisadores André Cervinskis, Ângelo Monteiro e Maria José Luna
19h – Desobediências na gira do mundo: poesia erótica escrita por mulheres – bate-papo com Daniela Galdino (BA, poeta, performer e docente da UNEB) e Cida Pedrosa (PE, poeta e performer)

Quinta-feira (19)
Belo Belo, meu Belo
15h – Visita guiada ao Espaço Pasárgada com escolas
19h – Belo Belo, meu Belo: performance do grupo Bacantes de Poesia (com Anaclaudia Vieira, Daniella Miranda, Eduardo Godoy e Fernanda Spíndola)
20h – Apresentação sobre o universo musical de Bandeira com Lucas Oliveira (músico e pesquisador)

Sexta-feira (20)
Belo, Belas!
19h – Sarau Belo, Belas! – Das Sardas de Adalgisa à Saliva de Bela. Participação de Adélia Coelho Flô, Ana Rosa Wanderley, Daiane Rocha, Daniela Galdino e Patrícia Naia. Intervenção musical VJ Craw

Share