Secretaria da Cultura lamenta o falecimento de Bibi Ferreira

鈥淥 Brasil se despede de uma das mais completas artistas de sua hist贸ria鈥, afirmou o secret谩rio da Cultura do Minist茅rio da Cidadania, Henrique Pires

Os palcos brasileiros perderam uma de suas vozes mais expressivas. Abigail Izquierdo Ferreira, conhecida como Bibi Ferreira, faleceu nesta quarta (13), no Rio de Janeiro. A primeira atriz do teatro musical brasileiro morreu em casa, na Zona Sul, aos 96 anos. A Secretaria da Cultura do Minist茅rio da Cidadania lamenta a morte da multiartista, um dos maiores fen么menos art铆sticos do Pa铆s.

O secret谩rio da Cultura, Henrique Pires, comentou a perda. 鈥淥 Brasil se despede de uma das mais completas artistas de sua hist贸ria. Foram mais de 90 anos brilhando nos palcos nacionais como atriz, diretora, cantora e compositora. Como seu pai, Proc贸pio Ferreira, dignificou as Artes C锚nicas e abriu caminho para tantos artistas que vieram depois. Que sua trajet贸ria nos sirva de exemplo鈥, afirmou.

A Funda莽茫o Nacional de Artes (Funarte), vinculada ao Minist茅rio da Cidadania, conta com uma聽biografia da artista no projeto Brasil Mem贸ria das Artes. O projeto 茅 uma iniciativa de difus茫o do acervo sonoro e fotogr谩fico da funda莽茫o. Al茅m de salvaguardar esse acervo, a Funarte disponibiliza ao p煤blico a mem贸ria cultural brasileira. A artista tamb茅m j谩 foi contemplada com um聽programa especial do Est煤dio F, tamb茅m da funda莽茫o.

Sobre a Bibi Ferreira

Bibi Ferreira nasceu no Rio de Janeiro, em 1 de junho de 1922. Filha do ator Proc贸pio Ferreira e da bailarina espanhola A铆da Izquierdo, desde cedo deixou claro que carregava o gene do teatro. Estreou no palco com apenas 20 dias na pe莽a Manh茫 de Sol, no colo de sua madrinha Abigail Maia, esposa do autor e padrinho Oduvaldo Viana.

Com a separa莽茫o dos pais, seguiu com a m茫e, que trabalhava em companhia espanhola de teatro de revista, a Companhia Velasco. Na Espanha, tornou-se conhecida como 鈥渓a ni帽a de Velasco鈥, a partir de participa莽玫es em espet谩culos da companhia. De volta ao Brasil, aos sete anos, Bibi ingressou na escola de dan莽a do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, onde estudou com Maria Olenewa. Em seguida, j谩 come莽ou a trabalhar na companhia de teatro do pai.

Em 1941, protagonizou a pe莽a La Locandiera, de Carlo Goldoni, como a esfuziante Mirandolina. No ano seguinte, montou sua pr贸pria companhia, por onde passam futuros grandes nomes do teatro, como Cacilda Becker, Maria Della Costa, Henriette Morineau, S茅rgio Cardoso e Nydia Licia. Tornou-se, assim, uma das primeiras mulheres a dirigir teatro no Brasil.

Na d茅cada de 50, montou repert贸rio com sua companhia e, depois de bem-sucedidas temporadas cariocas, viajou pelo Brasil com elenco numeroso, grandes cen谩rios e produ莽玫es caprichadas. Dentre seus maiores sucessos est谩 A Herdeira, de Henry James. Em 1960, inaugurou a TV Excelsior com o programa Brasil 60, no qual usa o moderno recurso do videotape para transmitir reportagens das capitais brasileiras, aposentando o programa ao vivo que at茅 ent茫o era comum na TV brasileira.

Na d茅cada de 60, estrelou dois musicais memor谩veis: Minha Querida Lady (My Fair Lady), de Frederich Loewe e Alan Jay Lerner; e Al么 Dolly (Hello Dolly!), adaptado a partir de The Matcmaker, de Thornton Wilder. Por seus impec谩veis desempenhos nesses musicais, tornou-se a primeira atriz do teatro musical brasileiro, aquela que interpreta, canta e dan莽a.

Em 1983, ap贸s cinco anos ausente do palco, voltou em Piaf 鈥 A Vida de uma Estrela, em que viveu a cantora francesa Edith Piaf. Sua performance elaborada chegou a ser 鈥渕edi煤nica鈥, tal a sutileza na encarna莽茫o da anima/persona da cantora: a semelhan莽a da voz, do fr谩gil aspecto f铆sico e do temperamento quente. Com a interpreta莽茫o, ganhou diversos pr锚mios: Moli猫re, Mambembe, Associa莽茫o Paulista dos Cr铆ticos de Arte (APCA), Governador do Estado e Pirandello.

Em 2003, recebeu homenagem da escola de samba niteroiense Viradouro, tornando-se tema do enredo 鈥淎 Viradouro Canta e Conta Bibi鈥, uma homenagem ao Teatro Brasileiro, do carnavalesco Mauro Quintaes.

Assessoria de Comunica莽茫o
Secretaria Especial da Cultura
Com informa莽玫es da Funarte
Minist茅rio da Cidadania

Share

Inscri莽玫es abertas para o Mestrado do Patrim么nio Cultural

DzTCxa5XQAAfKjX (1)

Com o objetivo de formar, durante 24 meses, profissionais graduados em diversas 谩reas de conhecimento para atuarem no campo da preserva莽茫o do patrim么nio cultural, o Mestrado Profissional em Preserva莽茫o do Patrim么nio Cultural do Instituto do Patrim么nio Hist贸rico e Art铆stico Nacional publicou聽Editalpara a sele莽茫o de 10 vagas para alunos-bolsistas. Os interessados poder茫o se inscrever at茅 o dia 01 de mar莽o de 2019.

O Mestrado Profissional associa as pr谩ticas de preserva莽茫o nas unidades da Institui莽茫o, distribu铆das no territ贸rio nacional, ao aprendizado te贸rico-metodol贸gico e 脿 pesquisa. O in铆cio das atividades ser谩 dia 01 de agosto de 2019, conforme determina莽玫es do Edital.

Mais informa莽玫es:
e-mail: mestrado.pep@iphan.gov.br

Share

Chamada P煤blica Projetos de Patrim么nio Cultural 鈥 Seguran莽a em Institui莽玫es Culturais P煤blicas de Guarda de Acervos Memoriais

Chamada para sele莽茫o de projetos de seguran莽a em edifica莽玫es que guardam acervos memoriais brasileiros, tais como museus, arquivos e bibliotecas. O valor total da sele莽茫o 茅 de at茅 R$ 25 milh玫es em recursos a serem deduzidos por meio da Lei Rouanet. A proponente deve ser eleg铆vel para inscri莽茫o de projeto no PRONAC, conforme聽Instru莽茫o聽Normativa聽Rouanet聽2017Link para um novo site, e a aprova莽茫o do mesmo dever谩 ser comprovada no momento da contrata莽茫o.

Acesse o聽edital聽para conferir todo o regulamento da sele莽茫o.

Inscri莽玫es

O per铆odo de inscri莽玫es foi prorrogado at茅 29.03.2019.聽Cada institui莽茫o cultural p煤blica de guarda de acervo memorial poder谩 enviar somente uma proposta. Confira o passo a passo:

1. Para se inscrever, o interessado dever谩 preencher聽este聽formul谩rio聽de聽inscri莽茫o聽onlineLink para um novo site, com a obten莽茫o do n煤mero de protocolo de inscri莽茫o do projeto. Em caso de d煤vidas, confira聽Manual de聽preenchimento聽do formul谩rio e de envio de arquivos eletr么nicos ao BNDES.

2. Enviar vers茫o digitalizada da documenta莽茫o exigida no item 6.7 da chamada em um arquivo .zip 煤nico, ao final do formul谩rio聽online.聽Seguir as instru莽玫es contidas no聽Manual de preenchimento聽do formul谩rio e de envio de arquivos eletr么nicos ao BNDES. Importante: o聽nome do arquivo deve ser composto pelo nome da institui莽茫o de guarda de acervos memoriais no seguinte formato: 鈥渘ome da institui莽茫o.zip鈥.

4.聽Encaminhar documenta莽茫o via Correio ou via protocolo do pr茅dio do BNDES no Rio de Janeiro, EDSERJ, conforme descrito no item 6.3 da chamada.

Inscri莽玫es para interessados em integrar a Comiss茫o de M茅rito

A Chamada P煤blica (item 8.2) prev锚 um representante da sociedade civil na Comiss茫o de M茅rito. As inscri莽玫es para esta vaga ser茫o recebidas at茅 31.01.2019 (relativa ao per铆odo de inscri莽玫es reaberto em 2019).

  1. Para se inscrever, o interessado dever谩 preencher os requisitos estabelecidos no聽Termo de refer锚ncia:
  • Possuir Doutorado
  • Comprovar a autoria de pelo menos 5 publica莽玫es relacionadas e/ou baseadas em pelo menos 3 cole莽玫es distintas de acervos memoriais brasileiros
  • Comprovar, em termos satisfat贸rios ao BNDES, not贸rio e abrangente conhecimento sobre acervos memoriais brasileiros

O聽聽termo de refer锚ncia聽possui as demais informa莽玫es sobre o processo de sele莽茫o dos interessados, o valor da remunera莽茫o, a forma de pagamento e as atribui莽玫es e obriga莽玫es do profissional a ser contratado.

  1. A inscri莽茫o 茅 feita por meio de preenchimento do聽formul谩rio聽de聽inscri莽茫o聽on-lineLink para um novo site聽e envio da vers茫o digitalizada da documenta莽茫o exigida no Termo de Refer锚ncia em um arquivo ZIP 煤nico, ao final do formul谩rio.

Para instru莽玫es sobre a inscri莽茫o, consultar o documento聽Procedimentos para inscri莽茫o para integrar a Comiss茫o de M茅rito.

Contato

Para d煤vidas e informa莽玫es, envie sua mensagem exclusivamente para o e-mail聽deduc_chamada01@bndes.gov.br聽.

Acompanhe a sele莽茫o

Share

R谩dio: grande difusor da cultura nacional

Conhe莽a a import芒ncia hist贸rica do ve铆culo para a democratiza莽茫o do acesso 脿s artes, 脿 informa莽茫o e 脿 educa莽茫o. Desde 2013, Unesco prop玫e ao mundo uma reflex茫o sobre a import芒ncia deste ve铆culo

No fone, no celular, no carro ou em casa. Nas grandes metr贸poles ou no meio rural. Com uma imensa capilaridade, o r谩dio 茅 um meio de comunica莽茫o de baixo custo que faz companhia e leva not铆cias, informa莽茫o e cultura para os mais diversos p煤blicos em todo o planeta h谩 cerca de 100 anos. No Brasil, desde os anos 1930, a m煤sica brasileira, as obras liter谩rias, o teatro e os concertos, antes restritos aos que sabiam ler ou aos que tinham condi莽玫es de ir a espet谩culos, passaram a ser difundidos por todo o territ贸rio por meio de programas e radionovelas, que permitiram a difus茫o da cultura nacional em propor莽玫es at茅 ent茫o impens谩veis, especialmente em uma 茅poca que a taxa de analfabetismo ultrapassava a metade da popula莽茫o. Em 1940, 56% dos brasileiros eram analfabetos, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estat铆stica (IBGE).

Foi justamente para debater as possibilidades de uso deste ve铆culo com imenso potencial multiplicador e sem fronteiras que a Organiza莽茫o das Na莽玫es Unidas para a Educa莽茫o, Ci锚ncia e Cultura (Unesco) criou a data de 13 de fevereiro como o Dia Mundial do R谩dio. A data, institu铆da em 2013, foi escolhida por ser o dia de cria莽茫o da R谩dio ONU, lan莽ada logo ap贸s o fim da 2陋 Guerra Mundial, em 1946. Desde que a efem茅ride foi estabelecida, a cada ano, um assunto 茅 selecionado. Em 2019, o tema 茅 di谩logo, toler芒ncia e paz. 鈥淥 r谩dio tem essa capacidade de ser compreendido pelos p煤blicos mais diversos, fomentar o di谩logo鈥, explica o coordenador do Setor de Comunica莽茫o e Informa莽茫o da Unesco no Brasil, Adauto Soares.

Edgard Roquette-Pinto, considerado o 鈥減ai da radiodifus茫o鈥 no Brasil, fundou a primeira emissora do Pa铆s, em 1923 (Foto: Divulga莽茫o)

No Brasil, o Dia do R谩dio 茅 comemorado em 25 de setembro em homenagem a Edgard Roquette-Pinto, considerado o 鈥減ai da radiodifus茫o鈥 no Brasil. Ele fundou, junto com Henrique Morize, a primeira emissora do Brasil: a R谩dio Sociedade do Rio de Janeiro, em 1923. Atualmente, ela est谩 no ar como R谩dio MEC AM 800 e MEC FM 99,3. Foi a pioneira como emissora educativa no Pa铆s e incorporada pela Empresa Brasil de Comunica莽茫o (EBC), institui莽茫o de comunica莽茫o p煤blica.

鈥淢e encanta a frase do Roquette-Pinto, que esperava que o r谩dio fosse o livro daqueles que n茫o sabiam ler鈥, lembra o professor e diretor da Faculdade de Comunica莽茫o da Universidade de Bras铆lia (UnB), Fernando Oliveira Paulino. Ele destaca o papel do r谩dio no Brasil. 鈥淥 caso brasileiro 茅 bem interessante para a gente perceber como intelectuais e pessoas que tinham uma preocupa莽茫o com a moderniza莽茫o do pa铆s, a democratiza莽茫o da informa莽茫o e da cultura, poderiam fazer do r谩dio e tamb茅m do cinema, no in铆cio do s茅culo 20, canais de compartilhamento de informa莽茫o, de cultura e, consequentemente, de cidadania鈥, afirma.

A primeira transmiss茫o oficial de r谩dio no Brasil foi em 7 de setembro de 1922: para festejar o primeiro centen谩rio da Independ锚ncia do Pa铆s, algumas dezenas de pessoas conseguiram ouvir no Rio de Janeiro a primeira audi莽茫o. Receptores vindos dos Estados Unidos foram instalados em v谩rios pontos da cidade. E os ouvintes puderam conferir um programa composto de m煤sicas e do discurso do ent茫o presidente da Rep煤blica Epit谩cio Pessoa.

O r谩dio permitiu que os brasileiros tivessem acesso ao que se produzia no Pa铆s e, ao mesmo tempo, tornou poss铆vel mostrar ao mundo o que se produzia internamente em termos musicais e liter谩rios. Grupos musicais, mas, especialmente, as cantoras, tiveram, entre os anos 1930 e 1960, uma popularidade incr铆vel. 脗ngela Maria, Linda e Dircinha Batista, Marlene, Dalva de Oliveira, Emilinha Borba e at茅 Carmen Miranda, eram chamadas 鈥渁s rainhas do r谩dio鈥.

Em paralelo, as radionovelas, apesar de serem um fen么meno internacional, come莽aram a ganhar mais for莽a no Brasil, a partir dos anos 1940, e lan莽am uma s茅rie de cantores e atores que s茫o refer锚ncias na dramaturgia nacional, como Henriqueta Brieba, Paulo Gracindo e M谩rio Lago.
As radionovelas tamb茅m influenciaram as telenovelas brasileiras, reconhecidas internacionalmente por sua excel锚ncia, e ainda levaram ao p煤blico adapta莽玫es de grandes cl谩ssicos da literatura brasileira e internacional. 鈥淛unto com as radionovelas que tinham adapta莽玫es liter谩rias, sugiram experi锚ncias interessantes de dramaturgia associada 脿 educa莽茫o e 脿 cultura, baseadas nas quest玫es do cotidiano da popula莽茫o brasileira鈥, apontou o professor.

O r谩dio foi o principal meio de comunica莽茫o para os brasileiros at茅 a d茅cada de 1950 com a chegada de aparelhos de televis茫o no Pa铆s. Mesmo com a press茫o e a invas茫o da produ莽茫o musical internacional, Paulino destaca que a for莽a da m煤sica brasileira fez com que, ao longo do tempo, surgissem algumas experi锚ncias p煤blicas e privadas de produ莽茫o, distribui莽茫o e acesso a conte煤dos musicais brasileiros. Na avalia莽茫o dele, a garantia de espa莽o para conte煤do nacional deveria ser, inclusive, um esfor莽o em forma de pol铆tica p煤blica.

Apesar do surgimento de novos meios de comunica莽茫o, o r谩dio continua sendo bastante utilizado, em especial no interior do pa铆s. 鈥淥 r谩dio, talvez, tenha sido a tecnologia que mais tenha conseguido se adaptar ao ambiente virtual de maneira a usar a internet como uma plataforma para distribui莽茫o dos seus conte煤dos鈥, completa Paulino.

Est煤dio F

O Est煤dio F, produzido pela Funarte, vinculada ao Minist茅rio da Cidadania, j谩 colocou no ar mais de 400 edi莽玫es de programas de r谩dio com conte煤do cultural

A hist贸ria da m煤sica brasileira por meio dos seus protagonistas, sejam eles compositores, cantores, instrumentistas ou conjuntos musicais, vem sendo contada desde 2006 por um programa semanal de r谩dio intitulado 鈥淓st煤dio F鈥, produzido pela Funda莽茫o Nacional de Artes (Funarte), entidade vinculada ao Minist茅rio da Cidadania. J谩 foram ao ar mais de 400 edi莽玫es, transmitidas por meio da EBC para emissoras como a R谩dio Nacional do Rio de Janeiro, R谩dio Nacional de Bras铆lia, R谩dio Nacional da Amaz么nia e R谩dio Cultura Brasil.

鈥淭em desde conjuntos como os Racionais MCs at茅 m煤sica erudita como, por exemplo, Nelson Freire ou o maestro Radam茅s Gnattali, 铆cones do choro como Pixinguinha, Jac贸 do Bandolim, Waldir Azevedo, grandes nomes da chamada MPB como Tom Jobim, Chico Buarque, Caetano Veloso, a turma do samba- can莽茫o, com as grandes divas da era de ouro do r谩dio, a turma dos prim贸rdios da hist贸ria do samba鈥, exemplifica o pesquisador e apresentador do programa, Pedro Paulo Malta, que tamb茅m 茅 coordenador de Difus茫o e Pesquisa da Funarte.

Para Malta, o r谩dio tem entra na vida das pessoas como nenhum outro meio. 鈥淓le 茅 um meio absolutamente fundamental para a difus茫o da nossa cultura, de uma forma muito ampla e, especificamente, no caso da m煤sica, porque a m煤sica brasileira 茅 um tesouro. O mundo inteiro cultua esta m煤sica鈥, destaca. 鈥淎s batucadas t茫o diferentes, as levadas de viol茫o, as particularidades da nossa produ莽茫o dentro da m煤sica de concerto. Tudo isso 茅 um material tratado a peso de ouro no mundo鈥, complementa.
Malta destaca que o r谩dio leva uma vantagem em rela莽茫o a outros ve铆culos de comunica莽茫o: o de poder sugerir imagens ao ouvinte. 鈥淎 gente conta a hist贸ria de personagens e isso se completa na imagina莽茫o de quem est谩 ouvindo, o que cria um ambiente de cumplicidade especial铆ssimo. Acho que, no caso da hist贸ria da m煤sica brasileira, essa riqueza fica ainda maior鈥, conclui.

O conte煤do dos programas do Est煤dio F聽podem ser ouvidos e acessados gratuitamente no site da Funarte.

Assessoria de Comunica莽茫o
Secretaria Especial da Cultura
Minist茅rio da Cidadania

Share

PERNAMBUCO: Sess茫o Cinemateca traz Sete Cora莽玫es para comemorar o carnaval

5534bdc3-4a14-43f4-aab2-1196fda82f8f

Como pr茅via carnavalesca a Sess茫o Cinemateca deste聽s谩bado聽(16/02) apresenta Sete Cora莽玫es (2014), dirigido por Dea Ferraz e produzido pela Ateli锚 Produ莽玫es.

A produ莽茫o de Cezar Maia, Marcelo Barreto, Maestro Spok e Marcelo Soares narra a hist贸ria de um eterno amor de carnaval, contada por sete maestros e embalada por uma trilha composta a 14 m茫os. Um registro hist贸rico da obra e vida dos sete principais, e remanescentes, compositores de frevo de Pernambuco. Os maestros Duda, Nunes, Guedes Peixoto, Cl贸vis Pereira, Ademir Ara煤jo, Edson Rodrigues e Jos茅 Menezes se re煤nem para contar as hist贸rias do estilo musical, das can莽玫es e deles pr贸prios.

O filme ser谩 exibido no Cinema da Funda莽茫o, na Sala do Museu, em Casa Forte, 脿s 16h30. Entrada gratuita.

Ap贸s o filme, haver谩 um debate com Maur铆cio Cezar, professor de m煤sica e musicista, sobre o filme e a import芒ncia do frevo na cultura pernambucana.

Share

ANCINE participa do Festival Internacional de Cinema de Berlim

O diretor-presidente da ANCINE, Christian de Castro, acompanhado do novo assessor internacional da Ag锚ncia, Adam Muniz, viajou em miss茫o internacional 脿 capital alem茫 para participar da 69潞 edi莽茫o do Festival Internacional de Berlim, que vai at茅 17 de fevereiro.

aaaaa

Na 煤ltima sexta-feira, 8 de fevereiro, o diretor-presidente da ANCINE, Christian de Castro, se reuniu com o embaixador do Brasil na Alemanha, Roberto Jaguaribe, e diplomatas do posto do setor cultural e de promo莽茫o comercial da embaixada.聽 Durante o encontro eles trocaram impress玫es sobre a import芒ncia do Festival de Berlim no contexto do cinema mundial, destacando a forte presen莽a brasileira nesta edi莽茫o, que traz 12 filmes nacionais em diferentes mostras.聽 O embaixador Roberto Jaguaribe fez um breve hist贸rico do festival e relembrou sua origem. 鈥淥 festival nasceu de um desejo por um espa莽o de liberdade de express茫o em uma Berlim dividida. Isso explica a diversidade cinematogr谩fica que caracteriza o festival at茅 hoje鈥, explicou o ele.聽 As autoridades tamb茅m conversaram sobre o setor audiovisual no Brasil e suas perspectivas de crescimento.

Em seguida, Christian de Castro se encontrou com produtores brasileiros no estande do Cinema do Brasil, onde p么de atualizar os presentes sobre a situa莽茫o da Ag锚ncia no atual cen谩rio pol铆tico. 鈥淎 nossa interlocu莽茫o com o Governo tem sido a melhor poss铆vel. Apresentamos ao Ministro da Cidadania, Osmar Terra, e ao Secret谩rio Especial de Cultura, Jos茅 Henrique Pires, a estrutura da ANCINE e sua import芒ncia dentro do mercado e da cadeia do audiovisual brasileiro.聽 Estamos trabalhando de uma maneira muito pr贸xima e estruturada ao Governo. Por isso, garanto a voc锚s que a ANCINE continua forte, nosso planejamento continua o mesmo, e seguimos com o objetivo de construir um audiovisual brasileiro cada vez mais estruturado. A nossa estrat茅gia come莽ou no ano passado e continua esse ano鈥, afirmou Christian de Castro.

Na ocasi茫o, ao apresentar o novo assessor internacional, Adam Muniz, Christian de Castro sublinhou tamb茅m que a internacionaliza莽茫o do cinema brasileiro 茅 uma das prioridades de sua gest茫o.

No fim de semana, o diretor-presidente cumpriu uma extensa agenda de reuni玫es com diversas autoridades internacionais. Com o objetivo de aprofundar as parcerias e acordos de coprodu莽茫o, Christian de Castro se reuniu com o presidente do聽 ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual de Portugal, Lu铆s Chaby Vaz; com o presidente do Fundo de Cinema de Israel, Katriel Schory; com a delega莽茫o do INCAA – Instituto Nacional de Cinema e Artes Audiovisuais da Argentina; com representantes da delega莽茫o do Canad谩 e com representantes do Eurimages, Fundo do Conselho da Europa que tem por objeto prestar assist锚ncia a coprodu莽茫o, distribui莽茫o e explora莽茫o de obras cinematogr谩ficas. “Tratamos das possibilidades de entrada do Brasil no Fundo e as vantagens dessa parceria”, explicou Christian.

Nesta segunda-feira, 11 de fevereiro, Christian de Castro encerrou sua miss茫o no exterior com uma reuni茫o do Conselho Consultivo da Confer锚ncia de Autoridades Audiovisuais e Cinematogr谩ficas de Iberoam茅rica (CAACI), do qual a ANCINE 茅 membro.聽 A CAACI, um organismo multilateral, tem por objetivo o desenvolvimento da cinematografia dentro do espa莽o audiovisual dos pa铆ses ibero-americanos e a integra莽茫o por meio de uma participa莽茫o equitativa desses pa铆ses na atividade cinematogr谩fica regional. A CAACI 茅 formada por 20 pa铆ses membros (sendo 19 pa铆ses da Am茅rica Latina e Ib茅ria e a It谩lia).

Share

PERNAMBUCO: Rumo a Portugal, espet谩culo 鈥淓spera o outono, Alice鈥 cumpre temporada no Teatro Arraial

Espera-o-Outono-Alice-Foto-de-Arnaldo-Sete-2-607x404

Arnaldo Sete/Divulga莽茫o

O espet谩culo聽鈥淓spera o outono, Alice鈥, do AMAR脡 Grupo de Teatro, faz curta temporada neste fim de semana com apresenta莽玫es nos dias 15 e 16 de fevereiro (sexta-feira e s谩bado), 脿s 20h, e no dia 17 de fevereiro (domingo), 脿s 18h, no聽Teatro Arraial Ariano Suassuna. Em paralelo 脿 s茅rie de apresenta莽玫es no Recife, o grupo lan莽a campanha de doa莽玫es para viajar a Portugal em mar莽o. S茫o quatro apresenta莽玫es previstas em Lisboa, Idanha e Benedita, no festival Ao Teatro!.

A pe莽a, com dire莽茫o de Analice Croccia e Quiercles Santana, 茅 uma reflex茫o sobre as perdas, as mortes, as saudades, mas tamb茅m sobre a puls茫o de viver que nos habita. No elenco, os atores Paulo C茅sar Freire, Isabelle Barros, Bruna Justino e Natali Assun莽茫o se revezam em v谩rios personagens e trazem fragmentos n茫o-lineares da vida de Alice, uma garota com vida comum 脿 de muitas garotas de classe m茅dia, mas que decide tomar uma decis茫o extrema. As a莽玫es foram desenvolvidas a partir de experi锚ncias pessoais e coletivas dos integrantes do grupo e dos diretores, al茅m de experimenta莽玫es feitas na sala de ensaio.

O texto final do espet谩culo foi constru铆do com um equil铆brio entre uma dramaturgia pr贸pria e enxertos da produ莽茫o escrita de diversos autores, como os brasileiros Pedro Bomba, Felipe Andr茅, Marla de Queiroz e estrangeiros, como Carl Sagan. J谩 a cena 茅 composta essencialmente por objetos, adere莽os e pe莽as de vestu谩rio que ajudam a reconstituir os momentos vividos por Alice e por quem conviveu com ela.聽鈥淎 preocupa莽茫o da gente 茅 falar a respeito da vida mesmo, nos questionar sobre n贸s mesmos. O processo de cria莽茫o desse espet谩culo durou mais de um ano e o grupo come莽ou um trabalho com Quiercles para investigar a interpreta莽茫o e o que esses atores queriam falar鈥, conta a diretora Analice Croccia.

ALICE EM PORTUGAL –聽O聽AMAR脡 Grupo de Teatro lan莽a uma campanha de financiamento coletivo a fim de arrecadar passagens para ir a Portugal. O coletivo foi convidado para participar do festival Ao Teatro!, na cidade de Benedita, com duas sess玫es, e tamb茅m est谩 com duas datas agendadas para Lisboa, capital do pa铆s, e para a cidade de Idanha-a-Nova. Ser茫o aceitas doa莽玫es de qualquer valor, a serem depositadas no Banco do Brasil, ag锚ncia 3243-3, conta-poupan莽a 42.073-5 e varia莽茫o 51. Na temporada no Teatro Arraial Ariano Suassuna, o grupo tamb茅m vender谩 produtos relacionados ao espet谩culo para ajudar a financiar a viagem.

O GRUPO –聽O AMAR脡 Grupo de Teatro foi formado em 2014 e montou, em 2016, o espet谩culo 鈥淎mar 茅 Crime鈥, uma adapta莽茫o parcial do livro hom么nimo de Marcelino Freire, com temporadas no Espa莽o O Poste e Espa莽o C锚nicas, ambos no Recife, Brasil. O grupo prima pela investiga莽茫o de linguagem nas artes c锚nicas, sem se prender necessariamente a correntes ou autores.

Servi莽o
鈥淓spera o outono, Alice鈥
Quando: 15 e 16 de fevereiro (sexta-feira e s谩bado), 脿s 20h, e 17 de fevereiro (domingo), 脿s 18h
Onde: Teatro Arraial Ariano Suassuna 鈥 Rua da Aurora, 457, Boa Vista
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia), 脿 venda na bilheteria 1h antes do in铆cio de cada sess茫o e antecipado no site Sympla 鈥撀www.sympla.com.br/espera-o-outono-alice鈥攖eatro-arraial__453667
Classifica莽茫o indicativa: 14 anos Informa莽玫es: 3184-3057 / 97914-4306

Share

Divulgado os resultados preliminares de habilita莽茫o no Carnaval Ouro Negro

ouronegro_resultados_preliminares_2019

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e a Secretaria de Promo莽茫o da Igualdade Racial (Sepromi) divulgam os resultados preliminares de habilita莽茫o das entidades que inscreveram-se no Edital Carnaval Ouro Negro 2019. As organiza莽玫es n茫o habilitadas podem interpor recursos no prazo de 13 a 18 de fevereiro de 2019, apenas presencialmente, na sede da SEPROMI, localizada na Avenida Manoel Dias da Silva, n潞 2.177, Pituba – Salvador/BA. A entrega pode ser realizada das 08h30 脿s 12h e das 14h 脿s 17h.

CONFIRA O RESULTADO聽AQUI

Ouro Negro聽鈥 Chegando 脿 sua 12陋 edi莽茫o, o Ouro Negro oferece importantes subs铆dios para o apoio a agremia莽玫es de matrizes africanas e tradicionais dentro dos circuitos do Carnaval de Salvador. Desta forma, 茅 promovida a preserva莽茫o e valoriza莽茫o a presen莽a destes blocos, com o desfile em alas e indument谩rias tradicionais, assim como a maior participa莽茫o da juventude, transmitindo o legado para as novas gera莽玫es. Dentro de suas comunidades, estas entidades contribuem para o desenvolvimento social atrav茅s de projetos que estimulam a constru莽茫o de uma cultura cidad茫.

Share

Cia Bacurau Cultural abre inscri莽玫es para Oficina de Teatro em Caruaru (PE)

O grupo caruaruense Cia Bacurau Cultural abre inscri莽玫es para Oficina de Teatro na聽Casa de Cultura Jos茅 Cond茅. As aulas acontecer茫o aos s谩bados, 13h30 as 18h, no Teatro Joel Pontes, em Caruaru, e s茫o voltadas para pessoas sem experi锚ncia com teatro, atores/atrizes e profissionais que necessitem se expressar melhor.

A oficina ser谩 ministrada pelo produtor cultural e diretor聽T煤lio Beat聽e pelo ator, produtor e dan莽arino聽Paulo Concei莽茫o.

“Ser谩 uma oportunidade 煤nica para que os participantes explorem a comunica莽茫o, express茫o corporal, t茅cnicas teatrais, cultura popular e criatividade. Professores, advogados, artistas, profissionais da arte ou interessados est茫o convidados.” explica T煤lio Beat.

A mensalidade ser谩 no valor simb贸lico de聽R$ 20,00聽e a classifica莽茫o ser谩 a partir 14 anos. As inscri莽玫es podem ser feitas no local no pr贸ximo聽s谩bado聽(16), 脿s 14h,聽pelo fone聽(81) 98799,3223聽ou pelo link:聽https://goo.gl/forms/CLpDDnuYwMPF783Y2聽

A聽Cia Bacurau Cultural聽茅 uma premiada companhia art铆stica pernambucana com vasta experi锚ncia no agreste. Com reconhecido m茅rito art铆stico e cultural, produz oficinas, espet谩culos, conte煤do audiovisual, performances, al茅m de manter constante atividades voltadas para a莽茫o social e sustentabilidade.

OFICINA DE TEATRO CIA BACURAU

SERVI脟O

Local: Casa de Cultura Jos茅 Cond茅 (pr贸ximo a Feira de Ervas na Parque聽18 de Maio)

Data/hor谩rio: Aulas a partir do聽s谩bado聽(16/02) – 13h30 as 18h

Quanto: mensalidade R$ 20,00

Inscri莽茫o: No local (s谩bado聽– 14h), pelo fone聽81 9 87993223聽ou pelo link:聽https://goo.gl/forms/CLpDDnuYwMPF783Y2聽

Share

Alagoas, Cear谩 e Pernambuco est茫o entre os estados que sediam Bienais Internacionais do Livro em 2019

2019-02-11_Bienal_em_BSB_Divulga莽茫o-768x512

O governo federal investe, por meio da Lei Rouanet, R$ 3,1 milh玫es em bienais internacionais do livro (Foto: Divulga莽茫o)

Quil么metros de livros rec茅m-lan莽ados a pre莽os acess铆veis, palestras com autores, programa莽茫o cultural. Um verdadeiro apelo 脿 vontade de ler. 脡 o que nos provocam as bienais internacionais do livro. Este ano, leitores de Macei贸 (AL), Fortaleza (CE), Contagem (MG), Rio de Janeiro (RJ) Recife e Garanhuns (PE) ter茫o a oportunidade de frequentar Bienais Internacionais do Livro que ocorrem em suas cidades.

O Governo Federal est谩 apoiando, por meio de incentivo fiscal via Lei Rouanet, dois destes eventos: a 19陋 Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro e a 12陋 Bienal Internacional do Livro de Pernambuco. Juntas, elas j谩 conseguiram captar R$ 3.168.553,96. A Bienal do Rio, que ocorre entre 30 de agosto e 8 de setembro, j谩 captou R$ 3.165.000,00, tendo a autoriza莽茫o para captar mais de R$ 5.079.672,57. A Bienal de Pernambuco, captou R$ 3.553,96 do valor de R$ 1.767.714,64 que foi autorizada a captar.

Um total de 49 bienais j谩 contaram com apoio do incentivo fiscal do Governo Federal, tendo captado mais de R$ 53 milh玫es por meio deste mecanismo. A Bienal de S茫o Paulo 鈥 a mais antiga do Pa铆s, realizada desde 1961, j谩 chegou a captar, em 2018, R$ 6,5 milh玫es. 鈥淒esenvolvemos um conceito criativo que procura destacar o livro como principal fonte do conhecimento em meio ao turbilh茫o de est铆mulos tecnol贸gicos que vemos hoje鈥, pontua o presidente da C芒mara Brasileira do Livro (CBL), Lu铆s Antonio Torelli. Ele destaca o interc芒mbio que ocorreu entre cerca de 60 editoras nacionais e internacionais ao longo da Bienal.

Torelli tamb茅m salienta o impacto social provocado por este tipo de evento, o incentivar debates sobre temas essenciais, como religi茫o e feminismo negro. Para o presidente, tanto o acesso quanto a autonomia, a transpar锚ncia e a multiplica莽茫o de pessoas alcan莽adas s茫o fundamentais para o desenvolvimento da cultura. 鈥淣a nossa 煤ltima edi莽茫o, observamos que as atividades de maior relev芒ncia foram a programa莽茫o cultural, a intera莽茫o e encontro com autores 鈥 al茅m do apelo visual dos estandes e os pre莽os acess铆veis鈥, resume. Em dez anos, a bienal de literatura paulista j谩 captou mais de R$ 23 milh玫es com apoio governamental.

Em Bras铆lia, a Bienal Brasil do Livro e da Leitura (BBLL) ocorre desde 2012, tendo captado mais de R$ 2 milh玫es em quatro edi莽玫es. A produtora cultural e diretora geral da 4陋 BBLL, Suzzy Souza, conta que a miss茫o do evento 茅 democratizar e incentivar o acesso ao livro e 脿 leitura, a partir de plataformas multiculturais. 鈥淓m 2018, criamos um novo formato, para abrir espa莽os e oportunidades a criadores n茫o s贸 da literatura, mas tamb茅m de outras 谩reas art铆sticas: do cinema, do teatro, da m煤sica e at茅 das artes pl谩sticas鈥, relata.

Suzzy explica que a literatura n茫o est谩 somente nas prateleiras. 鈥淭amb茅m est谩 traduzida em diversas linguagens art铆sticas bem exploradas no evento. A internet n茫o pode ser vista como inimiga nesse momento, principalmente por seu potencial de democratiza莽茫o das mais diversas obras鈥, destaca a diretora geral, que compreende a literatura como chave para a constru莽茫o do senso cr铆tico.

Tal constru莽茫o 茅 evidenciada na linguagem da poeta No茅lia Ribeiro. Natural de Recife, fez escala no Rio de Janeiro antes de passar a morar em Bras铆lia, onde reside at茅 a atualidade. Toda essa mudan莽a de cidades contribuiu para o desenvolvimento de seu olhar criativo. Hoje, No茅lia participa de diversos eventos liter谩rios ao longo do pa铆s. Nos 煤ltimos anos, ao lan莽ar uma trilogia, a movimenta莽茫o s贸 cresceu.

鈥淕ente e poesia s茫o duas coisas que adoro. Minha poesia e minha maneira de recitar s贸 melhoraram com essa troca鈥, revela a artista. Em rela莽茫o 脿s bienais que ocorrem nacionalmente, a poeta ressalta a import芒ncia dos mecanismos de apoio 脿 cultura. 鈥淢esmo diante das dificuldades, n茫o podemos deixar que essas iniciativas se percam. A poesia tem de ocupar os espa莽os鈥, observa.

Servi莽o

19陋 Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro
Data: de 30 de agosto a 8 de setembro de 2019.
Local: Pal谩cio das Artes, no Riocentro, Barra da Tijuca, Zona Oeste do RJ.

12陋 Bienal Internacional do Livro de Pernambuco 2019
Data: de 4 a 13 de outubro de 2019.
Local: Centro de Conven莽玫es de Pernambuco (Av. Professor Andrade Bezerra Olinda/PE).

3陋 Bienal do livro de Contagem 2019
Data: 4 a 6 de outubro de 2019.
Local: a definir.

9陋 Bienal Internacional do Livro de Alagoas 2019
Data: a definir.
Local: a definir.

13陋 Bienal Internacional do Livro do Cear谩 2019
Data: a definir.
Local: a definir.

IX Bienal Internacional do Livro do Agreste de Pernambuco 2019
Data: a definir.
Local: a definir.

Assessoria de Comunica莽茫o
Secretaria Especial da Cultura
Minist茅rio da Cidadania

Share