4ª Festa Cigana acontece em janeiro em São Lourenço da Mata (PE)

A 4ª Festa Cigana do Nerano do Amanhecer já tem data confirmada. Será no próximo dia 28 de janeiro, na área de eventos do Vale do Amanhecer de São Lourenço da Mata (PE), no km 91 da BR-408, a 10 quilômetros da Arena Pernambuco.IMG_5486

Aberto ao público pela primeira vez, o evento temático não é de caráter religioso e terá como principal atração a Guardiões da Noite do Oriente. A banda paulista – tradicional em encontros árabes-ciganos no país – apresentará parte de repertório de novo CD, que será lançado ano que vem.

Haverá ainda apresentação de grupos de dança, ambiente decorado, tendas temáticas, fogueira, chá cigano, danças das fitas e concurso para eleger quem estiver mais bem caracterizado. Vendas antecipadas de mesas (R$ 80,00) e ingressos (R$ 20,00). Outras informações na fanpape Eventos Nerano (facebook.com/eventosnerano) ou pelos telefones: (81) 98271.9549 (Gerônimo), 99899.1861 (Alexandre) ou 99945.1936 (Tony).

Share

Inscrições abertas para o curso de iniciação à pedagogia do cinema na Paraíba

O projeto Semente Cinematográfica oferece, com o apoio da Funesc, “Diálogos: Cinema, Educação e Direitos humanos – Curso de iniciação à pedagogia do cinema” com inscrições abertas de 16 a 23 de janeiro. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através deste link:  https://goo.gl/forms/UUpeT71PdG0YWgdf1.

O curso acontecerá de 23 a 27 de janeiro, das 14h às 18h, no Auditório da Escola de Música Anthenor Navarro, na Fundação Espaço Cultural. O objetivo do Curso é desenvolver habilidades como análise e realização de filmes no ambiente escolar; apresentar a metodologia do projeto Inventar com a Diferença e compartilhar saberes e práticas no campo dos usos educativos do cinema para a promoção dos Direitos Humanos.

atividade apresentação com a câmeraO curso é uma iniciativa do projeto Semente Cinematográfica, parceira do projeto Inventar com a Diferença, e conta com o apoio da Funesc, Cearte e RedeKino. Essa iniciativa contempla uma demanda crescente no país pela formação de profissionais capacitados para o uso consciente e crítico da linguagem cinematográfica no contexto escolar, orientado pelos princípios de uma educação em Direitos Humanos.

O trabalho será dividido em cinco encontros de quatro horas, totalizando 20 horas. O conteúdo será trabalhado por meio de práticas simples que estimulam a experimentação cinematográfica, palestras, rodas de conversa, exibição de filmes. Tal ação é voltada para os profissionais dos diversos níveis e modalidades da educação, arte-educadores, cineastas e demais interessados em se apropriar dos métodos de mediação da aprendizagem através da linguagem do cinema.

O projeto Semente Cinematográfica é realizado pela Pigmento Cinematográfico em parceria com o Inventar com a Diferença: Cinema, Educação e Direitos Humanos (Universidade Federal Fluminense – RJ, e Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais), Tintin Cineclube, Cearte e Grupo de pesquisa em Jornalismo, Gênero e Educomunicação da UFPB.

Facilitadores:

Ana Bárbara Ramos é formada no Curso de Comunicação Social pela UFPB e mestre no Programa de Pós-Graduação em Letras na UFPB com o estudo na área de literatura e cinema. Documentarista e produtora realizou os filmes “Sociedade do cloro” (2015), “Oferenda” (2011), “Borboletas Azuis” (2010), “Sweet Karolynne” (2009), “Cabaceiras” (2007) e “Desejo citrullus” (2003). É sócia da produtora Pigmento Cinematográfico. Atuou como mediadora na Paraíba no projeto “Inventar com a Diferença: cinema e direitos humanos” que oferece oficina de formação para a rede básica de educação em todo o país. É coordenadora da Rede Kino – Rede Latino-americana de Educação, Cinema e Audiovisual. Atualmente trabalha com Cinema e educação no Cearte – Centro Estadual de Artes.

Felipe Leal Barquete é graduado em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos/SP (UFSCar) e mestrando no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba (PPGE/UFPB), em que estuda o nexo entre cinema e educação a partir da experiência do projeto Inventar com a Diferença no Estado da Paraíba. Como cineasta, produziu e dirigiu o longa- metragem Delírios de um Cinemaníaco (2012), e os curtas Deus pode ser um ator (2008) e Contos de fada (2008). Tem experiência no campo das práticas educativas com cinema, desde o cineclubismo, a formação e gestão de coletivos de criação e a realização de oficinas de cinema em instituições educativas e culturais do mercado audiovisual paulistano. Atualmente integra a equipe do Tintin Cineclube e desenvolve trabalhos na área de cinema e educação.

Local: Fundação Espaço Cultural da Paraíba – FUNESC  – Auditório da Escola de Música Anthenor Navarro
Data: 23 a 27 de janeiro, das 14h às 18h
Carga horária: 20 horas.
Investimento: gratuito
Faça sua inscrição aqui:  https://goo.gl/forms/UUpeT71PdG0YWgdf1

Para mais informações sobre o Semente Cinematográfica:
https://www.facebook.com/sementecinematografica
sementecinematografica@gmail.com

______________________________

Semente cinematográfica

Semente cinematográfica é um projeto dedicado as práticas de cinema e educação na escola. Atualmente o Semente desenvolve a implementação da Escola Experimental de Cinema na Escola Municipal Jose Albino Pimentel, no Conde que oferece atelier de criação cinematográfica para estudantes, cursos de capacitação para educadores  e atividade cineclubista.

Atuamos em parceria com o projeto Inventar com a diferença, promovido pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em parceria com a Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO) que hoje agrega diversos projetos dedicadas à pedagogia do cinema. Em sua segunda edição, o Inventar estimula iniciativas de cinema e educação em escolas públicas de todo o país para a prática em torno da temática do cinema e dos direitos humanos.

A primeira  edição do Inventar, em 2014, contemplou 257 escolas públicas, oferecendo oficinas de cinema para mais de 5000 estudantes de todo o Brasil. Na Paraíba, as atividades foram realizadas em 7 escolas do Conde e uma escola de João Pessoa. A Escola Municipal Jose Albino Pimentel foi uma das escolas participantes da primeira edição.

Share

RIO GRANDE DO NORTE: Museu Café Filho terá acessibilidade e reforma de modernização

A previsão é que a reforma e adequações sejam entregues à população em Julho deste ano. O Governo do Estado está reformando e modernizando as instalações físicas do Museu Café Filho. A previsão é que a reforma e adequações sejam entregues à população em Julho deste ano. O prédio receberá instalação de rampas de acesso, reforma nos banheiros, instalação de plataforma elevatória e sinalização em braile.

IMG000000000138033

Além de pintura, combate de pragas, instalações elétricas e de combate a incêndio, instalação de esquadrias, impermeabilização de cobertura, forro e climatização. A presidente da Fundação José Augusto, Isaura Rosado, explica que a obra está dentro do prazo e que o trabalho que vem sendo feito é minucioso. “O prédio é tombado, exige cuidados redobrados da equipe de engenheiros, arquitetos e restauradores que trabalham nessa obra”, diz.

A reforma está recebendo um investimento de R$ 196.906.96 (cento e noventa e seis mil, novecentos e seis reais e noventa e seis centavos), através do Governo do Estado, por meio do acordo de empréstimo com Banco Mundial, e integra a carteira de projetos do RN Sustentável. ”Nós que fazemos a FJA, estamos satisfeitos com todo o investimento que está sendo garantido para a sobrevida cultural. Os estudantes, historiadores e turistas vão poder conhecer um pouco mais da história de Café Filho, grande personagem da cultura potiguar, através das exposições que agora ganham mais interatividade e dinamicidade”, explica Isaura Rosado. O museu possui um acervo com documentos e registros fotográficos sobre o norte-rio-grandense Presidente Café Filho- único presidente da República nascido em solo potiguar.

O MUSEU

No Museu Café Filho, o visitante se depara com a trajetória do único Presidente da República nascido em solo potiguar por meio de fotos, objetos e documentos. A história do político também é retratada através de uma biblioteca particular vinda do Rio de Janeiro, que fez parte da residência do presidente. O prédio construído entre 1816 e 1820 é sede do museu desde 1979, representando a primeira construção assobradada, ou seja, com mais de dois pavimentos, da história da cidade de Natal. Localizado na rua da Conceição, 601 – Cidade Alta, funciona de terça a sábado das 9h às 17h.

CAFÉ FILHO

O potiguar Café Filho, nascido em Extremoz, município situado no litoral do Estado do Rio Grande do Norte, distante cerca de 24 km da capital Natal, tornou-se presidente do Brasil entre 24 de agosto de 1954 a 8 de novembro de 1955. A história política dele teve início quando foi eleito deputado federal em 1934 e 1945, após a redemocratização. Em 1950, o partido ao qual pertencia, o PSP, indicou para ser vice na chapa de Getúlio Vargas. Café Filho assumiu a presidência da República imediatamente após a morte do então Presidente Getúlio.

Mas, entregou o cargo a Carlos Luz, Presidente da Câmara dos Deputados, em novembro do ano seguinte, após ter sofrido um ataque cardíaco. Após ser deposto, foi nomeado em 1961 pelo governador Carlos Lacerda para o cargo de Ministro do Tribunal de Contas da Guanabara até obter aposentadoria em 1969 e morrer aos 81 anos de idade no ano seguinte, na cidade do Rio de Janeiro.

Share

PIAUÍ: Barra Grande recebe curso de gastronomia Slow Food

slowfoodUma das atrações do Caju Bossa é a Chef Ellen Galego, que vai ministrar uma Master Class de Gastronomia durante o evento, que mistura também música e design na praia de Barra Grande, no município de Cajueiro da Praia. O curso tem como foco o slow food, que se opõe à tendência de padronização do alimento no mundo, além de defender a necessidade de que os consumidores estejam bem informados, se tornando co-produtores.

Ellen faz parte do movimento mundial batizado como Slow Food, que tem como princípio básico o direito ao prazer da alimentação, utilizando produtos artesanais de qualidade especial, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto as pessoas responsáveis pela produção. Seus componentes realizam palestras, oficinas e cursos ao redor do mundo e Barra Grande será o próximo destino do movimento.

“A presença da Ellen será uma grande oportunidade de capacitação para os empreendedores locais, que vão testar as novas tendências da gastronomia, mas sem deixar de lado o toque especial dos alimentos típicos da terra, como o caju”, pontua o arquiteto Júlio Medeiros, um dos idealizadores do evento.

O Caju Bossa acontecerá de 19 a 21 de janeiro, na praça da igreja de Barra Grande. O evento promoverá o encontro do design com as novidades da gastronomia mundial e o melhor da música piauiense. Entre as atrações musicais irão se apresentar Soraya Castello Branco, Joyce Moreno, Carol Costa & Jazz no Fole, além de danças típicas do município de Cajueiro da Praia.

“Barra Grande, hoje, é um grande polo turístico do nosso estado e nós temos que incentivar cada vez mais essa expansão por meio da cultura aliada também a outras áreas”, afirma o secretário estadual da Cultura, Fábio Novo.

O Caju Bossa é uma realização de Interaudio & Piauí Cultural; com apoio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult), via Sistema Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC) e Prefeitura de Cajueiro da Praia.

Programação

19 de janeiro

20h – Palestra “Design & Paisagem”, com Tothe Ibiapina & Luiz Vieira

20 de janeiro

10h – Master Class de Gastronomia com a Chef Ellen Galego

19h30 – Danças típicas de Cajueiro

21h – Soraya Castello Branco

22h30 – Joyce Moreno

21 de janeiro

10h – Master Class de Gastronomia na Pousada Manati

19h30 – Danças típicas de Cajueiro da Praia

21h – Carol Costa & Jazz no Fole

22h30 – Ferdinand Melo & Tiago Almeida

Marisa Oliveira / Ascom Secult Piauí

Share

Maracatu Cambinda Brasileira celebra 99 anos com sambada em Nazaré da Mata

O Parque dos Lanceiros, localizado na zona rural de Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte, recebe neste sábado (14), sambanda de maracatu de baque solto abrindo as comemorações em torno do centenário do Maracatu Cambinda Brasileira, que completou no último dia 5 de janeiro os seus 99 anos de fundação. A festividade aberta ao público acontece a partir das 22h, tendo como destaque o encontro dos mestres Anderson Miguel e João Paulo.

Na sambada, os mestres estarão entoando loas, marchas, sambas e galopes, acompanhados de ternos (orquestras de sopro e percussão), para que no terreiro os folgazões se exibam fazendo suas manobras e evoluções. A partir desta junção, a festividade também servirá de ensaio para a gravação do CD ‘Encontro de Gerações’, que terá início pelos mestres logo após o carnaval deste ano.

Divulgação

Divulgação

Mestre Anderson Miguel, do Maracatu Cambinda Brasileira.

Mestre do Maracatu Cambinda Brasileira, Anderson Miguel começou a integrar a agremiação em 2007, como caboreteiro. Em 2008, já atuava como contramestre, acompanhando o então mestre Antônio Paulo Sobrinho, que em 2011 lhe transferiu o título. Conhecido na Mata Norte como o “Neymar da Poesia”, Mestre Anderson é um dos destaques da nova geração de poetas de Maracatu de Baque Solto.

Divulgação

Divulgação

Mestre João Paulo, do Maracatu Leão Misterioso de Nazaré da Mata.

Já o Mestre João Paulo, do Maracatu Leão Misterioso de Nazaré da Mata, gosta de ser chamado de “Papa do Maracatu”, possui a popularidade de excelente poeta em meio aos tradicionais apreciadores desse tipo de poesia na região da Mata Norte.

Serviço:
99 anos do Maracatu Cambinda Brasileira – Abertura das Comemorações do Centenário
Quando:
sábado, 14 de janeiro
Horário:
a partir das 22h
Local:
Parque dos Lanceiros de Nazaré da Mata (BR 408 – zona rural de Nazaré da Mata)
Acesso gratuito 

Share

Recursos para projetos culturais do Maranhão

photo784528489204264616A deputada federal Eliziane Gama (PPS/MA) realizou, na quinta-feira (12), visita de cortesia ao ministro da Cultura, Roberto Freire. O tema do encontro foi a destinação de recursos para projetos culturais no estado do Maranhão. Freire destacou o trabalho realizado pelo ministério na reformulação da política de execução de emendas parlamentares. Ele informou que a pasta havia perdido recursos provenientes de emendas, mas já é possível ver uma melhor tramitação. “O MinC tinha um conceito de menor eficiência na execução de emenda, mas isso está mudando”, afirmou.

Eliziane Gama apresentou emenda parlamentar destinando aproximadamente R$ 800 mil a projetos do segmento de audiovisual. A deputada se reunirá, no próximo dia 27, com o presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Stepan Nercessian, para discutir outras ações culturais voltadas ao estado que representa. “O Maranhão é um dos estados com maior diversidade cultural do Brasil e São Luís é a segunda capital com maior população negra do País, atrás apenas de Salvador”, afirmou.

A parlamentar assumiu a coordenação da Comissão Especial de Políticas Públicas de Combate às Drogas da Câmara dos Deputados, em Brasília. Ela demonstrou interesse em criar campanhas educativas nacionais sobre o tema, em conjunto com os ministérios da Educação (MEC), da Justiça (MJ) e da Cultura (MinC). “O Maranhão possui expressões culturais muitos fortes, é preciso criar programas de diversidade que as contemplem. Faremos todo o possível no MinC para ajudar o estado”, afirmou Freire.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura
Share

Oficina acessível de figurino e maquiagem teatral recebe inscrições no Recife

Elaborada com o objetivo de atender tanto participantes portadores de necessidades especiais, como o público em geral, a oficina ‘Um primeiro olhar para os elementos de composição do personagem’, que acontece entre os dias 13 de fevereiro e 24 de março, está com inscrições disponíveis. A atividade, que é gratuita, será ministrada pela atriz, figurinista e arte-educadora Agrinez Melo, sempre as segundas, quartas e sextas, das 13h às 17h, no espaço O Poste Soluções Luminosas, contando com incentivo do Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura.

Atividade é ministrada pela arte-educadora Agrinez Melo (Divulgação)

A oficina foi elaborada agregando recursos como audiodescrição, para o ensino do desenho de croquis. “É emocionante realizar essa oficina. Não conter as lágrimas já virou rotina nos dias de aula, alegria que me inunda de forma tão plena que meu corpo não abarca e escorre pelos olhos, a realização de um sonho que se torna a cada dia mais colorido”, explica Agrinez. A arte-educadora acredita que a oficina é um momento único para os integrantes. “As aulas de iniciação ao figurino me possibilitam entrar no universo criativo de todos os participantes, alinhavar e unir os retalhos da criatividade do grupo que vai chegando de forma tímida, mas ousada, no universo da indumentária”, conta.

Divulgação

Neste ano, a atividade tem como novidade aulas de maquiagem para teatro. “Nós vamos abordar no conteúdo programático, a origem da indumentária e suas influências no universo do teatro e da moda; Anatomia Corporal e Criação de Croquis; Estudos de Cores e Harmonia na Vestimenta; Criação de Conceito de figurino. Vai ser lindo”, comemora Agrinez. O sucesso da oficina atingiu também quem não tem nenhuma limitação física, por isso esse ano terão vagas para todo o público. Uma forma de estimular o convívio das diferenças.

Para se inscrever, é necessário solicitar uma ficha de cadastro através do e-mail: doceagrifigurinomake@gmail.com .  A proposta é inclusiva e para participar, basta que o aluno tenha mais de 16 anos.  O principal objetivo do curso é incluir pessoas com e sem experiência no universo dos elementos de composição do personagem, valorizando a formação artística e criar possibilidades de emprego e renda. São apenas 25 vagas, com a carga horária de 60 horas. Os alunos terão 20 horas de aulas de maquiagem e uma experiência de 40 horas na investigação de figurinos. O curso oferecerá certificado e performance após concluído.

Serviço:
Oficina de figurino e maquiagem teatral ‘Um primeiro olhar para os elementos de composição do personagem’
Quando: de 13 de fevereiro até 24 de março (às segundas, quartas e sextas)
Horário: das 13h às 17h
Local: O Poste Soluções Luminosas (Rua da Aurora, nº 529, Boa Vista – Recife)
Atividade gratuita

Share

ALAGOAS: Biblioteca Graciliano Ramos lança programação especial de férias

Janeiro é época das férias escolares e do alto verão, no qual as praias se tornam o principal destino dos turistas e moradores. Durante a folga de começo de ano, os alagoanos poderão desfrutar também de uma programação cultural literária. A Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos oferece, nos dias 25 e 26 de janeiro, atividades diversificadas e que proporcionam uma experiência inédita e diferenciada para as férias.

Durante o dia 25, a partir das 14h, haverá o projeto Cordel & Prosa. Já no dia 26, a partir das 9h serão realizadas contações de histórias e no período da tarde, a partir das 14h, recital de poesias de escritores alagoanos. O bibliotur será realizado durante os dois dias.

A Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos está localizada no Centro de Maceió e funciona de segunda à sexta-feira, no horário das 9h às 17h, sem intervalo para almoço. O equipamento cultural da Secretaria de Estado da Cultura também conta com atendimento telefônico para agendamento de visitas de grupos turísticos e turmas escolares, pelo número 3315-7877.

Yasmin Assis / Ascom Secult Alagoas

Share

Caixa Cultural Recife promove oficina gratuita de Xilogravura

Estão abertas até domingo (15) as inscrições para a oficina gratuita de Xilogravura, que será ministrada pelo filho caçula de J. Borges, Bacaro Borges, nos dias 17, 18 e 19 de janeiro, das 9h às 12h e das 13h às 17h, sendo uma turma de 25 vagas a cada dia.

oficina-jborges-foto-clara-gouvea-portal-13012017-1-607x404

A oficina é uma atividade paralela à exposição J. Borges 80 anos, em cartaz na CAIXA Cultural Recife. As inscrições podem ser feitas através do email gentearteirape@gmail.com, e a idade mínima é de 14 anos.

Exposição – Patrimônio vivo de Pernambuco, J. Borges tem seu aniversário comemorado na mostra que apresenta um resumo de sua obra, com temas que retratam a trajetória de vida do artista, considerado pelo dramaturgo Ariano Suassuna como o melhor gravador popular do Brasil. Ao todo, 30 xilogravuras e suas matrizes, sendo 10 inéditas, estarão expostas no local até o dia 12 de fevereiro. A entrada é gratuita.

Confira aqui no Portal Cultura PE um perfil de J. Borges

Serviço:
Oficina de Xilogravura – Bacaro Borges
Quando: 17, 18 e 19 de janeiro – das 9h às 12h, e das 13h às 17h
Local: Caixa Cultural Recife (Av Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife)
Inscrições: gentearteirape@gmail.com
Informações: (81) 3425-1900
Visitação e bilheteria: terça a sábado, de 10h às 20h; domingos, de 10h às 17h.

Share

MARANHÃO: Prazo de credenciamento para o circuito carnavalesco 2017 encerra nesta segunda-feira (16)

Grupos, bandas, agremiações carnavalescas e outros profissionais da cultura interessados em habilitar propostas de atividades artísticas e culturais para a programação do Carnaval 2017, realizado pelo Governo do Maranhão, devem se apressar, pois o prazo de credenciamento encerra nesta segunda-feira (16). O edital completo pode ser acessado no site da Sectur www.sectur.ma.gov.br, seção Editais ou no link http://www.cultura.ma.gov.br/portal/sede/index.php?page=editais_list

Os interessados deverão entregar suas propostas no Centro de Atendimento da Cultura (CAC) localizado na sede da Sectur, situada na Rua Portugal, nº 303, Centro, São Luís – MA, CEP 65010-480, no horário das 08h às 12h e das 14h às 18h. Serão aceitas propostas enviadas via Correios, através de Sedex, desde que tenham sido postadas até o último dia de inscrição.

Após realizada a inscrição, serão analisados os documentos de habilitação dos interessados conforme as exigências constantes do Edital. A divulgação final do resultado do credenciamento está prevista para o dia 31 de janeiro. O resultado será divulgado no Diário Oficial do Estado e estará disponível no site www.sectur.ma.gov.br e na sede da Sectur.

Importante destacar que o credenciamento apenas habilita as propostas, não tendo necessariamente sua participação assegurada na programação do Carnaval 2017. Além da habilitação, serão considerados o perfil das tradições carnavalescas regionais e o orçamento destinado ao evento.

Centro de Atendimento da Cultura (CAC)
Para facilitar o atendimento aos profissionais de cultura e comunidade em geral, a Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur) instalou, recentemente, o Centro de Atendimento da Cultura (CAC), localizado em sua sede na Rua Portugal, nº 303, Centro. O horário de funcionamento é das 13h às 19h de segunda-feira a sexta-feira. Durante o período de credenciamento para o Carnaval 2017 o horário foi estendido ficando das 8h às 12h e das 14h às 18h.

O CAC funcionará como espaço permanente de atendimento aos profissionais da cultura e público em geral, prestando informações e tirando dúvidas sobre credenciamentos culturais, lei estadual de incentivo à cultura, prestação de contas e outros serviços. Para tanto foi destinada equipe de trabalho e balcão de atendimento exclusivo para a comunidade.

Share