Arquivo da tag: Artes Cênicas

Oficinas de formação para os prêmios Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural de Pernambuco e 1º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia (PE)

Durante os meses de janeiro e fevereiro serão realizadas oficinas para divulgação e capacitação para concorrência aos editais do 1º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia e Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural, promovidos pela Secretaria de Cultura e Fundarpe.
Por meio da parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, através da rede de parceiros das Casas do Patrimônio, a formação acontecerá respectivamente nas Casas do Patrimônio do Recife, Olinda e Igarassu nos dias 16, 17 e 18 de fevereiro, às 14h.
A formação se destina a diferentes públicos, contemplando detentores de bens culturais imateriais registrados, pesquisadores, produtores culturais, moradores, etc., que poderão tirar dúvidas e obter orientações sobre o preenchimento dos formulários de inscrição nos referidos prêmios.
Sobre os prêmios:
O Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural de Pernambuco irá reconhecer anualmente ações voltadas à preservação, sobretudo, da memória cultural do estado de Pernambuco, com a ênfase na preservação dos patrimônios culturais tangíveis (materiais) e intangíveis (imateriais) do Estado.
Poderão concorrer ao prêmio iniciativas consideradas bem sucedidas da sociedade civil, portadora ou não de personalidade jurídica, voltadas à valorização, preservação e difusão dos patrimônios culturais de Pernambuco, por meio de diferentes técnicas, instrumentos e metodologia, e que tenham sido desenvolvidas ou estejam em desenvolvimento no Estado até o ano corrente do certame, ou seja, ações que já ocorreram ou estejam ocorrendo em 2015.
O prêmio é de R$ 20 mil para cada categoria, somando um total de R$ 60 mil em prêmios, pois o edital está dividido em três categorias distintas: Formação (ações educativas), Promoção e
difusão (comunicação e mídia) e Acervos documentais e memória cultural. Na área de formação poderão ser premiados projetos que foram exitosos nas ações de capacitação profissional e ações educacionais em ambientes formais e não formais de ensino, visando o aprimoramento e integração de diferentes públicos com as diferentes linguagens culturais (música, artes cênicas, artes visuais, audiovisual, literatura, gastronomia) articuladas na preservação de bens culturais do Estado.
Na categoria de Promoção e Difusão, poderão ter o reconhecimento projetos que desenvolveram jogos, aplicativos, portais virtuais, vídeos documentais, web séries, programas de rádio e podcast, periódicos, revistas impressas e virtuais que façam uso da música, artes cênicas, artes visuais, audiovisual, literatura, gastronomia como instrumento de preservação dos bens culturais do Estado. Na categoria de Acervos Documentais se reconhecerá a produção, catalogação, conservação, restauração e exposição de acervos documentais, iconográficos, audiovisual e outros considerados fontes fundamentais de informação sobre patrimônio cultural material e imaterial.
1º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia – Incentivar a produção dramatúrgica de Pernambuco, por meio da publicação de textos inéditos e preservar, na área da Cultura Popular, a memória das expressões populares em todas as suas formas e modos próprios são os objetivos do 1º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia.
No segmento Cultura Popular serão distribuídos até oito prêmios, que poderão somar um total de R$ 100 mil. O segmento está dividido em duas categorias: “Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres” e “Grupos/Comunidades”. Para cada categoria estão previstos quatro prêmios, sendo um para cada macrorregião do Estado: Mata, Agreste, Sertão e Região Metropolitana. Na categoria Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres, os selecionados receberão premiação no valor de R$ 10 mil. Já na segunda categoria, os grupos e as comunidades serão contemplados com o valor de R$ 15 mil cada um, distribuídos entre as quatro macrorregiões.
Poderão concorrer mestres, grupos ou comunidades de Pernambuco. O prêmio será destinado a práticas já desenvolvidas e que valorizem a transmissão dos saberes e fazeres da cultura popular em Pernambuco. As inscrições poderão ser feitas por meio oral (registrado em vídeo) ou escrito (por meio físico, ou digital, por e-mail). Todas as candidaturas ao Prêmio Ariano Suassuna serão analisadas por uma Comissão de Seleção, formada por membros de notório saber nomeados pela Secult-PE/Fundarpe.
No segmento Dramaturgia, o prêmio está dividido nas categorias Teatro Adulto, Teatro de Formas Animadas e Teatro Para Infância e Juventude. Haverá até duas premiações para cada uma delas, sendo R$ 10 mil para os primeiros lugares e R$ 7 mil para os segundos lugares, totalizando R$ 51 mil. Além do prêmio em dinheiro, os autores dos seis textos (primeiros e segundos lugares de cada uma das três categorias) terão suas obras publicadas em meios impressos e eletrônicos (e-books). Poderão concorrer, nesta categoria, pernambucanos, mesmo que não residentes do estado, bem como os escritores naturais de outras unidades da Federação, desde que comprovem residência em Pernambuco há, no mínimo, um ano.
Quando: 16 de fevereiro
Horário: 14h
Local: Casa do Patrimônio do Recife
Quando: 17 de fevereiro
Horário: 14h
Local: Casa do Patrimônio de Olinda
Quando: 18 de fevereiro
Horário: 14h
Local: Casa do Patrimônio de Igarassu
Share

Cena Aberta Funarte 2016: resultado da primeira etapa

15.2.2016 – 8:50

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) divulgou o resultado da primeira etapa do processo seletivo para o chamamento público Cena Aberta 2016. Foram divulgadas as listas de projetos habilitados e inabilitados após recursos relativas aos espaços do Rio de Janeiro e da Funarte MG. As listas relacionadas às salas de Brasília não sofreram alterações após os recursos.
Ao final da seleção, os projetos artísticos selecionados irão compor a programação de artes cênicas – circo, dança, teatro e suas transversalidades – dos espaços da Funarte no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Brasília, no período de abril a junho deste ano.
Acesse abaixo as listas de projetos habilitados e inabilitados do Cena Aberta 2016 (abril a junho) após recursos:
Cena Aberta 2016 – Rio de Janeiro
Cena Aberta 2016 – Minas Gerais
Cena Aberta 2016 – Brasília
Cena Aberta 2016 – São Paulo
Apresentações, mostras, oficinas, debates e seminários, entre outras atividades, irão integrar a programação, por até quatro semanas consecutivas, de quarta-feira a domingo, das 14h às 22h. Os ingressos terão preço máximo de R$ 40, com meia-entrada, conforme previsto em legislação vigente. Também são previstas atividades de formação voltadas para o público e/ou para o artista, como oficinas, debates e seminários, com entrada gratuita.
Fundação Nacional de Artes (Funarte)
Ministério da Cultura
Share

Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz/2014 apresenta habilitados

A Fundação Nacional das Artes – Funarte, publicou a lista dos projetos habilitados e inabilitados ao edital. O resultado parcial corresponde à primeira fase do processo seletivo (habilitação). A publicação foi feita no dia 26 de setembro de 2014.

Para visualizar os projetos HABILITADOS, clique aqui.
Para visualizar os projetos INABILITADOS, clique aqui.
Para acessar o FORMULÁRIO DE RECURSO, clique aqui.

Sobre o edital

O Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz/2014 vai contemplar 107 projetos em duas modalidades:  (A) Circulação e  (B) Montagem de Espetáculos ou Manutenção de Atividades Teatrais de Grupos e Companhias. As premiações variam de R$ 50 mil a R$ 150 mil, para todas as regiões do país.  O investimento total é de R$ 10 milhões. O objetivo é fomentar o desenvolvimento de atividades teatrais, incentivando a criação e a circulação de espetáculos, além de contribuir para a manutenção de grupos e companhias. A portaria que institui o Prêmio foi publicada no Diário Oficial da União, em 11 de julho de 2o14.

Podem concorrer pessoas jurídicas, tais como produtoras artísticas, companhias ou grupos de todo o país. As inscrições somente poderão ser enviadas pelos Correios (SEDEX), sendo desconsideradas aquelas postadas após a data de encerramento. O formulário de inscrição, juntamente com o projeto, deverá estar devidamente identificado e ser encaminhado para o seguinte endereço: Avenida Rio Branco, 179 / 6º andar – Centro – CEP 20040-007 Rio de Janeiro – RJ.

Mais informações:
Coordenação de Teatro
Centro de Artes Cênicas da Funarte
teatro@funarte.gov.br

TEXTO: www.funarte.gov.br
Share

Conexão Cultura Brasil #Negócios abre inscrições para festival chileno de artes cênicas

Estão abertas, até 15 de setembro, as inscrições para o edital Cultura Conexão Brasil #Negócios para o Festival Internacional Santiago a Mil, um dos eventos mais significativos das artes cênicas do Chile, realizado de 12 a 18 de janeiro de 2015 na capital Santiago.

Serão selecionados 20 produtores, gestores culturais, diretores, atores, coreógrafos, dançarinos, cenógrafos, dentre outros profissionais das artes cênicas, que receberão ajuda de custo de dois mil dólares (US$ 2.000,00), para participar do espaço de negócios do festival Platea 15.

O Festival Santiago a Mil engloba teatro nacional e internacional, dança e música, com ênfase na estética contemporânea e novas linguagens. Na edição deste ano, o evento recebeu espetáculos de 19 países, com a participação de 861 artistas e realizou mais de 390 atividades.

 

Informações sobre o evento

Íntegra do edital

Formulário de inscrição

 

Edital Cultura Conexão Brasil #Negócios

O edital Conexão Cultura Brasil #Negócios, parceria entre o MinC e o Ministério das Relações Exteriores, selecionará 60 empreendedores para três eventos internacionais estratégicos: o World Music Expo – WOMEX 2014, o Festival Santiago a Mil 2015 e a Feira Internacional de Arte Contemporânea – Arco Madrid 2015.

As inscrições para o Festival Santiago a Mil 2015 e a Feira Internacional de Arte Contemporânea – Arco Madrid 2015 vão até o dia 15 de setembro de 2014. As inscrições para o WOMEX 2014 já estão encerradas.

Share

Resultado Final – Prêmio Funarte Artes Cênicas na Rua (Circo, Dança e Teatro) / 2013

PORTARIA Nº 46, DE 11 DE MARÇO DE 2014 

O Presidente da Fundação Nacional de Artes – Funarte, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V artigo 14 do Estatuto aprovado pelo Decreto n° 5.037 de 07/04/2004, publicado no DOU de 08/04/2004, em conformidade com a Portaria n° 320, de 23/08/2013, publicada no DOU de 26/08/2013, que regulamentou o Edital do Prêmio Funarte Artes Cênicas na Rua (Circo, Dança e Teatro) / 2013, resolve tornar público o seu resultado final, conforme relação abaixo:

Módulo A – R$ 32.700,00 (487 Projetos / 35 Prêmios)

Módulo A - R$ 32.700,00 (487 Projetos  35 Prêmios

Módulo B – R$ 45.000,00 (364 Projetos / 20 Prêmios)

Módulo B - R$ 45.000,00 (364 Projetos  20 Prêmios)

Módulo C – R$ 60.000,00 (448 Projetos / 15 Prêmios)

Módulo C

Share

Reapresentação do espetáculo teatral Histórias Recicladas

Histórias recicladas  O espetáculo teatral Histórias Recicladas, protagonizado por catadoras de materiais recicláveis, retorna ao cenário cultural de Alagoas com realização da Cooperativa dos Catadores da Vila Emater (Coopvila) através do projeto “Coopvila – Reciclar e Educar”, além do apoio do Centro de Educação Ambiental São Bartolomeu (Ceasb), Teatro Munganga e Instituto Zumbi dos Palmares (IZP-AL).

   O cenário remete à intimidade de uma sala de estar, onde as atrizes contam suas histórias de vida. São várias performances, envolvendo dez ex-catadoras do antigo lixão de Maceió e a participação de três jovens da comunidade Vila Emater II, que de forma simples e envolvente, estimulam a reflexão sobre a questão social e ambiental da reciclagem dos resíduos que a sociedade produz.

  A estreia da primeira etapa ocorreu em agosto de 2012 no Teatro Linda Mascarenhas em Maceió, obtendo grande sucesso. Também aconteceu uma apresentação especial no Festival Nacional Lixo e Cidadania, nos dias 23 e 24 de outubro, na cidade de Belo Horizonte (MG).

  Com agenda da segunda etapa já definida, a peça irá acontecer dias 19, 20, 24, 25 e 26 de fevereiro no Teatro Linda Mascarenhas, localizado no bairro do Farol, e no dia 27 de fevereiro para convidados, no Centro Cultural Arte Pajuçara no bairro da Pajuçara. Tem como público alvo: estudantes, educadores, catadores e lideranças dos movimentos sociais. É a retomada dessa importante ação cultural, que visa à conscientização ambiental, reconhecimento do trabalho do catador e a valorização da coleta seletiva.

Texto: Assessoria de Comunicação – COOPVILA

Share
Arte Funarte

OFICINAS FUNARTE 2013 – CAPACITAÇÃO TÉCNICA EM ARTES CÊNICAS

Arte Funarte

A Fundação Nacional das Artes (Funarte) inicia no mês de maio as oficinas técnicas gratuitas para o Setor das Artes Cênicas do Nordeste neste primeiro semestre de 2013.  A programação estará presente nos estados da Bahia, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraíba. Na capital potiguar, os encontros começaram na última quinta feira (23), encerrando o cronograma de atividades hoje (27). Para participar das demais oficinas, basta ligar para os contatos em anexo na programação abaixo. Mais informações com o representante da Funarte NE, Reinaldo Freire, pelo número (81) 3117.8442.

O Programa do Centro Técnico de Artes Cênicas da Funarte (CTAC), em parceria com as Secretarias de Cultura e Fundações de Cultura do Nordeste, visa aprofundar a capacitação de proponentes culturais e permite a reciclagem específica de profissionais já atuantes na área. Essa metodologia tem como objetivo descentralizar conhecimentos no campo das artes cênicas, além de ofertar um programa com instrutores de renome nacional. O programa de capacitação valoriza os profissionais do chamado “backstage” e contribui para o desenvolvimento específico da área, proporcionando maior troca de experiências e relatos.

1. OFICINA COORDENAÇÃO TÉCNICA – COLUNA VERTEBRAL DO FESTIVAL

Ministrante: Fernanda Paquelet
Local: Espaço Xisto – Salvador-BA
Parceiro: FUNCEB
Contato para inscrição: 71 3324 8522
Período de 07 a 09 de junho de 2013

A oficina propõe ampliar o conhecimento e o vocabulário técnico, trabalhar técnicas de comunicação interna, objetivando diminuir o impacto entre idealização e realização.
Qualificação Técnica da Ministrante: atriz, iluminadora, diretora, produtora de teatro e Professora da Escola de Teatro da UFBA.

2.OFICINA DE ILUMINAÇÃO CÊNICA

Ministrante: Ronaldo Fernando Costa
Local: Theatro Sete de Setembro – Penedo AL
Parceiro: Secult – Penedo-AL
Contato para inscrição: 82 9926 7545/ 8806 9430
teatro7desetembro@gmail.com
Período de 25 a 27 de junho de 2013

Serão abordadas na oficina as práticas educativas para o seguimento profissional da Ilum. Cênica, e o desenvolvimento didático-pedagógico do teatro, para a área de Iluminação Cênica.
Publico alvo: iluminadores cênicos, operadores de luz, cenotécnicos, cenógrafos e alunos em artes cênicas.
Qualificação Técnica do Ministrante: Mestre em Artes Cênicas pela UFRN, membro da ABRIC (Associação Brasileira de Iluminação Cênica).

3. OFICINA DE ILUMINAÇÃO CÊNICA

Ministrante: Luciana Maria Raposo Genu
Local: Centro da Juventude e Teatro Profa. Alaíde Conserva – Salgueiro-PE
Parceiro: FUNDARPE
Contato para inscrição: 87 8801 5445
cultura@salgueiro.pe.gov.br
Período de 28 de maio a 01 de junho de 2013
Com carga horária de 20h, a oficina contribuirá com a formação prático-teórica dos participantes. Em suas atividades serão apresentadas novas tecnologias, efeitos e projetos de luz. Discutirá a linguagem da iluminação cênica e sua influência na arte. Possibilitará o conhecimento dos tipos de equipamentos e funções de um iluminador cênico.
Publico alvo: iluminadores cênicos, operadores de luz, eletricistas cênicos, interessados na área.
Qualificação Técnica da Ministrante: iluminadora cênica dos trabalhos: “Seu Rei Mandou…, “Encontro Oposto – Três Movimentos em um Ato”. Atua nas áreas de criação, montagem e operação de trabalhos cênicos.

4. OFICINA DE CENOGRAFIA

Ministrante: Jorge Luiz Santana de Araujo
Local: Instituto Cultural Casa do Béradêro – Catolé do Rocha – PB
Parceiro: Secult-PB
Contato para inscrição: 83 9996 0047
contato@casadoberadero.org.br
Período de 29 a 31 de maio de 2013

O objetivo da oficina é capacitar profissionais ou dar iniciação técnica, na área de cenografia, incluindo os seguintes tópicos: ensinar conceitos básicos de desenho técnico e representação gráfica, Planta baixa e cortes, elevações, escala, especificação de materiais, perspectiva, volumetria e conhecimento da linguagem específica no campo da cenografia.

Público alvo: professores, cenógrafos, alunos na área de cenografia e interessados em artes cênicas.
Qualificação Técnica do Ministrante: arquiteto e urbanista – formado pela Universidade Federal da Paraíba, pós-graduado em educação.

_______________________

Texto: Álvaro Júnior – Ascom RRNE/Minc

 

 

Share
P1110229

SNC reúne gestores pernambucanos em oficina do MinC

Fernando Coelho Filho, Gilson Matias e Telma Oliviéri

Fernando Coelho Filho, Gilson Matias e Telma Oliviéri

Em Pernambuco, a Oficina para Implementação do Sistema Nacional de Cultura (SNC), promovida pela Coordenação Geral de Institucionalização e Monitoramento do SNC (CGIM) da Secretaria de Articulação Institucional (SAI) em parceria com a Representação Regional Nordeste (RRNE / MinC) iniciou sua programação nesta última segunda feira (20) com um panorama da atual situação do sistema junto aos gestores, agentes culturais e autoridades estaduais. A meta é focar na incorporação do sistema por meio da assinatura do Acordo de Cooperação Federativa, de forma bilateral entre Governo Federal, Estados e Municípios. O evento segue seu cronograma até o dia 22 de maio apresentando conceitos, princípios e componentes do SNC, além do processo de integração dos Sistemas Estaduais e Municipais de cultura.

Ministrado pela assessora da RRNE Fernanda Matos, pela consultora da Unesco Telma Olivieri e o Servidor Federal do Ministério da Cultura Sérgio Pinto, o encontro de hoje esclareceu sobre a elaboração do plano de trabalho dos municípios. O representante da Secretaria de Cultura do Recife, Fernando Coelho Filho, estava presente na cerimônia de abertura e explica a importância do processo na adesão do SNC: “Nota-se que muitos municípios ainda não se integraram ao SNC aqui em Pernambuco. Para o governo estadual e os municípios prezarem pela continuidade de suas ações e administrar de forma dinâmica os recursos financeiros federais, é preciso que a sociedade esteja participando ativamente do Sistema Nacional de Cultura.”

P1110229

Cerca de 22 estados, Distrito Federal e 1777 municípios já assinaram ou estão presentes a assinar o Acordo de Cooperação Federativa. Cerca de 744 municípios já cumpriram todas as fases de formalização e iniciam o processo de construção dos sistemas de cultura. Segundo a consultora Telma Olivieri, as oficinas funcionam de forma didática para a formação de gestores culturais. “Esses encontros foram pensados no final do ano passado para os municípios que aderiram o SNC. É uma etapa fundamental, pois o processo passo a passo da implementação do sistema ainda é desconhecido. As oficinas servem para formar e capacitar os secretários de cultura na gestão das políticas culturais”, informa.

A reunião reuniu municípios em diferentes estágios de alinhamento ao SNC. A cidade de Olinda por exemplo, acabou de entregar o seu Plano Municipal de Cultura para consulta pública, e possui um Conselho Municipal atuando há cerca de cinco anos, além de contar com um fundo voltado ao setor. “Temos em mãos um instrumento de planejamento estratégico que é muito importante, pois as metas e as diretrizes também têm orgiem do povo. Muito do que é aplicado surge das conferências e escutas setoriais que realizamos”, afirma a Secretária Executiva de Cultura da Secretaria de Patrimônio e Cultura de Olinda, Clarice Andrade.

As oficinas seguem até esta quarta-feira (22/05), no Centro de Formação dos Servidores Públicos de Pernambuco (Cefospe), das 9h às 18h.

Texto: Álvaro Júnior – Ascom MinC / RRNE
Foto: Álvaro Júnior e Juliano da Hora

Share

Ceará: XX Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga abre inscrições

FBK_XX_FNT_MNEstão abertas até o dia 31 de maio as inscrições para o envio de propostas de espetáculos para a Mostra Nordeste do XX Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga. O Festival, realizado pela Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA), com o apoio do Governo do Estado, por meio da Lei do Mecenato, figura entre os grandes eventos culturais do País e tem se firmado, no segmento teatral do Nordeste brasileiro, como o mais importante polo aglutinador de talentos regionais.

A programação do Festival inclui mostras e debates sobre os espetáculos, seminários com profissionais de expressão nacional, oficinas de aperfeiçoamento, apresentações abertas ao público de grupos populares, ao lado de outros já consagrados –, essas ações consolidam o evento como um eficaz instrumento para o desenvolvimento cultural, não apenas da categoria teatral, mas de toda comunidade nordestina e em especial da região que o abriga: o Maciço de Baturité, no interior do Estado do Ceará.

Para acessar maiores informações, como a ficha de inscrição e o regulamento:

http://xxfntguaramiranga.wordpress.com

Share

Bahia: Teatro Castro Alves celebra o Dia Internacional da Dança

Webflyer Encontro Festivais e Mostras de Dança

O Dia Internacional da Dança, comemorado em 29 de abril (próxima segunda-feira), será celebrdo no Teatro Castro Alves (TCA), com o encontro Festivais e Mostras de Dança: Trajetórias e Impactos na Sociedade. O evento com acesso gratuito,  é uma iniciativa da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) e traz grandes nomes do segmento para promover debates entre produtores, classe artística e público interessado. O objetivo é estabelecer um panorama do cenário das ações de difusão para o setor, com seus potenciais e desafios.

Entre os projetos representados no encontro estão o AbriU Dança na Bahia, que propõe conexões e ações formativas para profissionais da área; o Dançando nossas Matrizes, que promove espaços de discussão sobre formação, produção e memória das danças afro; o Festival de Dança de Itacaré, que une as danças da região e a dança contemporânea; o Festival Internacional VIVADANÇA, que  reúne artistas, companhias e pesquisadores do Brasil e do mundo; o Interação e Conectividade, que, desde 2006, atua na relação entre dança e outras linguagens na criação coreográfica; e a Plataforma Internacional de Dança, que realiza ações contínuas para promover a vivência da dança como parte fundamental do exercício da cidadania.

SERVIÇO

Encontro Festivais e Mostras de Dança: Trajetórias e Impactos na Sociedade

Onde: Sala principal do Teatro Castro Alves

Quando: 29 de abril (segunda-feira), 20 horas

Quanto: Gratuito

Share