Arquivo da tag: Nordeste

Produtores culturais e sociedade civil do Nordeste discutem políticas culturais com a secretária da SCDC, Ivana Bentes, via videoconferência

20607_1052301711450118_4160029035218930659_n

A secretária da SCDC, Ivana Bentes, ao lado do chefe da RRNE/MinC, Gilson Matias. / Foto: Wallace Fontenele

Na tarde desta quinta-feira (16) a Secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (SCDC/MinC), Ivana Bentes, aportou no Recife para discutir as políticas acerca da Lei Cultura Viva, assim como as diretrizes da pasta, através de uma videoconferência transmitida para todos os estados do Nordeste. Com início a partir das 14h, a ação – iniciativa da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC) junto à Representação Regional Bahia e Sergipe (BA-SE/MinC) e a SCDC – aconteceu nas salas do Banco do Nordeste (BNB) presentes nas capitais da região. Qualquer pessoa do país pôde acompanhar o evento e interagir através de um link ao vivo que foi disponibilizado nas redes sociais da RRNE/MinC.

Na ocasião, representaram a RRNE/MinC o chefe Gilson Matias, o chefe-substituto Lucio Rodrigues e os assessores técnicos Roberto Azoubel e Nilton Valença.

Continue lendo

Share

Ivana Bentes, secretária da SCDC, fala sobre a Lei Cultura Viva em videoconferência para as capitais nordestinas

ivanaA Secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (SCDC/MinC), Ivana Bentes, participará na quinta-feira (16) – das 14 às 17h – de uma videoconferência, em Recife, que será transmitida para as demais capitais dos Estados do Nordeste. Promovida pela Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC), em parceria com a Representação Regional Bahia e Sergipe (BA-SE/MinC) e a SCDC, a ação tem como objetivo apresentar a Lei Cultura Viva e as diretrizes da Secretaria.

Continue lendo

Share

Nordeste discute agenda de circulação cultural para 2015 e 2016

Encontro com produtores de cultura alternativa. Foto: divulgação

Encontro com produtores de cultura alternativa. Foto: divulgação

A criação de uma agenda de circulação cultural no Nordeste para 2015 e 2016 foi um dos principais temas do encontro realizado no Auditório do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN-PE), na manhã da última terça-feira (17/3). O evento contou com a participação de produtores culturais independentes da Paraíba e de Pernambuco e de diversas instituições públicas.

Continue lendo

Share

Cinco candidatos nordestinos são habilitados como discentes da turma 2015 do Curso de Especialização em Acessibilidade Cultural

especialização acessibilidade culturalO Curso de Especialização em Acessibilidade Cultural nasce da parceria entre a Universidade Federal do Rio de Janeiro, através do Laboratório de Arte, Cultura, Acessibilidade e Saúde, do Curso de Terapia Ocupacional, e o Ministério da Cultura, através da Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural.

Dos estados de abrangência da Representação Regional Nordeste Do Ministério Da cultura, 5 candidatos foram habilitados, sendo um (01) na categoria Servidor Público e quatro (04) na categoria Pontões e Pontos de Cultura.

Os candidatos não habilitados devem entrar em contato com a coordenação do curso através do e-mail acessibilidadeculturalufrj@yahoo.com.br até o dia 16 de março de 2015 para esclarecimentos e recursos, tal como definido pelo item 13.5 do edital. A relação definitiva dos alunos selecionados será divulgada no dia 18 de março de 2015.

Esta parceira tem como proposta implementar a formação em acessibilidade cultural para gestores e trabalhadores da área da cultura, com o objetivo de sensibilizar, estimular, capacitar e criar processos inclusivos de fruições estética, artística e cultural nas ações, gestões e políticas culturais para o público de pessoas com deficiência como produtores ou plateia.

Confira a relação dos nordestinos habilitados:

Categoria Servidor Público:

Gerda de Souza Holanda – CE

Categoria Pontões e Pontos de Cultura:

Ana Celina Alves de Fernandes – RN

Janeide Albuquerque Cavalcanti – PB

Roselia Adriana Rocha – PE

Thomas Galvão da Silva – PE

Para acessar a lista dos contemplados na íntegra, clique aqui.

TEXTO: Wallace Fontenele AsCom RRNE/MinC

Share

Nove projetos nordestinos (RRNE/MinC) são classificados em edital voltado à educação infantil

O Ministério da Cultura (MinC) divulgou a lista de projetos selecionados pelo edital Escola: lugar de brincadeira, cultura e diversidade, que dará 40 prêmios de R$ 10 mil a centros de educação infantil públicos, conveniados ou comunitários que desenvolvam práticas lúdicas, artísticas e culturais voltadas à promoção e à valorização da diversidade. A relação dos contemplados está disponível no Diário Oficial da União (DOU) do dia 5/12.

Nesta fase de classificação, nove projetos da área de abrangência administrativa da Representação Regional Nordeste do MinC foram contemplados, sendo: quatro do Ceará, dois da Paraíba, um de Alagoas, um do Maranhão e um de Pernambuco. Para conferir a lista completa dos agraciados, clique aqui.

Promovido em parceria com a Unidade Federal do Ceará (UFCE), o prêmio tem o objetivo de identificar, reconhecer, fomentar e incentivar práticas lúdicas, artísticas e culturais nas instituições públicas de educação infantil, que desenvolvem ações comprometidas com a infância e a diversidade, tendo o brincar como principal linguagem e manifestação cultural. “Queremos valorizar o brincar, as praticas artísticas e a diversidade cultural na educação infantil”, destaca o secretário de Políticas Culturais do MinC, Américo Córdula.

As iniciativas selecionadas estão referendadas na cultura da infância e têm como foco um dos seguintes pontos:

  • A valorização da identidade local, propiciando a interação e o conhecimento das crianças sobre as manifestações e tradições culturais brasileiras que abarquem a transmissão de saberes e fazeres por intermédio de práticas e/ou da oralidade entre as diversas culturas e gerações, próprias de suas comunidades: seus costumes, culinárias, memória, contos populares, práticas construtivas, lendas, mitos, provérbios, crenças, adivinhas, cantigas/canções, danças, altos, romanceiros e outros.
  • Reconhecimento, valorização e respeito à interação das crianças com as diversas etnias que compõem o território brasileiro, tais como elementos das manifestações de povos e das culturas negras e afro-brasileiras, indígenas, cigana, rurais, dos povos ribeirinhos, da floresta, de influência oriental, latina ou europeia.
  • Respeito e consideração às relações de gênero em uma perspectiva da promoção da igualdade, diversidade e identidade de gênero; múltiplas formas de relação e de modelos familiares, trabalhando de maneira afirmativa questões que se distanciem de estigmas socialmente construídos.
  • Valorização do pensamento, criatividade, expressão, opinião, interações e brincadeiras, favorecendo a imersão das crianças nas diferentes linguagens e o progressivo domínio por elas de vários gêneros e formas de expressão: gestual, verbal, cênica, plástica, dramática, circense, musical, audiovisual e outros.
Share

Resultado final do Prêmio Cultura Hip Hop 2014 contempla 29 projetos nordestinos (RRNE/MinC)

hip-hop-1000A Funarte divulgou, na última quinta-feira (27/11), a relação dos proponentes aprovados na etapa final do Edital Prêmio Cultura Hip Hop 2014. Foram contemplados 166 projetos em duas categorias, sendo 14 premiações no valor de R$ 20 mil, concedidas a instituições privadas sem fins lucrativos, e outras 150 no valor de R$ 14,3 mil para pessoas físicas e grupos ou coletivos “sem constituição jurídica”.

Dos estados que compõem a área de abrangência administrativa da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC), foram premiados 29 projetos, sendo: onze (11) em Pernambuco, um (01) em Alagoas, três (03) no Ceará, cinco (05) no Maranhão, três (03) no Rio Grande do Norte, três (03) na Paraíba e três (03) no Piauí. Desta relação, quatro (04) proponentes referem-se a instituições privadas sem fins lucrativos.

Confira abaixo a lista:

  • PERNAMBUCO

RECIFE – MOVIMENTO SOCIAL E CULTURAL CORES DO AMANHÃ – JOUSE BARATA DE QUEIROZ

RECIFE | FESTIVAL FLORESCENDO IDEIAS – JUVENTUDE, HIP HOP E OUTRAS CONVERSAS – (GABRIELA BRUCE)

OLINDA | A CRIA NAS INTOKAS – (RUI ALBERTO PEREIRA ALVES DE MENDONÇA)

RECIFE | HIP HOP RESGATA CRIANÇAS – (GLEIBSON LEANDRO MACENA DE FREITAS)

RECIFE | STEP EVOLUTION – (LEVI COSTA DE OLIVEIRA PONTES)

PETROLINA | PROJETO DE POPULARIZAÇÃO, INTERCÂMBIO E DIFUSÃO DA CULTURA HIP HOP – (WELLINGTON AMORIM DA SILVA)

OLINDA | SHOW DE 11 ANOS DO ALIADOS CP – (WELLINGTON JOSÉ DOS SANTOS)

JABOATÃO DOS GUARARAPES | VIADUTO PRAZERES HIP HOP – (CLAUDIO FERREIRA DE SOUZA)

OURICURI | MULTIRÃO CULTURAL – LEVANDO CULTURA ÁS COMUNIDADES – (NELSON PEREIRA DE SÁ JUNIOR)

GARANHUNS | QUARTA COLETÊNIA D’RUA HIP HOP – GENILTON VENÂNCIO PIMENTEL

  • ALAGOAS

UNIÃO DOS PALMARES – RAP: A NOVA LITERATURA ORAL DA PERIFERIA – (LUIZ FERNANDO NASCIMENTO DE LIMA)

  • CEARÁ

CRATO – OFICINA ENSAIO ABERTO BREAK DANCE – (RICARDO ALVES DA SILVA)

FORTALEZA – RAPPER CONSCIENTE – QUILOMBO FAVELA – (WELDER FERREIRA DE CARVALHO)

MARANGUAPE – ENCONTRO DE B.BOYS (FRANCISCO ANTONIO DE PAULA FREITAS)

  • MARANHÃO

SÃO LUIZ – CULTURA BREAK BRASIL OU CBB BRASIL – (JEAN CARLOS PINHEIRO ALVES JUNIOR)

CATANHEDE – EDUCANDO COM ARTE – REALIZAÇÃO DE OFICINA DE HIP HOP PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM CANTANHEDE – MARANHÃO – (WILLINGTON COSTA GOUVELA)

SÃO LUIZ – TRIBO STYLE ESCOLA – (IURY FRAN SANTOS SALES)

  • RIO GRANDE DO NORTE

NATAL – SUPER NOVA B-BOY’S – (LAERTE FERREIRA DO NASCIMENTO)

MACAÍBA – 1ª MOSTRA DA CULTURA HIP HOP DE MACAÍBA – (JACOB MARTO ALCÂNTARA DA SILVA)

PARNAMIRIM – CORES DA ARTE – (WALLACE PAES BEZERRA)

  • PARAÍBA

CAJAZEIRAS – JUVENTUDE, CULTURA E MOVIEMNTO HIP HOP FESTIVAL DE B.BOY DO ALTO SERTÃO PARAÍBANO (JANDUY ACENDINO CASSEMIRO DE ASSIS)

CAMPINA GRANDE – NUCLEO HIP HOP CAMPINA – (RAYANE DOS SANTOS CAVALCANTI)

  • PIAUÍ

TERESINA – PRA RIMAR – (JEAN RICHARD SILVA MIRANDA)

TERESINA – BATTLE BREAKING UFPI 2015 – (ISABELLE KAROLINE FROTA BATISTA)

OEIRAS – RAP NA PRAÇA (SANTIAGO FRANCISCO BORGES PEREIRA)

 

  • INSTITUIÇÕES PRIVADAS SEM FINS LUCRATIVOS

MARANHÃO – BABACAL – COLETIVIDADE É HIP HOP NA AVEIA (ASSOCIAÇÃO DE CAPOEIRA ZÂMBI)

MARANHÃO – SANTA RITA – CURTO CIRCUITO III (2015) – CARAVANA CULTURAL NA REGIÃO DO BAIXO ITAPECURU – (GRUPO SÓCIO-CULTURAL ARTÍSTICO E COM. CEM MODOS SR. VIVA)

PERNAMBUCO – ARCOVERDE – ASSOCIAÇÃO URUCUNGO – (ASSOCIAÇÃO URUCUNGO/PONTO DE CULTURA ORQUESTRA SERTÃO)

PARAÍBA – JOÃO PESSOA – COLETIVO CIC – (CENTRO INTERATIVO DE CIRCO (CIC))

Para conferir a relação completa de todos os projetos selecionados clique aqui.

Realizado pela Funarte, em parceria com a Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, a segunda edição do Prêmio Cultura Hip Hop selecionou iniciativas relacionadas com a promoção continuada da cultura hip hop. O objetivo do programa é estimular e valorizar as iniciativas do gênero, considerando, sua influência no modo de vida da juventude, através da divulgação de suas expressões culturais; da ampliação da sua visibilidade; e do fortalecimento de sua identidade cultural. Com este Prêmio, a Funarte e a SCDC/MinC pretendem, ainda, contribuir para a consolidação e o fortalecimento das expressões culturais do Movimento Hip Hop, visando à sua continuidade; e para o incentivo financeiro de artistas, grupos e comunidades praticantes das diferentes linguagens do gênero no Brasil.

TEXTO: Thomas Gonçalves AsCom RRNE/MinC | Com informações da Funarte

Share

Prêmio Culturas Afro-Brasileiras habilita 62 projetos nordestinos (RRNE/MinC) para próxima fase

negrosFoi divulgada, na última quarta-feira (26/11), a relação das propostas aprovadas na fase de habilitação do Prêmio Culturas Afro-Brasileiras, lançado em parceria entre a Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (SCDC/MinC) e a Fundação Cultural Palmares (FCP). Todos os estados que constituem a área de abrangência administrativa da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC) foram contemplados no edital, somando-se em um total de 62 projetos selecionados.

Nesta primeira fase, o estado do Maranhão destacou-se com 23 proponentes classificados, seguido por Pernambuco (16), Alagoas (06) , Ceará (05), Piauí (04),  Paraíba (03) e Rio Grande do Norte (03). O prazo para os inabilitados interpor recursos é de 3 (três) dias corridos, a partir da data de divulgação do resultado, devendo ser enviado para o e-mail premio.culturasafrobrasileiras@palmares.gov.br.

Visando reconhecer e apoiar iniciativas culturais dos grupos que disseminam a cultura negra, o edital selecionará 60 projetos, que dividirão recursos de R$ 2,5 milhões. Cada proposta premiada receberá R$ 40 mil. O prêmio está dividindo em três categorias: Iniciativa Cultural Quilombola, Iniciativa Cultural de Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana e Iniciativa Cultural de Coletivos Culturais Negros. Serão 20 premiados em cada uma das categorias.

Confira abaixo a relação completa das propostas habilitadas do Nordeste (RRNE/MinC) para a próxima fase do Prêmio Culturas Afro-Brasileiras:

MARANHÃO – 23 PROJETOS

SÃO LUIS – TAMBOR DE CRIOULO MIRIM DE SÃO BENEDITO – CLUBE CULTURAL DE BUMBA MEU BOI DE ZABUMBA E TAMBOR DE CRIOULA DO MARANHÃO

BACABAL – EDUCAÇÃO E LIBERDADE… É CAPOEIRA NO SANGUE – ASSOCIAÇÃO DE CAPOEIRA ZÂMBI

CATANHEDE – “VEM PUNGAR, VAMOS BAIAR” – REALIZAÇÃO DO FESTIVAL DO TAMBOR DE CRIOULA E DO GRUPOS CULTURAIS QULOMBOLAS/ EVENTOS: 13 DE MAIO E 20 DE NOVEMBRO 2015- TAMBOR DE CRIOULA DA IRMANDADE DE SÃO BENEDITO – IRMANDADE DE SÃO BENEDITO

MATA – ZONA RURAL – DIVINO RITUAL, DIVINA CROA, DIVINO SABERES – FESTEJO DO DIVINO ESPÍRITO SANTO E OUTRAS EXPRESSÕES CULTURAIS DO QUILOMBO BOCA DA MATA – ASSOCIAÇÃO QUILOMBOLA DO POVOADO BOCA DA MATA

SÃO LUÍS – NO TOQUE NEGRO DO TAMBOR, TODAS AS PUNGAS SE ENCONTRAM” – ASSOCIAÇÃO CULTURAL MARACRIOULA

ICATU – GRUPO DE TAMBOR DE CRIOULA “BRILHO DE SÃO BENEDITO” DO QUILOMBO JACAREÍ DOS PRETOS – ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA QUILOMBOLA DE JACAREÍ DOS PRETOS – ICATU – MARANHÃO

CATANHEDE – TAMBOR DAS ALMAS – GRUPO DE TAMBOR DE CRIOULA DO QUILOMBO BACURI DOS PRETOS – POVOADO BACURI DOS PIRES

SANTA RITA – GRUPO DE TAMBOR DE CRIOULA DO QUILOMBO DA FÉ EM DEUS – ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE TAMBOR DE CRIOULA DA COMUNIDADE QUILOMBOLA VILA FÉ EM DEUS

BEQUIMÃO – TERECÔ DE CAIXA, TAMBOR DE CRIOULA, TAMBOR DE MINA E OUTRAS EXPRESSÕES CULTURAIS DO QUILOMBO SASSUY – PONTA SOARES – CARLOS CANTANHEDE SARAIVA

SÃO LUIS – FESTIVAL ANUAL DE BUMBA MEU BOI DE ZABUMBA 2015 – CLUBE CULTURAL DE BUMBA MEU BOI DE ZABUMBA E TAMBOR DE CRIOULA DO MARANHÃO

SANTA RITA – TURMA DE BATUCADA “LEÃO DO SAMBA DO QUILOMBO RECURSO” – JOSÉ RIBAMAR MELO ARAÚJO

SANTA RITA – “ARRAMBÃ PARA ACÓSSI E XAPANÃ – BANCADA DE COMIDAS PARA ENCANTADOS E VODUNS” – JOSÉ ROCHA

SÃO LUIS – MANUTENÇÃO DO BUMBA MEU BOI DE ZABUMBA “UNIDOS VENCEREMOS” – ASSOCIAÇÃO FOLCLÓRICA E CULTURAL UNIDOS VENCEREMOS (TÉCNICA LAÍS)

SÃO LUIS – UMA FESTA DIVINA NA CASA DAS MINAS – CASA DAS MINAS GEGI

ITAPECURU-MIRIM – NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES – SEVERINA SILVA

PALMEIRÂNDIA – TRADIÇÃO E CULTURA GERACIONAL: DO INVISÍVEL AO VISÍVEL – NELMA MARTINS FREITAS

ICATU – A ARTE DO MEU POVO – JOAQUIM DE OLIVEIRA MATOS

SÃO LUIS – BLOCO AFRO NETOS DE NANÃ – GREMIO RECRATIVO E CULTURAL LIBERTOS NA NOITE

ITAPECURU-MIRIM – GINGA AFRICANA – HELLEN JAQUELINE PIRES BELFORT PEREIRA

ITAPECURU-MIRIM – TAMBOR DE CRIOULA RAÍZES QUILOMBOLAS – ASSOCIAÇÃO DOS PRODUTORES RURAIS QUILOMBOLAS DE SANTA ROSA DOS PRETOS

MONÇÃO – PRÁTICAS CULTURAIS DO TERREIRO ILÊ ASHÉ OLÚFÓN OXALUFAN – PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA E SABERES ANCESTRAIS DE MATRIZ AFRICANA DO TERREIRO TENDA DE OXALÁ NO QUILOMBO MATAM BOI – ASSOCIAÇÃO CULTURAL TENDA DE OXALÁ DO POVOADO MATA BOI

CAXIAS – A VALORAÇÃO DO HOMEM NEGRO ATRAVÉS DAS SUAS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS: O TAMBOR DE CRIOULA E O BUMBA-MEU-BOI – CENTRO DE FOLCLORE E ARTE POPULAR DE CAXIAS-MA

CODÓ – AXÉ DIREITOS HUMANOS – ASSOCIAÇÃO DE UMBANDA E CANDOMBLÉ DE CODÓ E REGIÃO

 

PERNAMBUCO – 16 PROJETOS

CONDADO – PRÊMIOS CULTURAIS AFRO-BRASILEIRAS 2014 -MARACATU LEÃO DE OURO

OLINDA – TEM PRETO NA TELA: UMA AÇÃO AFIRMATIVA – 50 ANOS DO COCO DE MÃE BIU DA XAMBÁ – CENTRO DE ARTE E CULTURA GRUPO BONGAR – CAC-GB

VICÊNCIA – CELEBRAÇÃO DA CONSCIÊNCIA NEGRA NO POÇO COMPRIDO – ASSOCIAÇÃO DOS FILHOS E AMIGOS DE VICÊNCIA

BETÂNIA – SEGUIMENTO CULINÁRIA: QUILOMBO, SABOR E ARTE – JOZILENE MARIA DA SILVA

ARCOVERDE – “ANDA A RODA” – ASSOCIAÇÃO CULTURAL SAMBA DE COCO IRMÃS LOPES

OLINDA – KOMBI DO REGGAE – ARMANDO DA SILVA OLIVEIRA

LAGOA GRANDE – QUILOMBO DO LAMBEDOR, TERRITÓRIO DE MEMÓRIA E ARTE – ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA AGROPECUÁRIA DO LAMBEDOR (ASCAL)

OLINDA – ORÓ KÍNNÍ – FESTA DO ODÚ DE ANO – ILÉ ÀSEEGBÉ AWO (COMUNIDADE DO SEGREDO)

SÃO CAITANO – CONHECENDO O ILÊ AÊ – IVANILDO LUIZ DOS SANTOS

CABO DE SANTO AGOSTINHO – A HORA DO COCO – MIKE FERREIRA DE MORAES SOUZA

RECIFE – MARACATU NAÇÃO CAMBINDA ESTRELA – CENTRO CULTURAL CAMBINDA ESTRELA

OLINDA – CONTOS DE IFÁ – RICARDO RUIZ FREIRE

PETROLINA – FESTIVAL DE CULTURAS AFROS NO SERTÃO DO SÃO FRANCISCO – WELLINGTON AMORIM DA SILVA

SALGUEIRO – AO SOM DO PIFANO – ADALMIR JOSÉ DA SILVA

ARCOVERDE – IV FESTIVAL COCO DE NÓIS – QUILOMBO GROOVE – ASSOCIAÇÃO URUCUNGO – PONTO DE CULTURA ORQUESTRA SERTÃO

OLINDA -BALÉ AFRO MAJÊ MOLÊ – AULA ESPETACULO: CULTURA, DANÇA E CIDADANIA

 

ALAGOAS – 8 PROJETOS

MACEIÓ ÁGUAS DE OXALÁ – CAMINHOS DE TRANSFORMAÇÃO – NUCLEO DE CULTURA AFRO-BRASILEIRA IYÁ OGUN- TÉ

MACEIÓ – “CHÃO BATIDO” – SILVANA DE SOUSA SANTOS

LAGOA DA CANOA – DA ÁFRICA PARA O BRASIL. ENSINANDO A ARTE DE DAR VIDA AO BARRO – QUITERIA BISPO DOS SANTOS

MACEIÓ – PROJETO GINGUERÊ – ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE CULTURAL EDUCACIONAL E RELIGIOSA SÃO JOÃO BATISTA

MACEIÓ – ORQUESTRA DE TAMBORES DE ALAGOAS – ASSOCIAÇÃO CULTURAL TAMBORES DE ALAGOAS

CHÃ PRETA – NOSSA TERRA CULTURAL – ASSOCIAÇÃO DE CULTURA POPULAR MESTRE PEDRO TEIXEIRA DA CHÃ-PRETA

LAGOA DA CANOA – ENSINANDO A ARTE DE TRANSFORMAR UM PEDAÇO DE MADEIRA EM UMA OBRA DE A ARTE – ANTONIO ALVES SANTOS

ARAPIRACA – AFRODIVERSIDADE: EM BUSCA DA IDENTIDADE CULTURAL AFRO-BRASILEIRA

 

CEARÁ – 5 PROJETOS

TURURU – SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA – ANTONIA LOPES DE LIMA

MARACANAÚ – BAÚ DA ANCESTRALIDADE: AÇÕES DE PRESERVAÇÃO E MEMÓRIA DAS TRADIÇÕES ANCESTRAIS AFRO-BRASILEIRAS DOS TERREIROS – ASÉ ALAKETU OMIN YÁ OGUM

FORTALEZA – FESTA DE YEMANJÁ 2015 EM FORTALEZA – 50 ANOS – MIGUEL FERREIRA NETO

BATURITE – METODOLOGIA ADOTADA COLETIVAMENTE PARA APRESENTAÇÃO DA COMUNIDADE AOS VISITANTES – COMUNIDADE KOLPING DA SERRA DO EVARISTO

HORIZONTE – TAMBORES E RITMOS DO QUILOMBO – BANDA AFROALEGRE – ASSOCIAÇÃO DOS REMANESCENTES DE QUILOMBO DO ALTO ALEGRE E ADJACÊNCIAS

 

PIAUÍ – 4 PROJETOS

SÃO RAIMUNDO NONATO – FESTA DE REIS E SÃO GONÇALO – GRUPO CULTURART

CAMPINAS DO PIAUÍ – FORMAÇÃO POLÍTICA PARA 30 JOVENS LÍDERES QUILOMBOLA DE 15 COMUNIDADES CERTIFICADAS DO ESTADO DO PIAUÍ – CLEANE PEREIRA DA SILVA

CAMPINAS DO PIAUÍ – NOSSO SAMBA DE CUMBUCA – ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E PEQUENOS PRODUTORES RURAIS DA COMUNIDADE QUILOMBOLA SALINAS E ADJACÊNCIA

TERESINA – PROJETO BLACK OX – ORGANIZAÇÃO PONTO DE EQUILÍBRIO

 

PARAÍBA – 3 PROJETOS

NOVA FLORESTA – CAPOEIRA, CULTURA ITINERANRE – LUIZ CARLOS DA SILVA MEDEIROS

JOÃO PESSOA – PROJETO QUILOMBO CULTURAL YEMANJA SOGBÁ – CASA DE CULTURA ILÊ ASÉ D’OSOGUIÃ-IAO

JOÃO PESSOA – PARATIBE EM AÇÃO – JOÃO PAULO DE ARAÚJO PEREIRA

 

RIO GRANDE DO NORTE – 3 PROJETOS

SÃO TOMÉ – PROJETO EDUCAR CAPOEIRA – FRANCISCO DAS CHAGAS AMADOR

NATAL – ESCOLA DE SAMBA: UMA HERANÇA CULTURAL NEGRA QUE PRECISAMOS PRESERVAR – JOÃO BATISTA SOUSA COSTA

NATAL – IWJU ERÊ – PROJETO SÓCIO-PEDAGÓGICO FUTURO DE CRIANÇA – CLENILSON GOMES DE PAULA

Para acessar as listas na íntegra dos habilitados e inabilitados, clique aqui.

 TEXTO: Thomas Gonçalves | Com informações da Fundação Palmares

Share

Projetos do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Piauí são selecionados no Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2014

A Fundação Nacional de Artes divulgou no dia 20 de outubro, o resultado de seleção do Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2014. Ao todo, serão contemplados 15 projetos para ocupar os espaços de exposições da instituição em Brasília, São Paulo e Minas Gerais. O resultado é referente à segunda etapa do processo seletivo. Acesse o edital completo.

Das áreas atuantes da Representação Regional Nordeste do MinC, foram selecionados oito projetos para os três módulos disponíveis no prêmio:

– Módulo 1: Galeria Fayga Ostrower ou Marquise e entorno, em Brasília (DF)
[Confira os classificados do Módulo 1, na íntegra, clicando AQUI]

PAC148 – LADRILHAR: O caminhar de uma época (Fortaleza CE)
PAC169 – SIGNUM (Fortaleza CE)

– Módulo 2: Galerias Flávio de Carvalho ou Mário Schemberg, em São Paulo (SP)
[Confira os classificados do Módulo 2, na íntegra, clicando AQUI]

PAC102 – Almanaque da Juventude de Ouro (Teresina PI)
PAC57 – Poética do Negativo (João Pessoa PB)
PAC081 – Lar É Onde Ele Está (Caucaia CE)

– Módulo 3: Galpão 5 da Funarte MG, em Belo Horizonte (MG)
[Confira os classificados do Módulo 03, na íntegra, clicando AQUI]

PAC104 – Bela Vista 1896 (Recife PE)
PAC003 – Outro Olhar (Fortaleza CE)
PAC127 – Ensaio do corpo para o baile solitário (Fortaleza CE)

Os interessados terão prazo de dois dias úteis, portanto, até a próxima quarta-feira, 22 de outubro para interpor recursos. Os pedidos deverão ser encaminhados em formulário próprio, disponível nesta página eletrônica, para o endereço pac2014recurso@funarte.gov.br. Baixe AQUI o formulário de recurso.

Para a Funarte Brasília, serão selecionados seis projetos; para a Funarte MG, três projetos; e para a Funarte São Paulo, outros seis projetos. As premiações variam entre R$ 80 mil e R$ 100 mil, para cada contemplado. A política de ocupação desses espaços visa estimular a reflexão e a experiência artística, além do compromisso com a formação de público, com a inclusão social e com a sustentabilidade.

TEXTO: Camila Magalhães AsCom RRNE/MinC | Utilizando informações da Funarte

Share

Requerentes nordestinos já viajam em novembro através do Conexão Cultura Brasil Intercâmbios. Confira os selecionados!

shutterstockO Ministério da Cultura divulgou nesta quinta-feira (02), através da Secretaria da Economia Criativa, a relação final com os contemplados no Programa Conexão Cultura Brasil Intercâmbios que poderão participar de eventos culturais cujas viagens estão marcadas para novembro. No âmbito dos estados que compõem a área de abrangência administrativa da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura, nove requerentes foram selecionados.

No eixo voltado à Difusão Cultural, para requerimentos grupais, dois projetos nordestinos conseguiram aprovação. Foram eles:

TAB 1

Na categoria Formação, Pesquisa e Capacitação, para requerimentos individuais, mais cinco propostas foram selecionadas:

TBL 2

 Por fim, para requerimentos em grupo também no eixo  Formação, Pesquisa e Capacitação, dois projetos foram aprovados:

TAB 3

O Conexão Cultura Brasil #Intercâmbios é um programa permanente, que estimula a presença de artistas e empreendedores brasileiros em eventos artísticos e de negócios culturais e em atividades de formação (cursos e estágios) no Brasil e no exterior. Os três eixos do edital – Difusão Cultural, Formação, Pesquisa e Capacitação e Negócios da Economia Criativa – receberam ao todo 566 propostas para viagens em novembro. Para esse período, 78 foram selecionadas.

Confira a lista completa dos aprovados clicando aqui.

TEXTO: Thomas Gonçalves | Com informações da AsCom/MinC

Share

Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz/2014 apresenta habilitados

A Fundação Nacional das Artes – Funarte, publicou a lista dos projetos habilitados e inabilitados ao edital. O resultado parcial corresponde à primeira fase do processo seletivo (habilitação). A publicação foi feita no dia 26 de setembro de 2014.

Para visualizar os projetos HABILITADOS, clique aqui.
Para visualizar os projetos INABILITADOS, clique aqui.
Para acessar o FORMULÁRIO DE RECURSO, clique aqui.

Sobre o edital

O Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz/2014 vai contemplar 107 projetos em duas modalidades:  (A) Circulação e  (B) Montagem de Espetáculos ou Manutenção de Atividades Teatrais de Grupos e Companhias. As premiações variam de R$ 50 mil a R$ 150 mil, para todas as regiões do país.  O investimento total é de R$ 10 milhões. O objetivo é fomentar o desenvolvimento de atividades teatrais, incentivando a criação e a circulação de espetáculos, além de contribuir para a manutenção de grupos e companhias. A portaria que institui o Prêmio foi publicada no Diário Oficial da União, em 11 de julho de 2o14.

Podem concorrer pessoas jurídicas, tais como produtoras artísticas, companhias ou grupos de todo o país. As inscrições somente poderão ser enviadas pelos Correios (SEDEX), sendo desconsideradas aquelas postadas após a data de encerramento. O formulário de inscrição, juntamente com o projeto, deverá estar devidamente identificado e ser encaminhado para o seguinte endereço: Avenida Rio Branco, 179 / 6º andar – Centro – CEP 20040-007 Rio de Janeiro – RJ.

Mais informações:
Coordenação de Teatro
Centro de Artes Cênicas da Funarte
teatro@funarte.gov.br

TEXTO: www.funarte.gov.br
Share