Arquivo da tag: PE

Serra Talhada (PE) recebe em 05 de junho o IX Encontro Nacional de Cultura Popular e Tradicional

No dia 05 de junho será realizado o lançamento oficial do IX Encontro Nacional de Cultura Popular e Tradicional, no município de Serra Talhada (PE). O objetivo geral do evento é fortalecer o exercício dos direitos culturais, a atuação em rede, o diálogo e a parceria entre a sociedade civil, gestores, instâncias de participação social e sociedade em geral no campo das culturas populares e tradicionais para a promoção de um novo ciclo de políticas e ações de valorização e promoção das expressões da diversidade cultural.

Na ocasião, estará presente como representante da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC) o técnico administrativo Nilton Valença.

Anteriormente, a Comissão Organizadora do evento já havia se reunido duas vezes – no Recife e em Brasília – para analisar as pautas, os prazos e funções que serão cabíveis às instituições para a realização do Encontro.

TEXTO: AsCom RRNE/MinC

Share

Projeto “Sons e Sentidos: Circulação do espetáculo Quincas” chega ao Recife

unnamedNos dias 3 e 4 de junho, o grupo de Teatro paraibano Osfodidário leva ao palco do Hermilo Borba Filho, em Recife, o seu espetáculo Quincas, projeto de livre adaptação do livro A morte e a morte de Quincas Berro D’agua, do escritor baiano Jorge Amado. O grupo faz uso da comédia para recontar a história dessa figura icônica de Salvador, onde a narração fica por conta dos seus quatro inseparáveis amigos: Curió, Negro Pastinha, Cabo Martim e Pé-de-Vento.

A essência da história original é preservada,  fazendo uso do ambiente marginal em oposição ao mundo mesquinho e preconceituoso da burguesia amante das aparências, o espetáculo tem como ponto forte o uso da água como representação da embriaguês, as lágrimas da perda, o mar. Embebidos neste universo, os personagens-narradores seduzem o público a este mergulho poético nas águas sem fim do “campeão do falecimento”, Quincas Berro D’água. Continue lendo

Share

Governo de Pernambuco lança Convocatória Nacional para o FIG 2015

11083785_826467970765071_4557993301407531612_oArtistas e grupos culturais de todo o país podem enviar propostas à Convocatória Nacional do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG 2015). Consagrado como um dos maiores festivais de arte e cultura brasileira, a edição deste ano será realizada entre os dias 16 a 25 de julho e os interessados em integrar a programação terão de 10 a 29 de abril para submeter inscrições. Acesse o edital e formulários aqui.

Através desta Convocatória, a Secretaria de Cultura de Pernambuco e a Fundarpe vão selecionar atividades de fruição e também de formação nas diversas áreas artísticas e culturais. Para o secretário de cultura, Marcelino Granja, “a 25ª edição do FIG vai reforçar o perfil do evento, que tem se firmado no calendário nacional como um momento de celebração da cultura e de um verdadeiro mergulho em toda a diversidade cultural pernambucana e brasileira”, destaca.

Continue lendo

Share

Ponto de Memória no agreste pernambucano é inaugurado nesta quarta

O Ponto de Memória Galpão das Artes , situado no município de Limoeiro, a 77 km da capital pernambucana, será aberto oficialmente nesta quarta-feira, 22 de agosto, às 19h30 (Av. Severino Pinheiro, nº 329, Limoeiro

Premiada no Edital Pontos de Memória 2011, a iniciativa dedica-se à valorização da memória da infância, com exposição e oficinas de brinquedos tradicionais de artesãos como Jorge Raimundo autor da marionete Mané Gostoso.

O Ponto de Memória também dispõe de uma pinacoteca composta de sete telas da artista plástica limoeirense Róselis Alves, que retratam brincadeiras populares. Além dos brinquedos, o Galpão ainda trabalha com a memória do coronel Chico Heráclio, que governou a região por 40 anos.

No evento de abertura será oferecida oficina de brinquedos confeccionados a partir de material reciclado, voltada para crianças e educadores locais. O Ponto de Memória Galpão das Artes funcionará às quartas e sextas feiras e quinzenalmente aos domingos.

Informações: (81) 9684.0567 e 9739.6207
Saiba mais sobre o Ponto de Memória em: www.centrodecriacaogalpaodasartes.blogspot.com.br

Texto e Foto: Divulgação Pontos de Memória/Ibram

Share

Comissão Cultural visita Associação Capiba

Publicado na edição de fevereiro/março de 2012, por Correio do Agreste – Surubim PE.

No dia 29 de março esteve em Surubim uma comissão formada pelo representante da Funarte para o Nordeste, Naldinho Freire, o assessor da Representação Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC), Roberto Azoubel e as técnicas da Fundação de Patrimônio Histórico e Artístico (Fundarpe) Gabriela Severien, museóloga, e Mônica Pereira, bibliotecária.


Eles, acompanhados da escritora Fátima Almeida, visitaram a casa da viúva de Capiba, Zezita Barbosa, onde avaliaram a importância do legado do compositor e seu estado de conservação, além de sinalizarem para a elaboração de um projeto que inventariasse todo o acervo existente. Esse é, sem dúvidas, o primeiro passo para a sistematização do material existente, sua ordenação, passos iniciais para a realização, em futuro próximo, do Museu Capiba. O espaço físico se constitui numa etapa paralela e que merecia o envolvimento de toda a comunidade surubiense, a partir de um terreno que a municipalidade poderia doar para esse fim.

Antes de retornar a Recife, a Comissão visitou a sede da Associação Cultural Capiba à rua Dom Expedito Lopes onde são ministrados os cursos de música.

Foto: Fernando Guerra

Share

Museu do Estado de Pernambuco inicia Oficina de artífice e restauro

Reconhecendo a grande importância e relevância histórica e patrimonial do acervo do Museu do Estado de Pernambuco, e admitindo o período de descaso a que as peças foram submetidas – seja pela falta de recursos ou qualidade técnica para sua onservação – a Sociedade Amigos do Museu de Pernambuco (Sampe) e o Museu do Estado inauguraram nesta segunda-feira (16) a Oficina de Artífices Restauradores em Mobiliário: Janete Costa.

A oficina contempla 40 jovens de comunidades próximas ao museu que passarão por seis oficinas, além de aulas de Conservação e Restauração, Matemática, Desenho Técnico e Desenho Técnico Digital. As aulas abordarão técnicas de Marcenaria, Entalhe, Estofamento, Empalhamento, Lavadura em Couro, Acabamento e Refinamento Imobiliário. A proposta é que os aprendizes dominem os processos de elaboração e preservação, para em seguida aplicá-las no restauro do mobiliário luso-brasileiro presente na instituição museológica.

Os jovens que vão participar possuem entre 15 e 25 anos, estão cursando ou terminaram recentemente o segundo grau e moram em comunidades próximas ao museu. Concorreram ao processo seletivo 64 jovens, que souberam da oficina através de líderes comunitários ou nas escolas da região. Destes, 40 foram aprovados e passaram por uma segunda etapa de seleção, com testes psicotécnico e pedagógico, avaliação de habilidades manual – fundamental a quem trabalha com artífice – e percepção visual.

Além da proposta de inclusão social com cultura, preservação do patrimônio material e imaterial do museu, o projeto também pretende movimentar o espaço através da oficina, como reconhece Enus Omena, um dos idealizadores do projeto: “O museu tem que ser algo vivo e essas novas gerações precisam aprender um pouco mais sobre o passado, de uma forma muito mais moderna e contemporânea, que veja os diferentes tipos de linguagens”.

Prestigiaram a inauguração da oficina os seis mestres responsáveis pela capacitação e os jovens selecionados, além de Andréa Pereira, chefe substituta da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (RRNE/MinC), Márcia Hassin, do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Renata Campos, primeira dama do Estado,  Severino Pessoa, presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Maria Digna, presidente da Sociedade Amigos do Museu, Margot Monteiro, gestora do Museu do Estado de Pernambuco, e a Oneida Costa, matriarca do grupo Ferreira Costa – empresa fornecedora dos recursos captados para realização da oficina.

Texto e Foto: Stephanie Siqueira – Acom RRNE/MinC

Share

Arcoverde e Serra Talhada recebem oficina Microprojetos Rio São Francisco

O Ministério da Cultura (MinC), a Fundação Nacional das Artes (Funarte), a Secretaria de Educação de Arcoverde e a Fundação Casa da Cultura de Serra Talhada convidam para as Oficinas de orientação sobre o edital Mais Cultura – Microprojetos Rio São Francisco, a serem realizadas em Arcoverde (PE), no dia 22 de março (quinta-feira), e em Serra Talhada (PE), no dia 23 de março (sexta-feira). Em Arcoverde a atividade será às 15h, no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), localizada à Rua Maria Luiza S. Moreno, s/n, Centro, próximo à Casa dos Conselhos. Já em Serra Talhada, a capacitação inicia às 10h, no Colégio Municipal Cônego Torres à Av. Afonso Magalhães, 45, Bairro Nossa Senhora da Penha.

Com inscrições até o dia 31 de março, as inscrições para o edital “Mais Cultura – Microprojetos Rio São Francisco” é voltado para o fomento a projetos culturais de baixo custo na região da Bacia do Rio São Francisco. Podem participar do edital pessoas físicas e jurídicas – sem fins lucrativos – que desenvolvam projetos de Artes Visuais, Artes Cênicas, Música, Literatura, Audiovisual, Artes e Expressões Populares e Moda. Serão contemplados 1.050 projetos no valor de R$ 15 mil, cada, em um total de R$ 15,75 milhões em prêmios. O processo seletivo realiza um diálogo com o Programa de Revitalização da Bacia do Rio São Francisco, através de parceria com o Ministério do Meio Ambiente e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) /Ministério da Integração Nacional.

Conheça o edital Microprojetos Rio São Francisco: www.funarte.gov.br.

Serviço:
Oficina Edital Microprojetos Bacia do São Francisco

Arcoverde: Dia 22 de março (quinta-feira), auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL)
Endere̤o: Rua Maria Luiza S. Moreno, s/n, Centro РArcoverde
Hora: 15h
Informações: (87) 3821 9014

Serra Talhada: Dia 23 de março (sexta-feira), no Colégio Municipal Cônego Torres
Endereço: Av. Afonso Magalhães, 45, Bairro Nossa Senhora da Penha – Serra Talhada
Hora: 10h
Informações: (87) 3831 3454

* Para participar, não é necessário inscrição prévia e a entrada é gratuita.

Texto: Stephanie Siqueira – Ascom RRNE/MinC

Share