Com 35 reais, ex-ambulante cria empresa de lanches e fatura 3 vezes mais

Depois de várias dificuldades, o empreendedor Frederico Amorim estudou e chegou a uma receita de negócio estratégico e sustentável

fredericoamorim

 

Muitos desistiriam do empreendedorismo se passassem pelo que Frederico Amorim passou. Sua inexperiência em gestão fez com que diversos negócios quebrassem, desde a revenda de bugigangas na escola até uma lan house, além de uma indústria de confecção.

O êxito só veio quando Amorim resolveu buscar conhecimento de mercado – tanto nos estudos quanto na conversa com potenciais clientes da sua região, a comunidade mineira de Morro das Pedras.

Desse esforço nasceu a Mix Lanches, empresa especializada em alimentaçãoacessível e saudável para empresas e seus eventos. Hoje, Amorim afirma que fatura três vezes mais do que no início do negócio, que começou com ele próprio, vendedor ambulante, e 35 reais.

História de empreendedor: altos e baixos

Morador da comunidade Morro das Pedras, em Belo Horizonte, Amorim começou a trabalhar aos 12 anos de idade. Ele queria uma bicicleta, mas sua mãe não tinha condições financeiras para o presente.

“Ela me deu 10 reais. Fui a um atacadista, comprei um pacote de balas e revendi na escola. Com o dinheiro, procurei outras bugigangas para vender, como brincos magnéticos e mechas coloridas para prender no cabelo. Assim, consegui comprar peças no ferro-velho e montar minha própria bicicleta.”

Esse foi o primeiro negócio de Amorim – e o primeiro fracasso. Percebendo que os alunos saíam da aula para comprar os produtos do estudante, a diretora da escola proibiu a venda.

Fonte: Exame por Marina Fonseca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*