Jornal Tàkàdá

O Jornal Tàkàdá é um informativo da comunidade religiosa Ilê Axé Ijexá. A palavra Tàkàdá significa papel escrito em yorubá. Essa comunidade se encontra na cidade de Itabuna no estado da Bahia. O informativo tem como objetivo trazer notícias sobre o terreiro Ilê Axé e a nação Ijexá. O jornalista responsável pelas edições, aqui disponibilizadas, é Raimundo Nogueira e o jornal possui 8 páginas.

  • Jornal Tàkàdá – Ano I, Nº03, Setembro de 1996.

A terceira edição do Jornal Tàkàdá traz em seu editoral informações sobre os leitores do informativo e também a importância em apresentar os diversos aspectos do Ilê Axé, que é um terreiro filiado a nação Ijexá. Ainda na primeira página o jornal divulga informações sobre esta nação citada.

Em sua segunda página é apresenta uma matéria sobre a festa dos Ibeji, destacando ainda que na cultura nagô é muito importante ter famílias numerosas, além da presença de gêmeos, que são considerados uma benção. Neste sentido, no terreiro Ilê Axé a festa é comemorada todos os anos no dia 27 de setembro, que também é dia de Cosme e Damião. Esta edição traz ainda uma matéria sobre Obaluaiyê, suas características e de seus filhos. Este é considerado o Orixá do contrário e do silêncio. O texto apresenta os filhos desse Orixá que são membro do Ilê Axé, além de trazer um artigo explicando o que significa a família-de-santo. O jornal contém diversas matérias sobre o candomblé e informações sobre leituras.

Nº03:

  • Jornal Tàkàdá – Ano II, Nº05, Maio de 1997.

O Editorial desta edição reflete acerca dos adolescentes que assassinaram um índio pataxó em Brasília, ou seja, dos atos de violência realizados contra as minorias no Brasil. Pode-se destacar uma matéria sobre a ancestralidade no Ilê Axé e um artigo sobre Oxum, suas caracteríricas e de seus filhos, além de depoimentos de alguns filhos de Oxum presentes no terreiro.  Este número conta ainda com uma seção de notícia, fotografias sobre o cotidiano no Ilê Axé, seus trabalhos e a organização do terreiro.

Nº05:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*