O Minc, quem te viu…


“Nada é original.”

Jim Jarmusch

“Tudo é remix”

Kirby Ferguson

Inspirados pela Cultura Livre e sob o mote crítico de um cenário que se perfaz como de difícil diálogo entre fazedores culturais e instâncias governamentais, TPPL e RF gravaram na última sexta-feira, dia 28/01/2011, no Estúdio Livre da Teia Casa de Criação, um RAP pra lá de criativo. Ouça o som e curtam a letra. Quem gostar pede bis.

Para download:

MP3FLAC |   OGG

O MinC, quem te viu…

By Teddy Paçoca Preto Loco e Renato Fabbri

Em todo Brasil, o chamado: insatisfação.
Em todo lugar, toda região.
Nos deram o oficio, o trabalho, a função.
Agora nos dão as costas como “respostas”?
Tsc tsc tsc tsc
Não, não, não, não!!!

TPPL na cena, morô?
To aqui com meu parceiro Renato Fabbri.

Hein, ô MinC a coisa aqui tá feia
Milhões de descontentes estão pagando de careta
Por conta da transição que foi feita (mal feita, né?)
Engolingo sapo e babando espuma de espreita

Não se sabe “como” ou “por que” de tantos “nãos” (mil questões)
Todas eram respostas. (vacilação)
A gente ama pra ser amado, você me entende?
Quem fala de “verdade” segue sendo indiferente
É surpreendente como água vira vinho.

O porco que era cofre se tornou porco espinho
Comunicação virou rojão (vai estourar)
Quem vai segurar quando o povo for cantar pra subir
Pois não adianta proibir
Voz do povo, voz de Deus: vai loooonge

ô, MinC, quem te viu quem te vê
quem não o conhece não pode mais ver pra crer
quem jamais esquece não pode reconhecer

Me diz aí, quem é você?
Onde vai se esconder?
Onde vai se omitir?
Como vai se explicar,
Quando a casa cair, desabar
Pense muito bem antes de falar
Pois o que será, será
Se subiu, cairá por terra
Com gosto de fel, raiz amarga
Quem não vem no Cordel da Banda Larga?
Nem tudo se resume no seu mundo pequenino
Ele não gira em torno do seu umbigo fino
Vacilo? É! Mancada!
Assume um compromisso com a rapa depois desmarca
Sem dar satisfação?
Ah não, para!
Depois não quer sofrer pressão?
Palhaçada!

ô, MinC, quem te viu quem te vê
quem não o conhece não pode mais ver pra crer
quem jamais esquece não pode reconhecer
Onde? Quem é você? Por que?

ô, MinC, quem te viu quem te vê
quem não o conhece não pode mais ver pra crer

Se o direito é autoral porque não posso opinar,
pelo Creative Commons que você tirou do ar?  (Incrível)
Fomos de sapo pra picuá
Pois sair e retornar
Pra mesma prisão (Ecad, não!)

ô, Minc
que tal um café pra resolver?
sem hostilidade, arrogância, no proceder.
Mas ó: fica aí um alerta pra terminar
Se cês vão mudar o tom é o tom que vai mudar.

ô, MinC, quem te viu quem te vê
quem não o conhece não pode mais ver pra crer (não)
quem jamais esquece não pode reconhecer

Cadê? Cadê? Cadê? (Já era….)

Há quase 2 anos ninguém fala…
E quando perguntado ninguém viu, ninguém sabe…

E aí? Até quando, hein?

A ideia é uma só:
queremos resposta e ponto. Certo?

Eu estou aqui em nome de todos os Pontos de Cultura do Brasil, Morô?

TPPL na cena! R  A  P interior representa.
Juntamente com meu mano Renato Fabri.
Articulando um plano…
E buscando, procurando saber da verdade…

É nois!!!

ps: em tempos de remix, de valorização de culturas tradicionais, vai uma dica. Cordel “Big Brother Brasil, um programa imbecil”. Via iTeia.

  1. #1 by Silveira Neto on 30 de janeiro de 2011 - 19:04

    Pra começar, queremos o CC de volta lá.
    Mandaram muito bem. Tiro meu chapéu. Parabéns.

  2. #2 by Leandro on 30 de janeiro de 2011 - 19:13

    Crítica em arte… genial caras, mandaram bem!
    Se não for a Arte e a Academia a criticarem o statu quo, quem o fará? O Mercado? Báh!

  3. #3 by Maria Titi on 30 de janeiro de 2011 - 20:49

    muito boa a musica… retrata o que estamos sentindo… sem chão, somos comunidades caboclas e quilombolas, que através do Ponto de cultura teve a arte mais perto (Cinema Livre), os computadores sendo utilizados por homens e mulheres, crianças, jovens, que nao tinham possibilidades de utilizar esses instrumentos… e agora Jose?
    A questão e porque?
    Grande abraco a todos e todas!
    Maria Titi e Claudio Henrique

    • Foto de perfil de Felipe Cabral

      #4 by Felipe Cabral on 31 de janeiro de 2011 - 14:15

      Grande Titi! Saudades!!

      Pois é, fica a questão: por que? A gente quer diálogo, mas o MinC está cada vez mais fechado pra tudo.

      Abração!

      Felipe

  4. #5 by Maria Inês Saba on 30 de janeiro de 2011 - 22:34

    Oi, Pessoal

    Somos do Pontão de Cultura Livro na roda. Como todos sabem o MinC demorou a repassar a parcela ( 02 anos) e estamos com um problemão. A UNICAMP tinha se comprometido a fazer nossas vídeos conferências. E desistiu por causa da agenda da Educação estar lotada. Temos portanto q montar nosso estúdio. Vc poderiam nos ajudar indicando a aparelhagem necessária, para licitarmos e ver se conseguimos com alguma empresa?

    Obrigado e no aguardo.

    Maria Inês Saba
    Pontão livro na roda Campinas / SP

    • Foto de perfil de Felipe Cabral

      #6 by Felipe Cabral on 31 de janeiro de 2011 - 14:18

      Olá Maria Inês!

      Sim, poderíamos ajudá-los a listar os equipamentos mais adequados para composição do estúdio. Peço que você crie um tópico sobre isso neste fórum, para que possamos listar tudo e conversar melhor:

      http://forum.nosdigitais.teia.org.br/

      Abraço,

      Felipe

    • #7 by Que atraso on 31 de janeiro de 2011 - 18:05

      nossa Maria Inês tu ainda ano montou estúdio.

      Deus me livre por isso que fica dependendo de unicamp e de Fórum Municipal tacanhas só leva ao atraso.

  5. #8 by Guzz on 31 de janeiro de 2011 - 14:57

    Po, libera as faixas separadas!!!!!!!!

    • #9 by Gomez on 31 de janeiro de 2011 - 21:11

      Opa,

      se liberar as faixas separadas a galera vai fazer um remix e um barulho danado com esse som!

      Sensacional!

      • #10 by Felipe Cabral on 2 de fevereiro de 2011 - 4:14

        Opa! Vamos colocar as faixas separadas na roda. Aguardem só mais um momento.

  6. #11 by Sergio Evangelista on 31 de janeiro de 2011 - 17:12

    Muito bacana.

  7. #12 by Junior Catatau on 1 de fevereiro de 2011 - 4:10

    É isso galera, valeu. Total liberdade ao conhecimento. Monopólio é capitalismo selvagem.

  8. #13 by Mara Porto on 1 de fevereiro de 2011 - 12:35

    Parabéns…criatividade, bom senso, bom gosto e acima de tudo ótima letra.

    Mara

  9. #14 by Castro on 1 de fevereiro de 2011 - 13:05

    Tá certo o MinC. Agora é mudar a Lei Rouanet e cortar a perna dos picaretas, espertalhões do circuito de festivais independentes, como Pablo Capilé e Fernando Rosa, moscas de carniça que deitaram e rolaram com essa legislação frouxa que favorece os produtores em detrimento ao interesse real do público. Produções subsidiadas por leis de incentivo devem ter entrada franca ou com preços simbólicos (1 real ou uma doação de alimento).

    Quem diz o contrário não defende a cultura e sim o bolso de meia dúzia de FDPs…

  10. #15 by Emilio Velis on 2 de fevereiro de 2011 - 0:12

    Música para conscientizar! Muito bem! Eu li Lessig falando sobre issa cançao no Twitter.

    Nos nao podemos esquecer que a cultura nasceu para ser livre. Voce vai fazer mais música sobre isto?

    • Foto de perfil de Felipe Cabral

      #16 by Felipe Cabral on 6 de fevereiro de 2011 - 18:22

      Sim! A idéia é fazer mais músicas sobre o tema. A nova canção será um coco ou uma ciranda. Aguarde….

      Se quiser fazer uma canção também com essa temática, mande-nos sua idéias ou sua canção só já pronta que nós publicamos.

  11. #18 by Gê Carvalho on 4 de fevereiro de 2011 - 22:14

    Boa!

  12. #19 by Eliane on 5 de fevereiro de 2011 - 14:44

    Oi….por favor, me esclareçam e confirmem o que entendi de tudo isso….o MINC não está enviando a verba pro pontos de cultura??? além de cancelar edital depois de publicado e depois de feita a seleção….pois outro dia li um comentário desses no site do minc….quer dizer então que a gente sonha por anos a fio que o ponto de cultura é uma saída pra deixar de trabalhar de graça, fazer cultura de graça, e então vem um alerta sério informando que o sonho não vira realidade e sim pesadelo?????? Meeeeeeuuuu Deeeeeeus!!!!!!!
    “Que país é este?!!!!!!!!”

    • Foto de perfil de Felipe Cabral

      #20 by Felipe Cabral on 7 de fevereiro de 2011 - 19:42

      Esta é uma situação tensa para ambos os lados, Eliane. Tanto sociedade civil quanto governo se mostra incomodados com esse fato: existem muito editais lançados, concorridos e ganhados por várias instituições não governamentais do Brasil todo e o MinC não paga os convênios desses editais a muitos e muitos meses. Alguns já chegam a marca de mais de ano de espera.

      Do lado governamental há muitas desculpas para esta ocorrência. Do lado da sociedade há a angustia e o sentimento de abandono.

      Vamos ver como termina essa história. Eu torço pelo lado da sociedade.

  13. #21 by Vladimir Stallman Magón on 30 de maio de 2011 - 21:28

    Parabéns pelo som. Muito bom.
    Estou tentando divulgar ele no site do Minc e os caras estão censurando de todo jeito.
    A tentativa de postagem de referências ao seu som esta acontecendo no seguinte lugar http://www.cultura.gov.br/site/2011/04/20/ultima-fase-da-revisao-da-lda/
    Eles estão censurando na caruda.

  14. #22 by sylwestrus on 2 de maio de 2015 - 20:26

    Boa!

(não será publicado)
*


Pular para a barra de ferramentas