Posts Tagged políticas culturais

Pré-conferência de Cultura Digital de Floripa

Você utiliza as mídias sociais para divulgar eventos? Gostaria que Floripa tivesse mais espaços públicos com Internet? Acha que o desenvolvimento tecnológico pode contribuir mais com a produção artística? Participe da pré-conferência de Cultura Digital do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Florianópolis (CMPC-Floripa) e traga suas ideias para deixar a cidade mais conectada e colaborativa.

preconferencia_CD_floripa2017

Nenhum comentário.

1º Edital de Arte e Cultura Digital de Florianópolis: Inscrições abertas de 5 a 12 de Novembro.

Após uma série de debates para a construção colaborativa entre a sociedade civil organizada e a Prefeitura, o Edital de Arte e Cultura Digital será lançado pela Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC), em associação ao Conselho Municipal de Política Cultural de Florianópolis (CMPCF) no dia 5 de Novembro.

No inicio de 2012 foi disponibilizado pelo Fundo Municipal de Cultura de Florianópolis (FMCF) o montante de R$ 1,15 milhão destinado à editais de apoio em dez setores artísticos e culturais: artes visuais, música, dança, teatro, leitura, literatura e livro, circo, cultura popular, cultura afro-brasileira e negra, cultura guarani, e patrimônio cultural. Por motivos burocráticos e cabalísticos, os editais de Arte e Cultura Digital e Design e Moda ficaram para uma segunda rodada.

Com o valor total de R$ 80.000,00, o Edital de Arte e Cultura Digital contemplará 8 projetos de R$ 10.000,00 nas seguintes categorias:

  • PESQUISA – Ações específicas de pesquisa em Arte Digital ou Cultura Digital, desenvolvidas por instituições, entidades, grupos, coletivos ou indivíduos.
  • PRODUÇÃO – Ações específicas de produção em Arte Digital ou Cultura Digital, prevendo o desenvolvimento de softwares livres ou outras tecnologias que contribuam para o desenvolvimento da produção cultural local e promovam o crescimento do setor.
  • FORMAÇÃO – Ações específicas de formação, especialização, capacitação, aperfeiçoamento, qualificação ou atualização de profissionais da Arte Digital ou da Cultura Digital, pesquisadores, agentes culturais e público em geral; desenvolvidas por instituições, entidades, grupos, coletivos ou indivíduos por meio de cursos, oficinas, palestras e/ou encontros com transmissão on-line, fóruns, festivais, seminários, educação a distância, suporte técnico em software livre e outras atividades.
  • DIFUSÃO – Ações específicas de difusão desenvolvidas por instituições, entidades, grupos ou indivíduos realizadas por meio de sites, blogs, perfis de mídias ou redes sociais ou outros dispositivos, com ênfase na divulgação das atividades culturais do município.

Por ser o primeiro edital de uma área ainda carente de compreensão tanto na esfera pública quanto entre os artistas e produtores, é importante destacar que, além de um número razoável de inscrições, os projetos contemplados precisam ser bem executados para que em 2013 exista uma segunda edição.

O Edital de Arte e Cultura Digital foi gestado nas reuniões setoriais do Conselho Municipal de Política Cultural de Florianópolis (CMPCF) ainda em 2011. Estas reuniões evidenciaram tanto a necessidade uma cadeira específica para a área no Conselho – que eu tive a honra de assumir na 3º Conferência Municipal de Cultura de Florianópolis – quanto um edital que, além de fomentar ações de tecnologia para a cultura e cultura de compartilhamento, mapeie e conecte quem faz e vive a  Cultura Digital na cidade. Por isso, participe e divulgue!

Documentos:

Outras informações:

Fundo Municipal de Cultura de Florianópolis / Fundação Franklin Cascaes – Forte Santa Bárbara, Rua Antônio Luz nº 260 – Centro. Florianópolis/SC. Cep.: 88.010-410. Tel.: (48) 3324-1415. E-mail: fmcf@pmf.sc.gov.br fmcfloripa@hotmail.com. Site: http://www.pmf.sc.gov.br/entidades/franklincascaes

Thiago Skárnio Conselheiro de Cultura Digital de Florianópolis. Coordenador do Pontão Ganesha de Cultura Digital e Diretor da Alquimídia.org.

Nenhum comentário.

Construindo um Edital de Cultura Digital para Florianópolis

O Conselho Municipal de Políticas Culturais de Florianópolis – CMPC, desenvolveu uma série de editais púbicos com recursos do Fundo Municipal de Cultura de Florianópolis, direcionados a várias áreas da cultura e artes como a dança, teatro e a cultura popular.


Mesmo não tendo conselheiros específicos na área, o CMPC decidiu contemplar a Cultura Digital. Após algumas reuniões e debates sobre o tema, a comissão de redação dos editais, em parceria com ativistas e produtores, chegou a uma proposta final do texto do Edital Cultura Digital de Florianópolis.

Este texto está disponível na internet para contribuições. As observações podem ser publicadas na caixa de comentários deste post caso o autor não posso comparecer na última reunião expandida do CMPC, na qual acontecerá o fechamento do texto do Edital.

A reunião é aberta à participação de todos os interessados no tema, e acontece no dia 29 de Setembro de 2011 (quinta-feira), na Casa da Memória de Florianópolis.

MINUTA DO EDITAL DE CULTURA DIGITAL PARA CONSULTA PÚBLICA

SERVIÇO

O quê: Reunião expandida da Cultura Digital
Quando: Dia 29 de Setembro (quinta-feira), às 19h
Onde: Casa da Memória – Rua Padre Miguelinho nº 58 – Centro de Florianópolis. Esquina com Rua Anita Garibaldi (Imediações da Catedral Metropolitan)

,

2 Comentários

MinC : Da Tropicalia à Bossa Nova

Desde a indicaçao do nome de Ana de Hollanda para o Ministério da Cultura, há na Internet um intenso debate sobre os rumos da politica cultural do pais. Em duas semanas de gestao, a nova Ministra e sua equipe geraram rumores que, na opinião de muitos, é um recado.

A retirada da licença CreativeCommons do site do MinC, o cancelamento de diversas reunioes com agentes da sociedade civil (especialmente aqueles ligados ao debate sobre os direitos autorais), boatos sobre a nomeaçao do advogado Hildebrando Pontes para o cargo de diretor de Direitos Intelectuais, as estranhas mensagens de esclarecimento do Ecad recebida por aqueles que publicaram a carta aberta para a ministra em seus blogs e sites, sao alguns exemplos – praticos e simbolicos – de novas pressões que vem surgindo nesse cenário, apontado por ativistas do Software e da Cultura Livre como uma mudança de direcionamento desta nova gestao. Além disso, para alguns especialistas na área de políticas culturais, estes sinais evidenciaria  a descontinuidade de certas politicas com as quais se comprometeu a presidente eleita – algumas inclusive decretadas em lei ainda na gestao Lula, como o Plano Nacional de Cultura.

Nestes ultimos oito anos a sociedade civil estabeleceu uma relaçao de dialogo e parceria com o Ministério da Cultura, o que permitiu a potencializaçao de milhares de atividades e agentes culturais em todo o pais, e a projeçao do Brasil no cenario internacional.

Com o objetivo de fazer um balanço do movimento em torno da Cultura Digital brasileira, será realizado na proxima segunda-feira (31) uma reuniao presencial e virtual, concreta, mas descentralizada, para articular as açoes para este novo periodo.

Participe :

Quando ?

Segunda-feira 31/01 – 18h

Onde ?

No link http://www.pontaodaeco.org/aovivo,  através de chat (browser) e áudio (skype) e no twitter através da hashtag #dalicencaminc

No Rio:

Pontão da ECO (Av. Pasteur 250 – Praia Vermelha)

Em São Paulo:

Casa da Cultura Digital (Rua Vitorino Carmilo, 459 – Santa Ceclia – Sao Paulo / prox ao Metrô Marechal Deodoro)

Em Fortaleza:

Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221, Centro. Fortaleza – Auditório no piso superior)

Via: Aline Carvalho e Pontão da ECO

, , , , , ,

4 Comentários

Pular para a barra de ferramentas