Archive for novembro, 2009

quinta-feira, novembro 19th, 2009

 

Foi publicado no Diário Oficial da União do dia 19 de novembro de 2009 nova lista dos projetos habilitados e inabilitados a concorrer ao edital Nós na Tela.  A nova relação segue no post abaixo.

ERRATA

quinta-feira, novembro 19th, 2009

 

SECRETARIA DO AUDIOVISUAL

 PORTARIA DE Nº 34, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009

 

O Ministério da Cultura – MinC, no âmbito do Programa Mais Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual – SAV e da Secretaria de Articulação Institucional – SAI, em parceria com a Associação Brasileira de Canais Comunitários – ABCCom e com a Sociedade dos Amigos da Cinemateca, com base no Concurso de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Digitais Inéditas, de CURTA METRAGEM, nos gêneros DOCUMENTÁRIO ou TELERREPORTAGEM, sobre o tema “Cultura e Transformação Social” – NÓS NA TELA, cujo edital foi publicado no Diário Oficial da União de 16 de setembro de 2009, seção 3, PP. 18 e 19. Resolve:

Art. 1º Tornar sem efeito, a partir desta data os termos da portaria nº 33, de 12 de novembro de 2009, publicada no DOU de 13 de novembro de 2009, no que se refere os projetos habilitados e inabilitados no Concurso de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Digitais Inéditas, de CURTA METRAGEM, nos gêneros DOCUMENTÁRIO ou TELERREPORTAGEM, sobre o tema “Cultura e Transformação Social” – NÓS NA TELA.

Art. 2º Homologar os projetos HABILITADOS E INABILITADOS no Consurso de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Digitais, Inéditas, de CURTA METRAGEM, nos gêneros DOCUMENTÁRIO ou TELERREPORTAGEM, sobre o tema “Cultura e Tranformação Social” – NÓS NA TELA, conforme anexo.

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

SILVIO DA-RIN

 

ANEXO I

 HABILITADOS: 

  • Adelvan de Lima Nunes – “Arquitetura da Exclusão”

  • Adriano de França Oliveira – “Janelas para o Mundo”

  • Adriano José da Silva Lima – “Cambinda Estrela”

  • Adriano Moretto de Oliveira – “Solidariedade: caminho para a dignidade”

  • Aitam Camilo Faria da Silva – “Severinos e Severinas da Periferia Paulista”

  • Alan Russel Gontijo – “Cinema de Bolso”

  • Alex Sandro da Silva – “Procura-se”

  • Aline da Silveira Adorno – “Adão Africano, Eva Baiana”

  • Aline de Souza Camargo Assis – “BNH 001”

  • Aline Soares Gomes – “Guerreiros da Paz”

  • Alisson Leite de Almeida – “O que sou a quem devo?”

  • Álvaro Graça Junior – “O Instrumento e o Dom”

  • Anderson José Mendes dos Santos – “Movimento e Vontade”

  • Amanda da Silva Oliveira – “Jovens Comunicadores”

  • Ana Lúcia do Nascimento – “Cultura: a luz de um prisma”

  • André Luiz Carvalho Pacheco – “Cidade de Deus.doc”

  • André Tavares – “Identidades Periféricas”

  • Antônio Francisco F. Ribeiro – “Roda Mundo”

  • Antonio Ulisses de Moura Sousa – “Vou passar o corpo todo”

  • Arthur Ramon Araújo Sena – “A História Oral na Construção da História da Escola Municipal Francisquinho Caetano: a Educação em Cachoeria do Sapo”

  • Bruno A . Pereira – “Nota de Corte”

  • Cássio da Silva Santos – “Conectados”

  • Cláudio de Almeida Pimentel Corrêa – “Mestre Salu”

  • Cleciane Tomé da Silva – “Pau-de-dá-em-doido: o filme”

  • Danilo Luiz dos Santos Augusto – “Uma Ação Faz Toda a Diferença”

  • David Alves da Silva – “Curta Saraus”

  • Deberson da Silva Miranda – “Quilombo de Itapocú”

  • Domênica Cristina da Silva – “Batuque Arte”

  • Donizete Bonfim dos Santos – “Rádio Heliópolis”

  • Edilene Santos Portilho – “Histórias que contam na vida”

  • Elder Araújo da Paz – “Pérolas Negra”

  • Evelyssa Aparecida Sanches – “Criando a Liberdade”

  • Fabiana Severino da Silva – “Cantando Histórias”

  • Fabrício Luiz Andrietta – “Reconstruindo a Palavra”

  • Fátima Karinna Rocha Cavalcante – “Cultura é Transformação Social”

  • Felipe Rodrigues da Silva – “Disseminando Idéias e Influenciando Pessoas”

  • Felipe Santos Neves – “Ser Emo”

  • Fernando Pereira dos Santos e Silva – “Por Onde Andou Rosa?”

  • Francimeire do Nascimento Costa – “Nas Ondas”

  • Francisco Anderson Soares Gama – “Uma Janela, Vários Sonhos”

  • Francisco Eudes Freitas – “Poço da Draga – Memória de Luta e Resistência”

  • Gabriela Cativo Andreoletti – “Reconstituição – o primeiro do último dia”

  • Gerdson Santos Alves – “Griô Cultural como Transformação Social”

  • Gilcimar França dos Santos – “Cultura e Transformação Social no Caminho do Rio São Francisco”

  • Gislaine Camila Duarte – “Beco à Barca”

  • Graziela Rodrigues da Silva – “Assim Nós Fazemos”

  • Gustavo H. Pereira do Nascimento – “Carne de Sol”

  • Heverton Lacerda – “Projeto Vale do Sol”

  • Iasminda Barbosa de Matos – “Canoa Quebrada – Olhando com Olhar de Quem Vê”

  • Inayara Azevedo Boscolo da Silva – “Morro do Quilombo”

  • Ismael Monteiro de Farias – “Nau catarineta – Resistência, Tradição e Transformação”

  • Ivonilto Gomes Barreiros – “Trilhando Caminhos”

  • Jamila Rodrigues Venturini – “Povo da Terra: Os Mapuche”

  • Janaína Silva Ferreira de Lima – “Meus Direitos Humanos”

  • Jaqueline Sousa Barreto – “Sem-terrinha: por um outro olhar do mundo”

  • Jocildo Bezerra de Mesquita – “20 Anos de Resistência Cultural”

  • Joelmir de Oliveira – “Abel”

  • Jonatas C. Ferreira – “Overclock”

  • José Augustiano Xavier dos Santos – “Vídeo Primavera”

  • José Leite dos Santos Neto – “Memórias da Realidade”

  • José Luís de Freitas – “Miguel batista, o construtor de imagens”

  • Juscelino dos Santos Augusto – “A Ùltima Lágrima”

  • Keila dos Santos Serruya Dias – “Hip Hop sem Fronteiras

  • Lara Vanessa de Castro – “Retirantes da Seca na Terra da Promessa”

  • Larissa Valdívia – “Tavares em Transformação”

  • Leandro Soares do Amaral – “TV N’Ativa – A TV na Ativa”

  • Luciano Oliveira – “Intenção e Gesto no Cinema de Quebrada”

  • Lutimira Araújo Paiva – “MF – História de Vida”

  • Marcos Joel Martins de Freitas – “Projetando Mudanças”

  • Marinéia Lima Anatório – “Tempos de Ouro”

  • Marta Gonçalves Chuengue – “Indo Contra a Maré”

  • Mikhail Patrício Souza – “É pra ontem: conjunto de nós”

  • Nildo Ferreira da Silva – “Carne Seca e Bacalhau”

  • Osvaldo dos Reis Bispo Neto – “Promoção da Cultura da Paz”

  • Pablo da Cunha – “Golfe, Escola da Vida”

  • Paula Luana Maia dos Santos – “Aloha”

  • Paulo Fernando Estrela dos Santos- “Nosso Pensar”

  • Priscila Pacheco dos Santos – “Nós na Tela”

  • Rafael Almeida Santos – “Ouro Preto Patrimônio”

  • Rafael de Souza Ferreira – “Congada no Brasil”

  • Raffael Bruno Gomes dos Santos – “Escolinha de Iniciação Musical e Arte”

  • Raíla Silva Maciel – “Juventude Ludovicense: a arte do porvir”

  • Raphael Malta Clasen – “Preto Fosco”

  • Raquel Beatriz Esteves Reis – “Favela Tour, o Filme”

  • Richard Neto Esteves – “Cultura e Transformação Social e Suas Divergências”

  • Rita de Cássia Machado Amaral – “Das Artes do Circo à Formação”

  • Roberto Horta Martins – “Da periferia ao clássico”

  • Rodrigo Jesus Santos – “Bike, uma forma de transformação social/cultural

  • Rodrigo Silva do Nascimento – “Transformação Etnodigital”

  • Rogério José da Silva – “Nós na Tela Heliópolis

  • Rogério Santos de Souza – “Chuta de bico que o jogo é de taça”

  • Ronald Ramos – “zona Portuária”

  • Rubens Lucas Vieira Reis Sant’ana – “São Vicente em Cena”

  • Rúbia Gisele da Silva – “Com a Terceira Idade Inteira pela Frente”

  • Sávio Cavalcante Marques – “Clã dos Galdinos”

  • Sara Silva Ribeiro – “A Cor do Invisível”

  • Sérgio Pires Lobato – “Mosaico Amazônia Nativa”

  • Sernon Sebastião de Sousa Cordeiro – “Adecines: Cinema, educação e Inclusão”

  • Sheila Correia Ramos – “Educomunicar é Cultura e Transformação Social”

  • Thailiny Duarte da Cruz – “Profissões Impostas”

  • Thiago Luiz de Oliveira da Silva Santos – “Funkemsi – Em Ritmo Transformador”

  • Thiago Maerki de Oliveira – “A vida no lar dos idosos”

  • Tiago Barros da Cruz – “Capoerinha Chocolate, eu cresci!”

  • Tiago Pedro de Araújo Pereira – “Samba do Zé Bezerra”

  • Ton Andrade – “Malabares em Andamento”

  • Vanessa Reis de Souza – “O Processo da Ação”

  • Valteir dos Santos Pereira – “Livre”

  • Victor Vale de Melo – “Ponte Metálica”

  • Vinícius de Oliveira VeigaRep – Reciclando Pensamentos

  • Warllem Machado – “Jovens Gays

  • Willamy Tenório de Araújo – “A Igreja Evangélica e a Cultura Afro Brasileira”

  • Willian Coutinho Duarte – “Vila das Torres 2014”

  • Willian de Faria Ceará – “Surto! (O Bicho Morreu)”

  • Wilq Vicente dos Santos – “Ananias Capoeria: Uma Vida”

  • Yoná Matiello – “De Acordo com a Cor” 

 

INABILITADOS: 

  • Abimael Borges dos Santos – “Caminhos do Saber: uma saga pela transformação social”

  • Aline Souza dos Santos – “Juventude e o Semi-Árido: o desafio da convivência”

  • Allan Cleyton Sousa L. Barros – “Calangos do Cariri”

  • Ana Divino – “Santa Augusta”

  • Ana Lúcia Nunes de Sousa – “Cores do Sonho”

  • Carlos Alberto Vieira Santos – “Mobilização na PPL”

  • César Leandro dos Santos – “Depois de um Vôo”

  • Charles Deodato do Nascimento – “Capiba na Terra do Boi Surubim”

  • Daniel Marcos Barbosa – “Vamos ao Rap: Discutindo a Realidade”

  • Danilo Souza Brun – “Mídias da Vida”

  • Douglas Nogueira Correia – “Posto 7”

  • Edson Silva de Jesus – “Um Jeito Novo de Olhar”

  • Fábio Lupo – “Pretérito do Futuro”

  • Gabriel Mesquita do Nascimento – “Plantando Sustentabilidade”

  • Jackson Augusto Santos Jesus – “Pagode Baiano: nossa cultura ou imposição da mídia?”

  • João Lenon R. Nascimento – “Varjão dos Tortos”

  • Jocimar da Silva – “Moqueca Capixaba”

  • Karla Samara Magalhães de Souza – “Engenheiros das Artes – Transformando com arte”

  • Karoline Victória Cerqueira dos Santos – “Santa Arte”

  • Luciana Regina Rodrigues – “Tinga, teu povo te ama!”

  • Luís Silva Santiago Neto – “Gol de Encontro”

  • Maria Lícia de Lima Farias – “Mochilando na Satélite”

  • Pablo Abranches – “Ônibus”

  • Paulo Rodrigues das Merces Barnabé – “Tradição e Ancestralidade – Alicerce da Sociedade”

  • Patrícia Alcântara Alencar – “Samba do Monte”

  • Rafael Gomes de Jesus – “Travessia”

  • Rafael Rocha dos Santos – “Vai, caixeiro”

  • Ramon Zagoto Mariano – “Nossa Batalha”

  • Tamiris Oliveira dos Santos – “O Rock acabou e a culpa é de quem?”

  • Tiago Luís Bispo de Jesus -”Cantinho Literário Ilê Ayó”

  • Vanessa Noronha Garcia – “José Antonio da Silva” 

 

Os concorrentes que tiverem seus projetos inabilitados poderão apresentar recurso à Coordenação Executiva, sediada no endereço mencionado no item 2.1.2 deste edital, em até 5 (cinco) dias, contados da data de divulgação da inabilitação. Transcorrido esse prazo, não será aceita apresentação de recurso, sendo homologada em caráter definitivo a inabilitação do concorrente.

Habilitados e Inabilitados

sexta-feira, novembro 13th, 2009

SECRETARIA DO AUDIOVISUAL

PORTARIA DE Nº 33, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2009

 

O Ministério da Cultura – MinC, no âmbito do Programa Mais Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual – SAV e da Secretaria de Articulação Institucional – SAI, em parceria com a Associação Brasileira de Canais Comunitários – ABCCom e com a Sociedade dos Amigos da Cinemateca, com base no Concurso de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Digitais Inéditas, de CURTA METRAGEM, nos gêneros DOCUMENTÁRIO ou TELERREPORTAGEM, sobre o tema “Cultura e Transformação Social” – NÓS NA TELA, cujo edital foi publicado no Diário Oficial da União de 16 de setembro de 2009, seção 3, PP. 18 e 19, torna pública a relação dos projetos habilitados e inabilitados, quais sejam, aqueles que não contemplam os documentos e informações exigidos no presente edital, e que, portanto, não serão objeto de análise pela Coordenação Executiva. Resolve:

Art. 1º Homologar os projetos HABILITADOS E INABILITADOS no Consurso de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Digitais, Inéditas, de CURTA METRAGEM, nos gêneros DOCUMENTÁRIO ou TELERREPORTAGEM, sobre o tema “Cultura e Tranformação Social” – NÓS NA TELA

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

  

SILVIO DA-RIN

 HABILITADOS:

  • Adelvan de Lima Nunes – “Arquitetura da Exclusão”

  • Adriano de França Oliveira – “Janelas para o Mundo”

  • Adriano José da Silva Lima – “Cambinda Estrela”

  • Adriano Moretto de Oliveira – “Solidariedade: caminho para a dignidade”

  • Aitam Camilo Faria da Silva – “Severinos e Severinas da Periferia Paulista”

  • Alan Russel Gontijo – “Cinema de Bolso”

  • Alex Sandro da Silva – “Procura-se”

  • Aline da Silveira Adorno – “Adão Africano, Eva Baiana”

  • Aline de Souza Camargo Assis – “BNH 001”

  • Aline Soares Gomes – “Guerreiros da Paz”

  • Alisson Leite de Almeida – “O que sou a quem devo?”

  • Álvaro Graça Junior – “O Instrumento e o Dom”

  • Anderson José Mendes dos Santos – “Movimento e Vontade”

  • Amanda da Silva Oliveira – “Jovens Comunicadores”

  • Ana Lúcia do Nascimento – “Cultura: a luz de um prisma”

  • André Luiz Carvalho Pacheco – “Cidade de Deus.doc”

  • André Tavares – “Identidades Periféricas”

  • Antônio Francisco F. Ribeiro – “Roda Mundo”

  • Antonio Ulisses de Moura Sousa – “Vou passar o corpo todo”

  • Bruno A . Pereira – “Nota de Corte”

  • Cássio da Silva Santos – “Conectados”

  • Cleciane Tomé da Silva – “Pau-de-dá-em-doido: o filme”

  • Danilo Luiz dos Santos Augusto – “Uma Ação Faz Toda a Diferença”

  • David Alves da Silva – “Curta Saraus”

  • Deberson da Silva Miranda – “Quilombo de Itapocú”

  • Domênica Cristina da Silva – “Batuque Arte”

  • Donizete Bonfim dos Santos – “Rádio Heliópolis”

  • Edilene Santos Portilho – “Histórias que contam na vida”

  • Elder Araújo da Paz – “Pérolas Negra”

  • Evelyssa Aparecida Sanches – “Criando a Liberdade”

  • Fabiana Severino da Silva – “Cantando Histórias”

  • Fabrício Luiz Andrietta – “Reconstruindo a Palavra”

  • Fátima Karinna Rocha Cavalcante – “Cultura é Transformação Social”

  • Felipe Rodrigues da Silva – “Disseminando Idéias e Influenciando Pessoas”

  • Felipe Santos Neves – “Ser Emo”

  • Fernando Pereira dos Santos e Silva – “Por Onde Andou Rosa?”

  • Francimeire do Nascimento Costa – “Nas Ondas”

  • Francisco Anderson Soares Gama – “Uma Janela, Vários Sonhos”

  • Francisco Eudes Freitas – “Poço da Draga – Memória de Luta e Resistência”

  • Gabriela Cativo Andreoletti – “Reconstituição – o primeiro do último dia”

  • Gerdson Santos Alves – “Griô Cultural como Transformação Social”

  • Gilcimar França dos Santos – “Cultura e Transformação Social no Caminho do Rio São Francisco”

  • Gislaine Camila Duarte – “Beco à Barca”

  • Graziela Rodrigues da Silva – “Assim Nós Fazemos”

  • Gustavo H. Pereira do Nascimento – “Carne de Sol”

  • Heverton Lacerda – “Projeto Vale do Sol”

  • Iasminda Barbosa de Matos – “Canoa Quebrada – Olhando com Olhar de Quem Vê”

  • Inayara Azevedo Boscolo da Silva – “Morro do Quilombo”

  • Ismael Monteiro de Farias – “Nau catarineta – Resistência, Tradição e Transformação”

  • Jamila Rodrigues Venturini – “Povo da Terra: Os Mapuche”

  • Janaína Silva Ferreira de Lima – “Meus Direitos Humanos”

  • Jaqueline Sousa Barreto – “Sem-terrinha: por um outro olhar do mundo”

  • Jocildo Bezerra de Mesquita – “20 Anos de Resistência Cultural”

  • Joelmir de Oliveira – “Abel”

  • Jonatas C. Ferreira – “Overclock”

  • José Augustiano Xavier dos Santos – “Vídeo Primavera”

  • José Leite dos Santos Neto – “Memórias da Realidade”

  • José Luís de Freitas – “Miguel batista, o construtor de imagens”

  • Juscelino dos Santos Augusto – “A Ùltima Lágrima”

  • Lara Vanessa de Castro – “Retirantes da Seca na Terra da Promessa”

  • Larissa Valdívia – “Tavares em Transformação”

  • Leandro Soares do Amaral – “TV N’Ativa – A TV na Ativa”

  • Luciano Oliveira – “Intenção e Gesto no Cinema de Quebrada”

  • Lutimira Araújo Paiva – “MF – História de Vida”

  • Marcos Joel Martins de Freitas – “Projetando Mudanças”

  • Marinéia Lima Anatório – “Tempos de Ouro”

  • Marta Gonçalves Chuengue – “Indo Contra a Maré”

  • Mikhail Patrício Souza – “É pra ontem: conjunto de nós”

  • Nildo Ferreira da Silva – “Carne Seca e Bacalhau”

  • Osvaldo dos Reis Bispo Neto – “Promoção da Cultura da Paz”

  • Pablo da Cunha – “Golfe, Escola da Vida”

  • Paula Luana Maia dos Santos – “Aloha”

  • Paulo Fernando Estrela dos Santos- “Nosso Pensar”

  • Priscila Pacheco dos Santos – “Nós na Tela”

  • Rafael Almeida Santos – “Ouro Preto Patrimônio”

  • Rafael de Souza Ferreira – “Congada no Brasil”

  • Raffael Bruno Gomes dos Santos – “Escolinha de Iniciação Musical e Arte”

  • Raíla Silva Maciel – “Juventude Ludovicense: a arte do porvir”

  • Raphael Malta Clasen – “Preto Fosco”

  • Raquel Beatriz Esteves Reis – “Favela Tour, o Filme”

  • Richard Neto Esteves – “Cultura e Transformação Social e Suas Divergências”

  • Rita de Cássia Machado Amaral – “Das Artes do Circo à Formação”

  • Roberto Horta Martins – “Da periferia ao clássico”

  • Rodrigo Silva do Nascimento – “Transformação Etnodigital”

  • Rogério Santos de Souza – “Chuta de bico que o jogo é de taça”

  • Ronald Ramos – “zona Portuária”

  • Rubens Lucas Vieira Reis Sant’ana – “São Vicente em Cena”

  • Rúbia Gisele da Silva – “Com a Terceira Idade Inteira pela Frente”

  • Sávio Cavalcante Marques – “Clã dos Galdinos”

  • Sara Silva Ribeiro – “A Cor do Invisível”

  • Sérgio Pires Lobato – “Mosaico Amazônia Nativa”

  • Sernon Sebastião de Sousa Cordeiro – “Adecines: Cinema, educação e Inclusão”

  • Sheila Correia Ramos – “Educomunicar é Cultura e Transformação Social”

  • Thailiny Duarte da Cruz – “Profissões Impostas”

  • Thiago Luiz de Oliveira da Silva Santos – “Funkemsi – Em Ritmo Transformador”

  • Thiago Maerki de Oliveira – “A vida no lar dos idosos”

  • Tiago Barros da Cruz – “Capoerinha Chocolate, eu cresci!”

  • Tiago Pedro de Araújo Pereira – “Samba do Zé Bezerra”

  • Ton Andrade – “Malabares em Andamento”

  • Vanessa Reis de Souza – “O Processo da Ação”

  • Valteir dos Santos Pereira – “Livre”

  • Victor Vale de Melo – “Ponte Metálica”

  • Willamy Tenório de Araújo – “A Igreja Evangélica e a Cultura Afro Brasileira”

  • Willian Coutinho Duarte – “Vila das Torres 2014”

  • Willian de Faria Ceará – “Surto! (O Bicho Morreu)”

  • Wilq Vicente dos Santos – “Ananias Capoeria: Uma Vida”

  • Yoná Matiello – “De Acordo com a Cor”

 

INABILITADOS: 

  • Abimael Borges dos Santos – “Caminhos do Saber: uma saga pela transformação social”

  • Aline Souza dos Santos – “Juventude e o Semi-Árido: o desafio da convivência”

  • Allan Cleyton Sousa L. Barros – “Calangos do Cariri”

  • Ana Divino – “Santa Augusta”

  • Ana Lúcia Nunes de Sousa – “Cores do Sonho”

  • Carlos Alberto Vieira Santos – “Mobilização na PPL”

  • César Leandro dos Santos – “Depois de um Vôo”

  • Charles Deodato do Nascimento – “Capiba na Terra do Boi Surubim”

  • Cláudio de Almeida Pimentel Corrêa – “Mestre Salu”

  • Daniel Marcos Barbosa – “Vamos ao Rap: Discutindo a Realidade”

  • Danilo Souza Brun – “Mídias da Vida”

  • Douglas Nogueira Correia – “Posto 7”

  • Edson Silva de Jesus – “Um Jeito Novo de Olhar”

  • Fábio Lupo – “Pretérito do Futuro”

  • Gabriel Mesquita do Nascimento – “Plantando Sustentabilidade”

  • Ivonilto Gomes Barreiros – “Trilhando Caminhos”

  • Jackson Augusto Santos Jesus – “Pagode Baiano: nossa cultura ou imposição da mídia?”

  • João Lenon R. Nascimento – “Varjão dos Tortos”

  • Jocimar da Silva – “Moqueca Capixaba”

  • Karla Samara Magalhães de Souza – “Engenheiros das Artes – Transformando com arte”

  • Karoline Victória Cerqueira dos Santos – “Santa Arte”

  • Keila dos Santos Serruya Dias – “Hip Hop sem Fronteiras”

  • Luciana Regina Rodrigues – “Tinga, teu povo te ama!”

  • Luís Silva Santiago Neto – “Gol de Encontro”

  • Maria Lícia de Lima Farias – “Mochilando na Satélite”

  • Pablo Abranches – “Ônibus”

  • Paulo Rodrigues das Merces Barnabé – “Tradição e Ancestralidade – Alicerce da Sociedade”

  • Patrícia Alcântara Alencar – “Samba do Monte”

  • Rafael Gomes de Jesus – “Travessia”

  • Rafael Rocha dos Santos – “Vai, caixeiro”

  • Ramon Zagoto Mariano – “Nossa Batalha”

  • Rodrigo Jesus Santos – “Bike, uma forma de transformação social/cultural”

  • Rogério José da Silva – “Nós na Tela Heliópolis”

  • Tamiris Oliveira dos Santos – “O Rock acabou e a culpa é de quem?”

  • Tiago Luís Bispo de Jesus -”Cantinho Literário Ilê Ayó”

  • Vanessa Noronha Garcia – “José Antonio da Silva”

  • Vinícius de Oliveira Veiga – “Rep – Reciclando Pensamentos”

  • Warllem Machado – “Jovens Gays”

 

 Os concorrentes que tiverem seus projetos inabilitados poderão apresentar recurso à Coordenação Executiva, sediada no endereço mencionado no item 2.1.2 deste edital, em até 5 (cinco) dias, contados da data de divulgação da inabilitação. Transcorrido esse prazo, não será aceita apresentação de recurso, sendo homologada em caráter definitivo a inabilitação do concorrente.

 

Nós na Tela

quarta-feira, novembro 11th, 2009

Ministério da Cultura recebe 143 inscrições

para o concurso que revelará novos talentos

na área audiovisual

 image001 O desafio de revelar um olhar sensível sobre a realidade em transformação de suascomunidades ou da realidade que os cerca, motivou 143 jovens, entre 17 e 29anos, a inscreverem suas propostas para o concurso Nós na Tela.Do total dos 143 inscritos, sete projetos são da região Norte, 43 do Nordeste,sete do Centro-Oeste, 79 do Sudeste e sete do Sul.

 
O edital, lançado em setembro deste ano, teve como objetivo apoiar aprodução de obras audiovisuais digitais inéditas de curta metragem, com duraçãode 15 minutos, inspiradas no tema Cultura e Transformação Social.  Para se inscrever, os jovens tiveram que comprovar seu envolvimento comprojetos sociais que ministram cursos de formação na área do audiovisual. Paraestes jovens, a participação no concurso significa poder colocar em prática oque aprenderam nas oficinas, além de imprimir nas obras audiovisuais umalinguagem própria para contar um pouco do papel da Cultura nas transformaçõesocorridas em suas comunidades.

 
Promovido pelo Programa Mais Cultura, por meio das Secretarias doAudiovisual (SAv) e de Articulação Institucional (SAI) do Ministério daCultura, em parceria com a Associação Brasileira de Canais Comunitários(Abccom) e Sociedade dos Amigos da Cinemateca (SAC), o concurso apoiará 20projetos com o valor de R$ 30 mil reais para cada um. Após a produção dosprogramas, os vídeos serão exibidos nos canais comunitários interessados e nasTVs públicas.

Seleção

 
A próxima etapa do concurso é a apreciação dos 143 projetos inscritos por umaComissão de Seleção composta por cinco membros e constituída por especialistasna atividade audiovisual. Os integrantes desta comissão são designados pelasSecretarias do Audiovisual, de Articulação Institucional do Ministério daCultura e pela AbbCom.

 
A avaliação dos projetos levará em conta a originalidade e a criatividadeartística do roteiro, a adequação ao tema Cultura e Transformação Social,a compatibilidade entre a previsão orçamentária e a realização da obra propostae o currículo dos concorrentes. Serão contemplados dois projetos, no mínimo, depelo menos quatro macrorregiões do país, se estes forem apresentados, paradescentralizar e democratizar a participação dos concorrentes.

 
No dia 12 de novembro de 2009 será divulgada uma lista contendo a relação dos projetos que não preencheram todos os requisitos exigidos pelo edital. Os concorrentes poderão então apresentar recurso em até cinco dias,contados da data de divulgação da inabilitação.

Está prevista para dezembro de 2009 a divulgação dos 20 projetos selecionados para receber o apoio do Ministério da Cultura e dos 10 integrantesdo cadastro de reserva.

 
E-mail: nosnatela@cinemateca.org.br
Telefones: (11) 5084.3252 ou 5081.7370