Nós na Tela

Ministério da Cultura recebe 143 inscrições

para o concurso que revelará novos talentos

na área audiovisual

 image001 O desafio de revelar um olhar sensível sobre a realidade em transformação de suascomunidades ou da realidade que os cerca, motivou 143 jovens, entre 17 e 29anos, a inscreverem suas propostas para o concurso Nós na Tela.Do total dos 143 inscritos, sete projetos são da região Norte, 43 do Nordeste,sete do Centro-Oeste, 79 do Sudeste e sete do Sul.

 
O edital, lançado em setembro deste ano, teve como objetivo apoiar aprodução de obras audiovisuais digitais inéditas de curta metragem, com duraçãode 15 minutos, inspiradas no tema Cultura e Transformação Social.  Para se inscrever, os jovens tiveram que comprovar seu envolvimento comprojetos sociais que ministram cursos de formação na área do audiovisual. Paraestes jovens, a participação no concurso significa poder colocar em prática oque aprenderam nas oficinas, além de imprimir nas obras audiovisuais umalinguagem própria para contar um pouco do papel da Cultura nas transformaçõesocorridas em suas comunidades.

 
Promovido pelo Programa Mais Cultura, por meio das Secretarias doAudiovisual (SAv) e de Articulação Institucional (SAI) do Ministério daCultura, em parceria com a Associação Brasileira de Canais Comunitários(Abccom) e Sociedade dos Amigos da Cinemateca (SAC), o concurso apoiará 20projetos com o valor de R$ 30 mil reais para cada um. Após a produção dosprogramas, os vídeos serão exibidos nos canais comunitários interessados e nasTVs públicas.

Seleção

 
A próxima etapa do concurso é a apreciação dos 143 projetos inscritos por umaComissão de Seleção composta por cinco membros e constituída por especialistasna atividade audiovisual. Os integrantes desta comissão são designados pelasSecretarias do Audiovisual, de Articulação Institucional do Ministério daCultura e pela AbbCom.

 
A avaliação dos projetos levará em conta a originalidade e a criatividadeartística do roteiro, a adequação ao tema Cultura e Transformação Social,a compatibilidade entre a previsão orçamentária e a realização da obra propostae o currículo dos concorrentes. Serão contemplados dois projetos, no mínimo, depelo menos quatro macrorregiões do país, se estes forem apresentados, paradescentralizar e democratizar a participação dos concorrentes.

 
No dia 12 de novembro de 2009 será divulgada uma lista contendo a relação dos projetos que não preencheram todos os requisitos exigidos pelo edital. Os concorrentes poderão então apresentar recurso em até cinco dias,contados da data de divulgação da inabilitação.

Está prevista para dezembro de 2009 a divulgação dos 20 projetos selecionados para receber o apoio do Ministério da Cultura e dos 10 integrantesdo cadastro de reserva.

 
E-mail: nosnatela@cinemateca.org.br
Telefones: (11) 5084.3252 ou 5081.7370

Leave a Reply

*