Habilitados e Inabilitados

SECRETARIA DO AUDIOVISUAL

PORTARIA DE Nº 33, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2009

 

O Ministério da Cultura – MinC, no âmbito do Programa Mais Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual – SAV e da Secretaria de Articulação Institucional – SAI, em parceria com a Associação Brasileira de Canais Comunitários – ABCCom e com a Sociedade dos Amigos da Cinemateca, com base no Concurso de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Digitais Inéditas, de CURTA METRAGEM, nos gêneros DOCUMENTÁRIO ou TELERREPORTAGEM, sobre o tema “Cultura e Transformação Social” – NÓS NA TELA, cujo edital foi publicado no Diário Oficial da União de 16 de setembro de 2009, seção 3, PP. 18 e 19, torna pública a relação dos projetos habilitados e inabilitados, quais sejam, aqueles que não contemplam os documentos e informações exigidos no presente edital, e que, portanto, não serão objeto de análise pela Coordenação Executiva. Resolve:

Art. 1º Homologar os projetos HABILITADOS E INABILITADOS no Consurso de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Digitais, Inéditas, de CURTA METRAGEM, nos gêneros DOCUMENTÁRIO ou TELERREPORTAGEM, sobre o tema “Cultura e Tranformação Social” – NÓS NA TELA

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

  

SILVIO DA-RIN

 HABILITADOS:

  • Adelvan de Lima Nunes – “Arquitetura da Exclusão”

  • Adriano de França Oliveira – “Janelas para o Mundo”

  • Adriano José da Silva Lima – “Cambinda Estrela”

  • Adriano Moretto de Oliveira – “Solidariedade: caminho para a dignidade”

  • Aitam Camilo Faria da Silva – “Severinos e Severinas da Periferia Paulista”

  • Alan Russel Gontijo – “Cinema de Bolso”

  • Alex Sandro da Silva – “Procura-se”

  • Aline da Silveira Adorno – “Adão Africano, Eva Baiana”

  • Aline de Souza Camargo Assis – “BNH 001”

  • Aline Soares Gomes – “Guerreiros da Paz”

  • Alisson Leite de Almeida – “O que sou a quem devo?”

  • Álvaro Graça Junior – “O Instrumento e o Dom”

  • Anderson José Mendes dos Santos – “Movimento e Vontade”

  • Amanda da Silva Oliveira – “Jovens Comunicadores”

  • Ana Lúcia do Nascimento – “Cultura: a luz de um prisma”

  • André Luiz Carvalho Pacheco – “Cidade de Deus.doc”

  • André Tavares – “Identidades Periféricas”

  • Antônio Francisco F. Ribeiro – “Roda Mundo”

  • Antonio Ulisses de Moura Sousa – “Vou passar o corpo todo”

  • Bruno A . Pereira – “Nota de Corte”

  • Cássio da Silva Santos – “Conectados”

  • Cleciane Tomé da Silva – “Pau-de-dá-em-doido: o filme”

  • Danilo Luiz dos Santos Augusto – “Uma Ação Faz Toda a Diferença”

  • David Alves da Silva – “Curta Saraus”

  • Deberson da Silva Miranda – “Quilombo de Itapocú”

  • Domênica Cristina da Silva – “Batuque Arte”

  • Donizete Bonfim dos Santos – “Rádio Heliópolis”

  • Edilene Santos Portilho – “Histórias que contam na vida”

  • Elder Araújo da Paz – “Pérolas Negra”

  • Evelyssa Aparecida Sanches – “Criando a Liberdade”

  • Fabiana Severino da Silva – “Cantando Histórias”

  • Fabrício Luiz Andrietta – “Reconstruindo a Palavra”

  • Fátima Karinna Rocha Cavalcante – “Cultura é Transformação Social”

  • Felipe Rodrigues da Silva – “Disseminando Idéias e Influenciando Pessoas”

  • Felipe Santos Neves – “Ser Emo”

  • Fernando Pereira dos Santos e Silva – “Por Onde Andou Rosa?”

  • Francimeire do Nascimento Costa – “Nas Ondas”

  • Francisco Anderson Soares Gama – “Uma Janela, Vários Sonhos”

  • Francisco Eudes Freitas – “Poço da Draga – Memória de Luta e Resistência”

  • Gabriela Cativo Andreoletti – “Reconstituição – o primeiro do último dia”

  • Gerdson Santos Alves – “Griô Cultural como Transformação Social”

  • Gilcimar França dos Santos – “Cultura e Transformação Social no Caminho do Rio São Francisco”

  • Gislaine Camila Duarte – “Beco à Barca”

  • Graziela Rodrigues da Silva – “Assim Nós Fazemos”

  • Gustavo H. Pereira do Nascimento – “Carne de Sol”

  • Heverton Lacerda – “Projeto Vale do Sol”

  • Iasminda Barbosa de Matos – “Canoa Quebrada – Olhando com Olhar de Quem Vê”

  • Inayara Azevedo Boscolo da Silva – “Morro do Quilombo”

  • Ismael Monteiro de Farias – “Nau catarineta – Resistência, Tradição e Transformação”

  • Jamila Rodrigues Venturini – “Povo da Terra: Os Mapuche”

  • Janaína Silva Ferreira de Lima – “Meus Direitos Humanos”

  • Jaqueline Sousa Barreto – “Sem-terrinha: por um outro olhar do mundo”

  • Jocildo Bezerra de Mesquita – “20 Anos de Resistência Cultural”

  • Joelmir de Oliveira – “Abel”

  • Jonatas C. Ferreira – “Overclock”

  • José Augustiano Xavier dos Santos – “Vídeo Primavera”

  • José Leite dos Santos Neto – “Memórias da Realidade”

  • José Luís de Freitas – “Miguel batista, o construtor de imagens”

  • Juscelino dos Santos Augusto – “A Ùltima Lágrima”

  • Lara Vanessa de Castro – “Retirantes da Seca na Terra da Promessa”

  • Larissa Valdívia – “Tavares em Transformação”

  • Leandro Soares do Amaral – “TV N’Ativa – A TV na Ativa”

  • Luciano Oliveira – “Intenção e Gesto no Cinema de Quebrada”

  • Lutimira Araújo Paiva – “MF – História de Vida”

  • Marcos Joel Martins de Freitas – “Projetando Mudanças”

  • Marinéia Lima Anatório – “Tempos de Ouro”

  • Marta Gonçalves Chuengue – “Indo Contra a Maré”

  • Mikhail Patrício Souza – “É pra ontem: conjunto de nós”

  • Nildo Ferreira da Silva – “Carne Seca e Bacalhau”

  • Osvaldo dos Reis Bispo Neto – “Promoção da Cultura da Paz”

  • Pablo da Cunha – “Golfe, Escola da Vida”

  • Paula Luana Maia dos Santos – “Aloha”

  • Paulo Fernando Estrela dos Santos- “Nosso Pensar”

  • Priscila Pacheco dos Santos – “Nós na Tela”

  • Rafael Almeida Santos – “Ouro Preto Patrimônio”

  • Rafael de Souza Ferreira – “Congada no Brasil”

  • Raffael Bruno Gomes dos Santos – “Escolinha de Iniciação Musical e Arte”

  • Raíla Silva Maciel – “Juventude Ludovicense: a arte do porvir”

  • Raphael Malta Clasen – “Preto Fosco”

  • Raquel Beatriz Esteves Reis – “Favela Tour, o Filme”

  • Richard Neto Esteves – “Cultura e Transformação Social e Suas Divergências”

  • Rita de Cássia Machado Amaral – “Das Artes do Circo à Formação”

  • Roberto Horta Martins – “Da periferia ao clássico”

  • Rodrigo Silva do Nascimento – “Transformação Etnodigital”

  • Rogério Santos de Souza – “Chuta de bico que o jogo é de taça”

  • Ronald Ramos – “zona Portuária”

  • Rubens Lucas Vieira Reis Sant’ana – “São Vicente em Cena”

  • Rúbia Gisele da Silva – “Com a Terceira Idade Inteira pela Frente”

  • Sávio Cavalcante Marques – “Clã dos Galdinos”

  • Sara Silva Ribeiro – “A Cor do Invisível”

  • Sérgio Pires Lobato – “Mosaico Amazônia Nativa”

  • Sernon Sebastião de Sousa Cordeiro – “Adecines: Cinema, educação e Inclusão”

  • Sheila Correia Ramos – “Educomunicar é Cultura e Transformação Social”

  • Thailiny Duarte da Cruz – “Profissões Impostas”

  • Thiago Luiz de Oliveira da Silva Santos – “Funkemsi – Em Ritmo Transformador”

  • Thiago Maerki de Oliveira – “A vida no lar dos idosos”

  • Tiago Barros da Cruz – “Capoerinha Chocolate, eu cresci!”

  • Tiago Pedro de Araújo Pereira – “Samba do Zé Bezerra”

  • Ton Andrade – “Malabares em Andamento”

  • Vanessa Reis de Souza – “O Processo da Ação”

  • Valteir dos Santos Pereira – “Livre”

  • Victor Vale de Melo – “Ponte Metálica”

  • Willamy Tenório de Araújo – “A Igreja Evangélica e a Cultura Afro Brasileira”

  • Willian Coutinho Duarte – “Vila das Torres 2014”

  • Willian de Faria Ceará – “Surto! (O Bicho Morreu)”

  • Wilq Vicente dos Santos – “Ananias Capoeria: Uma Vida”

  • Yoná Matiello – “De Acordo com a Cor”

 

INABILITADOS: 

  • Abimael Borges dos Santos – “Caminhos do Saber: uma saga pela transformação social”

  • Aline Souza dos Santos – “Juventude e o Semi-Árido: o desafio da convivência”

  • Allan Cleyton Sousa L. Barros – “Calangos do Cariri”

  • Ana Divino – “Santa Augusta”

  • Ana Lúcia Nunes de Sousa – “Cores do Sonho”

  • Carlos Alberto Vieira Santos – “Mobilização na PPL”

  • César Leandro dos Santos – “Depois de um Vôo”

  • Charles Deodato do Nascimento – “Capiba na Terra do Boi Surubim”

  • Cláudio de Almeida Pimentel Corrêa – “Mestre Salu”

  • Daniel Marcos Barbosa – “Vamos ao Rap: Discutindo a Realidade”

  • Danilo Souza Brun – “Mídias da Vida”

  • Douglas Nogueira Correia – “Posto 7”

  • Edson Silva de Jesus – “Um Jeito Novo de Olhar”

  • Fábio Lupo – “Pretérito do Futuro”

  • Gabriel Mesquita do Nascimento – “Plantando Sustentabilidade”

  • Ivonilto Gomes Barreiros – “Trilhando Caminhos”

  • Jackson Augusto Santos Jesus – “Pagode Baiano: nossa cultura ou imposição da mídia?”

  • João Lenon R. Nascimento – “Varjão dos Tortos”

  • Jocimar da Silva – “Moqueca Capixaba”

  • Karla Samara Magalhães de Souza – “Engenheiros das Artes – Transformando com arte”

  • Karoline Victória Cerqueira dos Santos – “Santa Arte”

  • Keila dos Santos Serruya Dias – “Hip Hop sem Fronteiras”

  • Luciana Regina Rodrigues – “Tinga, teu povo te ama!”

  • Luís Silva Santiago Neto – “Gol de Encontro”

  • Maria Lícia de Lima Farias – “Mochilando na Satélite”

  • Pablo Abranches – “Ônibus”

  • Paulo Rodrigues das Merces Barnabé – “Tradição e Ancestralidade – Alicerce da Sociedade”

  • Patrícia Alcântara Alencar – “Samba do Monte”

  • Rafael Gomes de Jesus – “Travessia”

  • Rafael Rocha dos Santos – “Vai, caixeiro”

  • Ramon Zagoto Mariano – “Nossa Batalha”

  • Rodrigo Jesus Santos – “Bike, uma forma de transformação social/cultural”

  • Rogério José da Silva – “Nós na Tela Heliópolis”

  • Tamiris Oliveira dos Santos – “O Rock acabou e a culpa é de quem?”

  • Tiago Luís Bispo de Jesus -”Cantinho Literário Ilê Ayó”

  • Vanessa Noronha Garcia – “José Antonio da Silva”

  • Vinícius de Oliveira Veiga – “Rep – Reciclando Pensamentos”

  • Warllem Machado – “Jovens Gays”

 

 Os concorrentes que tiverem seus projetos inabilitados poderão apresentar recurso à Coordenação Executiva, sediada no endereço mencionado no item 2.1.2 deste edital, em até 5 (cinco) dias, contados da data de divulgação da inabilitação. Transcorrido esse prazo, não será aceita apresentação de recurso, sendo homologada em caráter definitivo a inabilitação do concorrente.

 

One Response to “Habilitados e Inabilitados”

Leave a Reply

*