O Projeto

os tres presentes magicos - Copia

Os “Três Presentes Mágicos – Pesquisa, Criação Coletiva, Produção e Circulação de Espetáculo com Teatro de Animação (Bonecos, Objetos e Máscaras) e a Musicalidade do Tambor de Sopapo”, contemplado na Bolsa Funarte de Fomento aos Artistas e Produtores Negros, é um processo de pesquisa, criação coletiva, produção e circulação pública de espetáculo, tendo como referência o conto africano “Os Três Presentes Mágicos”, de Rogério Andrade Barbosa, explorando o universo do Teatro de Animação (Bonecos, Objetos, Sombra e Luz) e a musicalidade do instrumento tradicional tambor de Sopapo.

Sem-título-1

A Bolsa Funarte de Fomento aos Artistas e Produtores Negros

A Bolsa Funarte de Fomento aos Artistas e Produtores Negros em sua edição de 2014, concedeu 45 bolsas de apoio a projetos culturais que promovem a reflexão, a pesquisa de linguagem e a criação nas áreas de artes visuais, circo, dança, música, teatro, preservação da memória e artes integradas, realizados por proponentes autodeclarados negros (pretos e pardos, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE).

A iniciativa visa dar aos produtores e artistas negros oportunidade de acesso a condições e meios de produção artística, em conformidade com:

a) o Plano Nacional de Cultura (Lei 12.343/2010), especialmente no que se refere aos programas de reconhecimento, preservação, fomento e difusão do patrimônio e da expressão cultural dos e para os grupos sujeitos à discriminação e marginalização;

b) o Estatuto da Igualdade Racial (Lei 12.288/2010), que estabelece em seu artigo 4º, incisos IV e VI, a promoção de ajustes normativos para aperfeiçoar o combate à discriminação e às desigualdades étnicas e a implementação de incentivos e critérios de condicionamento e prioridade no acesso aos recursos públicos.

rodapé post blog

Pular para a barra de ferramentas