Como divido meus treinos?

treinarE aí pessoal! Uma coisa que me perguntam muito é quantas vezes deve se malhar cada músculo por semana.

O pessoal costuma perguntar isso porque tá todo mundo acostumado com a divisão que o corpo precisa pra fazer a musculação.

E dividindo o corpo por “partes” pra treinar durante a semana falta dia pra treinar tudo. Muita gente treina de segunda a segunda e não consegue dar conta do treino todo.

Eu não divido o corpo porque no mundo real se usa o corpo como conjunto… e usando o o corpo como um conjunto, o desgaste é muito maior e muito mais real.

É repetitivo o que eu vou falar aqui, eu sei, e é uma coisa óbvia: Mas se a gente fizer os movimentos que são os nossos movimentos do mundo real, a gente vai ficar muito mais forte e preparado pra encarar o mundo real.

A gente pode treinar o corpo inteiro. Com foco em grupos musculares diferentes. O corpo todo trabalha todos os dias, mas a ênfase do treino é o que tem que mudar… as vezes costas, outro dia peito, perna…

A ideia é sempre variar o estímulo. Se fizer a mesma coisa sempre, o corpo para de evoluir, ou vai evoluir muito pouco. E aí seguem me perguntando: eu posso fazer esse abdominal sempre?

Não, não pode. A resposta é NÃO. Tem que variar o estímulo na musculatura. O músculo tem que descansar, ele precisa desse tempo para a reconstrução da fibra muscular. E tudo isso vai auxiliar no desenvolvimento do condicionamento físico, da queima de gordura, da definição muscular.

Pensa comigo: em qualquer esporte, em qualquer movimento, o corpo não tá dividido, ele se move todo junto. No fim das contas, você deve trabalhar o corpo todo todos os dias, com enfoque em grupos musculares diferentes… e o que se faz uma vez por semana é justamente esse enfoque em grupos musculares diferentes.

E o foco não é bíceps, tríceps… Tem que ser em músculos grandes ou grupos musculares. Por isso o exemplo do peito, das costas, da perna. A ideia é sempre focar em toda uma região, não em um músculo específico.

Dores Musculares: Por que acontecem e como aliviá-las?

dor-muscular-pos-treinoSe você treina forte provavelmente já passou por isso, certo? Todo mundo que pratica exercício físico já sentiu: dores musculares pós treino.

Às vezes quando você se exercita, você acaba exagerando na dose, pode ser porque está fora de ritmo, porque tá começando muito empolgada, porque foi mal orientado ou simplesmente porque pegou pesado demais e isso acontece muito.

Você pode sentir um cansaço ou uma dor na hora. E isso porque quando você exagera no seu treino, você acumula no tecido muscular resíduos e fluidos, que causam justamente essa sensação de dor e de cansaço.

Essa dor e esse cansaço podem passar na hora, depois de alguns minutos de descanso, mas não interessa se você está começando agora ou se já treina há um tempão, você já deve ter passado por aquela sensação de acordar no dia seguinte de fazer algum exercício pesado se sentindo completamente quebrado, destruído, achando que não vai conseguir mexer as pernas nem levantar os braços.

O nome dessa dor é dor muscular tardia e ela é causada pelas contrações excêntricas, principalmente, quando um músculo se torna alongado enquanto sob tensão.

Um bom exemplo disso é imaginar fazendo um exercício na barra fixa. Esse momento controlado de tensão com o músculo se alongando é quando você está descendo no movimento, fazendo o bíceps alongar. Essa é a fase excêntrica.

Quando eu falei do acúmulo de químicos e fluídos na musculatura, eu tava falando mais diretamente do famoso ácido lático. O acúmulo dele na musculatura traz essa sensação de dor e cansaço.

Que para você remover mais rapidamente esse de ácido lático da musculatura, você pode ao invés de simplesmente esperar a dor passar, praticar algum exercício moderado.

Praticando o exercício moderado, você ativa a circulação e faz essa dor ser removida. Antes do que se você ficasse parado. E aí o que mais me perguntam sobre esse assunto é como fazer pra reduzir ou aliviar essas dores.

A melhor e mais conhecida maneira para aliviar essas dores no longo prazo é óbvia: tem que fazer uma progressão gradual no seu exercício, dando tempo suficiente para a sua musculatura se adaptar ao novo estímulo.

Quando fizer meus treinos, tem que descobrir qual o seu limite, cada um tem um ritmo. Você tem que ir no seu.

Outro ponto muito importante para a recuperação e também pra ter os melhores resultados dos treinos é dormir pelo tempo suficiente e um sono com qualidade suficiente.

O momento em que o corpo melhor se recupera da atividade diária é quando estamos dormindo, e isso inclui se recuperar de qualquer dores musculares.

Não dormir o suficiente pode fazer essas dores durarem mais tempo do que deveriam. Então é isso aí, não se afastem dos exercícios ou qualquer atividade física que vocês gostem pelas dores que podem vir.

É isso galera, essas são minhas dicas da semana! Quer saber mais, continua entrando por aqui e acompanhando todas as nossas postagens! Tem todo conteúdo aqui, o treino completo e organizado para você. Um forte abraço e até uma próxima!

Você também pode se interessar por Orlistat Emagrece

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*