Revista Nova Escola – modelos de gestão

A gestão da sua escola segue um modelo que você reconhece?

Veja alguns exemplos publicados na Revista Nova Escola

http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/diretor/5-modelos-gestao-escolar-625771.shtml

Publicado em Sem categoria | Com a tag , | 1 comentário

Donald no país da Matemágica!

Olá pessoal, esse vídeo provavelmente é mais velho que boa parte de vocês!

Mas olhem que interessante, disponível e de fácil acesso.

Isso é TIC?

http://www.youtube.com/watch?v=7S3iW_sbqsA

Publicado em Sem categoria | Com a tag , | Deixar um comentário

Workshop: Games na Educação – Sesc Taubaté

Olá a todas

O Sesc Taubaté está promovendo o Workshop Games na Educação, no próximo dia 30 de abril, sábado, das 10 às 14h, na sala Internet Livre – Gratuito! Vagas limitadas.

Eu já me inscrevi! Se alguém se interessar, pode fazer a inscrição diretamente no Sesc.

http://www.sescsp.org.br/sesc/programa_new/mostra_detalhe.cfm?programacao_id=192885

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Professores são inseguros para usar tecnologia, aponta pesquisa

Publicada no Jornal O Estado de São Paulo, o Estadão, a pesquisa da UNICAMP traz dados interessantes para nossa discussão.

http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,professores-sao-inseguros-para-usar-tecnologia,704780,0.htm

http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,%E2%80%98eles-tem-os-equipamentos-e-nao-os-ligam–diz-secretario-adjunto-de-educacao-de-sp,704785,0.htm

http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,professor-jovem-tem-mais-dominio-da-tecnologia,704788,0.htm

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , | Deixar um comentário

O livro de papel já morreu? Gilberto Dimenstein

Artigo do Gilberto Dimenstein hoje na Folha de São Paulo

http://www.pubon.net/blog/?p=55

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , | Deixar um comentário

Tecnologia, redes sociais e educação

Outro texto do blog “Eu Amo Educar” das Editoras Ática e Scipione, agora um texto de Eduardo Chaves com o título acima.

Um trechinho: “Ainda não sabemos, com precisão, como as redes sociais vão afetar a educação. O estabelecimento escolar tem resistido a elas, e (de sua perspectiva) com boa razão, porque elas representam uma ameaça significativa ao paradigma educacional vigente.”

http://blog.aticascipione.com.br/eu-amo-educar/tecnologia-redes-sociais/

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Vídeo de Rubem Alves

Esse vídeo do Rubem Alves fala do papel do professor.

A missão do professor é provocar o espanto!

http://www.youtube.com/watch?v=_OsYdePR1IU&feature=player_embedded#at=21

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Prêmio Viva Leitura 2011

Essa notícia é de divulgação:

Estão abertas as incrições para o Prêmio Viva leitura 2011, que premiará com até R$ 30 mil, experiências de leitura de professores, escolas, ongs e outras entidades.

Vejam no endereço: Premio Viva Leitura 2011 http://bit.ly/fWBx0X inscrições até 20 de julho

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , | Deixar um comentário

Vídeo Palavra Cantada

Olá a todas

Hoje compartilho com vocês um vídeo, não tanto pelo vídeo em si, mas pela descrição: Vídeo apresentado no 4º semestre do curso de pedagogia na disciplina de Inovaçãoes tecnológicas em educação.

Pra termos ideia de como as TICs podem aparecer no processo educativo. E eu peguei o vídeo no Facebook de um parente que está fazendo aniversário… A era das conexões!!!

Abraços a todas

Marcia

http://www.youtube.com/watch?v=oI1mwsIqXM4

Publicado em Sem categoria | Com a tag | Deixar um comentário

Respostas de livros didáticos da rede estadual estão disponíveis na internet

Hoje, compatilho com vocês uma matéria do jornal Folha de São Paulo. Para pensarmos se esse é um bom ou mau uso de TICs na educação.

Livro didático utilizado em SP tem respostas na internet

Exercícios estão em 135 milhões de livros distribuídos na rede estadual

Endereços oferecem de graça as resoluções sugeridas presentes no material passado para os professores

FÁBIO TAKAHASHI
DE SÃO PAULO

As respostas de exercícios presentes em 135 milhões de livros de apoio distribuídos a alunos da rede estadual de SP estão, indevidamente, disponíveis na internet. As respostas são as apontadas no material dos docentes.
Desde 2009, o governo de São Paulo distribui, a cerca de 3 milhões de estudantes, cadernos que podem ser usadas como lição de casa, atividades em classe ou até como avaliação. O material, que no ano passado custou aos cofres públicos R$ 75 milhões, visa ajudar a organização do conteúdo a ser dado. Cabe ao docente definir como usá-lo.
A Folha verificou haver endereços na internet que oferecem de graça as resoluções sugeridas presentes no material dos professores.
No Orkut, são mais de cem comunidades, uma delas com 300 mil membros. Também há blogs como o “Sem Repetentes”, que tem respostas para todas as séries.
A Folha tentou, sem sucesso, contato com responsáveis pelos sites. Não foi possível verificar como obtiveram o material do professor.

PROBLEMAS
“Pedia lição de casa, trabalho para nota ou mesmo atividade em sala de aula e, ultimamente, vinha tudo certo”, conta um docente de português do ensino médio. Ao conversar com alunos, soube dos links. “Eles nem precisam pensar mais.”
Para o secretário-adjunto da Educação da gestão Geraldo Alckmin (PSDB), João Cardoso Palma Filho, como o material é basicamente de apoio, não há prejuízos.
“Não tem como impedir [a publicação]. Acontece com quem usa material pronto.” Ele sugere que os docentes, a partir das resoluções, refinem explicações.
“O material já é simplificado. Com respostas, vira perda de tempo”, diz Angela Soligo, professora da Faculdade de Educação da Unicamp. “O ideal é o docente ter liberdade para definir atividades. A padronização causa problemas como esse.”
Segundo Regina Brito, professora da pós-graduação em educação da PUC-SP, “claro que há perda, mas o material não está todo perdido. A troca de informações entre alunos já é positiva”.
Ela ressalta que, antes, estudantes conseguiam o livro do professor e passavam as respostas a colegas. “A questão é que a internet potencializou isso. O docente precisa ser criativo para, a partir das respostas, estimular os alunos em outras atividades.”

Publicado em Sem categoria | Com a tag , | 3 comentários