Tradição popular, trocas simbólicas e políticas culturais no Distrito de Forte Velho, Paraíba Patrícia de Carvalho Silva (Universidade Federal da Bahia)

A sagração da primavera: a afirmação do debate cultural e cinematográfico no período 1979-1982 – Wolney Vianna Malafaia (Colégio Pedro II, Rio de Janeiro)

Notas sobre a industria cultural e a sociedade ‘excitada’ – Nina Saroldi (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro)

Polifonia de vozes: o Multicultural Planning como método de avaliação de políticas culturais produzidas no espaço urbano – João Luiz Pereira Domingues (Universidade Federal Fluminense / Universidade Federal do Rio de Janeiro)

Notas sobre cultura, diversidade e inclusão social – Teresa Ventura (Universidade Estadual do Rio de Janeiro)

Política cultural: produção e orientação de espaços para a participação cidadã – Sebastião Soares (Pontifica Universidade Católica de São Paulo)

Políticas culturais e segurança pública: encruzilhadas nas favelas cariocas – Pâmella Passos (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia/IFRJ; Periferias em Cena; Observatório da Indústria Cultural/Oicult; Grupo de Pesquisas em Tecnologia, Educação e Cultura/GPTEC) Talita Cairrão (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia/IRJ)

Do corredor cultural ao Porto Maravilha: mudança de paradigma? – Leopoldo Guilherme Pio (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

Cidade criativa: política urbana e cultural na reconstrução simbólica do Rio Olímpico – Amanda Wanis (Universidade Federal Fluminense)

Política cultural na região portuária do Rio de Janeiro: novos atores e um novo gestor – João Guerreiro (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia/IFRJ)

Política cultural e acesso à cidade – Clarice de Assis Libânio (Universidade Federal de Minas Gerais)

Diversidade ou adversidade? Um debate sobre direitos humanos, tolerância e cultura – Giuliana Kauark (Universidade Federal da Bahia)

Políticas e gestão públicas de cultura: diversidade cultural numa perspectiva intercultural – Alice Pires de Lacerda (Universidade Federal da Bahia)

Relação Estado x Cultura: Em busca dos direitos culturais por meio das políticas públicas de cultura – Marcella Souza Carvalo (CONSEC/PR; Fórum de Dança de Curitiba)

Cultura, institucionalização e gestão – David Ferreira de Carvalho (Prefeitura da Estância de Atibaia)

Política, gestão e produção cultural na Bahia – Gisele Marchiori Nussbaumer (Universidade Federal da Bahia)

Programa pra governar: implantação de uma política de Estado para a cultura em São Carlos/SP – (2001-2012) – Telma Luzia Pegorelli Olivieri (Secretaria de Articulação Institucional/MinC)

Política e políticas culturais compartilhadas: parcerias (ou não) governo/sociedade e repercussões no território – Luiz Augusto F. Rodrigues (Universidade Federal Fluminense) Flávia Lages de Castro (Universidade Federal Fluminense; revista PragMATIZES)

Construção de uma política para instituições culturais privadas – compartilhando a experiência da Bahia – Carlos Beyrodt Paiva Neto (Secretaria Estadual de Cultura da Bahia)

Cultura, gestão e local: a experiência do Centro Cultural Vila Santa Rita da cidade de Belo Horizonte – Ricardo Ulpiano da Cruz Pereira (Centro Cultural Vila Santa Rita/FMC/PBH) Violeta Vaz Penna (Centro Cultural Vila Santa Rita/FMC/PBH)

Políticas culturales en la Ciudad de Rosario, Argentina. Los años de la apertura democrática – Laura Ana Cardini (CONICET/Facultad de Humanidades y Artes/UNR/Argentina)

 

Música, raça e nação: políticas culturais dos Estados Unidos na época da Guerra Fria e do Brasil na Era Vargas – Anne Gillman (Johns Hopkins University)

O público e o privado: solicitações do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB) ao Conselho Federal de Cultura (1966-1967) – Jessica Suzano Luzes (CPDOC/Fundação Getúlio Vargas)

 

Políticas culturais de Estado e o desenvolvimento da música popular brasileira nos anos 60: a ditadura militar e a produção estética-ideológica – Daniel Brochado Pires (Universidade Federal de São Paulo)

Políticas culturais de código aberto: da urgência de outras conexões – Simone Zárate (Prefeitura de Santo André)

A construção de um plano de política cultural para arquivos: a experiência do colegiado setorial de arquivos do Conselho Nacional de Política Cultural – Rodrigo Aldeia Duarte (Arquivo nacional; Conselho Nacional de Política Cultural)

A criação de conteúdos a partir de acervos digitalizados – Uma experiência de difusão na FUNARTE – Ana Claudia Souza (FUNARTE)

Memórias destruídas, memórias apagadas: Análise das políticas públicas pro meio da ciência da informação – Francisco Arrais Nascimento (Universidade Federal de Pernambuco) Elinildo Marinho de Lima (Universidade Federal de Pernambuco)

Infra-estrutura para a oferta de serviços culturais para a fruição cultural na cidade do Rio de Janeiro: uma análise estatística multivariada a partir de dados do Instituto Pereira Passos (IPP-RJ), 2008-2011 – Daniele Cristina Dantas (Escola Nacional de Ciências Estatísticas/IBGE)

Desenvolvimento e Políticas Culturais: dimensão simbólica, cidadã e econômica da cultura na organização de dados culturais – Neusa Martins do Rosário (Universidade Federal da Bahia)

Indicadores culturais no Brasil: mudanças metodológicas e novos resultados, 2007-2012 – Cristina Pereira de Carvalho Lins (IBGE)

O consumo cultural das famílias brasileiras – Elder Patrick Maia Alves (Universidade Federal de Alagoas)

Gestão por resultados: A experiência das oficinas de capacitação profissional da FUNARTE – Marcelo Gruman (Centro técnico de artes cênicas – FUNARTE)

Papel do Estado na formulação e gestão de políticas públicas culturais: Proposta de discussão do caso do Estado de São Paulo – Ana Flávia Cabral Souza Leite (USP; Fundação Theatro Municipal de São Paulo)

A gestão de equipamentos culturais e as organizações sociais: o caso do Estado do Rio de Janeiro – Silvia Fingueruti (Fundação Getúlio Vargas) Pedro Paulo de T. Gangemi (Universidade Federal do Rio de Janeiro) Claudio de Souza Osias (Fundação Getúlio Vargas)

Projeto Ademar Guerra – Políticas públicas para jovens artistas do interior do Estado de São Paulo- Discursos, perspectivas e desafios – Aldo Valentim (Fundação Getúlio Vargas)

A formação em administração, produção e gestão cultural como elemento facilitador do desenvolvimento da carreira artística – Alexandre Barreto (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

Instituição pública x Gestão personalista: O núcleo de arte contemporânea da Universidade Federal da Paraíba (1978-1985) – Fabrícia Cabral de Lira Jordão (Universidade de São Paulo)

A dança e as políticas culturais – Silvana dos Santos Silva (Universidade Federal do Paraná) Larissa Michelle Lara (Universidade Estadual de Campinas)

O bota baixo dos teatros cariocas – Ana Luisa Soares da Silva (Universidade Federal do Rio de Janeiro)

A gestão cultural do povo Xakriabá e sua participação na política cultural brasileira – Terezinha Maria Furiati (Universidade Federal de Minas Gerais)

Ações e políticas culturais e patrimoniais voltadas aos povos indígenas no Brasil – Damiana Bregalda Jaenisch (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

A implementação da Rede Carioca de Pontos de Cultura: UM movimento de descentralização e reconhecimento do território – Guilherme Lopes (Universidade Federal Fluminense; SMC-RJ) Lia Baron (PUC-Rio; SMC-RJ) Mariana Darsie (Universidade Federal Fluminense; SMC-RJ) Marina Ferraz (Universidade Federal Fluminense; SMC-RJ) Natália Lackeski (Universidade Federal Fluminense; SMC-RJ) Sofia Barreto (Universidade Estadual do Rio de Janeiro; SMC-RJ)

Reflexões sobre o ciberativismo: pontos de cultura, redes e política pública cultural – Ariel Nunes (Universidade de Brasília)

Cultura Digital: 10 anos de política pública no Brasil – Thiago Oliveira da Silva Novaes (Universidade de Brasília)

Por Dentro da Rede: delineando o impacto da implantação da rede de pontos de cultura nas entidades de Ribeirão Petro/SP – Jonas Pereira Paschoalick (Universidade de São Paulo) Luciana Rodrigues (Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais)

A Felicidade – Uma necessidade do Homem – Cesar Pereira (Fundação Joaquim Nabuco; Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Portugal)

Valor simbólico e valor de mercado: Reflexões acerca das possibilidades e limites das políticas culturais de patrimônio – Ana Carolina Wolff (Universidade Estadual Paulista) Elisabete Maniglia (Universidade Estadual Paulista)

Reflexões sobre o direito cultural a partir do patrimônio imaterial da Chapada Diamantina – Clarissa Bittencourt de Pinho e Braga (Universidade Federal da Bahia) Vladimir Moreira Marques (Universidade Corporativa da Petrobrás)

A implementação da Política do patrimônio Cultural Imaterial no Município de Campinas: construção junto aos Dententores – Marcela Bonetti (USP; SMC-Campinas)

A influência da pósmodernidade sobre a concepção de patrimônio cultural e a ordem do discurso da política de mestres do patrimônio cultural imaterial do Ceará – David Barbosa de Oliveira (Universidade Federal do Ceará)

Políticas culturais, democratização e acesso à cultura: o ‘domingo no TCA’ – Rosemilda Mendes Lima (Universidade Federal da Bahia; Teatro Castro Alves-SECULT)

A Arte como instância de avaliação dentro de um dispositivo de controle. Caso PH15 Carlos Luis Bosch (Instituto Universitário Nacional de Arte)

Para construção de políticas culturais propostas pelo sujeito artista: possíveis processos de produção do fazer teatral – Heloisa Marina da Silva (Universidade do Estado de Santa Catarina)

Gestão de sedes de grupos de teatro: Espaços de transformações Edson Martins Moraes (SESC-SP)

Incentivo às práticas literárias: a construção das políticas públicas culturais na Cidade de Chapecó (SC) – Tatiana Fátima Rehbein Ravanello (Universidade Federal de Santa Maria) Carlos Gustavo Martins Hoelzel (Universidade Federal de Santa Maria)

Agentes de leitura: Ação e deslocamento – Ricardo Queiroz Pinheiro (Prefeitura de São Bernardo do Campo)

Cultura e participação social: as conferências de políticas no contexto dos sistemas de cultura – Simone Amorim (Universidade do Estado do Rio de Janeiro; SEC-RJ)

As conferências nacionais de cultura no Brasil como instâncias de escuta e de exercício do direito de participação na vida cultural – Ana Lúcia Aragão (Universidade Federal da Bahia)

Apontamentos sobre a História e a inclusão nas políticas culturais no Brasil e Argentina nas últimas três décadas – Ivana Mihal (Universidade Nacional San Martín) Lia Calabre (Fundação Casa de Rui Barbosa)

O Conselho Nacional de Política Cultural como instrumento de diálogo entre governo e sociedade – Deborah Rebello Lima (Fundação Casa de Rui Barbosa)

Desafio jurídicos e administrativos da política cultural comunitária: Um estudo dos pontos de cultura no estado de São Paulo – Luciana Piazzon Barbosa Lima (Universidade de São Paulo)

A cultura no Brasil pós-2003, um Norte: Carimbo patrimônio cultural brasileiro – Eliana Bogéa (Universidade Federal do Pará)

Tradição popular, trocas simbólicas e políticas culturais no Distrito de Forte Velho, Paraíba – Patrícia de Carvalho Silva (Universidade Federal da Bahia)

Rituais, música e memória: políticas culturais de valorização do patrimônio imaterial nos territórios de candomblé – Carla Lyra (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro)

O jongo de Pinheiral: entre história, memória e direitos – Vanessa Santos do Canto (Centro Universitário Geraldo Di Biase) Luana da Silva Oliveira (Centro Universitário Geraldo Di Biase)

Jongueiros e Caxambuzeiros no Espírito Santo – Pesquisa, extensão e políticas de salvaguarda do patrimônio cultural – Aissa Afonso Guimarães (Universidade Federal do Espírito Santo) Osvaldo Martins de Oliveira (Universidade Federal do Espírito Santo)

O revés da proteção: apontamentos sobre o instituto do cancelamento de tombamento e suas implicações nas políticas de preservação do patrimônio cultural – Mário Ferreira de Pragmácio Telles (Universidade Federal Fluminense/OBEC-RJ) Rodrigo Vieira Costa (Universidade Federal de Santa Catarina; Instituto de Pesquisa, Direitos e Movimentos Sociais) Jessica Fontenele Sales (Universidade Federal do Ceará; Instituto de Pesquisa, Direitos e Movimentos Sociais)

Teatro das memórias: dádiva e o utilitarismo na cena cultural – Alexandre Fernandes Corrêa (Universidade Federal do Maranhão; Grupo de Pesquisas em Estudos Culturais-CRISOL)

O desenvolvimento cultural como fundamento jurídico das políticas culturais – Nichollas de Miranda Alem (Universidade de São Paulo)

Políticas públicas de formação social para a identificação do patrimônio cultural e (re)conhecimento de sua importância – Gissele Chapanski (Faculdades Integradas Santa Cruz de Curitiba) Sérgio Augusto Kalil (Faculdades OPET de Curitiba)

Formulação e Implementação do Programa de Cidades Históricas (PCH): 1972/1979 – Sandra Rafaela Magalhães Corrêa (IPHAN)

Cidadania e diversidade cultural com participação social – Marcia Rollemberg (Universidade de Brasília)

Políticas Culturais,Comunidades e Patrimônio no Brasil: Algumas questões epistêmicas – José Rogério Lopes (Universidade do Vale do Rio dos Sinos) Paolo Totaro (Universidade Federal de Alagoas) Eduardo Portanova Barros (Universidade do Vale do Rio dos Sinos)

… Sem perder a ternura, jamais! Notas sobre a implementação da política de salvaguarda do patrimônio cultural registrado pelo IPHAN – Letícia Costa Rodrigues Vianna (Museu Nacional do Rio de Janeiro) Morena Roberto Levy Salama (Universidade de Barcelona) Teresa Maria Contrim de Paiva-Chaves ( Universidade de Brasília)

‘Capacitação’ para as culturas populares: Reflexões sobre as políticas de formação para os maracatus de baque solto – Leonardo Leal Esteves (Universidade Federal do Pernambuco)

Cidade Imaterial, novas (?) configurações sobre o patrimônio na cidade de Juiz de Fora/MG – Daniel Reis (Centro Nacional do Folclore e Cultura Popular)

Financiamento à produção cultural: Reflexões a partir do sistema municipal de desenvolvimento pela cultura de Joinville/SC – Gabriel Medeiros Chati (Universidade Federal do Pampa)

Gestão das áreas de entorno de bens tombados – Estudo de Caso nas Cidades Gaúchas de Piratini e Novo Hamburgo – Ana Luisa Jeanty de Seixas (IPHAN-RS, Parque Histórico Nacional das Missões) Jurema Kopke Eis Arnaut (IPHAN)

A secretaria da cultura do Ceará para além dos centros: ‘Cultura em Movimento’ – SECULT INTINERANTE 2005-2006 – Aline Silva Lima (Universidade Federal do Ceará)

Diagnóstico sobre Gestão e usos de um equipamento cultural no interior da Bahia – Adriana Alves Santana (Universidade Federal da Bahia) José Roberto Severino (Universidade de São Paulo)

Tombamento, registro e áreas de diretrizes especiais (ADE): Instrumentos de políticas de preservação do patrimônio cultural – O Bolão e o Bairro Santa Tereza, Belo Horizonte – Maria Letícia Silva Ticle (Universidade Federal de Minas Gerais)

O papel das políticas cinematográficas na Argentina e Brasil: Problemas comuns e soluções rumo a diversidade e democratização no universo do cinema local contemporâneo – Alysson Felipe Amaral (UNESCO/MinC; DHARMA – Cultura e Desenvolvimento)

“O cinema brasileiro vai bem, obrigado”? – Amanda P. Coutinho de Cerqueira (Universidade Estadual de Campinas)

Lei da TV Paga: Até que ponto a restrição a produtos estrangeiros estimula a produção local – Ana Paula da Silva e Sousa (Universidade Estadual de Campinas)

Uma análise concorrencial e regulatória sobre os possíveis efeitos de normas regulatórias incidentes sobre os setores regulados: o caso da TV por assinatura e o dispositivo do Artº 3., VI da Lei 12.485/2011 – Vinícius Alves Portela Martins (Ancine)

Economia Criativa: Uma política pública da economia para a cultura e sua integração na política econômica do governo federal – Rodrigo Cazes Costa (Universidade Federal Fluminense)

As políticas culturais na atualidade e o trabalho em rede dos artistas – Sharine Machado Cabral de Melo (PUC-SP)

Política cultural, economia criativa e desenvolvimento territorial em Belém e na Amazônia Paraense – Valcir Bispo Santos (Universidade Federal do Pará)

Diagnóstico do arranjo produtivo da música de Rio das Ostras – Bruno Fontes Dias Coelho (SEBRAE-RJ)

Rio Criativo: Política Pública de formação, qualificação e de incubação de empreendedores nos setores criativos do Estado do Rio de Janeiro – Ruth Espínola Soriano de Mello (PUC-Rio) Julia Bloomfield Gama Zardo (PUC-Rio)

Capoeirando com as políticas do patrimônio imaterial: educação, identidade e salvaguarda nos diálogos em construção – Alessandra Regina Gama (Universidade Federal de São Carlos)

[Arte(Gestão)Educação] – Cidadania artística na interseção entre políticas culturais, gestão e formação cultural – Sérgio Azevedo (Universidade de São Paulo)

A batalha do conhecimento, a estratégia é sensível e arma é a música – Adriana de Holanda Cavalcanti (Universidade Federal Fluminense)

Políticas públicas culturais e educação artística no Chile (1996-2006) – Marianela Riqualme Aguilar (Cooperação Cultural Iberoamericana)

Os enunciados e as narrativas: contos e poesias que trazem a história de exu. – Fernanda Barros (Universidade Federal da Bahia)

Os impactos das conferências de cultura: problematização com base no estudo de caso de Campo dos Goytacazes – Clarissa A. G. Semensato (Universidade Estadual do Norte Fluminense)

Sistema municipais de cultura: caminhos possíveis para a garantia dos direitos culturais – Fernanda Laís de Matos (Universidade Federal do Rio Grande do Norte) Cristina Maria do Vale Marques (Universidade de Fortaleza) Vânia Maria Andrade Brayner Rangel (Consultora :UNESCO/ MINC/RRNE)

Ação transdisciplinar em diálogos culturais – Irene Henriette Rulf Kretschek (Ceentro Universitário Barriga Verde) Marlene Zwierewicz (Centro Universitário Barriga Verde)

Participação popular no Ministério da Cultura (2003-2010) – Tatiana Lopes Salciotto (Universidade Federal do ABC; Cpedoc/ Iphan) Marcos Vinicius Pó (Fundação Getúlio Vargas – SP; Universidade Federal do ABC)

Desafios de elaborar um plano estadual da cultura: Metodologia e experiências no Ceará 2012-2013 – Amanda Maria Lima Rodrigues (Universidade Federal Fluminense) Aline Silva Lima (FUNDAJ/MinC) Camila Imaculada Silveira Lima (Universidade Estadual do Ceará) Patricia Pereira Xavier (IPHAN/PEP; PUC-SP) Renata Felipe Monteiro (Universidade Federal do Ceará) Thayane Lopes de Oliveira (Universidade Federal do Ceará)

O setor da música como objeto das políticas culturais federais – Karina Poli (USP)

Por trás da cena: As relações entre televisão e espetáculos teatrais apresentados entre 1991 e 2013 – Beatriz Helena Ramsthaler Figueiredo (PUC-SP)

Financiamento Público para a cultura: Entre a democracia cultural e os novos arranjos para a sustentabilidade – Raquel Moreira (Universidade Federal Fluminense)

Projetos Culturais: planos de comunicação, sustentabilidade e captadores de recursos no uso da Lei Rouanet – Carolina Marques Henriques Ficheira (Escola Superior de Propaganda e Marketing-ESPM)

“Constitucionalização da Cultura”: Significantes vazios e Política Nacional – Breve estudo de caso sobre projetos aprovados via Lei Rouanet – Bianca Tomaino (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

Direito Cultural e pessoas com deficiência – Fabiano dos Santos Silva (Universidade Federal do Rio de Janeiro; SOBEC – Escola Verde)

Da conferência nacional para as leis de editais de fomento público com propostas dos gestores culturais para acessibilidade – Helen Cristina Patrício de Novais (Lei de Incentivo à Cultura da SEC-MG e Fundo Estadual de Cultura-MG)

Acessibilidade cultural: Respeito à multiplicidade e à singularidade do humano como pressupostos para viabilidade de um museu para todos – Jeniffer Cuty (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) Doris Couto (Escola de Gestão Pública da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul)

Museu da gente sergipana: Memórias, imaginários e representações – Mirtes Rose Menezes da Conceição (Universidade Federal de Sergipe)

Políticas culturais democráticas? O MAI como possibilidade de museu integrado – Juliene Tardeli (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

Os caminhos para a consolidação de uma política pública de fortalecimento do turismo cultural e criativo no Brasil – Simone Maria Scorsato (Universidade do Anhembi Morumbi)

Os diferentes usos do patrimônio – Marjorie Martins Mauricio (Universidade Federal Fluminense)

Paisagens da ilha: Patrimônio, museus e sustentabilidade – Áurea da Paz Pinheiro (Universidade Federal do Piauí) Rita de Cássia Moura Carvalho (Universidade de Lisboa)

 

Comunicações do V Seminário Internacional Políticas Culturais
Share

Uma ideia sobre “Comunicações do V Seminário Internacional Políticas Culturais

  • 30 de julho de 2014 às 16:03
    Permalink

    good day!
    thank you very much for the info
    your blog is very good I am a law student and served me a lot
    follow up items so, please
    kisses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

Pular para a barra de ferramentas