O Setor de Estudos em Políticas Culturais da Fundação Casa de Rui Barbosa felicita e divulga a publicação da Fundação Oswaldo Cruz “Política de Preservação dos Acervos Científicos e Culturais da Fiocruz”.

Desde os primeiros anos do século 20, por meio de expedições científicas e missões sanitárias, e das diversas atividades realizadas em seus espaços, o antigo Instituto Soroterápico Federal (atual Fiocruz) constitui e mantém arquivos, bibliotecas, coleções biológicas, coleções iconográficas, instrumentos e equipamentos, reunidos num singular conjunto arquitetônico e urbanístico construído para abrigar a instituição.

Ao longo do tempo, esses acervos de conhecimento se transformaram em bens culturais que compõem hoje o patrimônio científico da Fiocruz. Assim, a instituição incorporou, ao conjunto de suas funções, a tarefa de organizar estruturas e processos que viabilizem a utilização desses acervos, garantindo sua relação de troca com outros sistemas e possibilitando ampliar seu uso social e a geração de pesquisas nos campos das ciências e da saúde.

O e-book objetiva divulgar a política de preservação da instituição, construída de forma colaborativa, definindo princípios, diretrizes, e objetivos que orientam as atividades de constituição, preservação, gestão integrada e acesso aos acervos científicos e culturais sob a guarda da Fiocruz. Além disso, especifica os acervos aos quais se aplica e aponta as instâncias responsáveis por sua implementação e revisão.

Link para a baixar do documento: https://portal.fiocruz.br/sites/portal.fiocruz.br/files/documentos/politica_de_preservacao_dos_acervos_cientificos_e_culturais_da_fiocruz_digital_2018.pdf

Publicação do e-book “Política de Preservação dos Acervos Científicos e Culturais da Fiocruz”
Share
Pular para a barra de ferramentas