Coordenadores do Pontão em reunião com professores da Escola Professor Pedro Augusto de Almeida. Foto: Elidiana Oliveira.

Foi realizada no dia 13 de julho de 2010 a primeira reunião da coordenação do Pontão da Caatinga com os professores da Escola Normal Estadual Professor Pedro Augusto de Almeida, em Bananeiras, brejo da Paraíba. Nela, os objetivos do projeto foram apresentados e ficaram definidos os primeiros passos a serem realizados.  Na cidade serão executadas as primeiras oficinas do projeto, as oficinas piloto, que terão início em 26 de julho e terminarão no dia 10 de agosto.

O Pontão da Caatinga é um projeto que articula sete Pontos de Cultura de seis cidades da Paraíba (João Pessoa, Bananeiras, Catolé do Rocha, Aparecida, Taperoá e Serra Branca) e uma de Pernambuco (Arcoverde). Em cada cidade professores e alunos participarão de oficinas de Tecnologias da Informação e Leitura Crítica da imagem. Também serão produzidos vídeos e um programa de TV que terão como tema o Bioma Caatinga.

Na reunião realizada em Bananeiras ficou definido que a seleção dos alunos participantes será feita a partir de um questionário a ser aplicado em todas as turmas da escola. Serão cinco perguntas objetivas e uma dissertativa, que avaliarão o nível de instrução de cada candidato. Os professores é que escolherão os alunos participantes.

O Pontão de Cultura Multivisual.Net Caatinga é uma realização da ONG Para’iwa – Coletivo de Assessoria e Documentação. Participam deste projeto os pontos de Cultura “Estação da Cultura” (Arcoverde-PE), “Para’iwa Multivisual.Net” (João Pessoa-PB), “Multivisual.Net Brejo da Paraíba” (Bananeiras-PB), “Cariris Dança e Vida” (Taperoá-PB),  “Anjos da Caatinga” (Serra Branca-PB), “Sertão Cultura” (Catolé do Rocha-PB) e “Casa da Cultura Antônio Nóbrega” (Aparecida-PB).

Tags: ,