«

»

abr 20

Imprimir Post

Preparação para a Caçada ao Lobisomem – Parte 2

Pedro chega ao QG do Sabbat e se dirige à entrada. A área fora da construção está cheia de carros, enquanto um flanelinha tenta “organizar” as vagas. Ajuda pedro a conseguir uma vaga, sem contudo pedir a costumeira “ajuda”. Há um grande portão de garagem aberto, dentro da qual homens estão verificando a resistência de uma espécie de gaiola enorme e reforçada montada na carroceria de uma picape.

Como orientado por Antônio, Pedro observa um pequeno maneirismo no aceno do homem à porta que passaria despercebido por qualquer pessoa, salvo para alguém que já esperava o inusitado gesto. Pedro responde ao sinal e sem qualquer questionamento o acesso á entrada é liberado. Dentro do prédio, há muito barulho. A algazarra entre vozes altas, misturada ao altíssimo volume do funk carioca se misturam de forma ruidosa.

Ao passo que vai avançando entre os vampiros exitados com a caçada. Pedro observa uma mulher com o rosto deformado e desagradável olhando diretamente para ele.

CLEIA

Olá, é de fora? Eu sugiro que você se apresente ao Bispo local.

PEDRO

Sim, onde eu o encontro.

CLEIA

Lá dentro. Deve estar muito ociupado, mas você pode falar com aquela senhora de vestido preto. O nome dela é Beatriz.

Beatriz – É uma mulher bonita, em torno dos 50 anos, com aparência austera. Cabelo preto preso em um coque volumosos. Ela se traja com um vestido longo preto sem detalhes.

pedro

Boa noite!

Beatriz

Boa noite. Em que posso ajudar?

pedro

Eu estou precisando que alguém me leve até o Bispo para eu me apresentar.

BEATRIZ

Sim, entendo, mas ele está ocupado. Fique à vontade. Chegou agora de onde?

PEDRO

Rio.

BEATRIZ

Nós tivemos bastante visitantes do Rio recentemente. Teremos um ritual de caçada ao cachorro esta noite. Se quiser participar… Cada participante poderá usar uma arma apenas. Tem alguma em particular que tenha interesse ou garras e presas são suficientes?

PEDRO

Eu prefiro revolver. Eu atiro bem.

BEATRIZ

Que seja. As regras da caçada são simples, vamos sair daqui com um carro contendo armas de diversos calibres, bem como armas brancas, mas cada particpante só pode usar uma. Será dado um tempo para que ele tente fugir e à meia-noite o animal será liberado que o caçar ganha a recompensa, que é uma surpresa. O local é estratégico, ficando em uma linha reta, mata a dentro, em direção ao acampamento da matilha, quanto mais demorar a capturá-lo, maior a chance dele obter reforços. E as regras são claras, se ele conseguir escapar e chegar até o terrório lupino, todos que fazem parte da caçada deverão entrar na área para matar o cachorro. Mesmo que encontrem mais deles no caminho. Quem fugir, vai ter que pular fogueira.

PEDRO

Porrete com pregos têm?

BEATRIZ

possivelmente alguém tenha pensado nisso, mas não sei. Está vendo aquele rapaz ao fundo da sala vestindo com um boné prateado? Fale com ele, pois se não tiver um ele poderá providenciar. Peço licença, mas Tucão está bastamnte ocupado esta noite e estou auxiliando-o em algumas tarefas administrativas.

PEDRO

Eu… gosto muito… de… destruir ossos.

BEATRIZ

Como é seu nome?

PEDRO

Club with nailsCom porrete… com pregos… É muito bom. Eu sou Pedro.

BEATRIZ

Gostei de você, rapaz.

PEDRO

Beatriz, não é? Nome bonito. Posso machucar bastante o cachorro.

BEATRIZ

Esperamos que sim.

Beatriz se afasta gentilmente já sendo abordada por outros. Pedro vai ao encontro do homem. Ele se compromete a providenciar a arma, mas adverte para o fato de que ela será feita, mas lançada no carro juntamente com as demais, então ele deverá ficar atento e pegá-la prontamente para que outro não o faça antes.

pedro

Ok.

Enquanto isso, Antônio e Anderson invadem uma concessionária. Anderson domina a mente do segurança e o força a abrir a porta e o portão de saída dos carros. Ele ordena que o segurança o segurança se sente e fique imóvel até que alguém se dirija a ele.

Escolhem rapidamente um caminhonete e saem. No caminho para o local da caçada, abastecem o carro e deixam a Ranger deles em um local para troca de carro após a fuga.

Link permanente para este artigo: http://culturadigital.br/roteiro/2017/04/20/preparacao-para-a-cacada-ao-lobisomem-parte-2/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*

Pular para a barra de ferramentas