«

abr 20

Imprimir Post

Preparação para a Caçada ao Lobisomem – Parte 3

Joaquim chega no carro dirigido por seu servo e se encontra com os demais depois de ter saído para caçar. O bando acompanha a trajetória de Pedro através do GPS, desde que sai do ponto do QG dos vampiros locais. Em dado momento, pára.

ANDERSON

(para Joaquim)

Você sabe lutar?

JOAQUIM

Eu era um médico e cientista. Por que raios eu saberia lutar? E tenho o meu “chicote”.

(Joaquim se refere ao membro articulado que moldou a partir da própria carne e ossos, com ceca de um metro, que sai de seu braço esquerdo)

ANTONIO

É, ele tem um “rabo” na mão. Coisa nojenta.

JOAQUIM

Prefiro armas brancas.

ANDERSON

Mas, afinal, você vai levar alguma coisa, tipo revolver, fuzil?

JOAQUIM

Não, meu corpo e meu carniçal apenas.

ANDERSON

Hã? Carniçal?

JOAQUIM

(indicando com a cabeça seu motorista)

Ele.

ANDERSON

Ah, o carinha da portaria do motel. Você arrumou um 4×4 também. É o bonde da 4×4. Ok, vamos lá. O GPS do Pedro parou, então deve ter chegado no local.

JOAQUIM

(para Marcelo, o servo)

Você sabe usar uma arma de fogo?

Marcelo

Não, ainda, mas posso aprender.

ANDERSON

Passo uma arma pra ele?

JOAQUIM

Humm, deixa pra lá, por enquanto. Ele só dirige, por enquanto. É melhor, mas pra frente vamos dar um jeito nisso.

ANDERSON

Eu prefiro ir no volante. Ele vai na carroceria para alguma eventualidade.

JOAQUIM

Acho melhor a gente ir em dois carros.

ANDERSON

O Antônio está indo de moto, basta um carro. Deixa o seu aqui.

JOAQUIM

Amanda, venha aqui. Voc~e tem uma missão muito importante hoje.

AMANDA/LUIZA

Sim, qual?

JOAQUIM

Você é uma das mais fortes de nosso grupo. Por isso, você dará o golpe que atordoará o lobisomem.

AMANDA/LUIZA

(apontando para Antônio)

Ele é de longe o mais forte.

JOAQUIM

Isso é o que você imagina. Você não percebeu que está muito mais forte? Leve sua concentração para os seus músculo e queira, verdadeiramente, que o sangue vampírico penetre cada célula e aumente a força. Perceba a força aumentando.

Amanda realiza o comando e, apesar de inicialmente incrédula, começa a sentir a tenacidade dos músculos aumentar, bem como a sensação de força.

joaquim

Agora vá e levante a parte da frente do carro.

(Ela obedece)

Viu como você está mais forte?

ANDERSON

O que você quer provar com isso?

JOAQUIM

Que ela é o membro mais forte do grupo.

ANDERSON

Ah!

JOAQUIM

E ela dará o golpe final que atordoará o bicho.

AMANDA/LUIZA

Mas todos vocês são mais velhos.

JOAQUIM

Mas quando você foi concebida, nós fizemos um ritual com o sangue de todos nós.

Amanda/LUIZA pensando: “Ele esqueceu que eu estava presente e que vi que a decisão foi improvisada como uma solução de últim hora?”

AMANDA/LUIZA

Não, você me mordeu no meio da festa. Vocês atacaram todo mundo que estava no meio do salão e derrubaram a festa inteira.

JOAQUIM

Sim, mas antes de você acordar nós realizamos o ritual.

Amanda/LUIZA: “Decididamente, ele parece ter esquecido que aquelas criaturas do hotel restituiram o dano cerebral que ele havia me causado. Ele pensa que ainda estou lesada e é melhor eu agir de acordo se quero fugir desses doentes.”.

ANDERSON

Ainda não entendi seu plano.

JOAQUIM

Num momento de perigo, você despertará seu poderes. Então, fique atenta.

AMANDA/LUIZA

Ok. Então eu vou com quem?

JOAQUIM

Você vai com o Antônio.

ANDERSON

Ela não vai conseguir acompanhar a velocidade dele.

JOAQUIM

Ele vai de moto e ela na garupa.

ANDERSON

Mas vai chegar o momento em que ele vai descer da moto e terá que correr. Ela não vai acompanhar.

JOAQUIM

Eu então não estou entendendo o plano de vocês.

ANDERSON

É isso que dá você ter saído para caçar quando a gente estava fazendo os preparativos. A gente não está na beira dessa mata a toa. vamos ter que correr por dentro da mata. Não rola de moto.

JOAQUIM

Ah, tá. Achei que a gente ia continuar pela estrada. Então, Amanda, você vem com a gente mesmo.

antônio

Eu continuo sem entender o que você estava pensando.

ANDERSON

Eu também, não.

JOAQUIM

Não tente entender. É muito complicado.

Amanda/LUIZA (pensando): “Acho que a matéria prima que o Joaquim arrumou para moldar aquele tentáculo idiota, saiu do cérebro dele.”

ANDERSON

Ha! Está bom.

ANTÔNIO

Realmente está complicado.

Link permanente para este artigo: http://culturadigital.br/roteiro/2017/04/20/preparacao-para-a-cacada-ao-lobisomem-parte-3/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


*

Pular para a barra de ferramentas