O Seminário Internacional do Fórum da Cultura Digital Brasileira vai apresentar e discutir o acúmulo de debates abertos pela internet na rede social do Fórum da Cultura Digital, também conhecida como culturadigital.br, para produzir as diretrizes de uma política pública de cultura digital para o Brasil. O evento acontece em São Paulo, na Cinemateca Brasileira, entre os dias 18 e 21 de novembro e conta com a presença de importantes intelectuais, ativistas e representantes de governo. E foi para fazer a cobertura desse evento, agrupar e compartilhar todas as suas informações relevantes que criamos este blog.

Na rede, você ainda pode acompanhar as mesas de discussão do seminário pela transmissão ao vivo no: www.culturadigital.br/aovivo, seguir a hashtag #culturadigitalbr e o perfil @culturadigital no Twitter, deixar seus comentários e opiniões neste blog ou em qualquer outro espaço da plataforma culturadigital.br. Caso você esteja fazendo a cobertura do seminário pelo seu blog, não deixe de compartilhá-la. Para que o seu post apareça na página principal do culturadigital.br, basta inserir a tag “culturadigitalbr” (veja como integrar o conteúdo do seu blog ao culturadigital.br). Isso vale apenas para quem usa WordPress ou Blogger. Se não for o seu caso, divulgue o link deixando uma mensagem nos comentários dos posts deste blog. Mais do que documentar o que acontecerá na Cinemateca, temos a intenção de agrupar os conteúdos sobre o seminário que estarão pulverizados pela rede.

Além das mesas de discussão, o Seminário Internacional do Fórum da Cultura Digital Brasileira terá plenárias de deliberação sobre os cinco eixos temáticos do fórum: comunicação, memória, arte, infraestrutura, economia. Nesse encontros, será redigida uma carta proposta de uma política pública para o país a ser entregue ao Ministro da Cultura, Juca Ferreira, e à sociedade civil no evento de encerramento.

Compõe ainda a programação do seminário atividades auto-gestionadas, intervenções artísticas e shows com bandas do Circuito Fora do Eixo, Teatro Mágico, Jorge Mautner, entre outros artistas. Todas as atrações são abertas, gratuitas e estão sujeitas à lotação da Cinemateca. Para participar, é necessário fazer o cadastramento no local das 9h às 17h.

Informações para a imprensa estão listadas na categoria Releases deste blog.

Saiba mais sobre o Fórum da Cultura Digital Brasileira

As novas tecnologias transformam a cultura e a democracia. Então, é necessário que os realizadores de cultura e os agentes políticos debatam o que fazer com esses novos meios de criar, informar e conversar, que expandem e potencializam as relações entre as pessoas. Foi para ocupar esse espaço que o Fórum da Cultura Digital Brasileira foi criado. Trata-se de um processo que reúne, em uma rede social pública e livre, gente que atua no governo, na sociedade, no mercado, na academia, para pensar o país.

Essa iniciativa pioneira, resultado de uma aliança entre o Ministério da Cultura, a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e a sociedade civil organizada, destaca-se por usar as novas tecnologias para ampliar a participação da sociedade na construção de políticas públicas democráticas, valorizando os processos, complexos, do mundo contemporâneo. O Fórum Digital, como vem sendo chamado por alguns de seus participantes, foi lançado extra-oficialmente no fim de junho, durante o Festival Internacional de Software Livre, em Porto Alegre, pela ministra Dilma Roussef.

No final de julho, em uma coletiva inédita apenas para blogueiros e gestores de Mídias Sociais, realizada durante o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (FILE), a coordenação executiva do projeto, capitaneada pelo Ministro da Cultura, Juca Ferreira, lançou o processo oficialmente. Desde então, cerca de 2.700 internautas aderiram a uma rede social que discute novas regras e formas de incentivar o conteúdo digital brasileiro.

Na rede culturadigital.br, o cidadão pode se cadastrar, criar o seu perfil e articular grupos, postar conteúdos, além de interagir com pessoas que pensam a cultura digital. Em três meses de funcionamento, o fórum já conta com mais de 2.700 participantes, 150 grupos de debate, 250 blogs, 711 posts, 810 seguidores no twitter e mais de 57 mil visitantes.