Últimos Posts

  • Ponto Côco de Umbigada realiza projeto no MS com o Pontão Guaicuru

    0 comentários

    por: Ronaldo Eli Júnior, em Sem categoria no dia 09/04/2010

    Ronaldo Eli Junior, do Ponto de Cultura Côco de Umbigada, de Olinda (PE), esteve na última semana, no Pontão Guaicuru, para acertar a vinda do Semussum Brasil – Semana Mundial de Produção de Áudio com Software Livre – ao Mato Grosso do Sul. O projeto tem como proposta o registro de áudio de Pontos de Cultura de matriz africana e indígena nas cinco regiões brasileiras, experimentando técnicas de gravação, edição, mixagem e finalização para publicação em CD’s e na internet.

    Semussum iniciou em 2007 voltado para a região Nordeste realizando a montagem de um estúdio temporário de gravação e produção por onde passa. Devido a tamanha proporção que tomou, em 2010, começou a rodar o país.

    Como fase experimental, a primeira oficina aconteceu em Olinda, no Côco de Umbigada, em 2008, quando houve gravação dos mestres coquistas e de afoxé, grupos jovens de Olinda e outras cidades. Em março, o projeto fez a ponte com o Rio Grande do Sul, no Ponto Afrosul, de Porto Alegre, que trabalha com matriz africana. “Eles têm muita musicalidade. Registramos samba-rock, reggae, black music… Até uma oficina de côco de umbigada aconteceu por lá”, comenta Ronaldo.

    Com a rica diversidade cultural existente no Mato Grosso do Sul, o Pontão Guaicuru, que mantém um forte elo com vários Pontos e também por realizar o Projeto Ava Marandu- Os Guarani Convidam, que envolve vários indígenas Guarani do estado, foi o escolhido para representar a região Centro-Oeste e envolver as manifestações culturais nas gravações.

    O Semussum Brasil percorrerá as cinco regiões, sendo a próxima parada é em Santarém (PA), no Ponto Puraquê, de 4 à 12 de abril. Logo depois, é a vez do Ponto Quilombo de São José, no Rio de Janeiro (RJ), que tem um trabalho de música afro. Seguindo, o projeto chega ao Mato Grosso do Sul, ainda sem data definida.

    matéria originalmente publicada no site do Pontão de Cultura Guaicuru

  • Semussum Brasil – Ponto de Cultura Afrosul apresenta as raízes africanas da música no sul do Brasil

    0 comentários

    por: Ronaldo Eli Júnior, em Sem categoria no dia 08/04/2010

    Foi concluída neste domingo (21) a primeira etapa do projeto Semussum Brasil, realizado através de parceria entre o Coletivo Nordeste Livre e o Ponto de Cultura Coco de Umbigada. A iniciativa, que integra o Prêmio Interações Estéticas – Residências Artísticas em Pontos de Cultura, é composta de uma série de vivências de captação de materiais em áudio e vídeo, composto de músicas e depoimentos, que estejam relacionados às raízes afroinígenas da cultura nas cinco regiões do Brasil.
    Durante uma semana foram realizadas atividades de captação de músicas e depoimentos através de uma parceria com o Ponto de Cultura Afrosul e a Ação Tuxáua Rota Digital Sul. A vivência proporcionou a interação com mestres griôs, terreiros, aprendizes e a comunidade participante das ações do Ponto.
    O material em áudio e vídeo captado inclui manifestações musicais e rituais diversas que transitam do samba à black music, com a participação de mestres griôs, aprendizes das oficinas de percussão oferecidas no Ponto, lideranças religiosas de matriz africana e outros músicos. As gravações foram realizadas em estúdio montado com os recursos disponibilizados pelo projeto Semussum Brasil e também ao vivo, durante a apresentação semanal realizada no Ponto, que também foi transmitida via internet via web rádio.

    A vivência incluiu ainda a realização de oficinas de coco (foto acima), ministradas pelo mestre Quinho de Caetés, e uma apresentação de coco compartilhada com aprendizes do Afrosul, durante a festa no último dia.
    Algumas fotos das atividades podem ser conferidas no álbum de fotos do Coco de Umbigada. O projeto continua entre os dias 05 e 12 de abril, em Santarém (PA), no Ponto de Cultura Puraquê. Para conhecer mais sobre o projeto, acesse a wiki do projeto. Também há um relato de Vania Pierozan, integrante do Afrosul, no blog Cultura Digital Sul.

  • A caravana Semussum parte para Olinda

    1 comentário

    por: Tininha Llanos, em Sem categoria no dia 08/04/2010

    Durante a semana de 15 a 20 de março a equipe Semussum formada pelo coletivo nordeste livre e o Ponto de cultura coco de umbigada, se reuniu no centro cultural Coco de Umbigada, na cidade de Olinda para as  preparações espirituais em busca da matriz afro indígena

    Foi nesse encontro que recebemos o Asé de Mãe Lúcia de Oyá e Mãe Beth de Oxum, nossas mestras, e selamos o comprometimento com a responsabilidade de sair pelo Brasil à dentro em nome do Centro cultural Coco de Umbigada, com humildade para ouvir outros mestres e realizar o trabalho de gravá-los em suas canções, seus toques, seus chamados, sua história…

    Passar toda a vibração de nossas origens, essa é nossa principal missão. Em cada cidade das 5 regiões que passaremos, montaremos o nosso hmilde estúdio móvel, faremos reuniões com os mestres locais e os protagonistas de cada Ponto de cultura visitado, participaremos de suas comemorações, suas atividades diárias, compartilhando junto momentos como as refeições, gravaremos grupos artísticos, toques de tambor, chamados, cantos, faremos entrevistas para o documentário audiovisual, trocaremos presentes, historias…

    Em Olinda o que o encontro nos reservou foram excelentes momentos de aprendizado e troca organização da metodologia, que pode ser encontrada em nossa plataforma wiki.

    http://nordestelivre.wikispaces.com/semussumbrasil