Últimos Posts

  • 8º Congresso Brasileiro de Cinema

    0 comentários

    por: conferencianacional, em Sem categoria no dia 13/09/2010

    Sob o tema O que nos separa já sabemos, mas o que nos une?, foi aberto neste domingo, 12 de setembro, o 8º Congresso Brasileiro de Cinema e Audiovisual (CBC). O evento acontece até o dia 15, em Porto Alegre, reunindo profissionais e especialistas de todo o País com o objetivo de articular uma discussão ampla, que contemple os mais diversos segmentos da indústria audiovisual e todos os elos da cadeia produtiva brasileira.

    Cerca de 70 instituições ligadas ao setor já confirmaram presença, além de personalidades do audiovisual brasileiro como Lucy e Luis Carlos Barreto, Gustavo Dahl, Roberto Farias, Geraldo Sarno, João Daniel Tikhomiroff, Maurice Capovilla, Tereza Cruvinel (presidente da Empresa Brasileira de Comunicação) e Manoel Rangel (presidente da Agência Nacional do Cinema), dentre outros.

    Os participantes se organizarão em grupos de trabalho (GTs), painéis de discussão e haverá também atividades culturais. O objetivo é colocar em pauta questões que norteiam e determinam a produção audiovisual atual. Produção, infraestrutura, film comission, co-produções internacionais, pesquisa, preservação, crítica, políticas públicas, novas mídias, convergência, exibição, direitos autorias e do público são alguns dos temas que serão analisados e debatidos no Congresso.

    A ideia é que os quatro dias de trabalho resultem em propostas e diretrizes que norteiem a atividade do segmento para os próximos anos. Deste encontro, será retirado um documento para ser encaminhado para os candidatos aos governos dos estados e à Presidência da República, com as principais reivindicações e prioridades do setor.

  • Fundo Setorial do Audiovisual

    0 comentários

    por: conferencianacional, em Sem categoria no dia 15/06/2010

    Comunicação Social/MinC, em 14/06/2010

    Reabertas até 25 de junho as inscrições para a Linha B

    A Agência Nacional do Cinema, vinculada ao Ministério da Cultura (Ancine/MinC), e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) informam que estão reabertas as inscrições para a Linha B – Produção Independente para TV – do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

    O novo prazo para inscrições iniciou-se em 12 de maio e encerrá em 25 de junho de 2010. As propostas já inscritas na Chamada Pública PRODAV 01/2009 continuam participando, sendo permitida a respectiva reapresentação para eventual adequação ou atualização de dados, a critério dos proponentes.

    O novo edital esclarece as exigências relativas aos contratos entre programadoras ou emissoras e as produtoras da obra audiovisual, destacando-se o compromisso de exibição da obra em até um ano a contar da data de emissão do Certificado de Produto Brasileiro (CPB) pela ANCINE.

    Saiba mais no site da Ancine/MinC.

  • Debates do Setor Audiovisual

    0 comentários

    por: Nathalia Foditsch, em Sem categoria no dia 26/02/2010

    Participantes da Pré-conferência aprovam as cinco propostas que serão encaminhadas à II CNC

    Cinco propostas, dentre as mais de 160 apresentadas, foram aprovadas nesta quinta-feira, 25 de fevereiro, durante o último dia dos debates do setor Audiovisual, realizados em Brasília.

    Participaram do encontro, pelo Ministério da Cultura, o secretário do Audiovisual, Silvio Da-Rin, o presidente da Agência Nacional do Cinema, Manoel Rangel, e o coordenador da Pré-conferência Setorial do Audiovisual, James Görgen.

    As proposições serão encaminhadas à II Conferência Nacional de Cultura, a ser realizada de 11 a 14 de março, também na capital federal, sob o tema Cultura, Diversidade, Cidadania e Desenvolvimento. Outras 90 serão encaminhadas pelas demais 18 Pré-conferências dos diversos segmentos culturais.

    Clique no link a seguir para ler mais sobre esta matéria :

    http://www.cultura.gov.br/site/2010/02/25/debates-na-pre-conferencia-setorial-do-audiovisual/

  • Documentos Resultantes da Pré-Conferência

    2 comentários

    por: Nathalia Foditsch, em Sem categoria no dia 25/02/2010

    Caros e caras delegados e delegadas, convidados e convidadas, observadores  e observadoras,

    A Secretaria do Audiovisual gostaria de agradecer a participação de todos na Pré-Conferência Setorial do Audiovisual!

    Seguem, abaixo, as listas de propostas prioritárias e complementares escolhidas nos cinco grupos de trabalho, assim como a lista de delegados eleitos como representantes das macro-regiões para a  II Conferência Nacional de Cultura (CNC) , a ser realizada em março.

    Ressaltamos que, conforme determinado pelo Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC), a lista oficial de delegados eleitos como representantes do audiovisual perante o CNPC  será publicada no início da semana que vem no sítio eletrônico do referido Conselho.

    A seguir seguem os links para os documentos mencionados acima:

    Propostas GTs Prioritárias

    Propostas GTs Complementares

    Delegados eleitos para a II CNC

  • Solenidade de abertura da Pré-conferência Setorial do Audiovisual

    1 comentário

    por: Nathalia Foditsch, em Sem categoria no dia 25/02/2010

     Evento em Brasília contou com a presença do ministro da Cultura, dirigentes do MinC, delegados e observadores

     

    Mesa de Abertura: Gustavo Vidigal, João Ribeiro, James Görgen, Juca Ferreira, Silvio Da-Rin, Manoel Rangel e Rosemberg Cariri

    Os trabalhos da Pré-conferência Setorial do Audiovisual foram abertos na manhã desta quarta-feira, 24 de fevereiro, pelo ministro da Cultura, Juca ferreira, no Hotel Nacional, em Brasília. Também compuseram a mesa o secretário do Audiovisual, Silvio Da-Rin; o presidente da Agência Nacional do Cinema, Manoel Rangel; o secretário-geral do Conselho Nacional de Políticas Culturais, Gustavo Vidigal; o coordenador da II Conferência Nacional de Cultura, João Ribeiro; o presidente do Conselho Nacional de Cinema, Rosemberg Cariri; e o coordenador da Pré-conferência Setorial do Audiovisual, James Görgen.

    O ministro Juca Ferreira avaliou a Pré-conferência Setorial do Audiovisual como estratégica e de suma importância para o setor. Segundo ele, é uma forma de representantes se manifestarem com sugestões, que muitas vezes não chegam aos gabinetes do Ministério da Cultura. Considerou positivas as três mil reuniões que precederam a II Conferência Nacional de Cultura em vários municípios do país.

    Lembrou dos números do último censo, que para ele são um escândalo para a Cultura do país. “Cerca de 80% dos recursos ainda são destinados a duas cidades brasileiras, sendo designado para 3% dos proponentes. Nem 13% dos brasileiros vão ao cinema, pelo menos uma vez ao mês”.

    E continuou: “o povo brasileiro é prisioneiro da TV aberta, o acesso aos outros canais não chegam a 20%”.

    Reiterou que para construir uma sociedade justa é preciso investir em Educação e Cultura. O ministro Juca Ferreira lembrou da última reunião com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que, segundo ele, se mostrou interessado e favorável em investir no setor audiovisual. Ao final de seu discurso, assegurou a importância do 8º Congresso Brasileiro de Cinema a ser realizado este ano.

    O secretário Silvio Da-Rin afirmou que a presença de todos no evento e as discussões nas etapas municipais, estaduais e livres são consequências de uma mobilização nacional do setor. “As mais de cem propostas já apresentadas nesse processo preparatório demonstram um amadurecimento da reflexão sobre o audiovisual. E esses próximos dois dias de discussão podem significar um avanço ainda maior na elaboração de uma agenda positiva, que será nossa grande contribuição à II Conferência Nacional de Cultura.”

    Considerou que as discussões da Pré-conferência também vão significar um passo importante para a formulação de um Plano Setorial do Audiovisual, que representará a contribuição do audiovisual na formulação do primeiro Plano Nacional de Cultura. Lembrou das principais políticas do audiovisual, que são a criação de um sistema transparente de editais, a desconcentração das estruturas de produção do audiovisual no eixo Rio-São Paulo, a internacionalização da produção audiovisual, por meio dos programas de promoção à exportação – Cinema do Brasil e Brazilian TV Producers, a formação profissional por meio de oficinas de capacitação, a inclusão seja por meio de cotas para estreantes ou de editais voltados a estreantes, como também difusão e preservação de conteúdos audiovisuais.

    Por sua vez, o presidente da Ancine/MinC afirmou que este é um momento de reflexão sobre a política pública do audiovisual, que tem como objetivo sinalizar para onde começar nos próximos períodos. “Não podemos nos dar como natural o falta da produção independente na TV privada”. Manoel Rangel falou, ainda, da iniciativa do Ministério da Cultura em iniciar as discussões sobre a Comunicação no Brasil e ter acendido o debate sobre a TV pública, o que rendeu frutos para a construção da TV Brasil, da Empresa Brasil de Comunicação.

    Gustavo Vidigal sugeriu a criação do Colegiado Setorial do Audiovisual, segmento cultural que ainda não conta com seu colegiado, e afirmou ser um dia importante para os delegados presentes pensarem no que é relevante para o audiovisual brasileiro para os próximos dez anos.

    Segundo James Görgen, a Pré-conferência Setorial do Audiovisual, assim como as 19 que acontecem até março, além de ouvir a sociedade, tem como objetivo debater e refletir o audiovisual e harmonizar com os demais segmentos culturais. Dentre as propostas apresentadas, cinco serão encaminhadas à II Conferência Nacional de Cultura e dez delegados serão escolhidos para a etapa nacional.

    Participam da Pré-conferência Setorial do Audiovisual cerca de 80 delegados de 25 estados brasileiros para debater em torno de 160 propostas para apresentação na II Conferência Nacional de Cultura, a ser realizada de 11 a 14 de março, Brasília.

    Também estão presentes mais de 150 observadores de diversos órgãos como a Casa Civil da Presidência da República, Agência Nacional do Cinema (Ancine), Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Conselho Superior de Cinema (CSC), Comitê Consultivo da SAv/MinC, Associação Brasileira das Emissoras Públicas, Educativas e Culturais (Abepec), Associação Brasileira de Cinematografia (ABC), Associação Profissional de Técnicos Cinematográficos (APTC), Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), Associação Brasileira de Preservação Audiovisual (ABPA), Federação Interestadual dos Trabalhadores em Radiodifusão e Televisão (Fitert) e Cineclubes, dentre outras organizações e instituições.

    Depois da solenidade de abertura, ainda pela manhã, foi votado o regimento interno da Pré-conferência Setorial do Audiovisual. Na parte da tarde, iniciaram-se as palestras e os debates entre grupos de trabalhos e convidados, em torno dos cinco eixos temáticos: Produção Simbólica e Diversidade Cultural; Cultura, Cidade e Cidadania; Cultura e Desenvolvimento Sustentável; Cultura e Economia Criativa; e Gestão e Institucionalidade da Cultura.

    (Texto: Narla Aguiar, Ascom SAv/MinC)
    (Fotos: Pedro França, Comunicação Social/MinC)

  • Propostas da Pré-Conferência são divulgadas

    0 comentários

    por: Nathalia Foditsch, em Sem categoria no dia 22/02/2010

    As propostas a serem discutidas na Pré-Conferência Setorial do Audiovisual, enviadas pelos delegados ou resultantes das assembléias estaduais, foram sistematizadas pela Secretaria do Audiovisual.  A sistematização seguiu os eixos temáticos do texto- base da II CNC.

    Os trabalhos dos grupos de trabalho (GTs) dos eixos temáticos terão início às 14h do dia 24, quarta-feira. As propostas escolhidas no âmbito dos GTs servirão como subsídio para a formulação do Plano Setorial do Audiovisual.

    Os delegados que não apresentaram propostas deverão fazê-lo, impreterivelmente,  até o momento do seu credenciamento na Pré-Conferência.

    Clique nos links abaixo para conferir as propstas de cada eixo:

    PROPOSTAS DO EIXO I – PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL

    PROPOSTAS DO EIXO II – CULTURA, CIDADE E CIDADANIA

    PROPOSTAS DO EIXO III – CULTURA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

    PROPOSTAS DO EIXO IV – CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA

    PROPOSTAS DO EIXO V – GESTÃO E INSTITUCIONALIDADE DA CULTURA

    Propostas Complementares – Bahia/ Rio de Janeiro

  • Regimento Interno e Programação foram publicados

    2 comentários

    por: Nathalia Foditsch, em Sem categoria no dia 19/02/2010

    A Secretaria do Audiovisual publicou hoje o Regimento Interno e a Programação da Pré-Conferência Setorial do Audiovisual. Para acessar os documentos, clique nos links  a seguir:

    Regimento Interno

    Programação

  • Lista de delegados da Pré-Conferência Setorial do Audiovisual

    0 comentários

    por: Nathalia Foditsch, em Sem categoria no dia 19/02/2010

    A Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura divulga os nomes dos delegados estaduais e do Distrito Federal que participarão da Pré-Conferência do Audiovisual, a ser realizada entre 23 e 25 de fevereiro de 2010, no Hotel Nacional, em Brasília-DF. Os delegados foram escolhidos conforme os critérios estabelecidos no Regulamento das Pré-Conferências Setoriais de Cultura, aprovado pela Portaria nº 04/2009, da Secretaria de Articulação Institucional do Ministério da Cultura, publicada no Diário Oficial da União no dia 07 de dezembro de 2009, e na Resolução nº 07/2010, do Comitê Executivo Nacional da II Conferência Nacional de Cultura, de 25 de janeiro de 2010, que dispõe sobre a escolha dos delegados do Poder Público para as etapas das Pré-Conferências Setoriais. Convém salientar que diversos candidatos não foram selecionados por não terem enviado dentro do prazo a documentação exigida no Regulamento. Dessa forma, em algumas Unidades da Federação não foi possível selecionar 3 delegados da sociedade civil e 1 do poder público local, conforme previsto.

    Para ver a lista de delegados selecionados para a Pré-Conferência do Audiovisual, clique aqui: Lista Delegados

  • Curta Criança, Longa DOC e Brasília 50 anos

    1 comentário

    por: Nathalia Foditsch, em Notícias no dia 08/02/2010

    Mais de 600 pessoas se inscreveram nos editais lançados pelo Ministerio da Cultura

    Cerca de 600 pessoas se inscreveram nos editais: Curta Criança, Longa DOC e Brasília 50 anos,  lançados em dezembro de 2009 pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura (SAv/MinC) em parceria com a Empresa Brasil de Comunicação (EBC). As obras serão exibidas na TV Brasil e emissoras associadas da Rede Pública de Televisão.

    Em média 330 pessoas se inscreveram no edital Curta Criança que vai apoiar com R$ 70 mil a produção de 13 obras audiovisuais inéditas, de curta metragem, dos gêneros ficção ou documentário em ação direta ou animação, com temática voltada à infância, com duração de 12 minutos.

    Mais de 260 pessoas se inscreveram no edital Longa DOC que apoiará com R$ 600 mil cinco obras inéditas de longa-metragem, do gênero documentário, que serão exibidas em salas de cinema digital e teledifusão pela EBC/TV Brasil, canal internacional da EBC e Internet.

    No edital Brasília 50 anos foram cerca de 20 inscritos. O edital vai apoiar com R$ 400 mil a produção de um documentário inédito sobre o tema: Brasília 50 Anos, com 52 minutos de duração. Informações ao proponente: concurso.sav@cultura.gov.br ou à imprensa audiovisual@cultura.gov.br.

  • Até 18 de março, a SAv/MinC recebe inscrições para concursos de roteiros, longas e curtas-metragens

    0 comentários

    por: Nathalia Foditsch, em Notícias no dia 04/02/2010

     

    As inscrições para cinco Concursos de Apoio à Produção de Obras Cinematográficas e Desenvolvimento de Roteiros, promovidos pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura (SAv/MinC), poderão ser realizadas até 18 de março.

    Confira os Editais nºs 1, 2, 3, 4 e 5, publicados na edição desta segunda-feira, 1º de fevereiro, do Diário Oficial da União (Seção 3, páginas 14 a 20):

    Concurso de Apoio à Produção de Obras Cinematográficas Inéditas de Curta-Metragem, de Ficção ou Documentário – Apoio financeiro para a viabilização de 20 projetos no valor de até R$ 80 mil, cada um.

    Concurso de Apoio à Produção de Obras Cinematográficas Inéditas de Longa-Metragem, de Ficção, de Baixo Orçamento – Apoio financeiro para a viabilização de sete projetos no valor de até R$ 1, 2 milhão, cada um.

    Concurso de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Inéditos de Longa-Metragem, de Ficção ou Animação, com Temática Infantil – Apoio financeiro para a viabilização de três projetos no valor de até R$ 50 mil, cada um.

    Concurso de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Inéditos de Longa-Metragem, de Ficção, para Roteiristas Estreantes – Apoio financeiro para a viabilização de 12 projetos no valor de até R$ 25 mil, cada um.

    Concurso de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Inéditos de Longa-Metragem, de Ficção, para Roteiristas Profissionais – Apoio financeiro para a viabilização de sete projetos no valor de até R$ 50 mil, cada um.

    Informações: concurso.sav@cultura.gov.br.